gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

quarta-feira, 6 de junho de 2018

P004 – Fase Final – 2017 /2018 – IX


Crónica dedicada á Fase Final Nacional da PO04, numa Fase, onde se regista a tão desejada competitividade no escalão que todos dizem não existir.

PO04 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Juniores Masculinos

Fase Final Nacional – Grupo A
9.ª Jornada
Dia 03-06-18
Águas Santas 33 – 32 Sporting
Benfica 36 – 29 São Bernardo
FC Porto 32 – 20 ABC

Desceram de Divisão
Zona 1 – Ismai, e Académico FC
Zona 2 – Vitória FC, e Almada AC

Jornada disputada de forma completa o que mais uma vez, se saúda, e onde se apenas, se verificou a alteração de um resultado (FC Porto / ABC), em relação ao ocorrido na jornada similar da 1.ª volta, e onde o apesar da distância pontual já existente entre algumas equipas, continuam a registar-se jogos de grande equilíbrio, e foi uma jornada sem registos de ocorrências disciplinares. Apenas mantemos a informação de quem já desceu de divisão, porque o Grupo B já terminou e ficaram já definidas as descidas de divisão. Continua a verificar-se que a uma jornada do fim desta Fase Final, apenas 3 equipas podem ser Campeãs Nacionais (Benfica, Águas Santas) que continuam a ser as grandes favoritas na nossa opinião, e ainda o FC Porto, pois poderão terminar as 3 equipas com igualdade pontual, e nos jogos entre si, teriam nesta hipótese o mesmo número de pontos, pelo seria a diferença de golos, nos jogos entre si a definir a classificação final, e o Titulo de Campeão Nacional, e segundo a nossa leitura do Regulamento Geral da FAP o beneficiário seria o Águas Santas. Continuando o São Bernardo a ser a única equipa que apenas regista derrotas nesta Fase da prova. Na última jornada dois encontros serão em nossa opinião cruciais, para a atribuição do Titulo (Sporting / Benfica, e ABC / Águas Santas),

No Pavilhão de Águas Santas, disputou-se o Águas Santas / Sporting, que foi totalmente dominado pela equipa maiata, que chegou ao intervalo já na frente do marcador por 19-14, para no decorrer do segundo tempo chegar a ter 8 golos de vantagem, quando o marcador se situava em 24-16, momento a partir do qual o Sporting, começou a encetar uma excelente recuperação, que terminou perdendo pela diferença mínima. No Águas Santas, Gonçalo Vieira com 10 golos, e António Aparício com 6 golos, foram os seus melhores marcadores. No Sporting que teve 11 jogadores a marcarem golos, teve em Daniel Neves com 8 golos, o seu principal marcador. Na Quinta de Marrocos, o Benfica defrontou o São Bernardo, e confirmou a sua vitória da 1.ª volta, comandando o marcador e o jogo, durante os 60 minutos, tendo chegado ao intervalo já na frente do marcador por 18-12, com o São Bernardo a melhorar a sua prestação competitiva no segundo tempo. Tomas Carolino com 9 golos, e Pedro real com 7 golos, foram os melhores marcadores do Benfica, enquanto David Gomes com 7 golos, João Saraiva e Tiago Couto, ambos com 6 golos cada, foram os melhores marcadores do São Bernardo. No Colégio de Carvalhos, tivemos o FC Porto / ABC, que se esperava um encontro com maior equilíbrio, mas que acabou por pender mais para o FC Porto, que durante o primeiro tempo ainda registou algum equilíbrio, chegando ao intervalo por 13-10. Para no segundo tempo, se registar um colapso total da equipa bracarense, que acaba por perder por um diferencial não esperado por muita gente (nós incluídos), no único encontro onde foi rectificado o resultado em relação ao ocorrido na jornada homóloga da 1.ª volta. No FC Porto com 12 jogadores a marcarem golos, teve em André Sousa com 8 golos, e Martim Costa com 7 golos, os seus principais marcadores. No ABC, Armando Araújo com 7 golos, foi o seu melhor marcador.

Classificação, após a realização destes jogos – 1.º Águas Santas, e Benfica (23 pontos), 3.º FC Porto (21 pontos), 4.º ABC (17 pontos), 5.º Sporting (15 pontos), 6.º São Bernardo (9 pontos). 

O Noticias.

Sem comentários: