gal vence

Euro Sub-20 Masculino Nova e Excelente vitória de Portugal agora com Dinamarca 31-29 - Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

quarta-feira, 13 de junho de 2018

PO06 Fase Final – 2017 / 2018 – V


Cronica ligeira sobre a Fase final desta prova, que está a ser disputada no mesmo formato competitivo, da época anterior.

Desta feita sem representação das Regiões Insulares.

PO06 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Juvenis Masculinos

Desta feita sem representação das Regiões Insulares.

5.ª Jornada
Dia 09-06-18
Benfica A 34 – 34 ABC
Águas Santas 24 – 17 Sporting A

Campeão Nacional – Sporting
Descem de Divisão – Ismai, SC Espinho, Juventude Lis e Évora AC.

Jornada que se segue à atribuição do Titulo, e que corresponde à 2.ª jornada da 2.ª volta desta Fase Final, verificaram-se alterações em todos os resultados ocorridos na jornada similar da 1.ª volta, e onde tivemos a primeira derrota do já Campeão Nacional, num encontro onde se verificaram ocorrências disciplinares. Verificando-se uma diminuição das assistências que se têm verificado nos jogos desta prova.

Na Quinta Marrocos o Benfica recebeu o ABC, e num encontro onde imperou o equilíbrio, apesar do Benfica chegar ao intervalo a vencer por 17-14, depois de se ter verificado por exemplo uma igualdade a 7 golos, no segundo tempo a equipa maiata com uma reacção e uma boa postura competitiva, conseguiu superiorizar-se e terminar o encontro numa igualdade. NO Benfica, Joaquim Nazaré com 8 golos, Tomas Rodrigues e Luís Cabral ambos com 6 golos cada, foram os seus melhores marcadores, por sua o Águas Santas, que teve dez atletas a marcarem golos, teve em Vinicius Fonseca com 10 golos, o seu principal marcador. No pavilhão do Águas Santas, disputou-se o Águas Santas / Sporting (encontro com ocorrências disciplinares), onde os maiatos comandaram o marcador praticamente durante os 60 minutos, jogando diante uma equipa que foi demasiado confiante, e chegou ao intervalo já na frente do marcador por 14-7, margem que lhe permitia uma total gestão do jogo e do marcador, onde nos segundos 30 minutos chegaram a ter vantagens de 9 golos, como por exemplo aos 21-12, ou 23-14, para depois permitirem uma ligeira recuperação ao Sporting, terminando o jogo com o mesmo diferencial que se verificava ao intervalo, com este resultado a equipa maiata obteve a sua primeira vitória nesta Fase da Prova. Tiago Pereira com 8 golos, e António Carvalho com 6 golos, foram os melhores marcadores do Águas Santas, por sua vez no Sporting o seu melhor marcador não passou dos 4 golos e foi Gonçalo Delgado.

Classificação após esta jornada – 1.º Sporting A (13 pontos), 2.º Benfica A, ABC, e Águas Santas (9 pontos).

O Formador

Sem comentários: