gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

sábado, 29 de março de 2014

Competições Europeias 2013 / 2014 – LV

A participação Portuguesa nas provas Europeias continuou este fim-de-semana, com o Sporting a disputar a 6.ª e última Jornada desta Fase de Grupos, e temos de nos penitenciar por termos dado como garantido o apuramento para a fase seguinte, erradamente, pois esse apuramento não estava garantido face a que, apenas 6 equipas irão disputar os 1/4 Final (3 jogos), pois a equipa organizadora da Fase Final (Four), já está apurada, e essa é o Füchse Berlin, assim o apuramento da equipa Portuguesa será apenas garantido se for um dos melhores segundos lugares, a confirmar apenas amanhã quando todos os jogos se encontrarem realizados, para não serem prestadas informações erradas, do facto apresentamos as nossas desculpas.
 
Masculinos  
EHF CUP
 SPORTING PERDE COM MONTPELLIER EM FRANÇA
 
O Sporting defrontou na 6.ª e última Jornada do Grupo “B” o grande favorito do Grupo, os Franceses do Montpellier HB, com quem voltaram a perder, desta vez em França, com um resultado que dignifica o Andebol Nacional. A equipa Portuguesa que jogou com uma equipa que conta nas suas fileiras com atletas como Omeyer, Accambray, Tej, Grebille e outros, tendo alguns estado recentemente ligados a Seleção Francesa que se sagrou Campeã da Europa. Este foi um jogo com diversas fases, começou pela equipa portuguesa conseguir equilibrar o marcador (5-5, aos 7 minutos), depois um forte domínio dos franceses que fazem um parcial de 6-0 em 8 minutos, venciam por 11-5 aos 14 minutos, para após uma boa reação do Sporting a diferença ser apenas de 3 golos aos 23 minutos, mas uma exclusão e os 7 metros falhados recolocaram novamente os franceses com uma vantagem de 6 golos com que se chegou ao intervalo. O Segundo período inicia-se com uma boa entrada da equipa portuguesa que reduz a diferença novamente para apenas 3 golos, dizer que esta foi a menor diferença registada, após o equilíbrio verificado nos minutos inicias da partida, mas também se deve dizer que a equipa francesa chegou algumas vezes a ter uma vantagem de 8 golos como por exemplo aos 47 (31-23) e aos 50 minutos (33-25), com novo reação da equipa portuguesa que recuperou mais uma vez, estando a perder por um diferencial de 4 golos aos 55 minutos (34-30), para se terminar em 36-31. A equipa portuguesa que tem um plantel curto como e sabe, deu-nos a sensação de mais não podia fazer, com Fábio Magalhães, longe dos seus melhores dias, teve no cubano Frankis Marzo com 8 golos o seu melhor marcador, logo seguido de Pedro Solha, Pedro Portela e Rui Silva todos com 5 golos marcados, dizer ainda que o Sporting não concretizou 4 livres de 7 metros. A equipa francesa teve no Esloveno Dolenec o seu melhor marcador com 10 golos, seguido pelo francês Grebille (8 golos) e por outro esloveno Gajic com 7 golos os seus melhores marcadores. Pensamos que com o diferencial final, e face aos critérios de desempate (pontos, maior diferença de golos e maior numero de golos marcados, ver link da EHF), a equipa portuguesa poderá ter confirmado o seu apuramento, mas a confirmação em absoluto só após os jogos que se realizam amanhã 
 
Resultados – 6.ª Jornada
Montpelier HB 36 – 31 Sporting
 
Classificação final do Grupo “B” 
O Noticias

1 comentário:

Anónimo disse...

Ao olhar a foto vejo uma equipa em que a média de idades é baixa. No andebol em França as coisas são diferentes e basta constatar que, este jogo foi visto por 2 800 pessoas! O problema é que o esforço pode ser inglório pois, no campeonato paga-se o mesmo. No jogo anterior com os Macedónios cometeram-se erros grandes. Devia haver mais rotação para evitar o acumular de cansaço. È claro que, depois no jogo com o Porto notou-se o estoiro e o não poder mais. O mesmo lhes aconteceu a eles não é? O que se sabe é que já se renovou com a equipa técnica mas, é preciso cuidado e, renovar com alguns jogadores e, ir buscar um ou dois para posições deficitárias. Julgo que não é possível mais aventuras na Europa, sinceramente pensei que nem chegassem aqui. No campeonato acho impossível o título nacional, porque nos momentos de decisão ou há erros ou jogos sujos, em que o Sporting faz a habitual figura de parvo. E já aconteceram tantos. Há que lutar para o terceiro ou segundo, dado o Benfica não estar a pegar, apesar de só ter o campeonato e taça. E lá os encontraremos tem piada.