gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

segunda-feira, 18 de junho de 2018

Torneios de Seleções Regionais Femininas – XIX


Disputou-se este fim-de-semana (15 a 17-06-18) no Pavilhão Municipal de Odemira em Odemira, a Fase Final desta Prova, a que a Federação no seu entender não atribui qualquer identificação numérica, embora as mesmas, anteriormente tivessem designações atribuídas.

Torneio Seleções Regionais Femininas - Prova destinada a atletas nascidos em 2003 e 2004.

AA LISBOA BI-CAMPEÃ
(Foto FAP)
Fase Final - Participam – AA Braga, AA Porto, AA Lisboa, AA Madeira, AA Aveiro, e AA Algarve.

Forma de Disputa - Fase Final – Participam as 6 equipas apuradas, que numa 1.ª Fase serão agrupadas em 2 zonas de 3 equipas, jogando TxT a 1 volta, com as 1/2 Final a serem disputadas pelos 1.º e 2.º classificados de cada zona (1.º Zona 1 x 2.º Zona 2, 1.º Zona 2 x 2.º Zona 1), enquanto os 3.º Classificados farão um jogo de definição do 5.º e 6.º Lugar, os vencidos nas 1/2 Final disputarão um encontro para definição do 3.º e 4.º Lugar.

Resultados
Fase Final – Zona 1
1.ª Jornada
Dia 15-06-18
Algarve 28 – 35 Lisboa
2.º Jornada
Dia 16-04-18
Porto 38 – 19 Algarve.
3.ª Jornada
Dia 16-06-18
Lisboa 36 – 33 Porto

Fase Final – Zona 2
1.ª Jornada
Dia 15-06-18
Aveiro 23 – 36 Madeira
2.º Jornada
Dia 16-06-18
Braga 36 – 27 Aveiro
3.ª Jornada
Dia 16-06-18
Madeira 29 – 24 Braga

Dia 17-06-18
1/2 Final
Lisboa 36 – 24 Braga
Madeira 23 – 26 Porto

5.º/6.º Lugar
Algarve 21 – 22 Aveiro

3.º/4.º Lugar
Braga 29 – 28 Madeira

Final
Lisboa 38 – 36 Porto

Classificação1.º AA Lisboa, 2.º AA Porto, 3.º AA Braga, 4.º AA Madeira, 5.º AA Aveiro, e 6.º AA Algarve.

De lamentar, que não exista um único Boletim de Jogo, completo, existindo alguns que nem informação de disciplina, ou espectadores possui, não existindo sequer informação de se registarem ou não prolongamentos em alguns dos jogos, não se entende que este tipo de acontecimentos se registem numa prova de Selecções Regionais. Será que a política de ter acabado com os Oficiais de Mesa, é para termos situações como esta! É uma falta de respeito pela modalidade, e por quem a ela se dedica. Pela positiva teremos de destacar que todos os encontros foram disputados sem ocorrências disciplinares

Esperamos que a realização das provas nestes locais, possa contribuir, para o desenvolvimento da modalidade nas mesmas. Embora tenhamos a consciência de que estas provas não saíram certamente de baixo custo à Federação.

O Formador

Sem comentários: