gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Andebol de Praia 2018 / 2019 – Taças Europeias – II


BEACH HANDBALL CHAMPIONS CUP


Confirmando a noticia já por nos dada em tempos, Portugal estará presente, nas duas provas (masculinos e femininos), que se vão disputar-se em Catânia (Sicília), de 01 a 04 de Novembro de 2018.

Portugal está representado em ambas as provas por:

Masculinos – Os Repetidos BH / Alvo seguro
Femininos – GRD LEÇA – apostaganha.com

Os Participantes que são 16 equipa por género foram numa 1.ª Fase distribuídas por grupos de 4 equipa:

Masculinos – Portugal Integra o Grupo C

Grupo C - BC Sande Devils Minden (Alemanha), Dinamit BHC (Hungria), e Huiekka Hauskaa (Holanda)

Calendário de Portugal
Dia 01-11-18
Os Repetidos BH / Alvo seguro - BC Sande Devils Minden (13H00)
Dia 02-11-18
Dinamit BHC - Os Repetidos BH / Alvo seguro (10H45)
Os Repetidos BH / Alvo seguro - Huiekka Hauskaa (15H15)

Os restantes jogos dependem da classificação obtida nesta 1.ª Fase

Femininos – Portugal Integra o Grupo C

Grupo C – Multichem-Szentendrei (Hungria), DHG Odense (Dinamarca), e Beach Bazis (Alemanha).)

Calendário de Portugal
Dia 01-11-18
GRD LEÇA – apostaganha.com - Beach Bazis (10H45)
DHG Odense - GRD LEÇA – apostaganha.com (15H15)
Dia 02-11-18
Multichem-Szentendrei - GRD LEÇA – apostaganha.com (13H00)

Os restantes jogos dependem da classificação obtida nesta 1.ª Fase

Notas

A Arbitragem portuguesa estará representada pela dupla Ana Barbosa / Nádia Lemos, a quem desejamos desde já as maiores felicidades, no desempenho das suas funções, que possam ir o mais longe possível.

Os primeiros classificados de cada Grupo disputarão de seguida ao 1/4 Final, juntando-se os Grupos A e B, e os Grupos C e D

Os classificados em 3.º e 4.º lugar em cada Grupo disputarão os lugares de 9.º a 16-º, nos chamados jogos cruzados, com a mesma tipologia na junção dos Grupos.

Normalmente realizam-se em paralelo com estes eventos acções de formação para árbitros, delegados e treinadores, mas não existe qualquer informação sobre a presença de portugueses nas mesmas, segundo a EHF o curso de Treinadores será de 30-10-18 a 04-11-18, sendo o primeiro curso de Nível 2.

O Noticias

Competições Europeias 2018 / 2019 – XXXIII – Liga dos Campeões Masculinos


O Sporting vai disputar a 6.ª Jornada da sua participação na Fase de Grupos da Liga dos Campeões Europeus, integrando o Grupo C.

Grupo C - Constituição – HC Matalurg (Macedónia), Bjerringbro-Silkeborg (Dinamarca), Besiktas Mogaz HT (Turquia), Chekhovskie Medvedi (Rússia), TATRAN Presov (Eslováquia), e Sporting (Portugal). 

Na 6.ª Jornada a equipa portuguesa, joga no Pavilhão João Rocha, precisamente com a mesma equipa que defrontou na jornada anterior o TATRAN Presov, (Eslováquia) adversário que certamente pelo valor que possui, e apesar de derrotado pela equipa portuguesa no seu reduto, irá certamente criar grandes dificuldades. Lembramos que neste momento a equipa portuguesa é uma das equipas que comanda o Grupo C, pelo que se prevê um encontro de enormes dificuldades, para o conjunto português.

Calendário e Resultados
1.ª Jornada
Dia 15-09-18
Sporting 34 – 26 HC Matalurg
2.ª Jornada
Dia 22-09-18
Chekhovskie Medvedi 22 – 23 Sporting
3.ª Jornada
Dia 29-09-18
Sporting 32 – 35 Bjerringbro-Silkeborg
4.ª Jornada
Dia 06-10-18
Besiktas Mogaz HT 27 – 33 Sporting
5.ª Jornada
Dia 13-10-18
TATRAN Presov 27 – 30 Sporting
6.ª Jornada
Dia 03-11-18
Sporting - TATRAN Presov (18H30) Sporting TV / EHF TV

Horas Locais

Nota:

A Fase de Grupos (A, B, C e D com 28 equipas), terá início em 12-09-18 e terminará para os grupos A e B em 27-02/03-03-19, e para os grupos C e D em 02-12-18. O 1.º e 2.º classificado dos Grupos C e D, disputaram os chamados jogos KO, para apurar as 2 equipas que se juntarão aos 2.º, 3,º, 4.º, 5.º, e 6.º classificados dos grupos A e B passam para os chamados “last 16” (12 equipas), os 1.º classificados dos Grupos A e B, passam directamente aos 1/4 Final. 

O Banhadas Andebol

Revalidação dos TPTD – 2018 - I


REVALIDAÇÃO DOS TÍTULOS PROFISSIONAIS DE TREINADOR DE DESPORTO
(TPTD)
DATA LIMITE DE ENVIO DO TPTD

A Federação, após ter publicado uma importante notícia no seu portal, e através do CO N.º 34 de 24-10-18 (importante matéria sobre os chamados TPTD), que aqui reproduzimos, voltou ao assunto com nova informação sobre datas e procedimentos, acompanhados do CO N.º 36 de 31-10-18, que por continuarmos a considerar que são de extrema importância, para todos quantos exercem a função de técnicos.

Continuamos no entanto a questionar, se a FAP, terá a coragem de suspender os técnicos que não obtiveram a respectiva qualificação, conforme é referido, e se será divulgada a lista dos mesmos, pois poderá haver clubes (equipas), que poderão ficar sem qualificação para disputar as respectivas provas (esperamos que não se registem anomalias deste tipo).

Transcrição do novo texto da FAP.

1 – Aos treinadores cujo Título Profissional de Treinador de Desporto (TPTD) expire no dia 1 de Novembro de 2018, deverão enviar até 29 de Novembro, uma cópia do Título de Treinador actualizado, através do e-mail titulo.treinador@fpa.pt.

2 – Os Treinadores que não cumpram com o Ponto nº 1 e não possuam TPTD válido, terão a sua inscrição como treinador na FAP suspensa a partir do dia 30 de Novembro. A suspensão será retirada assim que cumpram com o estipulado no ponto anterior.

3 – Aos Treinadores cujo Título Profissional de Treinador de Desporto (TPTD) expire a partir de 30 de Novembro de 2018, deverão enviar num prazo de 20 dias após a data de validade, o TPTD renovado, através do e-mail andebol@fpa.pt. No caso de não cumprimento dentro dos prazos referidos, a FAP suspenderá a sua inscrição até a regularização do TPTD
.
(Fonte FAP)

O Formador

terça-feira, 30 de outubro de 2018

Crónica Intermédia de Fim-de-semana No Feminino – 04 – 2018 / 2019


Crónica intermédia, exclusivamente dedicada ao Feminino, que acompanha como é hábito, o normal e regular desenvolvimento de uma das principais provas do calendário nacional (PO09- Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Femininos). 

Finalmente parece que iremos temos com regularidade transmissões pela Andebol TV, e ficamos com a esperança de ter pelo menos um jogo por jornada.

PO09 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Femininos.

1.ª Fase – Resultados
4.ª Jornada
Dia 30-10-18
CA Leça 26 – 31 ARC Alpendorada
Dia 03-11-18
SIR 1.º Maio/CJB - JAC-Alcanena (18H00)
Passos Manuel - CS Madeira (19H00)
Alavarium - Juventude Lis (18H30)
Assomada - Madeira SAD (15H00)
Dia 19-12-18
Colégio Gaia - Maiastars (21H00)
5.ª Jornada
Dia 04-11-18
SIR 1.º Maio/CJB - Juventude Lis (17H00)
Assomada - CS Madeira (15H00) Andebol TV
ARC Alpendorada - Maiastars (17H30)
JAC-Alcanena - Alacavrium (18H00)
Passos Manuel - Madeira SAD (16H00)
Dia 05-12-18
CA Leça - Colégio Gaia (21H30)

Numa semana em iremos ter uma jornada dupla, realizou-se (30-10-18), um jogo antecipado da 4.ª Jornada. Felizmente não teve ocorrências disciplinares registadas.

O encontro CA Leça / ARC Alpendorada, mas disputado por inversão do pavilhão em Alpendorada, perante uma assistência que consideramos equilibrada para o encontro em questão, teve um começo com a equipa de Leça da Palmeira a comandar o encontro e o marcador, mas rapidamente a reforçada equipa do ARC Alpendorada, deu a volta ao marcador, e chegou ao intervalo já na frente do marcador por 17-12, no segundo tempo apesar da boa réplica da equipa do CA Leça o ARC Alpendorada, nunca perdeu o comando do marcador, e terminou com a vencer o encontro coma mesma diferença que possuía ao intervalo. Com esta vitória a equipa do CA Leça, sofre a sua primeira derrota na prova, num encontro com 14 exclusões, continuando o ARC Alpendorada com uma única derrota na prova até ao momento, Estas duas equipas assumem o comando provisório da tabela classificativa. Ana Sousa com 8 golos, e Mara Prata com 5, foram as melhores marcadoras do CA Leça. No ARC Alpendorada, Tânia Braga com 8 golos, Ângela Monteiro, e Viviana Rebelo, ambas com 6 golos, cada foram as suas melhores marcadoras-

Classificação Actual – 1.º ARC Alpendorada (+1 jogo), e CA Leça (+1 jogo) (10 pontos), 3.º Colégio Gaia (9 pontos), 4.º Madeira SAD, e Alavarium (8 pontos), 6.º Passos Manuel (7 pontos), 7.º Juventude Lis, e Maiastars (5 pontos), 9.º CS Madeira, e SIR 1.º Maio/CJB (4 pontos), 11.º Assomada, e JAC-Alcanena (3 pontos).

O Noticias

Crónica Intermédia de Fim-de-semana – 06 – 2018 / 2019 - IV


Crónica intermédia de fim-de-semana dedicada a alguns dos jogos em atraso na Zona 1 da PO04.

São directamente aprovados para a Fase Final as 3 primeiras classificadas em cada zona da 1.ª Fase.  

PO04 – Campeonato Nacional Juniores Masculinos 1.º Divisão
1.ª Fase

Zona 1
3.ª Jornada
Dia 11-11-18
AA Avanca - ABC (12H00)
4.ª Jornada
Dia 25-10-18
Águas Santas 35 – 22 AA Avanca
5.ª Jornada
Dia 28-10-18
AA Avanca 21 – 32 FC Porto

Zona, que têm sido disputada com alguma irregularidade anormal, tendo agora sido realizados dois encontros que se encontravam em atraso da AA Avanca, mesmo assim ainda continua com um jogo em atraso relativo à 3.ª Jornada. Saliente-se no entanto, que não se registaram ocorrências disciplinares. Em Águas Santas, disputou, o Águas Santas / AA Avanca, encontro relativo à 4.ª Jornada, da Zona 1, e que terminou com uma clara vitória da equipa maiata, que comandou o jogo e o marcador de tal forma, que chegou ao intervalo a vencer por uma confortável margem (19-9), Num segundo tempo em que a equipa visitada não abrandou o ritmo, e foi pelo contrário aumentado a sua vantagem, que chegou a ser de 14 golos, quando vencia por 33-19. Na equipa do Águas Santas, com uma total gestão do seu plantel, teve 11 jogadores a concretizarem golos, com Ruben Santos a marcar 8 golos, e Mário Rego 7, a serem os seus principais marcadores, na equipa da AA Avanca, o seu melhor marcador foi Ciprian Popovici com 6 golos. Com esta vitória a equipa maiata acertou o seu calendário, e continuou a ser uma das três equipas que apenas registam vitórias até ao momento na sua Zona. No outro jogo realizado, e que era relativo à 5.ª Jornada, tivemos o AA Avanca / FC Porto, mas disputado no Colégio de Carvalhos, em mais uma inversão de pavilhão’, e tivemos mais um encontro onde uma equipa comandou o jogo e o marcador durante os 60 minutos, que foi o FC Porto, que atingiu o intervalo já na frente do marcador a vencer por 15-10, para nos 30 minutos que se seguiram, manter o mesmo ritmo e aumentar a diferença, que no final se cifrou em números, provavelmente não esperados por muitos. Com esta vitória o FC Porto, foi mais uma equipa a certar o seu calendário, e é neste momento uma das três equipas que apenas registam vitórias na sua Zona. Por sua vez a equipa da AA Avanca, que ainda têm um encontro em atraso, após estas duas derrotas, continua a registar apenas uma vitória na prova até ao momento. Ciprian Popovici, com 5 golos, foi o melhor marcador da AA Avanca, enquanto no FC Porto, que terminou com 12 jogadores marcarem golos, teve em Filipe Morais, e Tiago Sousa, ambos com 6 golos, cada, os seus principais marcadores.

Classificação actual – 1.º FC Porto, Águas Santas, e FC Gaia (18 pontos), 4.º ABC (-1 jogo) (10 pontos), 5.º CP Natação, e CD Feirense (9 pontos), 7.º Boavista FC (7 pontos), 8.º AA Avanca (-1 jogo, 6 pontos), 9.º Xico Andebol, e Estarreja AC (5 pontos).

O Noticias

Sorteios – Época 2018 / 2019 – V


A Federação anunciou através de uma notícia no seu portal, acompanhada da emissão do seu Comunicado Oficial n.º 35 da época 2018 / 2019 em 29-10-18, a data da realização dos sorteios, relativos às Taça de Portugal Masculina, e Feminina. O sorteio é realizado na FAP.
PO.23 – Taça de Portugal Seniores Femininos
1/8 Final - Sorteio dia 13-11-2018 pelas 17H00
PO.20 – Taça de Portugal Seniores Masculinos
1/16 Final - Sorteio dia 06-11-2018 pelas 17H00

Notas

Os seis primeiros classificados do Campeonato Nacional Andebol 1 da época anterior, serão cabeças de série (não se defrontando entre si) nos 1/16 de final, sendo que nesta eliminatória os clubes da PO01, sempre que defrontarem Clubes de Divisão inferior, jogarão na condição de visitantes.

Igual critério já foi aplicado no sorteio dos 1/16 Final da Taça de Portugal Seniores Femininos.

O Noticias

Nomeações – IHF – 2018 / 2019 – II


MUNDIAL SENIORES MASCULINOS
DINAMARCA / ALEMANHA

Depois de termos divulgado, através de uma informação publicada no Portal da FAP, que a IHF, tinha nomeado a dupla, Duarte Santos / Ricardo Vieira, para o 26.º Mundial de Andebol em Seniores Masculinos que disputa na Alemanha e na Dinamarca de 10 a 27-01-19. Hoje estamos em condições, após a IHF tornar publico as nomeações de todas as duplas para a referida prova.

Duplas nomeadas para o Mundial
Duplas de Reserva
O Regras

Nomeações – EHF – 2018 / 2019 – XIV


A EHF divulgou novas nomeações para algumas das suas provas Europeias de Clubes, com uma antecedência a que já não estávamos habituados, tendo Portugal sido contemplado.

Árbitros
Daniel Martins / Roberto Martins – Foram nomeados para dirigir o encontro da 2.ª Mão da 3.ª Ronda de Qualificação da EHF CUP Feminina, que se disputa entre o Super Amara Bera Bera (Espanha) e o Dunaújvárosi Kohász KA (Hungria), em Espanha no dia 18-11-18.

Marta Sá / Vânia Sá – Foram nomeadas para dirigir os encontros da 1.ª Mão da 3.ª Ronda de Qualificação da EHF CUP Feminina, que se disputa entre o Nykobing Falster Handbold – NFH (Dinamarca) e o H 65 Höörs HK (Suécia), na Dinamarca em 11-11-18.

Aos nomeados e às nomeadas, desejamos as maiores felicidades no desempenho das suas funções.

O Regras

segunda-feira, 29 de outubro de 2018

Crónica de Fim-de-semana – 06 – 2018 / 2019 – II


Mais uma das nossas habituais crónicas, dedicadas á PO02, constituída por 3 Zonas.


Apuram-se para a Fase Final do Grupo A, a que dá acesso á 1.ª Divisão os 3 primeiros classificados de cada Zona, que transportam os resultados e pontos nos jogos entre si na 1.ª fase, não voltando a defrontar-se na Fase Final, que será disputada no sistema de TxT a duas voltas. Os 2 primeiros classificados da Fase Final ascendem ao Andebol 1.

PO02 – Campeonato Nacional da 2.ª Divisão Seniores Masculinos.

1.ª Fase

Zona 1
5.ª Jornada
Dia 30-10-18
FC Porto B - SP. Oleiros (21H30)
Dia 04-11-18
Póvoa Andebol Clube - Marítimo (16H00)
6.ª Jornada
Dia 26-10-18
Xico Andebol 37 - 37 FC Porto B
Dia 27-10-18
GC Santo Tirso 30 – 28 Modicus
Boavista FC 32 – 25 CD Feirense
SP. Oleiros 31 – 26 Póvoa Andebol
Marítimo 36 - 46 FC Gaia

Felizmente, nesta 6.ª Jornada, não existiram jogos adiados, o que é bastante positivo em termos competitivos, e da regularidade da própria zona. Tivemos um encontro antecipado, o Xico Andebol / FC Porto B, mas com inversão de Pavilhão (a grande moda), jogo que terminou numa perfeita igualdade, embora a equipa de Guimarães, tenha chegado ao intervalo na frente do marcador por 22-18, mas o FC Porto B, recuperou no segundo tempo chegando à igualdade, o que permitiu tanto ao FC Porto B, como ao Xico Andebol, manterem-se na classificação com apenas uma derrota registada. No jogo realizado na Madeira (Marítimo / FC Gaia), e onde se registaram um total de 82 golos, o que é perfeitamente indicativo de que as equipas poucas ou nenhumas preocupações defensivas tiveram, foi um encontro totalmente controlado pelo FC Gaia durante os 60 minutos chegando a ter 12 golos de vantagem ainda nos primeiros 30 minutos (25-13), para o intervalo chegar com a equipa do continente na frente do marcador por 28-17, no segundo tempo pouco se alterou pois a vantagem era confortável, e permitiu uma total gestão do jogo e do plantel. Com esta vitória o FC Gaia, mantêm o comando da zona, sendo a única equipa que apenas regista vitórias até ao momento, o marítimo pelo seu lado continua a ocupar os lugares do fim da tabela classificativa com apenas 1 vitória. Em Oleiros, tivemos talvez o resultado mais surpreendente da jornada, no encontro SP. Oleiros / Póvoa Andebol Clube, que terminou com a vitória da equipa local, que ao intervalo já vencia por uns claros 18-10, resultado que lhe permitiu, no segundo tempo controlar o resultado e a forte reacção da equipa visitante, que no entanto não chegou para levar de vencida o seu aguerrido adversário, sofrendo desta forma sua segunda derrota na prova, sendo em termos classificativos ultrapassada pelo seu adversário neste encontro. Numa jornada disputada sem ocorrências disciplinares, disputou-se o GC Santo Tirso / Modicus, que terminou com a difícil vitória da equipa visitada, que desta forma obteve a sua primeira vitória na prova. Jogo sempre controlado e quase sempre comandado em termos de marcador pelos locais, embora perto do intervalo a equipa do Modicus tenha estado na frente do marcador, mas o intervalo chegou com o GC Santo Tirso a vencer por 15-14, o que prova, igualmente que o encontro foi sempre disputado com equilíbrio, e já no segundo tempo o Modicus, voltou a estar a perder pela diferença mínima 22-21, para chegar ao resultado final com uma diferença de 2 golos. Terminamos esta breve crónica, com o Boavista FC / CD Feirense, que terminou com a vitória da equipa do Bessa, que ao intervalo já vencia por 16-11, alargando o diferencial no segundo tempo, e com esta vitória, aproveitando a igualdade obtida pelo Xico Andebol, isolou-se no 2.º lugar da tabela classificativa da Zona. Pela negativa, teremos de salientar o baixo número de espectadores na grande maioria dos encontros.

Classificação actual – 1.º FC Gaia (18 pontos), 2.º Boavista FC (16 pontos), 3.º Xico Andebol (15 pontos), 4.º FC Porto B (-1 jogo, 12 pontos), 5.º SP. Oleiros (-1 jogo, 10 pontos), 6.º Póvoa Andebol Clubes (- 1 jogo), e GC Santo Tirso (9 pontos), 8.º Modicus, e CD Feirense (8 pontos), 10.º Marítimo (-1 jogo, 7 pontos).

Zona 2
6.ª Jornada
Dia 27-10-18
SIR 1.º Maio 18 - 28 Juventude Lis
AD Albicastrense 29 - 25 AC Sismaria
CD Mafra 20 - 33 São Bernardo
AD Sanjoanense 30 - 26 ADC Benavente
Benfica B 36 - 32 Ílhavo AC

Zona que também foi totalmente disputada, e que não têm jogos em atraso, infelizmente registou um encontro com ocorrências disciplinares. E onde alguns encontros foram disputados com equilíbrio, continuando a existir apenas duas equipas que ainda não registam qualquer derrota, e cujos encontros, como por exemplo, o Benfica B / Ílhavo AC, foi um encontro que apesar do resultado final ser uma diferença de 4 golos, a equipa da Região de Aveiro, ainda proporcionou uma agradável oposição, chegando ao intervalo a perder somente por três golos (20-17), para apenas nos momentos finais do encontro passar de 34-31, para os quatro (4) golos de diferença finais, o que significa um relativo equilíbrio durante quase todo o encontro, continuando no entanto a ser uma das equipas que apenas regista uma vitória na Zona. A outra equipa que continua sem qualquer derrota, defrontou em Mafra a equipa do CD Mafra, e comandou o jogo e o marcador praticamente desde os minutos iniciais, terminando o encontro, a vencer pelo resultado mais dilatado da jornada, depois de ao intervalo já se encontrar na frente do marcador por 13-11, consolidando o resultado e aumentando progressivamente o diferença até ao resultado final, confirmando (na nossa opinião), de que é uma das grande favoritas da Zona ao apuramento para a Fase Final. Em Castelo Branco, realizou-se o AD Albicastrense / AC Sismaria, que terminou com a segunda vitória consecutiva da equipa local, (curiosamente sobre equipas da Região de Leiria), no entanto não foi uma vitória fácil, pois a equipa visitante comandou o jogo e o marcador durante os primeiros 30 minutos, chegando a estar a vencer por 8-5, para chegar ao intervalo a vencer por 13-11. Para nos segundos 30 minutos, e com forte reacção dos locais, que chegaram aos 24-20, e terminaram com o mesmo diferencial, num dos encontros mais equilibrados da jornada. Num dérbi da Região de Leiria, o SIR 1.º Maio / Juventude Lis, tivemos um encontro de sentido único, com a equipa da Juventude Lis a comandar o jogo e o marcador durante os 60 minutos, atingindo o intervalo já na frente do marcador por uma confortável margem (15-7), para no segundo tempo gerir o jogo e o plantel, com este resultado o SIR 1.º Maio continua a ser uma das últimas equipas na tabela classificativa da Zona com apenas uma vitória. O único encontro que teve ocorrências disciplinares foi no AD Sanjoanense / ADC Benavente (3 desqualificações), que com grande surpresa (nós incluídos), foi um encontro em que o ADC Benavente ofereceu uma réplica não esperada, nunca permitindo que o seu adversário se adiantasse demasiado no marcador, no entanto o resultado ao intervalo já era favorável à AD Sanjoanense, por 14-11, no segundo tempo a equipa local chegou a ter vantagens de 7 golos, como por exemplo aos 21-14, mas a equipas visitante reagiu sempre. Esta nova derrota não retira a equipa do ADC Benavente dos últimos lugares na tabela classificativa com apenas uma vitória, com a equipa da AD Sanjoanense, a ser uma das principais favoritas da Zona, com apenas uma derrota.

Classificação Actual – 1.º São Bernardo, e Benfica B (17 pontos), 3.º AD Sanjoanense (13 pontos), 4.º AC Sismaria, e Juventude Lis (11 pontos), 6.º CD Mafra (9 pontos), 7.º SIR 1.º Maio, ADC Benavente, Ílhavo AC, e AD Albicastrense (7 pontos).

Zona 3
6.ª Jornada
Dia 27-10-18
1.º Dezembro 22 - 23 CF Sassoeiros
Lagoa AC 27 - 26 Zona Azul
Ginásio Sul 21 - 25 CD Marienses
Vitória FC 33 - 23 IFC Torrense
Alto Moinho 30 - 23 CDE Camões

Felizmente tivemos mais uma Zona disputada na sua totalidade, onde se registaram encontros com grande equilíbrio, mas também tivemos dois encontros completamente desequilibrados, precisamente aqueles em que intervieram as equipas que comandam a Zona sem o registo de qualquer derrota. Destaque pela negativa o facto de se terem registado dois encontros com ocorrências disciplinares. Destaque ainda para o encontro Vitória FC / IFC Torrense, que registou uma assistência de fazer “inveja” a muitos dos encontros que se disputam no Andebol 1. Foi um jogo com total comando do jogo e do marcador pelo Vitória FC, que ainda no primeiro tempo chegou a ter 7 golos de vantagem (14-7), para chegar ao intervalo a vencer por 15-10, no segundo tempo continuou a vincar a sua superioridade e a aumentar progressivamente a sua vantagem.Com esta vitória é uma das equipas que se mantêm no comando da Zona, apenas com vitórias. Por outro lado a equipa do IFC Torrense é uma das equipas que continua sem registar qualquer vitória. No Alto Moinho / CDE Camões, registou-se nova vitória da equipa visitada, num encontro onde se esperava mais equilíbrio, face à prestação do CDE Camões na jornada anterior, mas a equipa do Alto Moinho, poucas hipóteses deu ao CDE Camões, e ao intervalo já vencia por 13-9, para dilatar a vantagem no segundo tempo e, continuar a ser uma das equipas na zona, que apenas regista vitórias, e a ser uma das favorita ao apuramento juntamente com o Vitória FC. Disputou o Ginásio Sul / CD Marienses (encontro com o registo de ocorrências disciplinares), e que terminou com a vitória da equipa insular, num encontro disputado com algum equilíbrio, e com o resultado ao intervalo a ser já favorável ao CD Marienses (13-11), e que no segundo tempo, manteve o mesmo ritmo de jogo, e acabou por vencer, deve-se dizer no entanto que se esperava mais desta equipa, com esta nova derrota a equipa do Ginásio Sul, é umadas equipas que nesta zona ainda não regista qualquer vitória. Num dos encontros mais disputados e mais equilibrados da zona, tivemos o Lagoa AC / Zona Azul (encontro com o registo de ocorrências disciplinares), encontro com 14 exclusões e 3 desqualificações, e que foi sempre disputado nos limites, e com grande equilíbrio, com o Lagoa AC a vencer ao intervalo por 13-12, que foi a margem que se registou no final do encontro, em que o Zona Azul, sofreu nova derrota, sendo uma das equipas que mais têm desiludido nesta Zona, fazendo parte das equipas que apenas registam uma vitória, e que com esta derrota permitiram ao Lagoa AC, registar a sua segunda vitória na Zona. Terminamos com 1.º Dezembro / CF Sassoeiros, que terminou com a vitória do CF Sassoeiros pela diferença mínima, e que deu origem a que as duas equipas ficassem igualadas em termos classificativos, no entanto a equipa visitante vencia ao intervalo, por uma margem mais confortável (12-7), permitindo no segundo tempo uma recuperação dos visitados, mas que não chegou para chegarem à vitória.

Classificação Actual – 1.º Vitória FC, Alto Moinho (18 pontos), 3.º CD Marienses (14 pontos), 4.º CF Sassoeiros, e 1.º Dezembro (13 pontos), 6.º Lagoa AC (11 pontos), 7.º Zona Azul, CDE Camões (9 pontos), 9.º IFC Torrense (8 pontos), 10.º Ginásio Sul (7 pontos).

O Banhadas Andebol

Nomeações – EHF – 2018 / 2019 – XIII


A EHF divulgou novas nomeações para algumas das suas provas Europeias de Clubes, com uma antecedência a que já não estávamos habituados, tendo Portugal sido contemplado. Finalmente a FAP, já publicou as nomeações algumas com considerável atraso.

Delegados
António Goulão - Foi nomeado, para o encontro da 6.ª Jornada do Grupo “A” da Liga dos Campeões Masculina, que se disputa entre o Barça Lassa (Espanha) e o PGE Vive Kielce (Polónia), em Espanha no dia 04-11-18.
Manuel Conceição – Foi nomeado para o encontro da 2.ª Mão da 3.ª Eliminatória da Challenge CUP Masculina, que se disputa em princípio na Áustria, no dia 24-11-18, entre o Bregenz Handball (Áustria) e o AEK Athens HC (Grécia).

José Jorge – Foi nomeado para o encontro da 1.ª Mão da 3.ª Eliminatória da Challenge CUP Masculina, que se disputa em princípio em Itália, no dia 17-11-18, entre o Pallamano Pressano (Itália) e o MSK Povazska Bystrica (Sérvia).

Aos nomeados desejamos as maiores felicidades no desempenho das suas funções.

O Regras

domingo, 28 de outubro de 2018

Europeu 2020 Masculino – XII


14.º EUROPEU MASCULINO – 2020
(ÁUSTRIA / NORUEGA / SUÉCIA)

PORTUGAL VENCE NA LITUÂNIA
Portugal disputou a 2.ª Jornada do seu Grupo de Apuramento, para a Fase Final do Europeu 2020, na Lituânia, e venceu, para continuar no caminho positivo para a mesma que é disputada por 24 equipas, que se realiza entre 10 a 26 de Janeiro de 2020, e que em simultâneo, também é a primeira vez que uma prova, será coorganizada em três (3) Países (Áustria, Noruega e Suécia), com a final a ser disputada em Estocolmo, no Pavilhão Tele 2 (24.000 lugares), sendo o 14.º Europeu Masculino.

Serão apurados para a Fase final para o EHF Euro 2020, os dois (2) primeiros classificados de cada Grupo (8), bem como os quatro (4) melhores terceiros classificados (apenas contam os resultados obtidos com as equipas classificadas em 1.º e 2.º lugar no Grupo).

Portugal – Faz parte do Grupo 6, juntamente com a França, Lituânia, e Roménia.

Em Klaipeda (Lituânia), no pavilhão denominado por Svyturio Arena, com capacidade para 6000 espectadores, e que se encontrava, com menos publico que o desejado (1600), mas nunca deixou de apoiar a sua equipa, Portugal apresentou neste encontro um baixo nível de eficácia atacante, em especial nos 6 metros e nas pontas, e teve poucas soluções no ataque, onde Gilberto Duarte (7 golos) foi a sua grande figura, e permitiu que a Lituânia onde a sua grande figura foi o experiente Aidenas Malasinskas (9 golos), seguido pelo seu guarda-redes Vilius Rasimas, que esteve brilhante, embora Alfredo Quintana tenha sido decisivo em diversos momentos do encontro, como por exemplo nos últimos dois minutos. Portugal tem a obrigação de mostrar mais concentração no ataque e não ser tão repetitivo, e pouco cuidado, e não deveria ter permitido que a equipa da Lituânia fizesse transições rápidas para o ataque ou lançamentos de saída usando a rapidez como principal arma, no entanto em termos defensivos esteve bem embora tenha verificando-se algumas exclusões que não eram necessárias, como a exclusão de Rui Silva que é incompreensível, o que levou que Portugal terminasse o encontro com menos 1. O encontro chegou ao intervalo em 12-10 a favor de Portugal, mas uma entrada em jogo menos assertiva de Portugal, levou à igualdade a 15 golos, para de seguida Portugal sofrer um parcial de 4-0, com um 7 metros falhado pelo meio (mérito do guarda-redes da Lituânia), e aos 47 minutos de jogo a Lituânia vencia por 19-15, momento em que Portugal teve a suficiente lucidez, para iniciar uma excelente recuperação que começou com a melhoria da variedade dos sistemas atacantes, com especial evidência para Pedro Portela (2 golos) e Rui Silva (2 golos) e Alexis Borges (3 golos), nunca esquecendo o 23 golos, que nasce da inteligência defensiva demonstrada por Gilberto Duarte. Os últimos 45 segundos foram julgados com os nervos à flor da pele como se costuma dizer, mas imperou o bom senso na equipa, que soube preservar o resultado. Com esta segunda vitória Portugal pode continuar a sonhar com o apuramento, para a Fase Final. Dirigiu o encontro a dupla sueca constituída por Mirza Kurtagic e Mattias Wetterwik, que realizaram um trabalho desequilibrado, em especial na falta do atacante transformando algumas em 7 metros, e na lei da vantagem, enquanto ficaram esquecidos os princípios da equidade na aplicação da sanção progressiva, onde o exemplo da teatralidade, e da intencionalidade, são bem expressos, na exclusão do Rui Silva no último minuto do jogo, e que poderia ter sido decisivo.

Resultados e Calendário de Portugal

1.ª Jornada – 24-10-18
Portugal 21 – 13 Roménia
2.ª Jornada – 28-10-18
Lituânia 23 – 24 Portugal
3.ª Jornada – 10/11-04-19
Portugal - França
4.ª Jornada – 13/14-04-19
França - Portugal
5.ª Jornada – 12/13-06-19
Roménia - Portugal
6.ª Jornada – 15/16-06-19
Portugal - Lituânia

Horas Locais 

O Banhadas Andebol

Crónica de Fim-de-semana No Feminino – 03 – 2018 / 2019


Crónica exclusivamente dedicada ao Feminino, que acompanha como é hábito, o normal e regular desenvolvimento de uma das principais provas do calendário nacional (PO09- Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Femininos). 

Finalmente parece que iremos temos com regularidade transmissões pela Andebol TV, e ficamos com a esperança de ter pelo menos um jogo por jornada.

PO09 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Femininos.

1.ª Fase – Resultados
3.ª Jornada
CS Madeira 21 - 29 Alavarium (Já Comentado)
Madeira SAD 28 - 15 SIR 1.º Maio/CJB (Já Comentado)
Dia 27-10-18
Juventude Lis 22 – 23 Colégio Gaia
Passos Manuel 21 – 22 CA Leça
ARC Alpendorada 35 – 27 JAC-Alcanena
Maiastars 29 – 28 Assomada SD

Depois da Jornada duplas para algumas das equipas na semana anterior, este fim-de-semana, tivemos a conclusão da 3.ª jornada, esta será uma situação a que iremos ter repetição várias vezes durante a época. Tivemos encontros equilibrados, e por pouco que não se registaram grandes surpresas, numa jornada em que felizmente não teve jogos com ocorrências disciplinares registadas.

ARC Alpendorada 35 – 27 JAC-Alcanena

Jogo realizado em Alpendorada, (que apresentou o seu pavilhão com menos público, do que se esperava), entre duas equipas com as mesmas ambições, (na nossa opinião), ou seja de se manterem na 1.ª Divisão, no entanto a equipa local que se apresentou com o novo reforço Rira Alves, que é uma mais-valia, e deu mais poder de remate exterior, e colocou mais altura em termos defensivos. Tivemos um encontro que na nossa opinião apenas durou cerca de 37 minutos, até este momento assistimos a um encontro que embora não fosse um “primor” era disputado a grande velocidade, mas com muitas faltas técnicas praticadas por ambas as equipas, e que registava um grande equilíbrio, apesar de a equipa do JAC-Alcanena, ter comandado mais vezes o marcador, mas a desqualificação da sua melhor atacante (Neuza Valente, 2 golos), e que também era um elemento preponderante na defesa, em conjunto com a grande melhoria verificada, nas equipa do Alpendorada, que tinha melhores soluções em termos atacantes, passou a criara grandes problemas ao sistema defensivo do JAC, que por exemplo nunca soube aproveitar as diversas superioridades numéricas que teve a seu favor ao contrário da equipa do ARC Alpendorada, que teve em Cristiana Coelho na baliza em grande plano, embora na baliza do JAC-Alcanena a jovem Luísa Cortes, também tenha estado bem. Com tudo isto o intervalo chegou com a equipa visitante na frente do marcador por 16-15. No segundo tempo o equilíbrio manteve-se até cerca dos 37 minutos, quando se verificava uma igualdade a 20 golos, depois o JAC-Alcanena sofre um parcial de 11-2, em cerca de 15 minutos, chegando o ARC-Alpendorada aos 31-22, aos 53 minutos de jogo, de destacar ainda que a equipa visitante teve cerca de 14 minutos sem marcar qualquer golos. Até final do encontro apenas a registar o avolumar do resultado. Sara Barbosa com 10 golos, e Rita Alves com 8, foram as melhores marcadoras do ARC, por sua vez Joana Trindade e Carolina Justino, ambas com 6 golos, foram as melhores marcadoras do JAC, equipa que continua sem vencer qualquer encontro até ao momento. Jogo dirigido pela dupla feminina do Porto, constituída por Mafalda Sousa, e Cristina Fernandes, que não estiveram bem em especial nos critérios disciplinares, e nos passos, nem na falta do atacante, devemos ainda dizer que um pouco mais de humildade na aplicação da sanção progressiva, não lhes ficava nada mal, pois a seu não critério disciplinar, prejudicou o jogo e a sua qualidade.

No Municipal da Maia, disputou-se o Maiastars / Assomada, encontro disputado entre duas equipas, que até ao momento, apenas tinham registado derrotas, foi um encontro de grande equilíbrio e alternâncias no marcador, com a equipa da Assomada a iniciar melhor o encontro e a comandar durante largo período do primeiro tempo, mas a partir do momento, em permite uma igualdade a 12 golos, com a passagem imediata da equipa maiata, para o comando do marcador, chega ao intervalo já a perder por 17-14. No segundo tempo, a equipa visitante reage bem e volta a recuperar, igualando o marcador a 20, e voltando a registar-se uma igualdade a 27 golos, nos momentos finais do encontro, quando tudo é decidido, quando a equipa do Maiastars, faz 29-27, para o encontro terminar, pela diferença mínima. Ana Silva com 10 golos, e Maria Cerqueira com 6, foram as melhores marcadoras do Maiastars, por sua vez, Edna Oliveira com 8 golos, e Maria Coelho com 6, foram as melhores marcadoras da Assomada. O Maiastars, obtém a sua primeira vitória na prova, enquanto a Assomada, continua a apenas contabilizar derrotas.

No Pavilhão da Juventude Lis, disputou-se o Juventude Lis / Colégio Gaia, que terminou com a vitória do Colégio Gaia, que assim se mantêm como uma das equipas que apenas regista vitórias na prova, mas que neste encontro, sofreu a bom sofrer, para vencer o encontro, o que apenas conseguiu, nos momentos finais do encontro, depois de passar a maior parte do tempo de jogo, sempre atrás do marcador, com equipa leiriense a realizar um excelente jogo, chegando ao intervalo a vencer 15-12. No segundo tempo o Colégio conseguiu uma aproximação no marcador, e a pouco tempo do final do encontro, a equipa visitada ainda vencia por 22-20, tendo as visitante obtido três golos seguidos que lhes deu a vitória nos momentos finais do encontro. Patrícia Mendes com 6 golos, e Francisca Marques com 5, foram as melhores marcadoras da Juventude Lis, com Catarina Ruela e os seus 6 golos, juntamente com Sandra Santiago com 5, a serem as melhores marcadoras do Colégio Gaia.

No Pavilhão da Quinta Marrocos, disputou-se o Passos Manuel / CA Leça, outro encontro jogado nos limites entre duas equipas que ainda não tinham perdido nenhum encontro, mas que neste jogo a vitória acabou por pertencer ao CA Leça, pela diferença mínima, com o golo da vitória a ser obtida nos últimos momentos do jogo, após uma igualdade a 20 golos, que se registava, já nos momentos finais do mesmo. Começou melhor o CA Leça, que esteve na frente do marcador nos primeiros momentos do encontro para o Passos Manuel, conseguir equilibra o jogo e o marcador e chegar ao intervalo a vencer pela diferença mínima (12-11), no segundo tempo apesar do forte equilíbrio continuar a ser uma constante o CA Leça reiniciou o encontro da melhor maneira e chegou a estar a vencer por 16-14, para posteriormente termos uma igualdade a 19 golos, e outra que já assinalámos. Com esta vitória a equipa do CA Leça, continua ser uma das duas equipas, que apenas regista vitórias, com a equipa do Passos Manuel a sofrer a sua primeira derrota na prova. Mariana Faleiro com 7 golos, e Joana Reis com 6, foram as melhores marcadoras do Passos Manuel, com Catarina Silva e os seus 6 golos, a ser a melhor marcadora do CA Leça.

Classificação Actual – 1.º Colégio Gaia, e CA Leça (9 pontos), 3.º Madeira SAD, e Alavarium (8 pontos), 5.º ARC Alpendorada, e Passos Manuel (7 pontos), 7.º Juventude Lis, e Maiastars (5 pontos), 9.º CS Madeira, e SIR 1.º Maio/CJB (4 pontos), 11.º Assomada, e JAC-Alcanena (3 pontos).

O Noticias

sábado, 27 de outubro de 2018

Andebol Solidário - Informação - I


(Foto FAP)
CAMPANHA ONDA ROSA
PREVENÇÃO DO CANCRO DA MAMA
MÊS DE OUTUBRO

Tal como informou e solidarizou, A FAP, e outra s entidades entre elas vários Clubes e Associações, também, nós não poderíamos ficar indiferentes a uma Campanha deste tipo, que decorre em especial durante o mês de Outubro, com duas datas especiais, 15 de Outubro, quando se celebrou o Dia Mundial do Cancro da Mama, e a 30 de Outubro que assinala o dia Nacional da luta contra o Cancro da Mama, sendo entre estas duas datas que a Liga Portuguesa Contra o Cancro, desenvolve o chamado movimento ONDA ROSA, procurando com esta iniciativa, que a prevenção e o diagnóstico precoce, sejam incentivados.

Pela nossa parte esperamos que com mais esta divulgação contribuir, para os principais objectivos, que a Liga Portuguesa Contra O Cancro procura atingir.

O nosso especial agradecimento, pela iniciativa e pela solidariedade demonstrada. E aqui no Blog endereçamos os nossos parabéns a quem teve a iniciativa e a quem se demonstrou solidário.

O Desporto também é isto!

O Andebol mostra assim que não é indiferente a estes acontecimentos, bem pelo contrário.

O Noticias  

sexta-feira, 26 de outubro de 2018

Europeu 2020 Masculino – XI


14.º EUROPEU MASCULINO – 2020
(ÁUSTRIA / NORUEGA / SUÉCIA)

PORTUGAL JOGA NA LITUÂNIA
 
Portugal vai disputar a 2.ª Jornada do Europeu, na Lituânia dia 28-10-18, para tentar uma nova vitória, para continuar no caminha para a Fase Final que é disputada por 24 equipas, que se realiza entre 10 a 26 de Janeiro de 2020, e que em simultâneo, também é a primeira vez que uma prova, será coorganizada em três (3) Países (Áustria, Noruega e Suécia), com a final a ser disputada em Estocolmo, no Pavilhão Tele 2 (24.000 lugares), sendo o 14.º Europeu Masculino.

Serão apurados para a Fase final para o EHF Euro 2020, os dois (2) primeiros classificados de cada Grupo (8), bem como os quatro (4) melhores terceiros classificados (apenas contam os resultados obtidos com as equipas classificadas em 1.º e 2.º lugar no Grupo).

Portugal – Faz parte do Grupo 6, juntamente com a França, Lituânia, e Roménia.

Esperamos que Portugal possa contar em pleno com os seus principais atletas, e consiga obter um resultado, que nos traga alegrias.

Resultados e Calendário de Portugal

1.ª Jornada – 24-10-18
Portugal 21 – 13 Roménia
2.ª Jornada – 28-10-18
Lituânia – Portugal (17H00) em Klaipeda - TVI24 (*)
3.ª Jornada – 10/11-04-19
Portugal - França
4.ª Jornada – 13/14-04-19
França - Portugal
5.ª Jornada – 12/13-06-19
Roménia - Portugal
6.ª Jornada – 15/16-06-19
Portugal - Lituânia

Horas Locais – (*) jogo às 14H30 em Portugal

O Banhadas Andebol