gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

terça-feira, 19 de junho de 2018

PO06 Fase Final – 2017 / 2018 – VI


Última crónica sobre a Fase final desta prova, que foi disputada no mesmo formato competitivo, da época anterior.

PO06 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Juvenis Masculinos

Desta feita sem representação das Regiões Insulares.

6.ª Jornada
Dia 16-06-18
Sporting A 33 – 30 Benfica A
ABC 31 – 24 Águas Santas

Campeão Nacional – Sporting
Descem de Divisão – Ismai, SC Espinho, Juventude Lis e Évora AC.

Apesar de o Titulo já estar atribuído à duas jornadas, este fim-de-semana disputou-se a 6.ª e última jornada da prova, que corresponde à 3.ª jornada da 1.ª volta desta Fase Final, apenas se verificou alteração num dos resultados ocorridos na jornada homóloga da 1.ª volta, sendo no entanto uma jornada disputada com algum equilíbrio, apesar de um dos resultados não dar essa perspectiva, todos os encontros foram realizados sem o registo de ocorrências disciplinares, em termos de assistências tivemos uma melhoria em relação ao ocorrido na jornada anterior.

No Pavilhão Fernando Tavares, disputou-se o Sporting A / Benfica A, que foi um encontro com duas partes distintas, pois o Benfica A, terminou o primeiro tempo na frente do marcador por 18-16, para o Sporting A, responder no segundo tempo, igualando o marcador por exemplo a 24 golos, e a 26 golos, assumindo a partir desta igualdade o comando do marcador até final do jogo. No Sporting A, que teve 11 jogadores a marcarem golos, Salvador com 8 golos, e Joel Ribeiro com 6 golos, foram os seus principais marcadores. No Benfica, Joaquim Nazaré com 12 golos, João Nobre, e Luís Cabral, ambos com 6 golos cada foram os seus melhores marcadores, uma referência especial para os 12 livres de 7 metros marcados a favor do Benfica, mas sendo apenas 6 convertidos. No Pavilhão Flavio Sá Leite, disputou-se o ABC / Águas Santas, jogo que na 1.ª volta tinha terminado com uma igualdade a 28 golos, desta vez o ABC, terminou com uma clara vantagem final, mas deve a bem da verdade dizer que ao intervalo vencia por apenas um golos (13-12), e que os maiatos ainda igualam o marcador a 17 golos, e só a partir deste momento em que o ABC assume o comando do marcador, consegue ir materializando a sua superioridade, enquanto por seu lado o Águas Santas foi perdendo discernimento, e apenas a partir dos 26-23 a favor do ABC a sua vantagem foi ampliada para os valores finais. Vinicius Fonseca com 13 golos, foi o melhor marcador do ABC, enquanto no Águas Santas onde 10 jogadores marcaram golos, Tiago Pereira com 6 golos, foi o seu principal marcador.

Classificação Final – 1.º Sporting A (16 pontos), 2.º ABC (12 pontos), 3.º Benfica A, e Águas Santas (10 pontos).

O Formador

Sem comentários: