gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

sábado, 27 de janeiro de 2018

Crónica Intermédia de Fim-de-semana – 34 – 2017 / 2018 – I

Nova crónica intermédia embora feita ao fim-de-semana sobre a PO01, e relativa apenas a um dos encontros que foi antecipado da 20.ª Jornada.

PO01 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Masculinos.

18.ª Jornada
07-02-18
FC Porto - Sporting (20H30) Porto Canal / Andebol TV
20.ª Jornada
Madeira SAD 36 – 21 Arsenal (Já antecipado)
Dia 27-01-18
ABC 22 – 24 Águas Santas

Jogo que foi antecipado e mereceu transmissão pela Andebol TV, e onde foi rectificado o resultado, ocorrido na jornada homóloga da 1.ª Volta. Felizmente foi uma jornada disputada sem ocorrências disciplinares.

ABC 22 – 24 Águas Santas

Jogo disputado no pavilhão Flávio Sá Leite, com uma razoável assistência, que foi bem disputado, com a equipa do ABC a dominar nos 15 minutos iniciais, chegando rapidamente aos 4-1 e aos 8-7, com a equipa maiata a igualar a 8 golos, para de seguida a equipa maiata passar para a frente do marcador, e nunca mais largar o comando do marcador, com o ABC a demonstrar demasiado ansiedade, onde apenas o seu experiente guarda-redes Humberto Gomes (38% de eficácia), se mostrava à altura dos seus pergaminhos, com a equipa a cometer diversas falhas técnicas, e a perder consecutivamente situações ao ataque que se revelava completamente ineficaz, o intervalo chega com o Águas Santas na frente do marcador por 14-11, depois de ter estado a vencer por 4 golos que foi a maior diferença que obteve nos 60 minutos de jogo (14-10). No segundo tempo, o Águas Santas jogou quase sempre no limite do jogo passivo e soube controlar o marcador e o jogo, tendo em António Campos (31% de eficácia) na baliza decisivo em vários momentos do encontro, como quando defende um livre de 7 metros a 40 segundos do fim do jogo e que colocaria o resultado por um golo de diferença. Durante o segundo tempo e apesar das várias exclusões, ocorridas e até duas desqualificações uma directa para os maiatos e outra por acumulação de exclusões para o ABC, o cariz do encontro não se alterou, com Pedro Cruz (10 golos, 53% de eficácia, e 3 em 4 de livre de 7 metros), a ser marcado homem a homem, o ABC, conseguiu por diversas ocasiões chegar a penas 2 golos de diferença com contra ataques bem organizados, a partir de acções do seu guarda-redes, mas o ataque organizado era ineficaz, onde apenas Hugo Rosário (5 golos, 63% de eficácia), demonstrava algum poder de “fogo”, perante a excelente organização defensiva do Águas Santas. Com esta vitória a equipa maiata tenta a entrada nos seis primeiros lugares, ou seja aqueles que dão entrada directa no Grupo A na 2.ª Fase. Jogo dirigido pela experiente\ dupla aveirense constituída por Mário Coutinho e Ramiro Silva, que na nossa opinião poderia e deveria ter tido uma actuação mais equilibrada em especial, na aplicação do Jogo Passivo, e na Sanção Progressiva.

Após a realização deste jogo a classificação é a seguinte – 1.º Benfica (52 pontos), 2.º Sporting (-1 jogo, 51 pontos), 3.º FC Porto (- 1 jogo, 49 pontos), 4.º ABC (+1 jogo 49 pontos), 5.º AA Avanca (45 pontos), 6.º Águas Santas (+1 jogo), e Madeira SAD (+1 jogo) (41 pontos, 8.º Belenenses (40 pontos), 9.º Boa Hora (32 pontos), 10.º Ismai (30 pontos), 11.º AC Fafe, e 12.º Arsenal (+ 1 jogo) (29 pontos), 13.º Xico Andebol (25 pontos), 14.º São Bernardo (23 pontos). 

O Banhadas Andebol

2 comentários:

Anónimo disse...

Parece que os amarelos começam a perder estatuto, nem com a forte ajuda dos apitadeiros, lá foram, força Águas

Anónimo disse...

ABC em tarde não...
Treinador a demorar a compreender o que se passava em campo e a reagir muito tarde...
Entrada à campeão e 55 minutos a asneirar...
Muita precipitação e "tremideira" de principiantes... bastava converter os sete metros que falharam para ganhar o jogo...
Santo Humberto foi insuficiente, não pode fazer tudo...
Efeitos da ausência de rotatividade do plantel parecem começar a a vir ao de cima. O que é preocupante porque ainda estamos em Janeiro...
O Sá leite parece estar em "desmobilização"...
Saí preocupado. Oxalá esteja enganado!

Quanto ao Águas Santas pareceu-me mais "fracote" que nos anos anteriores. Limitou-se a aproveitar o desacerto academista.