gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

domingo, 6 de janeiro de 2019

Selecção Nacional “A” – Torneio na Suíça - III


TUNÍSIA VENCE A
47.ª EDIÇÃO DA YELLOW CUP  
PORTUGAL VENCE O JAPÃO
(OBTÉM O 3.º LUGAR)
(Foto FAP)
Portugal, terminou a sua presença no Torneio realizado na Suíça, designada por “Yellow CUP”, que decorreu até hoje (06-01-19), em Winterthur (Suiça), com duas derrotas e uma vitória.

Na última jornada defrontamos a equipa do Japão que se encontra em preparação para o Mundial, que se inicia dentro de dias, e como de costume, iniciamos da pior maneira o jogo, e aos 6 minutos perdíamos por 4-1, para chegarmos aos 15 minutos de jogo a perder por 9-6, momento em que existe uma forte melhoria em termos defensivos, onde Alfredo Quintana é decisivo (defende 2 livres de 7 metros), e realizamos em termos atacantes um parcial de 7-0, chegando aos 24 minutos a vencer, por 13-9, com Gilberto Duarte (3 golos) a ser decisivo, assim como Carlos Martins (2 golos), e Salina (2 golos), e assim chegamos ao intervalo a vencer por 17-11, maior diferencial existente durante todo o encontro, para qualquer das equipas, vantagem que parecia confortável, mas mais uma vez, com uma completa ineficácia, em termos atacantes em especial nos primeiros 12 minutos, em que sofremos um parcial de 7-3, e a equipa japonesa aos 42 minutos perdia somente por 20-18. Como de costume desde os maus passes até à completa precipitação no remate tivemos de tudo, e não fosse o jovem Capdeville (entrou no segundo tempo) neste período, poderíamos estar bem pior, posteriormente fomos equilibrando o jogo, mas a velocidade de execução dos japoneses, puseram em sentido a equipa nacional, que em determinados momentos ainda consegui recuperar, e aumentar a diferença, como por exemplo aos 24-19 (46 minutos), com Pedro Portela (7 golos), em especial, através de livres de 7 metros e Miguel Martins (3 golos), a realizarem acções mais positivas em termos atacantes, terminamos com 10 atletas a concretizarem golos, por sua vez a equipa do Japão terminou com 11 atletas a marcarem golos, e teve no seu guarda-redes Kai, uma das suas figuras, bem como em Baig com 4 golos, o seu melhor marcador. Com esta vitória fugimos ao último lugar e classificamo-nos em 3.º lugar na prova. Esperamos que a nossa presença no torneio tenha servido, para os técnicos nacionais tirarem as suas ilações, e preparem devidamente os jogos com a super favorita França. Jogo fácil de dirigir, face ao comportamento das duas equipas, pela dupla Suíça da EHF, constituída por Marco Meyer e André Buache, que na nossa opinião tiveram uma arbitragem positiva, embora não isenta de pequenos erros, das que observamos talvez a melhor de todas.

Resultados

1.ª Jornada
Dia 04-01-19
Tunísia 31 – 28 Portugal
Suíça 28 – 28 Japão
2.ª Jornada
Dia 05-01-19
Tunísia 34 – 31 Japão
Suíça 28 – 25 Portugal
3.ª Jornada
Dia 06-01-19
Japão 25 – 27 Portugal
Suíça 28 – 30 Tunísia

Classificação – 1.º Tunísia, 2.º Suíça, 3.º Portugal, 4.º Japão.

Nota - todos os jogos foram transmitidos, em handballtv.ch

O Noticias

9 comentários:

Anónimo disse...

Muita coisa pra corrrrrrigir! Portugal é da terceira divisão a querer subir para a segunda? Sim! Esperemos que se apurados continuemos para daqui a uns anos subirmos á primeira. Para isso tem de se andar regularmente em Mundiais e Euroeus! Tem de se ter clubes na EHF Cup e Champioms League, de preferência! A Challenge não projecta e, depende dos clubes que a disputam. Estamos num país onde apesar de pequeno e isolado, tem heróis noutras modalidades. Deu-se ao luxo de sendo frágil financeiramente, construir estádios em demasia!
Hoje os jovens querem muito afirmarem-se internacionalmente e, assistimos á aposta deles por parte de países, onde Andebol é mais profissional, ou totalmente como Alemanha, França, Espanha etc...

Neste torneio fizeram-se apostas em aspirantes a esse sucesso e, todos eles mostraram algum valor. Era ótimo só termos a França no nosso apuramento, ou não, nos últimos jogos... mas, o calendário está feito e, vai ser preciso estar bem com a Roménia! Olhando a nossa selecção logo salta á vista que, há jogadores a beber da experiência internacional nas suas vidas, assim como o seleccionador. Modelo de jogo apropriado ao que temos, tem sido pouco mudado e aí ótimo. Mas a qualidade em matéria de fora de comum não abunda e ao haver impedimentos nota-se logo! Quando for a doer temos de ter os três pivot nucleares Rocha, Salina e Alex Borges. Nas laterais á direita estamos em crise e na baliza, vamos ver! È minha opinião que, nos centrais podiamos e, deviamos estar melhor! Seabra tem lugar aqui e é melhor que, qualquer um dos escolhidos. Nas pontas a ideia de intensidade máxima é boa, entrando no início Branquinho e Portela e, dando mais explosão com Sérgio Barros e Carlos Martins de seguida. Se mexerem muito nesta selecção pode falhar tudo. Porque não foi convidado Carlos Resende? Para além de toda a dúvida nos critérios de escolha, o Paulo esteve francamente mal, ao mostrar uma liderança fraca e nervosa!!! Este espaço não é para amizades!!! DEVERIA ser uma equipa de Portugal!!!
NB-Braga

Anónimo disse...

Neste torneio a Tunísia estava a estagiar a algum tempo. O Japão é capaz do melhor e pior. A Suiça apenas organizou. Portugal depois de só ter um g redes capaz a alto nível e, não contar com nenhum lateral direito capaz, estampou-se! Falta dizer que há quem não mereça estar na selecção, porque faz uma época miserável como é o caso do Fábio! Caso igual ao de Ferraz! Vergonhoso igualmente é sofrer tanto, tanto golo no meio, com jogadores com os braços mortos ao longo do corpo. Contra-ataque péssimo, claro está, quando não se defende bem. Sendo adepto do A.Santas sei que, vai haver comentaristas vingativos mas, Seabra tinha lugar mas, o selecionador portista não abdica do brincalhão Martins! Gostei de Capdeville embora não chegue, para jogos decisivos. Borges faz muita falta tal como Tiago Rocha. Bellone é discutível, admito! Rito ou Resende podiam ser selecionadores, porque melhores que o Lobo mau. Acabem-se os compadrios!

Anónimo disse...

Infelizmente, e pelas piores razões, a lesão gravíssima do Seabra veio resolver um problema à hipocrisia e falta de carácter dos selecionadores...
Rápidas melhoras Seabra. Fazes falta ao andebol...

Anónimo disse...

Por mim entrava Grilo e saía F. Magalhães, assim como Pedro Seabra em vez de Martins. Contando com Quintana na baliza e Hugo Figueira ou Humberto. Nem quer pensar nesta sel sem Borges, Quintana e Tiago Rocha pois, Moreno e Frade estão ainda em maturação. Lateral direito é um problema de muitas sel, assim como ás vezes ponta. No nosso caso ainda temos Areia. Ferraz parece estar a esvaziar e não esqueçam já teve duas lesões muito graves. Selecionador só vejo Resende e de longe. Se calhar o Benfica não deixa. E tudo leva a crer o Benfica ainda não se levanta este ano.

Anónimo disse...

o resende é tão bom, tão bom, que não ganha o campeonato pelo benfica nos proximos 3 anos... vai ganhar é dinheiro. começo a desconfiar que a mulher do resende não sai dos blogs

Anónimo disse...

O Resende ganhou mas foi traído! Tornou a ganhar e com poucos recursos! Mas agora ganha bem mas... está num clube que o andebol é estranho! È o que paga melhor e melhores condições dá, no entanto os seus adeptos são fracos! Têm um Presidente que construíu dois pavilhões e piscinas, para além de centro de estágio e a melhor tv da Europa em desporto! Basta uma derrota no Futebola e tudo abana.... que futuro poderá ter o Andebol nesse clube?

Anónimo disse...

Se a qualidade não abunda e há uma imensidão de suspeitas e compadrios, tanta clubite e sectarismo, nada ajudam uma selecção! Mudem tudo e depois vão ver! Claro que findo este ciclo era melhor purificarem as coisas. Isto já cheira mal!!!

Anónimo disse...

so leio textos de anónimos ou quase que não percebem nada de bola…
somos capazes de adivinhar a paixao clubística de cada um.

são cegos de emblema

o nosso selecionador foi o único que deu provas e já ganhou internacionalmente… com seleções, clubes e etc

não fica a dever nada aos restantes referidos

e já agora… não adianta ir la fora jogar com jogadores baixinhos. a questão alem do tamanho e peso que temos é mais quanto á vontade. parece é que para alguns seleção e sofás são concorrentes…





Anónimo disse...

Que esperar quando á partida tudo está feito viciadamente ás escondidas? Nem os melhores jogadores nem equipa técnica, então num Andebolzinho amador que, até temos vergonha de dizer a média de espectadores... queriam o quê?
Quanto a clubites... nem vale a pena! Doença incurável!