gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

A Propósito de Eleições para a ARJAP

ARJAP
(Associação Representativa de Jogadores de Andebol de Portugal)
(Foto FAP)
Esta Associação de Classe (Representativa dos Jogadores de Andebol de Portugal), que foi criada em 30-09-14, como representante das atletas do Andebol Feminino, em contra ponto à já existente AJAP (que representava praticamente apenas os Masculinos), mas que por diversos motivos deixou de funcionar, de tal forma que nas últimas eleições para a FAP, já nem faziam parte dos delegados a que tinham direito por lei e pelos estatutos da FAP, e onde pelo contrário, apenas faziam parte elementos da ARJAP (Femininos), que deve ter tido (não temos informação sobre o assunto, nem tínhamos que ter, é apenas uma dedução), e bem uma alteração estatutária, que no nosso entender pode beneficiar e muito a modalidade. Ao passar a representar os dois géneros, o de que facto que já se encontra refletido na própria constituição dos Órgãos Sociais eleitos, recentemente, e a quem desejamos profícuo trabalho em beneficio da modalidade.

Sublinhamos as palavras da presidente eleita, “ Foi com um enorme orgulho e responsabilidade que aceitei o desafio de me candidatar à presidência da Associação Representativa de Jogadores de Andebol de Portugal (ARJAP). Adoro desafios, e este é mais um que estou completamente ciente de que não vai ser fácil e essa foi uma das razões pelas quais aceitei liderar a ARJAP. A direção e os corpos sociais foram criados tentando manter alguns elementos da anterior lista e colocando novos elementos que sei que trazem nova energia e motivação à associação"

No entanto é importante que esta Associação tenha consciência que desde 2014, que além da sua participação nas últimas eleições da FAP, o seu trabalho em prol do desenvolvimento da modalidade é desconhecido. Devendo a bem da verdade dizer-se que possuem uma representação nas Assembleias Gerais de 9 delegados (15% do total).

Esta eleição surge em boa hora, pois em momento de grandes dificuldades, é que se encontram os elementos com coragem para assumir funções num cargo, que não deve ser fácil, e nestes termos damos desde já os nossos parabéns à Vera Lopes, e aos seus objectivos, que não temos qualquer problema em transcrevê-los, conforme se encontram no Portal da FAP.

Missão - Representar, promover, ajudar e defender os jogadores de andebol de Portugal.

Visão - Mostrar que a associação existe e que temos voz, ganhar a confiança e respeito de todos os jogadores de Andebol de Portugal.

Valores - Valorização e respeito dos jogadores; Mais e melhores condições para os nossos jogadores; Todos juntos somos mais fortes; Somos das modalidades coletivas mais praticadas, temos valor cá dentro; Temos grandes atletas a jogar fora de Portugal, temos valor lá fora; Andebol uma Paixão.

Certamente que em breve teremos as respostas certas a estes temas.

O Analista

5 comentários:

Anónimo disse...

É de louvar que alguma informação sobre quem na realidade constitui e deveria mandar na federação apareça. E que existam atletas interessados em participar. Pena é que nos clubes não exista essa preocupação e que a suposta associação representativa seja uma farsa.
Se querem fazer as coisas bem, seria melhor pensar na revisão dos estatutos (não existe nada publicado) da ARJAP, por exemplo regularizando a direcção, que nos actuais estatutos devia ser composta por 3 atletas, e não por 5 como foram os eleitos. Mas estão de parabéns: finalmente alguém que se mexe. Esperemos que seja um princípio para acabar com a bandalheira.

Anónimo disse...

Só espero que não sejam mais umas marionetas, de resto procedam com lealdade e terão o apoio de muita gente felicidades

Anónimo disse...

Isto existe desde 2014?! Onde têm andado e o que têm feito até agora que se realce?!
Uma 1ª divisão com 40 jogos, muitos deles à 4ª feira com viagens de muitas horas para uma maioria de jogadores não profissionais parece-me muito interessante do ponto de vista dos jogadores.
Continuem o bom trabalho..

Chel Siqueira disse...

Isto existe? Faz falta para muitas situações, mas nunca tive conhecimento sequer de um número de telefone ou e-mail para "pedidos de apoio". Será que é desta?

Anónimo disse...

A ANCANP so existe para proteger os interesses de certo vice presidente, alias não é a unica, algumas associações no papel também, com uma marioneta a presidente quem governa de facto é o vice, certamente não é necessário por o nome nos "bois" pois todos sabem quem são mas toda a gente assobia para o lado.