gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

segunda-feira, 11 de junho de 2018

PO05 – 2017 / 2018 – Final


ALAVARIUM CAMPEÃO NACIONAL
(SUCEDE A FC GAIA)
(Foto FAP)
PO05 – Campeonato Nacional de Juniores Masculinos 2.ª Divisão

Modelo Competitivo

Os clubes apurados da 1ª Fase serão agrupados na 2ª Fase em duas zonas geográficas (TXT a 2 voltas). Os dois primeiros Classificados de cada zona disputam a PO04 na época seguinte. O 1º Classificado de cada zona fica apurado para a Fase Final (TXT a 2 voltas – Desempate de acordo com o Regulamento Geral) onde se apura o Campeão Nacional.

Nota Na prática, este texto significou que a Final foi disputada a duas mãos para determinar o Campeão Nacional.

Resultados
1.º Jogo
Dia 03-06-18
Alavarium 33 – 28 ADC Benavente
2.º Jogo
Dia 10-06-18
ADC Benavente 20 – 29 Alavarium

Subidas de Divisão
Zona 1 – Alavarium e Boavista FC
Zona 2 – ADC Benavente e IFC Torrense

Terminou este fim-de-semana com a disputa do encontro da 2.ª mão em Benavente, a Final do Campeonato Nacional de Juniores da 2ª Divisão de Masculinos, que esta época foi disputada nos mesmos moldes da época transata, ou seja final a duas mãos, com a participação das equipas do Alavarium e do ADC Benavente. Uma equipa da AA Aveiro, e outra da AA Santarém. Com ambos os jogos a serem disputados sem ocorrências disciplinares, e com excelentes assistências.

Final disputada com total superioridade da equipa do Alavarium, conforme demonstram os resultados. Depois de um primeiro jogo disputado no pavilhão do Alavarium, com a equipa local a vencer por 33-28, num jogo de algum equilíbrio até ao intervalo, com a equipa do Alavarium pela margem mínima (14-13), a equipa visitante teve um excelente comportamento desportivo, embora no segundo tempo o Alavarium se tenha superiorizado e terminado o encontro com 5 golos de vantagem. Apresentado a disputar o segundo encontro com esta vantagem, em Benavente, foi uma equipa que nunca se acomodou, e comandou na prática o jogo e o marcador durante os 60 minutos, chegando ao intervalo já na frente do marcador por 15-11, para no segundo tempo, aumentar a vantagem e ser um justo vencedor, pois terminou com vitória em ambos os encontros.

Desempates Se se registasse a necessidade de proceder a desempate o mesmo seria de acordo com o disposto o estabelecido no Regulamento Geral da Federação. Neste caso aplicou-se o disposto no Regulamento de Desempates estabelecido pela EHF, para eliminatórias em 2 mãos.

O Formador

Sem comentários: