gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Crónica de Fim-de-semana – 17 – 2017 / 2018

Crónica de fim-de-semana exclusivamente dedicada aos jogos realizados na PO09.

Nesta crónica apenas dizemos que desta vez nem transmissões da Andebol TV existiram, devem estar caríssimas, pois são “raríssimas”.

Quem quiser verificar as estatísticas, que surgem embora normalmente bastante tempo depois dos jogos, o seu endereço é (http://po09.videobserver.com/pt/),agora, aguardamos que as mesmas sejam feitas em directo, mesmo assim só temos de agradecer a quem as faz, é a nossa obrigação.

PO09 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Femininos.

1.ª Fase – Resultados
1.ª Fase
15.ª Jornada
Dia 27-01-18
Alavarium 37 - 19 Santa Joana
Maiastars 28 - 24 Juventude Lis
Colégio Gaia 27 - 24 Académico
Dia 04-02-18
CA Leça - SIR 1.º Maio/CJB (17H00)
CS Madeira - Assomada (15H00)
Madeira SAD - JAC-Alcanena (17H00)
16.ª Jornada
Dia 28-01-18
Alavarium 27 - 29 Colégio Gaia

Fim-de-semana em que se disputaram apenas 3 encontros da 15.ª Jornada, e um encontro antecipado da 16.ª Jornada, face à participação do Alavarium, nas competições Europeias. Jogos em que venceram os naturais favoritos, e onde apenas foi alterado um resultado em relação ao ocorrido na 1.ª volta da prova. Uma referência pela positiva, pois todos os encontros foram disputados sem ocorrências disciplinares registadas.

O jogo mais importante dos que se disputaram (na nossa opinião), foi o encontro antecipado Alavarium / Colégio Gaia, pois colocava frente a frente duas das principais equipas que disputam a prova nacional, num encontro que foi disputado depois de ambos os conjuntos terem jogado na véspera, fazendo na prática jornada dupla. Foi um encontro sempre disputado com grande equilíbrio, com as igualdades a sucederem-se, embora nos minutos iniciais do jogo a equipa aveirense se tenha sobreposto ao Colégio Gaia, situação que esta equipa ainda nos primeiros 30 minutos reverteu, mas nunca conseguiu afastar-se no marcador e o intervalo surgiu, com uma vantagem de um golo para a equipa visitante, que refletia o forte equilíbrio verificado até então. No segundo tempo o Colégio Gaia, após algum equilíbrio, até se atingir uma igualdade a 21 golos, soube aproveitar alguns erros cometidos pela equipa do Alavarium, e após um parcial de 4-0, passa para a frente do marcador por 25-21, com a equipa visitada, a reagir e bem, mas a não concretização de alguns livres de 7 metros, leva a que a equipa do Colégio Gaia, não mais perde-se o comando do encontro e terminasse como vencedora. Com este resultado, mantêm-se juntamente com o Madeira SAD, como as únicas equipas sem derrotas nesta fase da prova, até ao momento. Enquanto o Alavarium, se isola no 3.º lugar (à condicção, pois tem mais um jogo). Ana Carolina Silva com 7 golos, e Cláudia Correia com 6 golos, foram as melhores marcadoras do Alavarium, Carolina Monteiro com 9 golos, Joana Resende e Patrícia Resende, ambas com 6 golos cada, foram as melhores marcadoras do Colégio Gaia.

No único encontro onde foi revertido o resultado ocorrido na 1.ª volta, disputado na Maia, foi o Maiastars / Juventude Lis, foi um encontro disputado perante uma razoável assistência, e que foi disputado com grande equilíbrio, conforme se constata pelo andamento do resultado pois desde uma igualdade a 7 golos, que se repetiu a 8 golos, para a equipa visitada, passar a comandar o marcador sempre pela diferença mínima (10-9, 12-11, por exemplo), para chegar ao intervalo a vencer então pela máxima diferença registada 13-11. A equipa maiata entro melhor no segundo período de jogo, e foi aumentando a sua vantagem que variou entre 3 e 4 golos, perante uma corajosa reacção da equipa leiriense, embora fosse insuficiente, pis a vitória maiata estava consolidada, e não deu mais oportunidades de aproximação ao adversário. O Maiastars está em 4.º lugar, mais regista menos um jogo que o 3.º classificado, mas plenamente dentro dos seus objectivos (qualificação para o Play OFF). Maria Duarte com 12 golos, foi não só a melhor marcadora do Maiastars, como do encontro, na Juventude Lis, Kelly Rodrigues com 8 golos, foi a sua melhor marcadora. Apesar de derrotada, a equipa leiriense ainda se encontra entre os lugares que dão acesso ao Play OFF.

Em jogo da 15.ª Jornada, tivemos no Colégio Gaia, o Colégio Gaia / Académico FC, que surpreendentemente foi muito mais equilibrado do que se poderia supor, pois a equipa do Colégio, sabendo do jogo que iria disputar no dia seguinte, fez uma autêntica gestão do plantel e do jogo, e com esta poderia ter sofrido um amargo dissabor, de tal forma a equipa do Lima equilibrou o encontrou que ao intervalo o resultado era de 11-8 a favor do Colégio Gaia, para o parcial do segundo tempo ser uma igualdade a 16 golos, com o Académico a reduzir o diferencial, aos 22-20, e aos 23-21, o que é um reflexo puro do que se passou em campo. Carolina Monteiro com 9 golos, e Patrícia Lima com 6 golos, foram as melhores marcadoras do Colégio Gaia, por seu lado Josefina Rodrigues com 9 golos, e Ana Pereira com 7 golos, foram as melhores marcadoras do Académico FC. Com esta nova derrota dificilmente o Académico FC, fugirá dos lugares de disputa do Grupo B, ou seja dos lugares que na prática discutirão a descida de divisão.

No Pavilhão do Alavarium, tivemos o Alavarium / Santa Joana, também respeitante à 15.ª jornada, desta Fase da Prova, que foi mais um encontro disputado em modo de gestão tal a diferença existente entre as duas equipas, com total domínio da equipa aveirense que rapidamente chega aos 6-1, para ao intervalo estar na frente do marcador por 18-6, o que é um reflexo puro da diferença existente entre as equipas. No segundo pouco se alterou, com a equipa do Alavarium em pura gestão do plantel e do jogo, tendo terminado com 12 jogadoras a marcarem golos, sendo Soraia Fernandes com 8 golos, e Nadia Gonçalves com 6 golos a suas principais marcadoras, no Santa Joana, as sua melhores marcadoras não passaram dos 4 golos (Ana Carvalho e Tatiana Barbosa). A equipa do Santa Joana, continua a ser a única equipa nesta Fase da Prova que apenas averba derrotas, e certamente integrará o Grupo B, na segunda Fase da Prova, discutindo os lugares de descida de divisão.

Classificação após este encontro: - 1.º Colégio Gaia (+ 1 jogo, 47 pontos), 2.º Madeira SAD (- 1 jogo, 41 pontos), 3.º Alavarium (+1 jogo, 36 pontos), 4.º Maiastars (35 pontos), 5.º SIR 1.º Maio/CJB (-1 jogo), e Assomada (-1 jogo) (29 pontos), 7.º Juventude Lis (27 pontos), 8.º CS Madeira (-1 jogo, 26 pontos), 9.º JAC-Alcanena (-1 jogo, 24 pontos), 10.º CA Leça (- 1 jogo, 22 pontos), 11.º Académico FC (21 pontos), 12.º Santa Joana (15 pontos).

Voltamos a referir que os nossos principais OCS, pouco ou nada disseram sobre esta prova, é um desprezo total, basta ver a revista de imprensa hoje e de ontem, no site da Federação. Lamentável.

O Noticias

3 comentários:

Anónimo disse...

É de salientar que quem escreveu esta crónica não viu, de forma alguma, o jogo do Colégio de Gaia/Académico FC pois se tal tivesse acontecido, de certeza que "uma autêntica gestão do plantel e do jogo" não faria parte do texto.

Anónimo disse...

É de salientar que quem escreveu esta crónica não viu, de forma alguma, o jogo do Colégio de Gaia/Académico FC pois se tal tivesse acontecido, de certeza que "uma autêntica gestão do plantel e do jogo" não faria parte do texto.

Anónimo disse...

Talvez no sentido em que a sua maior promessa / certeza esteve na bancada, tendo jogado no dia seguinte em Aveiro. Jogo disputado a um ritmo muito baixo...