gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Crónica de Fim-de-semana – 16 – 2017 / 2018

Crónica de fim-de-semana exclusivamente dedicada aos jogos realizados na PO09.

Nesta crónica apenas dizemos que transmissões da Andebol TV desta prova, devem estar caríssimas, pois são raras.

Quem quiser verificar as estatísticas, que surgem embora normalmente bastante tempo depois dos jogos, o seu endereço é (http://po09.videobserver.com/pt/),agora, aguardamos que as mesmas sejam feitas em directo, mesmo assim só temos de agradecer a quem as faz, é a nossa obrigação.

PO09 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Femininos.

1.ª Fase – Resultados
1.ª Fase
13.ª Jornada
Dia 21-01-18
SIR 1.º Maio/CJB 30 - 17 CS Madeira
Juventude Lis 13 - 25 Madeira SAD
14.ª Jornada
Dia 20-01-18
Juventude Lis 11 - 26 CS Madeira
Santa Joana 22 - 29 Maiastars
Académico FC 23 - 25 Assomada
SIR 1.º Maio/CJB 22 - 30 Madeira SAD
CA Leça 11 - 34 Colégio Gaia
JAC-Alcanena 20 - 33 Alavarium

Fim-de-semana com a disputa dos jogos em atraso da 13.ª Jornada, e a14.ª jornada completa, e nestes 8 encontros disputados apenas se registou uma rectificação dos jogos relativos às jornadas homólogas da 1.ª volta, com a curiosidade de na 14.º jornada se ter verificado apenas vitórias das equipas visitantes. Como de costume tivemos várias equipas a realizar jornadas duplas, e na nossa opinião não se registou qualquer surpresa. Uma referência pela positiva, pois todos os encontros foram disputados sem ocorrências disciplinares registadas.

O Madeira SAD, nesta sua deslocação ao Continente, onde fez jornada dupla, averbou duas vitórias, a primeira diante uma das principais equipas da prova o SIR 1.º Maio/CJB, num encontro que apenas foi equilibrado durante os primeiros 30 minutos, onde chegou a registar-se uma igualdade a 12 golos, para as madeirenses chegarem ao intervalo já a vencer por 16-14. No segundo tempo o Madeira SAD impôs a sua natural superioridade, e foi alargando o diferencial até ao resultado final, que foi assinável tendo em conta o potencial de ambas as equipas. Miriam Almeida e Barbara Ferreira, ambas com 6 golos cada, foram as melhores marcadoras da equipa do SIR 1.º Maio/CJB, por sua vez Mónica Soares com 10 golos, e Beatriz Sousa com 6 golos, foram as melhores marcadoras do Madeira SAD. No segundo encontro a equipa do Madeira SAD defrontou a equipa da Juventude Lis, que se mostrou demasiado frágil neste encontro para o poderio das madeirenses, de tal forma que o resultado ao intervalo era completamente esclarecedor da superioridade do Madeira SAD, ao situar-se em 12-3, com especial destaque pela negativa, para os 3 golos concretizados pela equipa leiriense. No segundo tempo a equipa do Madeira SAD, fez uma autêntica gestão e controlo do Plantel e do resultado, terminando como normal vencedora. A melhor marcadora da Juventude Lis, não passou dos 4 golos e Margarida Oliveira, enquanto no Madeira SAD, foi mais uma vez Mónica Soares a sua melhor marcadora com 11 golos. Com estas duas vitórias e quipá do Madeira SAD, continua a dividir o comando da Prova nesta Fase com o Colégio Gaia, sem derrotas. Por sua vez a Juventude Lis, desceu um lugar (8.º), mas ainda dentro dos lugares de apuramento para o Play OFF, tal como o SIR 1.º Maio/CJB.

O CS Madeira, tal como a outra equipa da Madeira, também realizou jornada dupla, e no encontro onde defrontou a Juventude Lis, relativo à 14.ª jornada, voltou a vencer num encontro, onde praticamente teve apenas um sentido pois começou logo no início do jogo a vencer por 3-1, passando pelos 11-5, para chegar ao intervalo a vencer por uns confortáveis 14-4, e com o jogo praticamente resolvido, no segundo tempo embora tenha diminuído seu ritmo de jogo, não deixou de ser superior às leirienses, e terminou com uma confortável vantagem de 15 golos. Neste encontro a melhor marcadora da Juventude Lis, não passou dos 3 golos e foi Margarida Oliveira, por sua vez Ana Franco com 8 golos e Cláudia Aguiar com 6 golos, foram as melhores marcadoras do CS Madeira. No segundo encontro o CS Madeira defrontou a equipa da Marinha Grande, o SIR 1.º Maio/CJB, no único resultado que foi rectificado em relação ao ocorrido na 1.ª volta, e este encontro que tal como o anterior disputados no Continente, sofreu uma derrota, ainda tivesse oferecido alguma réplica nos momentos iniciais da partida, chegando a estar em igualdade no marcador (6-6), mas rapidamente a equipa da Marinha Grande assumiu o comando do marcador (10-9), para chegar ao intervalo a vencer por 12-9. No segundo tempo a equipa madeirense acusou o jogo da véspera e face ao aumento de intensidade de jogo por parte do SIR 1.º Maio, o resultado foi-se avolumando, terminando com um diferencial expressivo (13 golos). Com este resultado a equipa do SIR 1.º Maio/CJB, mantêm o 5.º lugar em igualdade pontual com a equipa da Assomada. Nas 10 atletas que marcaram golos pelo SIR 1.º Maio/CJB, Carolina Gomes com 6 golos, e Miriam Almeida com 5 golos, foram as suas principais marcadoras. No CS Madeira a sua melhor marcadora foi Ana Franco com 4 golos.

No Pavilhão do Lima, tivemos um dos jogos que terminou com o resultado mais equilibrado da jornada o Académico FC / Assomada. Foi um encontro de grande equilíbrio, verificando-se algumas alternâncias no comando do jogo e do marcador, com a equipa da Assomada, que esta a ser uma das agradáveis surpresas da prova (na nossa opinião) a chegar ao intervalo já na frente do marcador por 12-11. Vantagem que soube defender e manter durante o segundo tempo, onde ainda dilatou a diferença final em mais um golo. Cristiana Alves, e Josefina Rodrigues, ambas com 8 golos cada, foram as melhores marcadoras do Académico FC. Por sua vez Kassia César, com 13 golos, foi não só a melhor marcadora da Assomada como do encontro. Com este resultado o Académico FC, continua na zona, que disputará o Grupo B, na 2.ª Fase da Prova, enquanto a Assomada, com o seu 6.º lugar em igualdade pontual com o SIR 1.º Maio/CJB em 5.º lugar, está a lutar por um lugar no Play OFF.

Em São Pedro Fins, disputou-se o Santa Joana / Maiastars, onde a equipa do Maiastars, fez valer o seu favoritismo, vencendo a única equipa, que até ao momento apenas regista derrotas nesta Fase da Prova. Neste encontro os primeiros 30 minutos ainda registaram algum equilíbrio, pois o Maiastars chegou ao intervalo a vencer apenas pela diferença mínima (12-11), para a apenas conseguir materializar a sua natural superioridade no segundo tempo. Ana Carvalho com 8 golos, foi a melhor marcadora do Santa Joana, e do jogo, com Maria Duarte e os seus 5 golos a ser a principal marcadora das 10 jogadoras do Maiastars que marcaram golos. O Maiastars, continua em 3.º lugar da tabela classificativa.

No Municipal de Leça Palmeira, disputou-se o CA Leça / Colégio Gaia, onde o Colégio Gaia, confirmou o seu natural favoritismo, comando o jogo e o marcador durante praticamente os 60 minutos, pois logo durante o primeiro tempo foi aumentando progressivamente a sua vantagem passando pelos 9-3, 12-5, por exemplo, chegando ao intervalo a vencer pelo confortável resultado de 17-6, para continuar no segundo tempo, mantendo a mesma atitude, e fazendo um parcial muito semelhante ao do primeiro tempo (17-5), e com este resultado mantêm conforma já dissemos o primeiro lugar de parceria com o Madeira SAD, sem derrotas. No CA Leça ninguém se destacou em termos de marcação de golos, enquanto no Colégio Gaia onde 11 jogadoras marcaram golos, com Patrícia Lima e os seus 8 golos, a ser a sua principal marcadora.

Em Alcanena, disputou-se o JAC-Alcanena / Alavarium, onde o forte favoritismo do Alavarium, apenas foi contrariado pela equipa local durante os primeiros momentos do encontro, quando chegou a estar na frente até aos 5-4, para depois permitir que o Alavarium passasse para o comando do jogo e do marcador, chegando ao intervalo a vencer por 14-9, com a equipa visitada a sofrer nos últimos instantes deste período um parcial de 3-0. Nos segundos 30 minutos, a maior valia e experiencia do Alavarium veio à “tona”, e foi progressivamente dilatando a diferença, até ao resultado final. Com esta vitória a equipa da Região de Aveiro, mantêm-se no 3.º lugar em igualdade pontual com a equipa do Maiastars, enquanto a equipa do JAC-Alcanena, passou para o 9.º lugar da tabela classificativa, mas em (nossa opinião) condicções de ainda poder discutir um lugar nos 8 primeiros. Aurora Prata com 5 golos, foi a melhor marcadora do JAC-Alcanena. No Alavarium onde se registou uma autêntica gestão do plantel, que deu em 13 jogadoras a marcarem golos, onde Nádia Gonçalves com 6 golos, foi a sua principal marcadora.

Classificação após este encontro: - 1.º Madeira SAD, e Colégio Gaia (41 pontos), 3.º Maiastars, e Alavarium (32 pontos), 5.º SIR 1.º Maio/CJB, e Assomada (29 pontos), 7.º CS Madeira, e Juventude Lis (26 pontos), 9.º JAC-Alcanena (24 pontos), 10.º CA Leça (22 pontos), 11.º Académico FC (20 pontos), 12.º Santa Joana (14 pontos).

O Noticias

18 comentários:

Anónimo disse...

Juvelis no seu melhor , 4 golos marcados em 30mts e 11 no total com o Sport Madeira. Mau demais.

Jorge Almeida disse...

Banhadas, infelizmente, as coisas no Pavilhão do Lima não correram assim tão pacificamente. Senão, vejam o seguinte link:

https://www.jn.pt/desporto/interior/confrontos-no-final-de-jogo-de-andebol

O que dá para ver naquele video, para mim é bastante grave.

Espero que a FAP atue em conformidade.

Anónimo disse...

O treinador do CALE também podia dar aqui a sua versão dos acontecimentos já que esteve lá no meio...

Anónimo disse...

Depois de ver esse video, confirmei todos os relatos, o sr treinador do académico a agredir barbaramente uma jogadora do assomada.

Anónimo disse...

Engraçado quando numa rede social uma atleta do Assomada,passo a citar " o treinador do académico que não pode ter culpa nem ser responsabilizado por atos de terceiros"

Anónimo disse...

De anónimo para anónimo!
O mais curioso é que o vídeo não mostra uma adpeta a dirigir se a cara de uma sra idosa ,partindo lhe os óculos, que só pediu respeito! O mínimo que se pede numa sociedade civilizada, RESPEITO! Iniciando assim o atrito entre adeptos e atletas. Engraçado ninguém referir isto não acha?!
Convém falar de racismo, xenofobia etc. Mas sabe atos de racismo não acontecem só de "brancos" para "negros". O contrário tbm é racismo sabia?! E a educação onde fica no meio disto tudo?! Tbm é visível no video não é? Pois é as pessoas têm de usar a força para se imporem quando não se sabem dar ao respeito nem respeitar o próximo.
Curioso também que por acaso no vídeo não se vê literalmente ninguém a porrada mas sim pessoas a agarrem se, umas as outras, para se separem de uma queda, devido ao local perigoso que era! Enquanto todos tentavam chegar a sra idosa e adepta da equipa visitante. Mas em momento algum se vê o treinador a agredir alguém neste vídeo! Você deve ter visto outro vídeo de certeza. O que se vê sim! é o treinador a ser separado da confusão por atletas e um dirigente e não a espancar brutalmente alguém como sua excelência diz, Sr ou sra dou lhe os meus parabéns tem uma visão espetacular. Ou deveria dizer excelente se conseguiu ver diferente de todos as outras pessoas!!
Foi um incidente triste apenas. Que deve ser esquecido e enterrado! Infelizmente estas coisas acontecem mas posso lhe garantir que nenhum membro da equipa da casa desde presidente a treinadores, seccionistas e atletas têm comportamentos ou indiciam a ter comportamento destes! Disto pode ter a certeza. Tanto é que não há relatos anteriores desta equipa( treinadores dirigentes e atletas) em confrontos físicos com outras equipas ou pessoas, curioso também não acha?!
Para si e todos os leitores obrigada.
Sem mais nada acrescentar.
Melhores cumprimentos

Anonimo disse...

Não pode ser responsabilizado pelos atos de terceiros, mas tem de se responsabilizar qd o próprio parte para agressão física.

Anónimo disse...

Engraçado no meio de tudo que é mais grave,aquilo que lhe interessa é voltar a insistir na agressão inexistente!
Deve ter algum interesse,já agora diga-me em que cinema foi ver esse filme!ja que no dito vídeo só você viu isso!depois pelos vistos as atletas do Assomada dizem que treinador e atletas do académico não fizeram nada muito pelo contrário.

Anónimo disse...

Citando anónimo de 23.01 às 18:31...
"Foi um incidente triste apenas. Que deve ser esquecido e enterrado! Infelizmente estas coisas acontecem mas posso lhe garantir que nenhum membro da equipa da casa desde presidente a treinadores, seccionistas e atletas têm comportamentos ou indiciam a ter comportamento destes! Disto pode ter a certeza. Tanto é que não há relatos anteriores desta equipa( treinadores dirigentes e atletas) em confrontos físicos com outras equipas ou pessoas, curioso também não acha?!
Para si e todos os leitores obrigada.
Sem mais nada acrescentar.
Melhores cumprimentos"

Enterrado um assunto destes??? Para que há disciplina, se é culpa de ambas as equipas que se castiguem as duas equipas... Quanto à segunda parte da frase, sabe porque o treinador do Académico levou trinta dias no jogo da Taça de Portugal com a Juve Lis, deve ter sido por ser santinho e é mais fácil castigá-lo. Pergunte ao delegado ao jogo ou aos árbitros ou a alguém da equipa da Juve Lis. Aliás esse sr não devia estar no jogo, pois comprometeu-se a ir à Croácia tirar o Master Coach, mas para ele deve valer segundo ano seguido com grau 3 na 1ª divisão...

Anónimo disse...

quando o próprio parte para a agressão física? ve isso em algum lado? tem graça que tudo o que saiu para o exterior foram apenas estas imagens e palavras acerca delas quando na verdade, depois destas imagens, a equipa visitante ainda fez questão de arranjar mais conflitos, mas isso ninguém fala ou ninguém filmou, curioso, não? Da mesma maneira que tambem não existem imagens da sra a ser agredida por duas adeptas que foi o que originou toda a confusão... ou se calhar existem, não foram é divulgadas porque na verdade não lhes convem...
Antes de tudo isto, pensem primeiro no verdadeiro conceito de racismo e xenofobia e vejam quem são os racistas e os agressores aqui!

Anónimo disse...

Caro visionário,como explica você a situação que refere de agressão quando no boletim de jogo pelo que acabo de ver não há disciplina?gostava de ser esclarecido,se tal aconteceu não devia haver relatório do sucedido??ou será que só os seus olhos de lince viram aquilo que ninguém viu?sim porque árbitros e delegado acredito que tenham precensiado tudo,sendo apenas observações administrativas!

Anónimo disse...

que santinhos....
estavam a apostar??

Anónimo disse...

Pronto está mais que visto que o seu problema é pessoal!mas no anonimato é fácil falar.porque não se identifica e esclarece todas as suas dúvidas??com tanta sabedoria não lhe fica mal dizer algo verdadeiro no meio de tanta asneira.

Anónimo disse...

Da juve lis?tem imensa razão e em relação ao curso também. Ao menos fale do que sabe que já não lhe fica tao mal!ja agora nívea para as Dores de cotovelo que já vi que o seu problema é inveja,é mesmo pessoal!se assim for de a cara e resolva os seus problemas com o próprio.

Anónimo disse...

Quem lá estava viu perfeitamente o treinador andre monteiro agredir uma adepta do assomada, desferindo repetidamente vários socos na mesma, depois de criada na bancada a confusão entre duas adeptas e a mae do treinador, que após alguma falta de respeito das adeptas do assomada, se dirigiu a elas e partiu da sr.ª a primeira agressão fisica, isto é que não vale a pena encobrir, normalmente os Homens assumem os seus comportamentos, os homens já não.

No que diz respeito ao histórico dessa equipa, esse treinador tinha acabado de cumprir 30 dias de suspensão, e no torneio em que entrou de natal, ainda sob castigo, insultou repetidamente, ou seja, faltou ao RESPEITO a um oficial de mesa da AAP, onde lhe foi exibido o cartão azul.

Assumam os erros, não tapem o sol com a peneira

Anónimo disse...

Mas que grande fã! Preocupe se em ser uma pessoa tão bem formada e competente como o treinador a que se refere e depois ponha mesmo um bocado de nivea. Ao menos senão tiver rigorosamente mais nada de mirabolante para inventar, nem algo que seja VERDADE para dizer. Sempre fica hidratado da pele ;)
Fale só do que sabe e deixe de contar as coisas a sua maneira!

Anónimo disse...

estão a falar de quem? do Taxista????

O culpado de tudo foi o espectador que estava na 3º fila de cima para baixo, a meio do pavilhão. E já agora "querida" Federaçao, castigos para quê?
Vão ver os VIDEOS!!! Ahhh desculpem, devem estar cortados (faltou a bateria...) e multas, não???!!!
Estamos na altura dos Oscares, dos nomeados filmes "Ulisses", "A casa dos Monteiros", " Sheila, a rainha da selva" e o "Arfa Ville", "A aposta", "Voando sobre um ninho de Carvalhos", "os Martens também se abatem". Muita ação, comédia aos montes, suspense ZERO, e o CRIME compensa.
ULTIMA HORA: O culpado foi..........Não percam os próximos capitulos num pavilhão perto de sí.

Anónimo disse...

Sheila, a rainha da selva... hahaha