gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

sábado, 31 de agosto de 2019

Crónica Intermédia de Fim-de-semana – 02 – 2018 / 2019 – I


Crónica de fim-de-semana, relativa aos jogos da 1.ª Jornada da PO01, que se disputaram.

PO01 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Masculinos.

1.ª Fase
1.ª Jornada
28-08-19
FC Porto 3218 Madeira SAD (J/Comentado)
31-08-19
Ismai 25 – 27 Benfica
Boa Hora 23 – 29 Sporting
Boavista FC 27 – 26 AA Avanca
FC Gaia 38 – 23 Vitória FC
ABC 28 – 28 Belenenses
Dia 26-10-19
SC Horta – Águas Santas (21H00)

Tivemos 5 jogos disputados, relativos à 1.ª Jornada, do Chamado Andebol 1, que ainda teve um encontro adiado para Outubro, que repetimos não consideramos o começo mais saudável. Felizmente já existiram estatísticas, e todos os encontros foram caracterizados pela ausência de indisciplina.

Boa Hora 23 – 29 Sporting

Jogo disputado no Pavilhão Fernando Tavares, que se apresentou com uma moldura humana excelente, num encontro entre duas equipas com objectivos diferentes, o Boa Hora com uma equipa praticamente nova, que irá certamente disputar os lugares intermédios, e o Sporting, com um novo técnico, e poucos reforços, mas que irá certamente lutar pelo título Nacional. O Sporting, que se apresentou a defender bem e atacar, com calma e a preceito, chegou aos 9 minutos de jogo na frente do marcador por 6-1, O Boa Hora usa o um dos seus Time OUT, mas nas balizas, onde dois homens continuam muito bem quer Aljosa Cudic (50% de eficácia) no Sporting, quer Manuel Moreira (29% de eficácia) no Boa Hora, no entanto este último não impede que o marcador se vá dilatando chegando aos 25 minutos de jogo, com o Sporting na frente do marcador por 13-5, diante a jovem equipa da casa, que tinha em Joel Ribeiro (6 golos, 75% de eficácia, 1 em 2 de 7 metros) o seu principal elemento no ataque, para intervalo chegar com o Sporting na frente do marcador por 15-7, e com os seus golos bem distribuídos por vários elementos da equipa. No segundo tempo o Sporting, manteve o ritmo até cerca dos 42 minutos (21-10), quando vencia pelo maior diferencial até então registado, com o reforço Mladenovic (5 golos, 83% de eficácia) e com Tiago Rocha (5 golos, 71% de eficácia) em bom plano, para de imediato entrar numa espiral de excesso de confiança, que coincidiu com a substituição do guarda-redes e a entrada de Tomas Van Zeller (8% de eficácia), sofre um parcial de 5-0, com o Boa Hora a chegar aos 21-15, quando estavam decorridos cerca de 49 minutos de jogo, momento que coincide igualmente com uma forte melhoria global do rendimento da jovem equipa do Boa Hora, sendo Nuno Reis (6 golos, 67% de eficácia) e Tiago Figueiredo (4 golos, 100% de eficácia) os principais responsáveis desta forte melhoria da equipa. Arbitragem a cargo da dupla mista de Leiria / Santarém, constituída por Francisco Remígio, e Fábio Gonçalves, que na nossa opinião devem rever e acertar os seus critério de 7 metros, bem como o das falta do atacante, evitando transformar faltas do atacante em livres de 7 metros, globalmente e tirando estes aspectos, poder-se-á, considerar positiva a sua actuação.

Boavista FC 27 – 26 AA Avanca

Jogo disputada no pavilhão Municipal de Pedrouços, com uma boa presença de público, e que marca a presença de um primo divisionário, o Boavista FC, a receber uma AA Avanca, que normalmente luta por um dos 6 lugares da classificação, este encontro contêm ainda a curiosidade de o novo técnico do Boavista FC, ser o anterior técnico da equipa da região do Aveiro. Mas quem a equipa do Bessa a surpreender muito boa gente face ao jogo colectivo que apresentou nos primeiros 30 minutos, onde a sua grande figura foi Sérgio Morgado (42% de eficácia) na baliza, foi um encontro de grande equilíbrio, embora a equipa de Avanca, tenha iniciado a partida com um parcial de 3-0, o Boavista FC, com um bom jogo colectivo de ataque rapidamente repôs a igualdade no marcador a 4 golos (cerca dos 7 minutos), para o equilíbrio ser total até cerca dos 16 minutos, quando a equipa local se coloca pela primeira vez na frente do marcador (8-7), com a equipa da AA Avanca, que na nossa opinião têm obrigação de fazer muito mais, a igualar novamente o resultado a 11 golos (23 minutos), com o Boavista FC, mais colectivo e com mais atitude, e cometendo menos falhas técnicas, a chegar a uma vantagem de 3 golos (14-11), quando estavam decorridos cerca de 28 minutos de jogo, nestes 30 minutos iniciais, do jogo destaque para Tiago Costa (6 golos, 60% de eficácia, 5 em 6 de 7 metros) e Bruno Borges (5 golos, 63% de eficácia, 1 em 2 de 7 metros) no Boavista FC, e para Jenilson Monteiro (4 golos, 67% de eficácia) na AA Avanca, que nos pareceu o único jogador da equipa com determinação. O intervalo chegou com a equipa do Bessa na frente do marcador por 14-12. No segundo tempo, um bom inicio de jogo da equipa da casa, coloca o diferencial em 5 golos aos 34 minutos quando vencia por 17-12, controlando completamente do jogo, onde a equipa da AA Avanca, defendia mal, e atacava por vezes sem nexo, e assim se manteve o jogo até cerca dos 50 minutos (24-20, a favor do Boavista FC), altura em que a equipa da AA Avanca, melhora na sua forma de atacar e defender e começa a equilibrar o jogo e aos 54 minutos a diferença era mínima (25-24), se situação que se manteve até final do tempo regulamentar. De destacar ainda no Boavista FC, Rui Rolo com 6 golos (67% de eficácia), na equipa da AA Avanca, Nuno Carvalho com 6 golos (86% de eficácia, 2 em 3 de 7 metros), acaba por ser o melhor marcador da equipa. Resultado que constitui uma das surpresas da jornada. Jogo dirigido pela dupla de Braga, constituída por Fernando Costa, e Diogo Teixeira, que por vezes ao transformarem nítidas faltas do atacante em livres de 7 metros complicaram aquilo que era fácil, defendendo.se com demasiadas interrupções para limpeza do piso.

No Flávio Sá Leite, tivemos um ABC / Belenenses, jogo onde a equipa do Belenenses, impôs algum equilíbrio até cerca dos 7 minutos, quando se registava uma igualdade a 3 golos, de seguida o ABC passa para a frente do marcador, e comanda o jogo e o marcador até ao intervalo, chegando por diversas vezes a ter 4 golos de vantagem (9-5, por exemplo) aos 16 minutos de jogo, para de imediato ter de suportar a reacção da equipa do Belenenses, que chegou ao intervalo a perder por apenas 2 golos (16-14). Nos segundos 30 minutos o encontro tornou-se ainda de maior equilíbrio, com o Belenenses a provocar diversas igualdades no marcador, como aos 40 minutos (igualdade a 20 golos), e os cinco minutos finais, foram impressionantes com a Belenenses a estar na frente do marcador aos 57 minutos por 27-26, acabando por terminar numa justa igualdade. Sendo este resultado na nossa opinião igualmente uma das surpresas da jornada. Humberto Gomes na baliza do ABC (26% de eficácia), foi um dos suportes da equipa Com André José (7 golos, 78% de eficácia), a ser o seu melhor marcador, na equipa do Belenenses, onde 11 jogadores marcaram golos, André Alves com 6 golos (75% de eficácia, 1 em 2 de 7 metros), foi o principal marcador, com Roney Franzini na baliza, a ter 21% de eficácia.

Em Gaia, disputou-se o FC Gaia / Vitória FC, jogo entre primo divisionários, e que apenas foi equilibrado até cerca dos 20 minutos, quando o FC Gaia, vencia por 10-9, já depois de o Vitória FC ter estado na frente do marcador aos 10 minutos de jogo (5-4), mas o FC Gaia, com uma equipa muito mais entrosada, rapidamente meteu ordem na casa, e aos 25 minutos, já vencia por 16-10, para chegar ao intervalo a vencer por um confortável 19-11. No segundo tempo o jogo, teve um único sentido, e o FC Gaia, foi dilatando a diferença, para números, que não estavam na previsão de muita gente, chegando a ter 17 golos de vantagem (38-21) aos 54 minutos, para a equipa, entrar em inércia, e permitir que o Vitória FC, marcasse 2 golos, nos últimos 6 minutos de jogo. Neste encontro o FC Gaia, que teve 10 atletas a marcarem golos, com Martim Costa (11 golos, 73% de eficácia, 0 em 1 de 7 metros), e Mário Silva (8 golos, 100% de eficácia, 2 em 2 de 7 metros), foram os seus principais marcadores, no Vitória FC, onde também 10 jogadores marcaram golos, com Joaquim Nazaré (8 golos, 57% de eficácia), a ser o seu principal marcador.

No Municipal da Maia, disputou-se o Ismai / Benfica, um dos encontros que maior expectativa criava nesta jornada, e não defraudou a quem a ele assistiu, pois disputado quase sempre com grande equilíbrio, embora nos primeiros 30 minutos, a equipa do Ismai, que chegou a estar na frente do marcador por 10-7 (18 minutos), com o Benfica, sempre a reagir muito bem, e o intervalo a chegar com uma igualdade a 14 golos. No segundo tempo, tivemos o inverso, com o Benfica, quase sempre na frente do marcador, atingindo a maior diferença aos 50 minutos (23-20), no entanto no último minuto o Ismai ainda chega à diferença mínima (26-25), mas já nada havia a fazer e assim o encontro terminou com a vitória do Benfica. No Ismai, os seus guarda-redes estiveram com um rendimento abaixo do esperado, com Manuel Borges (16% de eficácia), e Ricardo Castro (18% de eficácia), em contra ponto com Miguel Espinha do Benfica (38% de eficácia). Délcio Pina com 7 golos (64% de eficácia), foi o melhor marcador do Ismai, por sua vez no Benfica tivemos Nyokas (8 golos, 80% de eficácia), e Petar Djordjic (8 golos, 67% de eficácia, 3 em 4 de 7 metros), como melhores marcadores.

Não publicamos ainda qualquer classificação, por ainda não se justificar,

O Banhadas Andebol

Planeamento Desportivo – Época 2019/2020 – XVIII


A PROPÓSITO DE ESTATÍSTICAS
(SERÁ QUE, JÁ EXISTEM…)

O Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Masculina, principal prova do Calendário Nacional, iniciou-se em 28-08-19, com o encontro FC Porto / Madeira SAD, e sem qualquer estatísticas em directo, ou em indirecto, e sem qualquer informação por parte da FAP.

Felizmente hoje podemos anunciar, que em 30-08-19, a FAP, através do chamado “Match Center”, já tinha o mesmo actualizado, e pronto a ser utilizado, pelo menos até à 3.ª Jornada, pelo que consideramos uma boa noticia para a modalidade e para os seus adeptos, no entanto sobre o jogo antecipado FC Porto / Madeira SAD (Zero).

Assim a FAP está a dar cumprimento ao Regulamento Desportivo da PO01, que prevê nomeadamente no artigo 11.º a recolha obrigatória de dados estatísticos, com a entidade organizadora da prova (Federação), através da chamada equipa de estatística, a nomear um colaborador (observador), e informar que os resultados serão publicados no portal da Federação, que no entanto os tem publicado através de um sistema chamado “Match Center”, que está devidamente sinalizado, conforme a imagem que mais uma vez publicamos.
Congratulamo-nos que finalmente tudo esteja a funcionar, apenas lamentando a falta de informação por parte da Federação, e que o sistema já esteja disponível, mas somente depois de um dos jogos se ter realizado.

Ficamos satisfeitos, por mais uma vez verificarmos que os nossos alertas por vezes, são eficazes.

O Analista

Planteis – PO01 – Época 2019 / 2020 – ADA Ismai


Hoje terminamos com a publicação dos planteis das equipas da PO01, que foi divulgada, sem nenhuma ordem especifica, dependendo apenas de termos ou não reunidos alguns dos elementos de que necessitamos.

Hoje publicamos o ADA Ismai

ADA Ismai

Pavilhão – Pavilhão Municipal da Maia
Nota – Reinicio dos Trabalhos – 25-07-19
O Noticias

sexta-feira, 30 de agosto de 2019

Planeamento Desportivo – Época 2019/2020 - XVII


ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PARA A ÉPOCA 2019 / 2020 - II

Conforme referimos no anterior texto sobre o tema, hoje iremos começar a comentar a texto que foi publicado através do CO N.º 20, lamentavelmente apenas divulgado em 28-08-19, e que tal como foi dito em devido tempo engloba em anexo os 21 Slides (repetindo), que tinham sido publicados como documento anexo na época anterior, que não são nem mais nem menos do que uma cópia fiel das orientações da IHF, já constantes no Livro de Regras em Orientações e Interpretações, em especial nos seus Anexos e Exemplos, no que se refere a equipamentos e protecções, bem como a acessórios que podem ser utilizadas ou não, portanto sem novidades. A Grande novidade, repetimos, é que nem o erro que se verifica no Slide N.º 9, com a palavra TORNOZELO, foi rectificado, o que prova, que na maior parte das vezes nem se confere os documentos que se publicam.

Pelo que já conseguimos comparar, este CO é na prática uma cópia “chapada” na maioria dos casos do publicado na época 2018/20198, até em algumas incorrecções que na altura, denunciamos, sofrendo ajustamentos, em apenas 7 dos seus pontos, continuando-se a entrar em verdadeiras contradições com os Regulamentos entretanto alterados, em algumas situações,

Assim Hoje iremos começas a escrever sobre algumas das Orientações Publicadas no referido CO. Repetindo certamente alguns dos comentários realizados na época transacta.

Tempo de Jogo – Ponto 1

A Federação mantêm o texto da época anterior, onde reforça o estabelecido no Anexo 4 ao CO N.º 1, e informa de que em torneios ou jogos de carácter particular poderão ser considerados outros tempos, igual ao anterior embora com diferente apresentação.

Continua a ser, um esclarecimento oportuno na nossa opinião

Intervalo do Jogo – Ponto 2

A Federação repetiu toda a informação já prestada de que na Categoria de Seniores será de 15 minutos, conforme o descrito no Anexo IV ao CO n.º 1. Mantendo a orientação que as excepções deverão ser autorizadas e coordenadas para efeitos de Transmissão Televisiva.

Time OUT (DE EQUIPA) – Ponto 3

Interpretação igual ao da época anterior, estando em consonância a nota da Regra 2:10, e o Esclarecimento N.º 3 das Regras de jogo. Com a obrigatoriedade de o Cartão Verde ser entregue em mão aos Oficiais de Mesa ou ao delegado.

No entanto ao ser mantido o texto da alínea h), que não foi devidamente corrigido “Cabe à equipa de Arbitragem fazer a distribuição dos cartões…”, continua-se a colocar a questão de a quem se referem aos CROM, ou às duplas de arbitragem, serão os CROM’s, obrigados a ter cartões verdes? Texto completamente inadequado.) Cópia do texto anterior, que já não estava correcto)

Número de jogadores – Ponto 4

O Número máximo de jogadores será de 16 (não obrigatório), aqui encontra-se conforme o estabelecido na Regra 4:1 e sua nota.

Presença obrigatória de treinador – Ponto 5

Apresenta uma redacção igual à publicada na época anterior, que continha alguns esclarecimentos oportunos, e que esperamos sejam verdadeiramente cumpridos, tais como:

Alínea c), bastante esclarecedora – “ Caso uma equipa apresente treinador munido de cédula (CDT), ou cópia do pedido dessa cédula apresentado junto da entidade competente para grau inferior ao exigido para a respectiva prova, os árbitros devem realizar o jogo e fazer menção desse facto no relatório de jogo;

Continua a tentar esclarecer sobre a norma que é infringida no caso do treinador não qualificado – (Artigo 64.º - A do Regulamento de Disciplina).  

Continuou a manter-se a alínea f), que surgiu a propósito de algumas falhas na omissão destas ocorrência, e que diz claramente “ No caso de haver delegado nomeado, este também está obrigado a mencionar no seu relatório a qualificação dos treinadores, esperamos que cumpram”

Um esclarecimento oportuno na nossa opinião.

Lista de Participantes – Ponto 6

Mais uma redacção 100% igual à da última época, onde nem se rectificaram as deficiências por nós alertadas em tempo., assim mantemos tudo o que afirmamos na última época. “Ao incluírem normas que são praticamente impossíveis de cumprir na maior parte dos jogos, como seja os 30 minutos antes na cabine dos árbitros, contrariando até o que está estabelecido pelo Titulo 2 (CIPA) do Regulamento Geral da Federação, comete um erro grave.

Ao manter a alínea onde diz textualmente – “Só poderão intervir no jogo os jogadores inscritos na lista de participantes que deverá obrigatoriamente, ser emitida através do sistema de informação da Federação nas Provas Nacionais”. É um texto inócuo face ao que escreve ma alínea e) onde já admite que não exista sistema informático.

No entanto continua sem ser divulgado, as orientações transmitidas aos elementos afectos aos quadros de arbitragem, bem como o documento, sobre as novas orientações da IHF.

Iremos dar sequência a este texto, pois existem mais indicações que se encontram no Comunicado Oficial já referido e publicado somente em 28-08-19.

O Analista

Planteis – PO01 – Época 2019 / 2020 – FC Gaia


Hoje continuamos com a publicação dos planteis das equipas da PO01, sem nenhuma ordem especifica, dependendo apenas de termos ou não reunidos alguns dos elementos de que necessitamos. 

Hoje publicamos o FC Gaia

FC Gaia

Pavilhão – Pavilhão do FC Gaia
Nota – Reinicio dos Trabalhos –
O Noticias

Planteis – PO01 – Época 2019 / 2020 – ABC


Hoje continuamos com a publicação dos planteis das equipas da PO01, sem nenhuma ordem especifica, dependendo apenas de termos ou não reunidos alguns dos elementos de que necessitamos. 

Hoje publicamos o ABC

ABC

Pavilhão – Flávio Sá Leite
Nota – Reinicio dos Trabalhos – 01-08-19
O Noticias

Planteis – PO01 – Época 2019 / 2020 – Boavista FC


Hoje continuamos com a publicação dos planteis das equipas da PO01, sem nenhuma ordem especifica, dependendo apenas de termos ou não reunidos alguns dos elementos de que necessitamos. 

Hoje publicamos o Boavista FC

Boavista FC

Pavilhão – Municipal Pedrouços
Nota – Reinicio dos Trabalhos – 30-07-19
O Noticias

quinta-feira, 29 de agosto de 2019

Planeamento Desportivo – Época 2019/2020 - XVI


ORIENTAÇÕES TÉCNICAS PARA A ÉPOCA 2019 / 2020 - I

Extraordinário, é como temos de classificar, o CO sobre esta matéria, pois o despudor, atingiu limites nunca vistos nesta modalidade, o CO N.º 20, que versa sobre esta matéria é publicado, no próprio dia em que se inicia a PO01, mas mais já com duas provas oficiais realizadas, as Super Taças, só nesta modalidade, alguém que meta ordem neste despudor, á apenas o que pedimos, e mais respeito por todos os que se dedicam à modalidade, independentemente da sua qualificação.

Através do CO N.º 20 de 28-08-19 que transcreve as Orientações Técnicas, e contém somente (Coincidência ou não, têm o mesmo número da época que terminou, e o mesmo número de páginas) 37 páginas, das quais são 21 slides que transmite as orientações da IHF, constantes no Livro de Regras em Orientações e Interpretações, em especial nos seus Anexos e Exemplos, no que se refere a equipamentos e protecções, bem como a acessórios que podem ser utilizadas ou não, repetindo as mesmas figuras da época que agora terminou, incluindo nem o erro que se verifica no Slide N.º 9, com a palavra TORNOZELO, foi rectificado, o que prova, que na maior parte das vezes nem se confere os documentos que se publicam.

Quanto aos seus pontos que 28, divididos por 16 páginas, irão ser merecedores de uma análise, mas como devem compreender, é praticamente impossível falar sobre os mesmos, neste momento, pois é escasso o tempo que medeia, após a sua publicação.

No entanto continua sem ser divulgado, as orientações transmitidas aos elementos afectos aos quadros de arbitragem, bem como o documento, sobre as novas orientações da IHF.

Publicaremos o mais rapidamente possível, a análise a este documento, referindo mais uma vez, que o mesmo apenas foi divulgado no mesmo dia do primeiro jogo da PO01. 

O Analista

Jogos do Mediterrâneo de Praia – 2019 - VII


ANDEBOL DE PRAIA NOS 2.º’s - JOGOS DO MEDITERRÂNEO
PATRAS – 2019
PORTUGAL EM 2.º LUGAR NOS DOIS GÉNEROS

Portugal com um excepcional, comportamento na nossa opinião, disputou as finais tanto em masculinos, como em Femininos, tendo perdido as mesmas para a Grécia, que era a grande favorita, a participação foi positiva, embora tenhamos de reconhecer que o valor dos adversários não era de “primeira água”, como se costuma dizer, a realização, efectuou-se Patras (Grécia) entre 25 e 28 de Agosto de 2019 (O Andebol), sendo a 2.ª Edicção desta prova, (recordando que a 1.ª Edicção se realizou em 2015, em Pescara – Itália). Portugal está representado, com uma missão a cargo do Comité Olímpico de Portugal.

Masculinos
Resultados Finais

3/4 Lugar
Dia 28-08-19
Croácia 2 – 0 Egipto
Final
Dia 28-08-19
Portugal 1 – 2 Grécia

Classificação final
Femininos
Resultados finais

3/4 Lugar
Dia 28-08-19
Tunísia 0 – 2 Itália
Final
Dia 28-08-19
Grécia 2 – 0 Portugal

Classificação final

Portugal obtêm assim duas medalhas de prata nestes jogos.

O Noticias

Planteis – PO01 – Época 2019 / 2020 – Sporting CP


Hoje continuamos com a publicação dos planteis das equipas da PO01, sem nenhuma ordem especifica, dependendo apenas de termos ou não reunidos alguns dos elementos de que necessitamos. 

Hoje publicamos o Sporting CP

Sporting CP

Pavilhão – João Rocha
Nota – Reinicio dos Trabalhos – 22-07-19

O Noticias

quarta-feira, 28 de agosto de 2019

Crónica Intermédia de Fim-de-semana – 01 – 2018 / 2019 – I


Regressamos às nossas normais crónicas de fim-de-Semana, sobre a PO01, e tal como na última época, começando com uma crónica intermédia, face á antecipação de um encontro da 1.ª Jornada.

Eventualmente poderá haverá análise às arbitragens, mas somente nos jogos em que estiveram presentes colaboradores.

Continua-se a dar valor acrescentado às diversas transmissões que poderão ser efectuadas, em especial pelos canais próprios de alguns clubes, via internet e não só, tal como se saúda o positivismo das diversas Transmissões da Andebol TV, e da TVI24. De lamentar que as primeiras divulgações sobre transmissões apenas tenham sido realizadas no próprio dia em que se iniciou a jornada. Apenas esperando que se continue a verificar uma forte melhoria nos seus comentadores. E que seja uma boa prova, disputada com verdade e desportivismo, por todos os intervenientes.

PO01 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Masculinos.

1.ª Fase
1.ª Jornada
28-08-19
FC Porto 32 – 18 Madeira SAD
31-08-19
Ismai – Benfica (19H00)
Boa Hora – Sporting (16H00)
Boavista FC – AA Avanca (18H00)
FC Gaia – Vitória FC (17H00)
ABC – Belenenses (17H30)
Dia 26-10-19
SC Horta – Águas Santas (21H00)

Encontro disputado por antecipação, devido à participação do FC Porto nas provas Europeias, e que começa já com uma inversão de pavilhão, e com um jogo adiado para Outubro, o que consideramos que não será o começo mais saudável. Com a certeza de que já estávamos á espera de que não houve estatísticas em directo, como se têm verificado nas últimas épocas, veremos se é para continuar, ou será apenas uma questão de mero atraso, no entanto não ficava nada mal à Federação ter uma palavra sobre o assunto. Felizmente que encontro foi caracterizada pela ausência de indisciplina.

FC Porto 32 – 18 Madeira SAD

Jogo disputado no Pavilhão do Funchal, por inversão da ordem dos jogos, que apesar da hora em que foi disputado se apresentava com uma extraordinária moldura humana, para primeiro jogo da época, e que proporcionou emotividade, e teve momentos de excelente andebol. Com O FC Porto, a apresentar-se com um plantel sólido, praticamente sem alterações, enquanto o Madeira SAD, se apresentou com um plantel bastante remodelado. O FC Porto, entrou bem no jogo, defendendo, muito bem com um excelente bloco central, e atacando quase sempre a preceito, com Madeira SAD, a conseguir equilibrar o encontro até aos 12 minutos, apesar do FC Porto, vencer por 9-7, com a entrada de Thomas Bauer, que de imediato fez a diferença e na nossa opinião é o homem do jogo, O FC Porto faz um parcial de 8-0, entre o minuto 13, e o minutos 24, colocando o resultado em 16-7, atingindo a maior diferença nos primeiros 30 minutos aos 29 minutos quando vencia por 18-8, para o intervalo chegar com o FC Porto na frente por 18-9. No segundo tempo, o FC Porto, rodando o seu plantel, e usando a preceito a sua forma de atacar com 7 jogadores de campo, faz, um parcial de 4-0, nos primeiros momentos deste período, colocando o marcador em 22-9, a seguir temos uma fase de algum equilíbrio mas com muitas faltas técnicas, em especial do Madeira SAD, e o diferencial repete-se aos 47 minutos (25-12), e aos 51 (27-14), para aos 54 minutos, novo parcial de 4-0, pelo FC Porto, coloca o marcador em 32-16, máxima diferença registada em todo o encontro. No FC Porto, temos o António Areia com 5 golos (todos de 7 metros, e falhou 1), Iturriza com o mesmo número de golos, numa equipa em que dos jogadores de campo apenas Alexis Borges não marcou, na equipa do Madeira SAD, que se apresentou longe do que pode e deve fazer, o seu reforço Vrazalica com 4 golos (todos de 7 metros), juntamente com Cláudio Pedroso, com o mesmo número de golos, mas na maior parte do tempo a dar a sensação de ser um jogador perdido em campo, face ao número da faltas técnicas cometidas, na nossa opinião o melhor jogador dos madeirenses foi o central Nuno Silva (3 golos). Arbitragem a cargo da dupla Internacional, de Guarda/Braga, constituída por Daniel Freitas e César Carvalho, que realizou uma arbitragem bem positiva, sem ser necessário a aplicação de qualquer ar de arrogância, estando bem quer na sanção progressiva quer na marcação dos livres de 7 metros.

O Banhadas Andebol

Jogos do Mediterrâneo de Praia – 2019 - VI


ANDEBOL DE PRAIA NOS 2.º’s - JOGOS DO MEDITERRÂNEO
PATRAS – 2019

PORTUGAL DISPUTA AS FINAIS NOS DOIS GÉNEROS
(Foto FAP)
Portugal com um excepcional, comportamento na nossa opinião, encontra-se na discussão das medalhas de ouro tanto em masculinos, como em Femininos, pois seja qual for o resultado final, já valeu a pena a participação destas selecções nesta prova, cuja realização, se está a efectuar em Patras (Grécia) entre 25 e 31 de Agosto de 2019 (O Andebol, termina em 28-08-19), sendo a 2.ª Edição desta prova, (recordando que a 1.ª Edição se realizou em 2015, em Pescara – Itália). Portugal está representado, com uma missão a cargo do Comité Olímpico de Portugal.

Masculinos

Calendário e Resultados

1/4 Final
Dia 27-08-19
Portugal 2 – 0 Tunísia
1/2 Final
Dia 28-08-19
Croácia 1 – 2 Portugal
Egipto 1 – 2 Grécia
3/4 Lugar
Dia 28-08-19
Croácia – Egipto (16H50)
Final
Dia 28-08-19
Portugal – Grécia (18H50)

Femininos

Calendário e Resultados

1/2 Final
Dia 27-08-19
Portugal 21 Itália
Grécia 2 – 0 Tunísia
3/4 Lugar
Dia 28-08-19
Tunísia – Itália (15H50)
Final
Dia 28-08-19
Grécia - Portugal (17H50)

Horas Continentais

Portugal disputa ambas as finais, com a equipa do País organizador, o que logo à partida coloca alguns problemas, mas nada que por vezes a determinação e a garra, não possa superar, uma coisa é certa duas medalhas já estão garantidas, parabéns, a todos os intervenientes.

O Noticias

Planteis PO09 – Época 2019 / 2020 – ABC


Finalmente e na sequência do anteriormente publicado (provavelmente com algumas lacunas, das quais nos penitenciamos desde já) divulgamos os principais dados de mais uma equipa Feminina, participante na PO09, mais divulgaríamos, se nos fossem enviados os respectivos dados, pois seria mais uma forma de divulgar o Andebol feminino, e pelo que nos é dado a observar existe quem trabalhe em termos de Marketing, e apenas temos de agradecer a todos aqueles que nos enviaram os dados.

Hoje publicamos o ABC

ABC

Pavilhão – Flávio Sá Leite
O Noticias

Planteis – PO01 – Época 2019 / 2020 – FC Porto


Hoje continuamos com a publicação dos planteis das equipas da PO01, sem nenhuma ordem especifica, dependendo apenas de termos ou não reunidos alguns dos elementos de que necessitamos. 

Hoje publicamos o FC Porto

FC Porto

Pavilhão – Dragão Caixa
Nota – Reinicio dos Trabalhos – 19-07-19

O Noticias

terça-feira, 27 de agosto de 2019

Super Globe – 2019- IV

13.ª SUPER GLOBE – 2019
(Masculina)

Prova nas suas próximas 4 edições (2019 a 2022), será realizada na Arábia Saudita (Dammam), continuando a ser disputada nos mesmos moldes.

Está a ser disputada desde  26-08-19, até 31-08-19

Apenas recordamos que a 1.ª Edição se realizou na Áustria em 1997, seguido pelo Qatar em 2002, Egipto em 2007, e desde 2010 que se realizava em Doha no Qatar.

Esta competição que na pratica a IHF, transformou numa espécie de “mundialito” de clubes

O Motivo deste texto, passa pela informação ainda não divulgada nem em rodapé da nomeação (Convite) da IHF, para a dupla portuguesa constituída por Duarte Santos e Ricardo Vieira
Foto

Equipas que se encontram a disputar a prova (10)

Campeão em Titulo – Barcelona (Espanha)
América do Norte e Caraíbas – New York Team Handball (Estados Unidos)
Vencedor da Liga dos Campeões Africana – Zamalek (Egipto)
Vencedor da Liga dos Campeões Asiática – Al Duhail (Qatar)
Vencedor do Open da Austrália - Universidade de Sydney (Austrália)
Vencedor do Pan Americano – Taubaté (Brasil)
Vencedor da Liga dos Campeões Europeus – HC Vardar (Macedónia)
Organizador – Al Wehda (Arábia Saudita)
Wild Card – Mudhar HC (Arábia Saudita)
Wild Card – THW Kiel (Alemanha)

Os Jogos podem ser seguidos em Livestream, através do link - https://www.youtube.com/channel/UCNxIzSQ_GOWPmpC_V1oQVIA

O Torneio, coloca, quatro equipas a disputar o apuramento para, duas delas se juntarem às outras seis na disputa dos 1/4 Final, que serão disputados com base nos resultados obtidos em 2018, com os vencedores a disputaram as 1/2 Final, as restantes equipas a realizarem jogos classificativos (5.º ao 10.º lugar).

Qualificação para os 1/4 Final

Dia 27-08-19
Universidade de Sydney (Austrália) 27 - 41 THW Kiel (Alemanha)
Mudhar HC (Arábia Saudita) 33 - 13 New York Team Handball (Estados Unidos)

1/4 Final
Dia 28-08-19
Al Wehda (Arábia Saudita) - Taubaté (Brasil) (10H15)
Zamalek (Egipto) - THW Kiel (Alemanha) (12H30)
Barcelona (Espanha) - Al Duhail (Qatar) (13H20)
HC Vardar (Macedónia) – Mudhar HC (Arábia Saudita) (18H00)

Horas no Continente

DaArbitragem

Portugal encontra-se representado neste torneio através da dupla portuguesa constituída por Duarte Santos, e Ricardo Vieira, nomeados pela IHF, e que já dirigiram os seguintes encontros:

Dia 27-08-19 - Universidade de Sydney (Austrália) / THW Kiel (Alemanha)

Os vencedores do Torneio desde 2010, até ao momento foram:

2010 – Atlético Madrid (Espanha)
2011 - THW Kiel (Alemanha)
2012 – Atlético Madrid (Espanha)
2013 – FC Barcelona (Espanha)
2014 – FC Barcelona (Espanha)
2015 - Fuchese Berlin (Alemanha)
2016 - Fuchese Berlin (Alemanha)
2017 – Barcelona (Espanha)
2018 – Barcelona (Espanha)

O Analista

Jogos do Mediterrâneo de Praia – 2019 - V


ANDEBOL DE PRAIA NOS 2.º’s - JOGOS DO MEDITERRÂNEO
PATRAS - 2019

Com um bom comportamento desportivo, Portugal já encontra apurado para os 1/4 final em Masculinos, ao classificar.se em 3.º lugar do Grupo A, com os femininos, apesar da derrota com a equipa da Casa, a terminarem na mesma posição. Participação até ao momento bastante positiva (na nossa opinião). Esta prova cuja realização, se está a efectuar em Patras (Grécia) entre 25 e 31 de Agosto de 2019, sendo a 2.ª Edicção desta prova, (recordando que a 1.ª Edicção se realizou em 2015, em Pescara – Itália). Portugal estará representado, com uma missão que está a cargo do Comité Olímpico de Portugal.

Masculinos
Calendário e Resultados

Grupo A
Dia 25-08-19
Chipre 0 – 2 Portugal
Dia 26-08-19
Portugal 2 – 1 Egipto
Portugal 2 – 0 Albânia
Dia 27-08-19
Croácia 2 – 0 Portugal

Classificação – Grupo A
1/4 Final
Dia 27-08-19
Portugal – Tunísia (15H50)

Femininos

Calendário e Resultados

Grupo Único
Dia 25-08-19
Portugal 2 – 1 Chipre
Dia 26-08-19
Portugal 1 – 2 Grécia
Itália 1 – 2 Portugal
Dia 27-08-19
Portugal 2 – 0 Tunísia

Classificação Final do Grupo
Classificação já correcta (Correcção) 

1/2 Final
Dia 27-08-19
Portugal - Itália (16H40)

Horas Continentais

Os restantes jogos dependem dos resultados dos encontros que vão disputar hoje dia 27-08-19.

O Noticias