gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

Campeonato do Mundo Masculino 2019 – XIV

26.º MUNDIAL DE SENIORES MASCULINOS
DINAMARCA – ALEMANHA – 2019
JOGO TREINO
PORTUGAL VENCE ARGENTINA
Portugal defrontou em Avanca no Pavilhão Adelino Costa, a equipa da Argentina, no último encontro de preparação para a disputa do Grupo de qualificação para o Play OFF. Excelente assistência com o recinto completamente esgotado. Na nossa opinião temos um factor menos positivo, pois este encontro não foi dirigido por uma dupla já internacional, mas sim por uma Dupla Candidata (é desta forma que a EHF, a classifica). Portugal que se apresentou com os 17 jogadores que ainda têm convocados, e com o técnico português, a fazer uma total rotação dos seus jogadores, incluindo dando cerca de 20 minutos a cada guarda-redes, teve na equipa Argentina um excelente teste, pois o encontro foi completamente equilibrado até cerca dos 17 minutos, quando se verificava uma igualdade a 9 golos, a partir deste momento assumiu pela 1.ª vez o comando do marcador, quando aos 18 minutos, colocou o marcador em 10-9 (Uma referência negativa neste primeiro período de jogo a lesão de João Ferraz, que esperamos não seja impeditiva de continuar nos 16 da Selecção Nacional), e continuou a comandar o marcador até ao intervalo, que chegou com Portugal na frente do marcador por 17-14. Neste período na nossa opinião, Portugal esteve permissivo em termos defensivos, e teve algumas falhas no ataque ao não conseguir as suficientes ligações entre a 1.ª e a 2.ª linha, no entanto tanto no primeiro tempo como no segundo tempo tivemos algumas falhas técnicas, que não poderão existir nos jogos na Póvoa. Embora os ataques rápidos e os contra ataques, tenham sido bem-sucedidas, em especial desde que entrou para a baliza de Portugal, o experiente Ricardo Candeias. No Segundo tempo a Argentina com uma forte melhoria defensiva, iguala o marcador a 22 golos, aos 46 minutos, e até passa para o comando do marcador (23-22), aos 47 minutos, mas Portugal, recupera, e aos 53 minutos vencia por 27-23, uma das maiores vantagens que teve até aquele momento, mas os ataques rápidos e contra ataques, levaram a que Portugal chegasse aos 29-23, a maior diferença registada durante o encontro quando estavam decorridos cerca de 55 minutos de jogo. De realçar que nos últimos minutos se verificou uma melhoria defensiva da equipa Nacional, que terminou em inferioridade numérica por exclusão de Sérgio Barros. Destacamos na equipa Nacional, Ricardo Candeias, já referido, e a prestação de Diogo Branquinho (6 golos), de Fábio Magalhães (3 golos), e de Rui Silva (3 golos), enquanto na Argentina, além dos dois guarda-redes (Matias Schulz, e Macial) e Diego Simonet (6 golos), destacamos o trabalho de Cueto (6 golos). Esperamos que este jogo não tenha deixado marcas nos jogadores para os jogos decisivos que vão seguir. Jogo dirigido pela dupla de Aveiro, constituída por Ruben Maia e André Nunes, que na nossa opinião estiveram exagerados na sanção progressiva (trocando já na segunda parte. é o número 23 excluído, quando quem deveria ter sido o n.º11 argentino), bem na falta do atacante, e muito mal no critério de 7 metros, e na lei da vantagem.

Dia 09-01-18
Portugal 30 – 25 Argentina

Após este encontro a Selecção irá para a Póvoa de Varzim onde ficará até a disputa do Grupo de Qualificação.

O Banhadas Andebol

4 comentários:

Anónimo disse...

Espero que tudo corra bem a seguir

Anónimo disse...

Penso que a Polonia seja muito superior ARGENTINA VAMOS VER COMO CORRE
Quanto aos arbitros deste jogo penso que o c. a. continua a brincar ao andebol

Anónimo disse...

Ontem esteve a dirigir o nosso adv um treinador mais que batido, na alta roda do Andebol. Para os que andam cheios de receios e nada é positivo, vejam a gravação do jogo e se perceberem um pouco de Espanhol\Castelhano, podem ouvir o desespero e a ordinarice! Mas aqui não há escandalos.Este não é o meu treinador\selecionador nem é a minha equipa embora ande perto. Não fiz curso de treino de alta competição. Temos de ser objectivos senão nem play-off haverá. Que Ferraz melhore e que a sorte nos chame. De resto há que a procurar sem pestanejar!

Anónimo disse...

Ontem no pavilhão do jogo Portugal-Argentina notei nestes factos que, deixo à consideração dos que visionam este blog de Andebol:
- A equipa Argentina tem bons executantes entre os quais D. Simonet, a jogar no Montpellier H. de França. Tem um técnico Espanhol cheio de títulos.

- A equipa Portuguesa teve ontem algumas médias de idades baixas que, depois de ver uma convocatória já em casa aqui deixo, alguns dos pormenores dos nascidos em solo Português:

Miguel Martins (Porto-PT) C. 20 Anos
Al. Cavalcantti (Benfica-PT) LE. 21 Anos
Carlos Martins (ABC-PT) PD. 23 Anos
Diogo Branquinho (Porto-PT) PE. 23 Anos
Rui Silva (Porto-PT) C. 24 Anos
Sérgio Barros (Nillufer-Turquia) PE. 25 Anos
Pedro Portela (Sporting-PT) PD. 27 Anos