gal vence

Portugal perde com a Alemanha por 29-27, e Classifica-se em 6.º Lugar - Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

sábado, 25 de janeiro de 2020

Europeu 2020 Masculino – LI


14.º EUROPEU MASCULINO – 2020
(ÁUSTRIA / NORUEGA / SUÉCIA)

PORTUGAL PERDE COM A ALEMANHA
E FICA EM 6.º LUGAR
QUALIFICADO PARA OS
TORNEIOS DE QUALIFICAÇÃO OLÍMPICA
(Foto Site do EURO)
Portugal terminou hoje a sua participação na Fase Final do Euro 2020, que está decorrer até 26-01-2020, numa organização conjunta da Áustria, Noruega, e Suécia, com Portugal disputar este encontro em Malmo (Suécia). Ao perder com a Alemanha no jogo que decidia o 5.º e o 6.º lugar, a equipa Nacional, obteve a melhor classificação de obteve, e esta derrota não diminuiu o valor da mesma, nem o seu comportamento durante a prova.

Espanha – Campeã em Titulo

Hoje realizaram-se os encontros que definiram o 3/4 Lugar e o 5/6 lugar, depois de termos assistido ontem aos jogos das 1/2 Final que nos proporcionaram excelentes espectáculos da modalidade a que nos dedicamos, hoje tivemos um jogo que apesar de tudo foi a agradável, o Alemanha / Portugal, e o encontro para a atribuição da medalha de bronze, que terminou com uma clara vitória da Noruega, e que foi um encontro agradável de seguir

Portugal, jogou o seu encontro decisivo contra uma Alemanha que realizou uma prova aquém das suas expectativas, com Portugal a realizar um jogo de grande equilíbrio, conforme o andamento do resultado prova, e não fosse o comportamento da defesa portuguesa que esteve abaixo do seu normal, na nossa opinião, e com alguns jogadores no ataque a não produzirem o seu normal, com Salina (2 golos, 33% de eficácia), e certamente que o resultado final teria sido outro, pois Alexis Borges (4 golos, 80% de eficácia), bem acompanhado por João Ferraz (4 golos, 80% de eficácia), e em especial por Rui Silva (3 golos, 75% de eficácia), que realizou mais uma excelente exibição, e mais uma vez Alfredo Quintana (30% de eficácia) estiveram em dia sim mas, permitiram por diversas vezes e após falhas técnicas no ataque em especial quando atacávamos com 7 jogadores ou em inferioridade numérica, transições rápidas da equipa adversária que teve na baliza um Andreas Wolff (33% de eficácia) (na nossa opinião), foi vária vezes agredido em especial em remates de 1.ª linha, pois realizamos ataques com pouco tempo de preparação conforme o técnico nacional referiu num dos seus time out, na equipa da Alemanha total destaque para o seu 1.ª linha Julius Kuhn (6 golos, 75% de eficácia), que nunca soubemos “anular” com eficácia, apesar de apenas termos estado poucas vezes na frente do marcador, (24-23, aos 46 minutos), e 26-24 (49 minutos), para sofrermos um parcial de 4-0, e a Alemanha, voltar ao comando marcador por 28-26 (56 minutos), fomos incapazes nos minutos finais de sermos mais clarividentes. Com este resultado Portugal, não só garantiu o 6.º lugar (melhor classificação de sempre), como garantiu um lugar nos Torneios de Qualificação Olímpica. Parabéns Portugal. Jogo dirigido pela dupla da Suécia, constituída por Mirza Kurtagic, e Mattias Wettermik, que realizaram uma arbitragem positiva, apesar da existência de algumas falhas ma lei da vantagem.

Tivemos finalmente uma transmissão em sinal aberto, mas temos a certeza de que a mesma (canal 2) apenas existiu face a pressão que foi exercida em diversos quadrantes.

Resultados e Classificações
1/2 Final (Estocolmo)
Dia 24-01-20
Espanha 34 – 32 Eslovénia
Noruega 28 – 29 Croácia (C/Prolongamentos)

5/6 Lugar (Estocolmo)
Dia 25-01-20
Alemanha 29 – 27 Portugal

3/4 Lugar (Estocolmo)
Dia 25-01-20
Eslovénia 20 – 28 Noruega

Final (Estocolmo)
Dia 26-01-20
Espanha – Croácia (15H30)

Horas Continentais

Classificação Final1.º, 2.º , 3.º Noruega, 4.º Eslovénia, 5.º Alemanha, 6.º Portugal, 7.º Suécia, 8.º Áustria, 9.º Hungria, 10.º Bielorrússia, 11.º Islândia, 12.º Republica Checa, 13.º Dinamarca, 14.º França, 15.º Macedónia do Norte, 16.º Suíça, 17.º Holanda, 18.º Montenegro, 19.º Ucrânia, 20.º Sérvia, 21.º Polónia, 22.º Rússia, 23.º Bósnia Herzegovina, 24.º Letónia.

Podemos informar que segundo o que conseguimos visionar, os jogos são transmitidos pela SportTV, poderão igualmente ser acompanhadas através da ehfTV. 

O Noticias

Andebol Praia – Arena 1000

ANDEBOL DE PRAIA
ARENA 1000 – NAZARÉ

Eis uma boa noticia, Portugal passará a fazer parte do circuito de Espanha nesta vertente, com a realização de um torneio na Nazaré.

Noticia divulgada não só no Portal da FAP, como no Portal da Real Federação de Andebol de Espanha. Sendo esta a primeira vez que se vai realizar este circuito a nível Internacional.

A Prova disputa-se na Nazaré de 19 a 21 de Junho de 2020, que por um fim-de-semana se converterá na capital do Andebol de Praia de Espanha

Consideramos uma boa notícia para esta variante da modalidade.

O Noticias

sexta-feira, 24 de janeiro de 2020

Europeu 2020 Masculino – L


14.º EUROPEU MASCULINO – 2020
(ÁUSTRIA / NORUEGA / SUÉCIA) 


Informações

Após o excelente desempenho da equipa Nacional, que superou todas as expectativas, inclusive dos mais cépticos, entrando no Programa Olímpico, e após fortes protestos de vários organismos, inclusive de vários adeptos, basta ver todos aqueles que se manifestam por exemplo através do facebook (como exemplo) a Televisão publica, irá transmitir o encontro de amanhã para a atribuição do 5/ 6 lugar. Não diremos que é uma boa notícia, mas sim o tardio cumprimento das suas obrigações perante a lei.

Quando ao Grupo e às equipas que Portugal irá defrontar no Torneio de Qualificação Olímpica, está tudo dependente de quem vencerá o Europeu e até do seu próprio resultado diante a Alemanha, referimos como exemplo, se a Noruega, vencer o Europeu será automaticamente apurada, nesta situação Deixará de organizar o Grupo 1 de Qualificação, cuja organização passará a ser da Croácia, conforme decidido em tempo pela IHF. Podendo até Portugal ficar no Grupo onde se situa a França, onde nesta hipótese teríamos novo encontro com este País em pouco tempo.

Outa boa noticia, é a indicação de 3 jogadores portugueses, candidatos ao sete ideal da prova, e que são Alfredo Quintana, Rui Silva, e João Ferraz, com a votação a poder ser feita através da aplicação do Euro, a quem a têm, ou através do seguinte link, para quem não a têm, e onde existe ainda, a possibilidade de o fazer. VAMOS VOTAR MASSIVAMENTE.

ARBITRAGEM

Árbitros

A Dupla da Madeira, Duarte Santos / Ricardo Vieira, que integrou a lista dos seleccionadas pela EHF, para dirigir os jogos deste Campeonato, estiveram presentes, nos seguintes encontros, tendo terminado a sua função após a Main Round, conforme estava previsto.

Bielorrússia – Sérvia (Grupo A - Fase Preliminar)
Montenegro - Bielorrússia (Grupo A - Fase Preliminar) - Suplentes
Sérvia – Croácia (Grupo A - Fase Preliminar) – Suplentes
Ucrânia – República Checa (Grupo B - Fase Preliminar)
Croácia – Áustria (Grupo I – Main Round) – Suplentes
Croácia – Alemanha (Grupo I – Main Round)
Bielorrússia – Espanha (Grupo I – Main Round)
Bielorrússia – Áustria (Grupo I – Main Round) Suplentes

Delegados

Portugal que esteve representado por António Marreiros, apenas na Fase preliminar (O que estranhamos), sendo nomeado somente os seguintes encontros:

Croácia – Montenegro (Grupo A - Fase Preliminar)
Croácia – Bielorrússia (Grupo A – Fase Preliminar)
Montenegro – Sérvia (Grupo A – Fase Preliminar)
Montenegro - Bielorrússia (Grupo A – Fase Preliminar)

Estranhamente, ou talvez não, a dupla nomeada para a final é constituída por Slave Nikolov e Gjorgji Nachevski, da Macedónia do Norte, ficando a melhor dupla na nossa opinião os alemães Lars Geipel e Marcus Helbig, indicados para dirigir o encontro que define o 3/4 Lugar.

O Noticias

Sorteios – Época 2019 / 2020 - II


A Federação anunciou através do seu Comunicado Oficial N.º 59 da época 2019 / 2020 em 23-01-19, a data da realização de diversos sorteios (com alguma antecedência, o que se saúda) de algumas das principais provas Nacionais, que serão realizados na FAP. Mas esta época não indica as datas da realização das respectivas Fases das Provas que vão a sorteio.

PO.02 – CAMPEONATO NACIONAL SENIORES MASCULINOS 2.ª DIVISÃO – FASE FINAL, GRUPO A, e GRUPO B
Sorteio dia 17-02-20 pelas 17H00

PO.04 – CAMPEONATO NACIONAL JUNIORES MASCULINOS 1.ª DIVISÃO – FASE FINAL, E FASE DE APURAMENTO.
Sorteio dia 17-02-20 pelas 17H30

PO.05 – CAMPEONATO NACIONAL JUNIORES MASCULINOS 2.ª DIVISÃO – 2.ª FASE
Sorteio dia 26-02-20 pelas 17H00

PO.06 – CAMPEONATO NACIONAL JUNVENIS MASCULINOS 1.ª DIVISÃO – 2.ª FASE, GRUPO A, e GRUPO B
Sorteio dia 10-02-20 pelas 17H00

PO07 – CAMPEONATO NACIONAL JUVENIS MASCULINOS 2.ª DIVISÃO – 2.º FASE
Sorteio dia 11-02-20 pelas 17H15

PO.10 – CAMPEONATO NACIONAL SENIORES FEMININOS 2.ª DIVISÃO – FASE FINAL
Sorteio dia 10-02-20 pelas 17H15

PO.11 – CAMPEONATO NACIONAL JUNIORES FEMININOS – 2.ª FASE
Sorteio dia 10-02-20 pelas 17H30

PO.12 – CAMPEONATO NACIONAL JUVENIS FEMININOS – 2.ª FASE
Sorteio dia 11-02-20 pelas 17H00

O Noticias

24.º Campeonato Africano de Andebol Seniores Masculino – 2020 - I


24.º CAMPEONATO AFRICANO
SENIORES MASCULINO
(Foto IHF)
Esta a decorrer em Hammamet e Nabeul (Tunísia) de 16 a 26 de Janeiro, o 24.º Campeonato Africano de Seniores Masculinos, realizando um total de 52 jogos.

Campeão em Titulo - Tunísia (Gabão 2018)

Participaram 16 Países, divididos em quatro Grupos na Ronda Preliminar:

Grupo A
Egipto, República Democrática do Congo, Guiné, e Quénia.
Grupo B
Angola, Gabão, Nigéria, e Líbia.
Grupo C
Tunísia, Camarões, Costa do Marfim, e Cabo Verde
Grupo D
Marrocos, Argélia, Marrocos, Congo, e Zâmbia.

Após a disputa desta ronda, onde os dois primeiros de cada Grupo, disputaram a Main Round, divididos em dois grupos, com as restantes equipas a disputaram a President CUP.

Constituição e classificação dos Grupos da Main Round

Grupo 1 – 1.º Egipto, 2.º Angola, 3.º RD Congo, 4.º Gabão.
Grupo 2 – 1.º Tunísia, 3.º Argélia, 3.º Marrocos, 4.º Cabo Verde.

Uma das grandes surpresas, foi o apuramento de Cabo Verde para esta Fase.

Jogo Classificativos (5/8 Lugar)
Dia 24-01-20
Marrocos – Gabão (13H00)
RD Congo – Cabo Verde (18H00)

1/2 Final
Dia 24-01-20
Tunísia – Angola (18H30)
Egipto – Argélia (16H00)

5/6 Lugar
Dia 25-01-20

7/8 Lugar
Dia 26-01-20

3/4 Lugar
Dia 26-01-20

Final
Dia 26-01-20

Hora Locais

Notas

O Vencedor ficará Apurado para os Jogos Olímpicos, Tóquio 2020, com os 2.º e 3.º Classificados a irem disputar os Torneios de Qualificação Olímpica, que se realizarão em Abril.

Os 6 (seis) primeiros classificados ficam automaticamente apurados para o Mundial de 2021 no Egipto

O Noticias

Jelisaveta Markovic – Reforça Benfica


JELISAVETA MARKOVIC (SÉRVIA)
REFORÇA BENFICA
Conforme noticiado, também o Andebol Feminino é notícia, com o novo reforço do Benfica que contratou a serva Jelisaveta Markovic (ex-ORK Belgrado), para a posição de central, que vai viver a sua primeira experiência, fora de portas, e que conta com apenas 18 anos de idade, e que segundo o site do seu antigo clube era a sua jogadora mais eficiente da equipa, realçando o seu profissionalismo. 

O Noticias

quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

19.º Campeonato Asiático de Andebol Seniores Masculinos - I


Decorre desde o dia 16-01-20 a 06-02-14, no Kuwait o 19.º Campeonato Asiático de Andebol, com a participação de 13 Países, divididos em 4 Grupos, na Fase Preliminar. Disputando um total de 43 jogos.

Campeão em Titulo - Qatar

Na Fase Preliminar foram constituídos quatro Grupos (de 16-01-20 a 18-01-20)

Grupo A – Bahrein, Irão, e Nova Zelândia.
Grupo B - Qatar, Japão, e China.
Grupo C - Coreia, Arábia Saudita, e Austrália.
Grupo D – Kuwait, Qatar, Emiratos Árabes Unidos, Hong Kong, e Iraque.

Sendo depois disputados dois grupos na chamada “Main Round”, com os dois primeiros classificados de cada Grupo.

Main Round – Grupos (20-01-20 a 23-01-20)

Grupo 1 – Japão, Bahrein, Emiratos Árabes Unidos, e Arábia Saudita.
Grupo 2 - Qatar, Coreia, Irão, e Kuwait

Os 2 (dois) primeiros de cada um dos Grupos da Main Round, disputam directamente as 1/2 Finais.

Em paralelo com os jogos da Main Round, estão a disputar-se os jogos classificativos do 9.º ao 13.º lugar.

Grupo 3 – Iraque, China, Hong Kong, Nova Zelândia, e Austrália.

1/2 Final
Dia 25-01-20

7/8 Lugar
Dia 25-01-20

3/4 Lugar
Dia 27-01-20

Final
Dia 27-01-20

As apuradas para as 1/2 Final, estão apuradas para o Mundial 2021 que disputa no Egipto, onde estarão igualmente a Austrália ou a Nova Zelândia se alguma se classificar em 6.º lugar ou em lugar inferior.

Recordamos que o Bahrein, já está apurado para os jogos Olímpicos Tóquio 2020

Nota – Todos os jogos podem ser acompanhados em Stream, neste link.

O Noticias

Nomeações – EHF – 2019 / 2020 – XXII


A EHF procedeu a novas nomeações para as Provas Europeias, tendo a Portugal sido atribuída a seguinte:

Árbitros
Marta Sá / Vânia Sá – Foram nomeadas para dirigir o encontro da 5.ª Jornada do Grupo 2 da Liga dos Campeões Europeus Femininos, que se disputa entre o Györi Audi ETO KC (Hungria) e o Brest Bretagne Handball (França), na Hungria em 26-01-20.

Às nomeadas, desejamos as maiores felicidades no desempenho das suas funções.

O Regras

quarta-feira, 22 de janeiro de 2020

Europeu 2020 Masculino – XXXXIX


14.º EUROPEU MASCULINO – 2020
(ÁUSTRIA / NORUEGA / SUÉCIA)
MAIN ROUND
PORTUGAL VENCE A HUNGRIA 

(Foto Site do Euro)
DISPUTA 5/6 LUGAR
E QUALIFICASSE PARA OS
TORNEIOS DE QUALIFICAÇÃO OLÍMPICA

Portugal no último jogo da sua participação na Main Round (Grupo II), venceu a Hungria em jogo decisivo, para a atribuição do 3.º Lugar do Grupo na Fase Final do Europeu que está decorrer até 26-01-2020, numa organização conjunta da Áustria, Noruega, e Suécia, com Portugal disputar este encontro em Malmo (Suécia).

Espanha – Campeã em Titulo

Terminaram hoje os encontros dos Grupos da chamada Main Round, enquanto no grupo I. já estavam definidos os apurados para as 1/2 Final (Espanha e Croácia), hoje após o encontro Croácia / Espanha que fechou o Grupo no Grupo I, e que terminou com uma igualdade, o 1.º lugar fica em poder da Espanha, face ao desempate por diferencial de golos, com o 3.º lugar a pertencer à Alemanha. No grupo II, após a sensacional vitória de Portugal sobre a Hungria, também ficaram definidos os apurados para as 1/2 Final, com a Noruega em 1.º lugar e a Eslovénia e segundo lugar, sendo o 3.º lugar, ocupado pela equipa portuguesa, que desde já teve em termos efectivos a sua melhor classificação de sempre em termos Europeus.

Portugal, jogou o seu encontro decisivo contra uma Hungria que vinha realizando excelentes prestações, encontrou pela frente uma equipa de Portugal que surpreendeu tudo e todos ao iniciar o encontro com 7 contra 6 cada vez que atacava, e tinha na baliza um Alfredo Quintana (24% de eficácia), que mais uma vez deu confiança à equipa, assim com Humberto Gomes (25% de eficácia), com uma extraordinária defesa a 1,30 do fim, garantindo diferencial final, e num encontro onde Portugal, voltou a cometer poucos erros, apesar de existiram alguns mas que poderão ser considerados “desprezíveis”, esteve sempre bem em termos defensivos, apesar do empenho dos húngaros e em especial de Baloch (5 golos, 50% de eficácia, 0 em 2 de 7 metros) e do jovem Mathe (4 golos, 80% de eficácia, 2 em 2 de 7 metros), e do seu pivô Banhidi (5 golos, 100% de eficácia), mas Portugal que teve em Belone Moreira (7 golos, 88% de eficácia, 5 em 5 de 7 metros), e em António Areia (5 golos, 100% de eficácia), muito justamente considerado o MVP do jogo, a que juntamos ainda a extraordinária prestação de Salina (5 golos, 100% de eficácia), exactamente os mesmos dados de Alexis Borges, para não falar de André Gomes (1 golo, 50% de eficácia), e que mereceu honras de marcação individual, Portugal foi sempre equilibrando o jogo, comandando por diversas vezes o marcador durante os primeiros 30 minutos, e chegou aos 23 minutos com o marcador a assinalar uma igualdade a 11 golos, para chegar ao intervalo a vencer muito justamente por 16-14. No segundo tempo, Portugal alterou a sua táctica, e deixou de jogar em 7 contra 6 quando atacava, e partir dos 43 minutos quando vencia por 22-20, faz um parcial de 4-0, colocando o resultado em 26-20, aos 47 minutos de jogo, nunca mais deixando de possuir um diferencial de grande segurança, de tal forma que aos 54 minutos, vencia por 30-23, terminando muito justamente, como vencedor, numa das melhores prestações competitivas que vimos esta equipa realizar. Com esta vitória e com o diferencial que realizou Portugal, não só se qualificou em 3.º Lugar no Grupo, garantindo assim a disputa do encontro para definir o 5.º e o 6.º lugar (melhor classificação de sempre), como garantiu um lugar nos Torneios de Qualificação Olímpica. Seja qualquer o resultado do jogo que ainda vão disputar, dizemos desde já parabéns Portugal. Jogo dirigido pela dupla da Alemanha, constituída por Lars Geipel, e Marcus Helbig, que foi a melhor arbitragem que Portugal teve nos encontros que disputou na Main Round, embora não isenta de erros, ou de enganos, estamos a recordarmos da exclusão de Cavalcanti, que é puro engano, pois não foi ele que cometeu a falta a ser sancionada disciplinarmente. Foi uma arbitragem bastante positiva.

Resultados de Portugal Main Round

Dia 17-01-20
Portugal 35 – 25 Suécia
Dia 19-01-20
Portugal 25 – 28 Islândia
Dia 21-01-20
Portugal 2529 Eslovénia
Dia 22-01-20
Portugal 34 – 26 Hungria

Classificação dos Grupos na Main Round

Grupo I
Grupo II
E Agora será que a RTP, vai transmitir o jogo do 5/6 lugar em sinal Aberto?

1/2 Final (Estocolmo)
Dia 24-01-20
Espanha – Eslovénia (15H00)
Noruega – Croácia (17H30)

5/6 Lugar (Estocolmo)
Dia 25-01-20
Alemanha – Portugal (15H00)

3/4 Lugar (Estocolmo)
Dia 25-01-20
(17H30)

Final (Estocolmo)
Dia 26-01-20
(15H30)

ARBITRAGEM

Árbitros

A Dupla da Madeira, Duarte Santos / Ricardo Vieira, que integram as seleccionadas pela EHF, para dirigir os jogos deste Campeonato, já estiveram presentes, ou estão já nomeados, para os seguintes encontros:

Bielorrússia – Sérvia (Grupo A - Fase Preliminar)
Montenegro - Bielorrússia (Grupo A - Fase Preliminar) - Suplentes
Sérvia – Croácia (Grupo A - Fase Preliminar) – Suplentes
Ucrânia – República Checa (Grupo B - Fase Preliminar)
Croácia – Áustria (Grupo I – Main Round) – Suplentes
Croácia – Alemanha (Grupo I – Main Round)
Bielorrússia – Espanha (Grupo I – Main Round)
Bielorrússia – Áustria (Grupo I – Main Round) Suplentes

Delegados

Portugal que esteve representado por António Marreiros, apenas na Fase preliminar (O que estranhamos), onde foi nomeado para os seguintes encontros:

Croácia – Montenegro (Grupo A - Fase Preliminar)
Croácia – Bielorrússia (Grupo A – Fase Preliminar)
Montenegro – Sérvia (Grupo A – Fase Preliminar)
Montenegro - Bielorrússia (Grupo A – Fase Preliminar)

Podemos informar que segundo o que conseguimos visionar, os jogos são transmitidos pela SportTV, poderão igualmente ser acompanhadas através da ehfTV.

O Noticias

Encontros Nacionais de Minis – 2019 / 2020 – I


ENCONTROS NACIONAIS DE MINIS
MASCULINOS (PO37) E FEMININOS (PO38)
EM
ODIVELAS
CIDADE EUROPEIA DO DESPORTO
(2020) 

A Federação através do Comunicado Oficiais n.º 58 (17-01-20) e seu anexo, que foi acompanhado e bem através uma notícia publicada no seu Portal na mesma data, embora não nas notícias principais, o que se estranha, confirmou não só o local da realização dos Encontros Nacionais de Minis, tanto em Masculino como em Feminino, como a sua estrutura. Com limites de inscrição a 30-04-20.

Realizando-se em Odivelas conforme já tínhamos noticiado em 13-12-19, entre 25 e 28-06-20 (de realçar que desta vez é indicada a data da realização da prova)

Infelizmente não se acabou o limite de inscrições que foi implementado na última época, e que surge neste CO camuflado, no texto onde se indica o custo da Taxa de inscrição, o que não se entende.

Apresenta-se neste momento apenas a evolução dos números em masculinos:

Época 2010 / 2011 – 32 equipas
Época 2011 / 2012 – 43 equipas
Época 2012 / 2013 – 41 equipas
Época 2013 / 2014 – 43 equipas
Época 2014 / 2015 – 67 equipas (49 na vertente 7 e 18 na vertente 5)
Época 2015 / 2016 – 73 equipas (54 na vertente 7 e 19 na vertente 5)
Época 2016 / 2017 – 80 equipas (56 na vertente 7, e 24 na vertente 5)
Época 2017 /2018 – 87 equipas (58 na vertente 7, e 29 na vertente 5)
Época 2018 /2019 – 76 equipas (56 na vertente 7, e 20 na vertente 5)

A frase colocada no fim do CO, é esclarecedora, poderá indiciar que apesar de nada ter sido dito, a vontade de limitar o número de clubes (Mais se informa que a ordem de entrada na Federação do processo de inscrição será prioritária para o limite de inscrições), nota que apenas se entende pelo número apresentado no ponto 3, e que esta época é uma enorme novidade, pois certamente, segundo a nossa opinião os números limites vão mesmo existir, mas agravado pela situação de não informar os limites por género, pois é permitido aos clubes inscrever mais do que uma equipa. Mas como de costume deveremos ultrapassar todos os números possíveis, mesmo em Clubes e assim o desejamos veementemente, para bem do andebol.

Esta época a prova será disputada com grandes novidades, e esperamos que as mesmas, contribuam para uma melhor e maior divulgação da modalidade, transcrevemos as mesmas do referido CO, por as mesmas serem em nossa opinião relevantes.

Encontro Nacional de Minis (Masculinos nascidos em 2009-2010 e 2011-2012; Femininos nascidos em 2010-2011 e 2012-2013), será disputado nas vertentes de Andebol 4, 5 e Andebol 7:
a) As equipas serão assim distribuídas pelas três categorias:

Bambis – Andebol 4 (Masculinos 2011-2012; Femininos 2012-2013)
Minis A – Andebol 5 (Masculinos 2009-2010; Femininos 2010-2011)
Minis B – Andebol 7 (Masculinos 2009-2010; Femininos 2010-2011)
b) Os clubes de Minis deverão privilegiar a inscrição no Andebol 5.
c) Bambis – Competição mista
d) Minis – Podem ser utilizados até 3 atletas de sexo contrário (masculinos de 2009 não poderão ser utilizados na competição feminina)
e) Os clubes poderão escolher a(s) vertente(s) onde pretendem participar, ou participar nas três vertentes.
f) Podem participar com mais de uma equipa na mesma vertente.
g) Andebol 4 – mínimo 6 jogadores, podendo ser inscritos no máximo 8 por equipa

Andebol 5 - mínimo 7 jogadores, podendo ser inscritos o máximo de 10 por equipa
Andebol 7 – mínimo 10 jogadores, podendo ser inscritos o máximo de 14 por equipa
h) Qualquer clube que pretenda participar, mas que não cumpra na íntegra o disposto nas alíneas anteriores, deve expor atempadamente o seu caso à Federação.
i) A participação de atletas com anos de nascimento posteriores aos indicados para os escalões masculinos e femininos, poderá igualmente ser exposta.

Finalmente:

Continua-se a permitir e até se incentiva a participação de equipas mistas, que nestes escalões são perfeitamente admissíveis, conforme se pode verificar nos grandes torneios Internacionais.

A continuação da não definição de ”campeonato”, tornando estas provas, mais lúdicas e de divulgação do que em competições que normalmente trazem, na nossa opinião uma forte carga negativa às mesmas, embora tenhamos a consciência plena de que existem opiniões plenamente contrárias á nossa e que as aceitamos e respeitamos.

Um dos fatores mais positivos desta organização agora divulgada, foi o total esclarecimento sobre a participação de equipas de Andebol de 4, e 5, e esclarecidas as condições de participação nestas vertentes, bem como as idades nos respectivos géneros, e ainda o número obrigatório de inscritos por equipa.

Faltou em nossa opinião a informação sobre a forma competitiva, e das actividades paralelas ao Quadro competitivo

Ficaremos a aguardar a conformação das inscrições definitivas nestas provas, nomeadamente sobre o número de inscritos. Após essa confirmação, divulgamos os mesmos, assim como qual o quadro competitivo e as actividades paralelas. 

O Noticias

terça-feira, 21 de janeiro de 2020

Europeu 2020 Masculino – XXXXVIII


14.º EUROPEU MASCULINO – 2020
(ÁUSTRIA / NORUEGA / SUÉCIA)
MAIN ROUND
PORTUGAL PERDE COM ESLOVÉNIA

Portugal no terceiro jogo da sua participação na Main Round (Grupo II), encontro que poderá ter sido decisivo para a sua classificação final, ao ter perdido com a equipa da Eslovénia na Fase Final do Europeu que está decorrer até 26-01-2020, numa organização conjunta da Áustria, Noruega, e Suécia, com Portugal disputar este encontro em Malmo (Suécia).

Espanha – Campeã em Titulo

Apenas foi concluída a 3.ª jornada da Main Round, no Grupo I, com um sensacional encontro entre a Croácia, e a Republica Checa, que após a difícil vitória da Croácia, obtida no último segundo do encontro, apurou na prática esta equipa juntamente com a Espanha para as 1/2 final da prova num encontro com a Bielorrússia, dirigido e bem pela dupla portuguesa, com o 3.º lugar do grupo ainda por decidir. Hoje no grupo II, iniciou-se com a derrota da equipa de Portugal diante a Eslovénia, e a grande surpresa foi a vitória da Suécia sobre a Hungria, por 24-18, o que eventualmente poderá trazer benefícios a Portugal na discussão pelo 3.º lugar do Grupo, que fica em abeto e poderá ser decidido, por diferença de golos. A Noruega, garantiu em definitivo a sua presença nas 1/2 Final da Prova.
(Foto Site do Euro)
Portugal, jogou a equipa da Eslovénia, apresentando o regressado André Gomes (6 golos, 67% de eficácia) que foi um dos melhores elementos da equipa em campo, no confronto a equipa da Eslovénia, onde a equipa portuguesa, cometeu demasiadas faltas técnicas, o que lhe foi fatal diante uma equipa com grandes dificuldade no ataque e onde as individualidades, é que resolveram o encontro, e não tivesse na baliza um Alfredo Quintana (35% de eficácia) em grande estilo, e provavelmente o resultado teria sido bem pior, pois ao sentir a pressão do jogo e do resultado, na nossa opinião Portugal realizou a sua pior prestação competitiva até ao momento, apesar do bom comportamento de Luís Frade (4 golos, 100% de eficácia), e em alguns momento de Pedro Portela (3 golos, 60% de eficácia). No entanto Portugal realizou uns primeiros 30 minutos de qualidade, equilibrando o jogo, com diversas igualdades, e chegando a comandar o marcador por diversas ocasiões com por exemplo aos 20 minutos quando vencia por 11-9, mas sofre um parcial de 5-1, e aos 27 minutos perde por 14-12, para posteriormente e com um bom andebol, realiza um parcial de 3-0, e chega ao intervalo a vencer por 15-14. No segundo tempo, ainda estivemos dentro do jogo até aos 43 minutos quando se registava uma igualdade a 21 golos, para de seguida, entrar em “jogo” a experiência de alguns eslovacos, e a pressão do treinador da equipa da Eslovénia, para Portugal juntar aos seu erros, a qualidade que foi surgindo através de Janc Blaz (7 golos, 78% de eficácia), e de Mackovsek (6 golos, 50% de eficácia), e Dolenenc (6 golos, 60% de eficácia) MVP do Jogo, já que Bombac, esteve sempre controlado. Portugal sofre um parcial de 8-2 nos últimos 15 minutos. Com esta derrota Portugal fica definitivamente afastado das 1/2 Final. Jogo dirigido pela dupla da Dinamarca, constituída por Martin Gjeding, e Mads Hansen, e que teve mais uma vez com delegado o Dragan Nachevski. E mais uma vez Portugal foi a equipa mais prejudicada pela arbitragem, pois existiram critérios diferenciados quer ao nível dos 7 metros, quer ao nível da sanção progressiva, quer ao nível da lei da vantagem e da falta do atacante, com projeção para a área dos 6 metros.

Resultados e Calendário de Portugal

Dia 17-01-20
Portugal 35 – 25 Suécia
Dia 19-01-20
Portugal 25 – 28 Islândia
Dia 21-01-20
Portugal 2529 Eslovénia
Dia 22-01-20
Portugal – Hungria (15H00) Sport TV 4

Transmissões, segundos os dados constantes no portal da Sport TV

ARBITRAGEM

Árbitros

A Dupla da Madeira, Duarte Santos / Ricardo Vieira, que integram as seleccionadas pela EHF, para dirigir os jogos deste Campeonato, já estiveram presentes, ou estão já nomeados, para os seguintes encontros:

Bielorrússia – Sérvia (Grupo A - Fase Preliminar)
Montenegro - Bielorrússia (Grupo A - Fase Preliminar) - Suplentes
Sérvia – Croácia (Grupo A - Fase Preliminar) – Suplentes
Ucrânia – República Checa (Grupo B - Fase Preliminar)
Croácia – Áustria (Grupo I – Main Round) – Suplentes
Croácia – Alemanha (Grupo I – Main Round)
Bielorrússia – Espanha (Grupo I – Main Round)

Delegados

Portugal que esteve representado por António Marreiros, apenas na Fase preliminar (O que estranhamos), onde foi nomeado para os seguintes encontros:

Croácia – Montenegro (Grupo A - Fase Preliminar)
Croácia – Bielorrússia (Grupo A – Fase Preliminar)
Montenegro – Sérvia (Grupo A – Fase Preliminar)
Montenegro - Bielorrússia (Grupo A – Fase Preliminar)

Podemos informar que segundo o que conseguimos visionar, os jogos são transmitidos pela SportTV, poderão igualmente ser acompanhadas através da ehfTV.

O Noticias

Crónica de Fim-de-semana – 15 – 2019 / 2020 – IV


Regresso às normais Crónica de fim-de-semana dedicada à PO04, que esta época sofreu fortes alterações, em especial no que diz respeito à disputa da 2.ª Fase, conforme já dissemos, mantendo-se a 1.ª Fase estável no seu modelo competitivo.

São directamente aprovados para a Fase Final as 3 primeiras classificadas em cada zona da 1.ª Fase. 

PO04 – Campeonato Nacional 1.ª Divisão (sub-18) Juniores Masculinos
1.ª Fase

Zona 1
1.ª Fase
Zona 1
14.ª Jornada
19-01-20
CD Feirense 24 - 37 BECA
ABC 34 - 20 AD Sanjoanense
CP Natação 13 - 37 Águas Santas
Xico Andebol 24 - 25 Boavista FC
FC Gaia 30 - 30 FC Porto

Nesta zona disputada de forma completa, e onde apenas um encontro terminou com resultado diferenciado do verificado na jornada homóloga da 1.ª Volta (FC Gaia / FC Porto), foi uma jornada com fracas assistências na grande maioria dos jogos, e que teve dois encontros com ocorrências disciplinares.

No jogo disputado em Gaia, tivemos um FC Gaia / FC Porto (Jogo com ocorrências disciplinares), de forte equilíbrio durante grande parte do tempo embora o FC Porto, tenha chegado ao fim dos primeiros 30 minutos na frente do marcador por 19-15, mas uma forte reacção da equipa do FC Gaia, em especial partir do momento em que o FC Porto vencia por 21-18. Francisco Costa com 10 golos, e Diogo Ferreira com 8 golos, foram os melhores marcadores do FC Gaia, com Bernardo Pegas e os seus 9 golos, juntamente com Gustavo Oliveira com 7 golos, foram os melhores marcadores do FC Porto. Apesar desta igualdade o FC Porto, mantêm-se no comando da zona, com o FC Gaia, a apresentar-se como um dos candidatos à discussão pelo apuramento para a Fase Final. Este foi o único encontro que teve resultado diferenciado do verificado na 1.ª volta. Em Guimarães, realizou-se o Xico Andebol / Boavista FC (Jogo com ocorrências disciplinares), que aparentemente, em termos de resultado final, poder-se-ia dizer que, foi um dos jogos mais equilibrados da jornada, mas tal facto não corresponde ao que se passou em campo, pois ao intervalo a equipa do Bessa, vencia por 15-9, margem que lhe deu algum conforto, para gerir com grande dificuldade os segundos 30 minutos, onde o Xico Andebol, com uma forte reacção, quase deu a volta ao resultado final. João Torres com 9 golos, e João Leite com 8 golos, foram os melhores marcadores do Xico Andebol, sendo Dinis Mota com 8 golos, e Miguel Costa com 5 golos, os melhores marcadores do Boavista FC, com a esta vitória a equipa do Boavista FC, mantêm-se completamente integrada no Grupo de equipas que poderá discutir o apuramento para a Fase Final. Todos os restantes resultados, foram bastante diferenciados, sem grande surpresa, onde apenas o CD Feirense / BECA, disputado no pavilhão da Lavandeira, poderia eventualmente causar alguma surpresa ou ser disputado mais equilíbrio, mas a equipa sensação da prova nesta zona (na nossa opinião), o BECA já vencia ao intervalo por uns claros 24-13, limitando-se no segundo tempo a gerir o resultado e o jogo. Pedro Sousa com 10 golos, e Eduardo Rocha com 7 golos, foram os melhores marcadores do CD Feirense, com João Pires e os seus 10 golos, juntamente com José Novais com 7 golos, a serem os melhores marcadores do BECA, este foi dos encontros que na prática na “teve assistência”. Com este resultado as equipas mantiveram as mesmas posições na tabela classificativa. No Flávio Sá Leite, realizou-se o ABC / AD Sanjoanense, que tal como na primeira volta, terminou com a expressiva vitória do ABC, que ao intervalo vencia por 15-11, apenas consolidando o resultado nos segundos 30 minutos. Na equipa do ABC, onde 10 atletas marcaram golos, Nuno Vieira com 9 golos, foi o seu principal marcador, Guilherme Silva com 8 golos, e Orlando Correia com 5 golos, foram os melhores marcadores da AD Sanjoanense. Com esta vitória a equipa do ABC, continua a ser uma das principais candidatas ao apuramento para a Fase Final, juntamente com a equipa do Águas Santas que venceu e por números bastante claros o encontro CP Natação / Águas Santas, num encontro de sentido único, com a equipa maiata a chegar ao intervalo a vencer por uns claros 16-6, para terminar com o maior diferencial da jornada, pois no segundo tempo continuou a aumentar o diferencial entre as duas equipas, com esta nova derrota a equipa do CP Natação continua a ser a única equipa da zona que apenas contabiliza derrotas nesta Fase da Prova. João Coelho com 7 golos, foi o melhor marcador do CP Natação, por sua vez na equipa maiata onde 12 jogadores marcaram golos, João Gomes com 7 golos, foi o seu principal marcador.

Classificação, após estes encontros – 1.º FC Porto (39 pontos), 2.º ABC (36 pontos), 3.º Águas Santas (35 pontos), 4.º FC Gaia (34 pontos), 5.º Boavista FC (32 pontos), 6.º Xico Andebol, e BECA (25 pontos), 8.º CD Feirense (22 pontos), 9.º AD Sanjoanense (18 pontos), 10.º CP Natação (14 pontos).

Zona 2
14.ª Jornada
Dia 05-01-20
Sporting 47 - 16 ADC Benavente (J/Comentado)
Dia 19-01-20
Alto Moinho 28 - 26 AA Avanca
Alavarium 29 - 23 Vitória FC
São Bernardo 35 - 30 Belenenses
Ginásio Sul 19 - 28 Benfica

Foi uma zona, onde se disputaram apenas 4 jogos, pois um dos encontros já tinha sido disputado por antecipação, nos 4 jogos que se disputaram verificou-se alteração em dois deles pois foram diferenciados em relação ao verificado na jornada homóloga da 1.ª volta. Mas tivemos um encontro onde se registaram ocorrências disciplinares.

Começamos pelo encontro que terminou com um dos resultados mais equilibrado da jornada, e talvez aquele que mais surpreendeu, face a excelente carreira de ambas as equipas, o São Bernardo / Belenenses (jogo com ocorrências disciplinares), e que foi um dos encontros onde o resultado final foi diferente do verificado na 1.ª volta (igualdade a 17 golos), neste encontro, a equipa do São Bernardo já vencia ao intervalo por 17-14, com a equipa do Belenenses a procurar dar réplica, mas a equipa visitada não descansou e terminou como vencedora, aumentando ainda o diferencial final. Na equipa do São Bernardo, onde 11 jogadores marcaram golos, João Saraiva com 12 golos, foi o seu principal marcador, por sua vez Guilherme Fonseca com 9 golos, e Tiago Castro com 6 golos, foram os melhores marcadores do Belenenses. Com esta vitória a equipa do São Bernardo igualou em termos pontuais a equipa do Belenenses na tabela classificativa, sendo as duas equipas, duas das principais candidatas ao apuramento para a Fase Final. No Municipal do Alto do Moinho, tivemos o Alto Moinho / AA Avanca, que foi o outro dos encontros onde se verificou uma alteração de resultado em relação ao ocorrido na jornada homóloga da 1.ª volta, pois desta vez terminou com a vitória do Alto Moinho, num encontro disputado com grande equilíbrio, mas onde a equipa visitada chegou ao intervalo a vencer por 15-12, com a AA Avanca a reagir no segundo tempo, mas sem nunca fazer perigar o resultado final. Ricardo Marques com 8 golos, e Gonçalo Correia com 6 golos, foram os melhores marcadores do Alto Moinho, por sua vez Rafael Mateus com 8 golos, e Edi Vicente com 6 golos, foram os melhores marcadores da AA Avanca. Com esta vitória a equipa do Alto Moinho, ainda se encontra (na nossa opinião) na discussão, por um dos lugares de acesso à Fase Final. No Pavilhão do Alavarium, disputou-se o Alavarium / Vitória FC, onde apesar da vitória da equipa local, o Vitória FC, ofereceu uma réplica condigna, chegando ao intervalo na frente do marcador por 12-10, com a equipa do Alavarium, a rectificar processos, e no segundo tempo a chegar a uma vitória por números confortáveis. Bruno Clara com 10 golos, e João Mesquita com 7 golos, foram os melhores marcadores do Alavarium, por sua vez António Liques com 7 golos, foi o melhor do Vitória FC, por tivemos mais um encontro praticamente de sentido único, o Ginásio Sul / Benfica, que terminou com a clara vitória do Benfica, que já vencia ao intervalo por 13-10, consolidando o resultado no segundo tempo. Gonçalo Soares com 5 golos, foi o melhor marcador do Ginásio Sul, Guilherme Tavares com 7 golos, e Gonçalo Ferronha com 5 golos, foram os melhores marcadores do Benfica, com esta vitória o Benfica continua ser um dos principais candidatos ao apuramento da Fase Final, continuando em 2.º lugar na tabela classificativa à condição pois o Sporting, que se encontra em 1.º lugar têm mais um jogo disputado.

Classificação, após estes encontros – 1.º Sporting (+2 jogos) (39 pontos), 2.º Benfica A (35 pontos), 2.º Belenenses (33 pontos), 4.º São Bernardo (31 pontos), 5.º Alto Moinho (27 pontos), 6.º Alavarium (26 pontos), 7.º AA Avanca (25 pontos), 8.º Ginásio Sul (20 pontos), 9.º ADC Benavente (+1 jogo), e Vitória FC (+1 jogo) (16 pontos).

O Noticias