gal vence

Portugal perde com a Alemanha por 29-27, e Classifica-se em 6.º Lugar - Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

quarta-feira, 31 de julho de 2019

A Federação e a Disciplina – 2019- 1


PROCESSOS DE INQUÉRITO
NOTAS DE IMPRENSA

Somos surpreendidos, com mais uma nota de imprensa, onde é feita a tentativa de justificação, de uma deliberação sobre um processo disciplinar que decorria, devido a uma participação, também feita e dada a conhecimento publico através de outra Nota de Imprensa, feita em 15-05-2018, e que deu origem a um texto da nossa parte, e que voltamos a transcrever.

Assunto: Notícia publicada no Jornal Correio da Manhã de hoje, capa e páginas 4 a 7, sob Título ”Sporting compra vitória do Benfica – Escândalo – Corrupção no Campeonato de Andebol”.

Relativamente ao teor da notícia hoje publicada no referido Jornal, cumpre a Direcção da Federação de Andebol transmitir e esclarecer o seguinte:

1. Tendo tomado conhecimento de notícia que poderá configurar alegados ilícitos de natureza criminal, efectuará a Direcção, no imediato, denuncia obrigatória ao Ministério Público nos termos e para os efeitos do Artigo 6º da Lei 50/2007, de 31 de Agosto, com as alterações introduzidas pela Lei 13/2017, de 02 de Maio;

2. Tendo em vista o apuramento de eventuais responsabilidades de natureza disciplinar, por parte de agentes desportivos que exerçam funções no seio e âmbito da modalidade, a Direcção efectuará participação, de imediato, ao Conselho de Disciplina da Federação;

3. Os titulares dos órgãos e os colaboradores da Federação estão, e estarão, inteiramente disponíveis para colaborar com as entidades competentes, no sentido de apuramento de eventuais responsabilidades desportivas, civis ou criminais de agentes desportivos filiados na modalidade, nomeadamente aquelas que se consubstanciem em comportamentos anti-desportivos, contrários aos valores da verdade, lealdade, integridade e correcção, susceptíveis de alterar fraudulentamente os resultados da competição.

Lisboa, 15 de Maio de 2018

A Direcção da Federação de Andebol de Portugal
(Fonte FAP)
Transcrição na integra do teor da Nota de Imprensa, emitida pela FAP, há pouco tempo atrás e que merece a nossa total concordância. Por isso não tecemos qualquer comentário adicional, apenas lamentamos a “futebolização do Andebol”, e não contribuiremos para talpois somos da opinião de que devem ser punidos todos os infractores (a existirem), sejam eles quem for.

Pelo exposto anteriormente não publicaremos imagem da notícia, que já nos foi enviada por um leitor atento, apenas teremos de criticar o facto de “O Andebol na Comunicação Social de Hoje”, ser completamente omisso, acerca desta matéria

Entretanto em 01-8-18, e relacionado com este caso e não só, publicamos o seguinte texto, de que transcrevemos parte:

“…Outra situação, que consideramos de nítida falta de informação diz respeito, ao processo de inquérito, divulgado através do Registo Disciplinar – Comunicado Oficial N.º 42 de 18-05-18, que nesse Registo não fornece qualquer indicação sobre o quê ou a quem foi instaurado, presumimos que esteja relacionado com a nota de imprensa publica na mesma data pelo Conselho de Disciplina da Federação, mas que até ao momento nada mais foi dito sobre o mesmo e já lá vão mais cerca de 3 meses. Só como esclarecimento a época terminou com o Registo Disciplinar – Comunicado Oficial N.º 53 de 06-07-18.

Curiosamente o Regulamento de Disciplina da FAP, prevê a existência dos processos de inquérito, através do seu Artigo 113.º, mas não prevê prazos para a sua conclusão ou seja na prática, podem ser “eternos”, apenas prevê que terminados os processos de inquérito, os mesmos podem ou não ter prosseguimento como processo disciplinar, ou serem arquivados. Matéria interessante, e que resolvemos hoje divulgar, pois é o primeiro dia da nova época e o Regulamento de Disciplina, pelo que podemos verificar no Portal da FAP, não sofreu alterações. Toda e qualquer publicação à posterior, não tem valor nos termos Estatutários e da Lei.”

Hoje somos surpreendidos com mais esta nova nota de imprensa, que não é mais que na nossa opinião “tapar o sol com uma peneira”, como diz o ditado popular, pois quem julga que este processo está definitivamente encerrado com esta nota de imprensa está enganado, basta ler, os seguintes textos da mesma.
Pois a frase não se apresentando, “por ora”, diz tudo e é uma completa defesa jurídica de quem elaborou esta injustificada nota de imprensa, mas existe mais, ver imagem, seguinte;
Onde mais uma vez a frase por nós sublinhada, volta a demonstrar a fraqueza desta nota de imprensa, pois em qualquer momento o processo pode ser reaberto, nova defesa jurídica, no estilo “não te rales, mas não te entales”, por fim como sabemos que na Justiça (diga-se no Ministério Publico) ainda decorre um processo relacionado com o tema, temos o ponto 4 da referida nota de imprensa que confirma tudo o que já dissemos.
No final temos a cereja no “topo do bolo”, com a informação, de que o que existe é o chamado Termo do Inquérito, nos termos do artigo 114.º do Regulamento de Disciplina, ora o Comunicado Oficial N.º 58 de 30-07-19, respeitante aos registos disciplinares, não informa, se foi aplicado o ponto 1 ou 2 do referido Artigo, para sabermos qual foi a decisão efectiva do inquiridor.
 Ou muito nos enganamos ou ainda vai passar muita água debaixo da ponte, até este processo estar na realidade terminado, pela nossa parte deveria ser o mais rápido possível para bem do Andebol.

O Analista

Planteis – PO01 – Época 2019 / 2020 – S. L. Benfica

Hoje iniciamos a publicação dos planteis das equipas da PO01, sem nenhuma ordem especifica, dependendo apenas de termos ou não reunidos todos os elementos de que necessitamos. Esta publicação é feita sem a foto da equipa, que será publicada assim que a obtivermos.

Hoje publicamos o Plantel do Benfica

Benfica

Pavilhão – Luz 2
Nota – Reinicio dos Trabalhos – 29-07-19


O Noticias

terça-feira, 30 de julho de 2019

Mundial Sub-19 Masculino – 2019 – X


MUNDIAL DE SUB-19 MACEDÓNIA
JUNIORES B
(Foto FAP)
A FAP, que na nossa opinião criou a esta equipa (na nossa opinião), condições excepcionais, para que a sua presença neste Mundial tenha uma digna presença (Não havendo qualquer desculpa por parte de quem for, de que não foram criadas as mesmas). Este Mundial de Sub-19, que se disputa na Macedónia de 6 a 18-08-19, com 24 equipas.

Portugal que faz parte do Grupo D – Islândia, Alemanha, Sérvia, Tunísia, Brasil, Portugal. Na chamada Fase Preliminar.

Assim Portugal, vai realizar o seu estágio final em Almada, seguindo de imediato para a Macedónia, onde realizará a sua participação no Mundial.

Lista dos convocados, sem comentários
Calendário da Fase Preliminar

Grupo D
Dia 06-08-19
Alemanha - Portugal (11H30)
Dia 07-08-19
Portugal - Sérvia (19H30)
Dia 09-8-19
Islândia - Portugal (09H30)
Dia 10-08-19
Portugal - Tunísia (19H30)
Dia 12-08-18
Brasil - Portugal (09H30)

Horas No Continente

É possível, que os jogos sejam acompanhados via Live Stream neste endereço - https://wch2019championship.com.mk/livestream-2/ 

O Formador

Alterações ao Regulamento Geral da FAP – 2019 - I

A FAP, em nota de rodapé (18-0-19), informa que já foram realizadas e publicadas, alterações ao Regulamento Geral, apenas nos admira, que esta informação não tenha sido publicada como notícia, pois estas alterações já foram aprovadas em 09-07-19, conforme se lê no respectivo Regulamento.

A Informação, diz que foram introduzidas alterações no seu Titulo 8, artigos 50 e no Subtítulo 6 deste título no seu ponto 3, no entanto parece-nos que outras alterações se verificaram, Como por exemplo a eliminação do ponto 2 do Artigo 10.º do Subtítulo 1 do Titulo 1, que na nossa opinião era de capital relevância.
Alterações no Ponto do Artigo 25.º (Regime de Protecção Dados pessoais e Politica de Privacidade), que são irrelevantes (na nossa opinião).

TÍTULO 8
DOS JOGOS EM GERAL

Alteração introduzida no Artigo 38.º (Alterações de jogos e pedido dos Clubes) deste título, refere-se ao ponto 6, aumentando uma Taxa, e criando limites, nova redacção, esta é provavelmente uma tentativa, de evitar a enorme quantidade de alterações aos calendários que se verifica. E a introdução de novos pontos (7 e 8) com a consequente remuneração, têm como finalidade o mesmo obectivo.
Novas Redacções
Quanto as alterações introduzidas no Artigo 50 (Representação de clube a que o jogador se encontra vinculado), é na nossa opinião uma machada na modalidade, pois por exemplo no seu novo ponto 3, permite que um jogador represente dois clubes em simultâneo na mesma época desde que seja nas Regiões Autónomas, isto é na nossa opinião um atraso ao desenvolvimento da modalidade, e uma forma de existir equipas em escalões que na realidade não existem. Já o seu novo ponto 4, é na realidade a permissão para a criação de equipas mistas, apenas uma questão se nos levanta, em prova, esta equipa vai participar, (masculinos ou Femininos), pois segundo a leitura atenta do ponto será certamente em masculinos.
Novas Redacções
TÍTULO 8
DOS JOGOS EM GERAL
SUBTÍTULO 6
PARTICIPAÇÃO NAS PROVAS EUROPEIAS DE CLUBES

Procedeu e reintrodução de um ponto (2) no artigo 3.º que já existiu, e dia respeito ao agravamento das penalizações pela não participação nas provas Europeias, embora não seja questionável, este ponto, a nossa interrogação é se alguma vez será aplicado
Nova Redacção
Por hoje ficamos por aqui, mas iremos continuar na análise sobre o Regulamento Geral da FAP, e que deve ser lido com a devida atenção. Pois constatamos que não se procederam a ajustamentos sobre a recolha de imagens, por exemplo. Quando existe legislação que foi aprovada na Assembleia da República, como a nova Regulamentação sobre a violência desportiva.

O Administrador

Época 2019/2020 - XXI Torneio de São Mateus - I

TORNEIO INTERNACIONAL DE VISEU
(XXI TORNEIO DE SÃO MATEUS)

Volta a realizar-se o tradicional Torneio de S. Mateus, agora designado por Torneio Internacional de Viseu, que na prática, apesar de já se terem disputado outros torneios este ano, volta a ser o torneio de referência para dar início à época desportiva 2019 / 2020, naquela que será a sua 21.ª Edição, realizando-se em 16, 17, e 18 de Agosto de 2019.

O mesmo foi apresentado em 29 de Julho de 2019, e conta esta época com um novo formato e com a participação de seis (6) equipas, a saber – Benfica, FC Porto, Sporting, Ademar Leon (Espanha), Atlético de Valladolid (Espanha), e ainda os Franceses do HBC Nantes.

Normalmente realiza-se em simultâneo com o torneio, um seminário para treinadores, e uma das acções de Formação e preparação da nova época, a serem levada a efeito pelo Conselho de Arbitragem da FAP, que foi divulgada através da Circular n.º 1 da presente época, onde são divulgadas as duplas, Delegados e Observadores, convocadas, mas sem noticia nos portal da FAP, acerca deste tema, com este Órgão da FAP a primar pela omissão apesar de termos informações não oficiais da sua realização.

Os Jogos serão disputados no Pavilhão Cidade de Viseu.

Calendário de jogos previsto
Dia 16-08-19
FC Porto – Valladolid (19H00)
Ademar Leon – Nantes (21H00)
Dia 17-08-19
FC Porto – Nantes (14H30) TVI24
Benfica – Ademar Leon (16H30)
Sporting – Valladolid (18H30)
Dia 18-08-19
Sporting – Benfica (15H00) TVI24

Cada equipa realizará dois encontros.

Segundo informação colocada no Portal da FAP, haverá transmissões, através da TVI24, Porto Canal, Benfica TV, Sporting TV, e Andebol TV, motivo para satisfação dos adeptos, no entanto não informa de quem transmite o quê.

O Noticias

segunda-feira, 29 de julho de 2019

PO09 – Campeonato Nacional Seniores Femininos 1.º Divisão - Sorteio

Realizou-se hoje (29-07-19), com inicio pelas das 17H00, no Federação de Andebol de Portugal - O sorteio da PO09 (Campeonato Nacional de Seniores Femininos 1.ª Divisão). Conforme noticia publicada mo Portal da FAP, mas sem a elaboração de qualquer CO, que se realiza antes das datas limite, para confirmação das equipas, após o ultimo dia para confirmação da inscrição, 31-07-19. Igualmente esta prova, pelo que nos é dado observar até ao momento, contínua sem “ Naming”.

Mas mantemos tudo o que já referimos em relação a esta prova, e que transcrevemos:

Esta foi talvez a prova que em termos de formato competitivo, mais alterações sofreu, tendo por princípio as deslocações às regiões Insulares e Vice-Versa, no entanto o que se verifica, no seu novo formato, é que provavelmente o número de deslocações aumentará em vez de diminuir, além de que se retirou a emoção que um Play OF cria, uma nota negativa na nossa opinião para o novo formato competitivo, embora tenhamos de respeitar e assim o faremos as outras opiniões. Continua-se a não entender a matéria constante do Ponto 4 do Artigo 1.º, ou seja “A designação dos diferentes representantes para as competições europeias de Clubes terá de ser ratificada pela Direcção da FAP, tendo em consideração as condições económicas, desportivas, de infra estruturas desportivas e de Marketing de cada um dos Clubes, podendo ser efectuadas substituições quando os clubes não cumpram objectivamente com tais requisitos.”

Formato Competitivo

1.ª Fase – Igual ao Anterior, Zona única, todos contra todos a 2 voltas, continuando a haver jornadas duplas com os Cubes da Região Autónoma da Madeira), tanta confusão com a “historia das viagens”, e no final, nesta Fase vão ser realizadas exactamente as mesmas que se realizavam no modelo anterior, caso para perguntar, onde esta afinal o problema?

2.ª Fase constituição de dois Grupos de 6 equipas cada, designados por:

FASE FINAL GRUPO A (Play Off)
Disputado pelos 6 primeiros classificados da 1.ª fase, transportam 50% dos pontos (os arredondamentos são Feitos para cima) e jogam sistema de TxT a duas voltas, para a atribuição do Titulo de Campeão Nacional e Lugares nas Competições Europeias.

Agora perguntamos porquê a designação de Play OFF, se o Grupo é disputado no sistema casa fora, e por pontos, mas como a FAP, manteve no Regulamento, nomeadamente no seu artigo 4.º (Desempates), o seu ponto 3.
Que transcrevemos
3. Aplicam-se em todos os jogos do Play Off as seguintes regras:
a. Os jogos não podem terminar empatados, terá sempre que haver um vencedor;
b. Em caso de empate no final do tempo regulamentar, aplica-se o disposto nas Regras de Jogo

Aplicando este texto à letra conjugado com o modelo competitivo, significa, que nenhum jogo do Grupo A, pode terminar empatado, e agora é ou não Play OFF…

FASE FINAL GRUPO B
Disputados pelos restantes clubes não inseridos no Grupo A, transportando igualmente os 50% dos pontos, e também a duas voltas, será praticamente a Fase para se saber quem desce de divisão.

Aqui as jornadas duplas poderão não funcionar, se por exemplo cada grupo tiver uma equipa da Madeira, significa, que termos, que haverá pelo menos, em cada grupo mais 5 deslocações à região Insular, e vice-versa, e agora qual é a justificação.

No entanto esta fase ainda pressupõe, que o 4.º Classificado, dispute uma eliminatória a duas mãos, com a equipa 3.º Classificada da PO10, para determinar mais uma descida ou mais uma subida de divisão, já que as duas últimas classificadas no Grupo, terão descida automática de Divisão. Será que na PO10, existirão condições para que esta alteração produza efeitos qualitativos no desenvolvimento do andebol feminino? É uma das nossas dúvidas.

Resultado do Sorteio – 1.ª Fase

Infelizmente não se verificou a transmissão do sorteio via Andebol TV, nem via Liveticker, o que se lamenta pois existe uma total descriminação.

Sorteio realizado já com o Regulamento Desportivo devidamente publicado, e com a devida antecedência. O que se saúda.

1.ª Jornada – 14-09-19
Começa bem com, como de costume com o dérbi Madeirense (Madeira SAD / CS Madeira), e verificando-se logo na 2.ª e 3.ª Jornada uma deslocação do Madeira SAD, ao continente, para defrontar o SIR 1.º Maio/CJB, e Juventude Lis em jornada dupla que apenas se realiza, os dias 5 e 6 de Outubro de 2019, o Colégio Gaia (Campeão Nacional em Titulo) inicia a prova recebendo o ARC Alpendorada, com os primo divisionários, a terem “sortes” diferentes, o ABC recebe o seu vizinho Maiastars, e o Benfica deslocasse à sempre difícil Assomada.

O Analista

Europeu de Masters - 2019 - I

CAMPEONATO DA EUROPA DE MASTERS
TORINO (ITÁLIA)
RESULTADOS

Tal como em 2018, Portugal que esteve representado nestes Europeus (Os 16.º) que se disputaram entre os dias 26 e 28 de Julho de 2019 em Torino na Itália, inseridos nos European Masters Games, em diversas categorias, tendo obtido classificações meritórias nas diversas categorias.

+ 50 - Masculina
Nesta Categoria, Portugal este representado pela, pela equipa M50 Portugal, (que relembramos obteve apesar de tudo m 2018, um excelente 3.º lugar), categoria onde participaram 14 equipa, depois de ter vencido o seu Grupo (b), sem derrotas, perdeu na 1/2 final diante o HC Vimisi, por 10-9, e voltou a perder no encontro definia o 3/4 Lugar, por 17-10, diante o Budapest Old Boys, classificando-se assim na honrosa posição de 4.º Classificado.

+35 – Masculina
MASTERS PORTO
CAMPEÃO DA EUROPA

Nesta Categoria Masculina, onde participara 10 equipas, a Portuguesa do Masters Porto, depois de vencer o seu Grupo, sem derrotas, derrotou na 1/2 Final o Studenski por 12-11, vencendo a bateu na final por 16-14 a equipa da Rússia.

+ 33 – Femininos
Neste escalão feminino, participaram 6 equipas, sendo duas portuguesas, o FC Pedras Rubras, e o Promov Rebordosa Andebol, disputando grupos diferentes, mas obtendo na 1.ª Fase a mesma classificação (2.º lugar, do Grupo), na fase classificativa o Promov Rebordosa Andebol, perdeu com a Angyalok por 18-6, e no encontro para a definição do 3/4 Lugar, venceu a Les Nissartes por 14-12, Obtendo assim um excelente 3.º Lugar.
O FC Pedras Rubras, na fase classificativa, venceu a Les Nissartes por 14-8, sendo posteriormente derrotada na final pela Angyalok por 18-8, classificando desta forma num excelente 2.º lugar na prova.

Nota Excelente participação Portuguesa nestas provas, tanto em Masculinos como em Femininos, endereçando desde já os nossos parabéns a todos os participantes.

O Noticias

Andebol de Praia – 2019 – IV


CIRCUITO NACIONAL FASE FINAL
ANDEBOL PRAIA
ACTIVOBANK 2019
(RESULTADOS FINAIS)

Terminou este fim-de-semana na Praia da Nazaré (Estádio dos Viveiros), a época Oficial do Andebol e Praia, com a realização das Fases Finais das Provas de Andebol e Praia 2018 / 2019. Onde marcaram presença 75 equipas contra as 54 equipas em 2017 /2018 (tendo como novidade o escalão Sub-15 com 14 equipas) , demonstrando pelo menos em números uma verdadeira evolução desta variante do Andebol, que se realizou de 26 a 28-07-19, sendo de destacar as transmissões das finais na Andebol TV, com a curiosidade negativa (na nossa opinião), de serem realizados praticamente na mesma data das provas do Europeu Universitário nesta variante, o que se traduziu provavelmente na principal razão pela ausência de Portugal nesta competição.

Resultados Finais

Seniores Femininos (13 equipas)

VencedorGRD Leça – Love Tiles, que venceram na final a equipa do Be one BHC / Teclur 2-0.

Melhor Guarda-RedesRosa Gonçalves (GRD Leça – Love Tiles)
MVPRita Alves (GRD Leça – Love Tiles)
Fair Play – Fortitudo BH

Seniores Masculinos (28 equipas)

VencedorGRD Leça - Spar, que venceram na final a equipa do Porto Master BH, por 2-0.

Melhor Guarda-RedesRicardo Castro (GRD Leça - Spar)
MVPRui Rodrigues (EFE-Os Tigres)
Fair Play – (Amigos do Gnomo-Ismai)

Fase Final Nacional Sub-18

Femininos (8 equipas)

VencedorACD O Sotão / This Team, que venceram na final a equipa Ass. Desportiva OSN “A”, 2-1.

Melhor Guarda-RedesMaria Antunes (ACD O Sotão / This Team)
MVPSara Sousinho (Tátasi Team)
Fair Play - ACD O Sótão / This Team

Masculinos (12 equipas)

VencedorEFE – Os Tigres, que venceram na final a que equipa, ACD O Sotão / This is Team, por 2-1.

Melhor Guarda-RedesGonçalo Oliveira (EFE Os Tigres)
MVPDiogo Santos (ACD O Sótão / This Team)
Fair Play - ACD O Sótão / This is Team

Fase Final Sub-15

Femininos (6 equipas)

VencedorACD O Sotão / This Team, que venceram na final a que equipa, Ass. Desportiva OSN, por 2-1.

Melhor Guarda-RedesIris Secretário (Billas Warriors)
MVPLaura Alexandre (ACD O Sótão / This Tema)
Fair Play - Lizzards

Masculinos (8 equipas)

VencedorAss. Desportiva OSN, que venceram na final a que equipa, EFE- Os tigres, por 2-0.

Melhor Guarda-RedesGonçalo Miranda (Ass. Desportiva OSN)
MVPDavid Braga (Ass, Desportiva OSN)
Fair Play – EFE- Os Tigres

Arbitragem

Foi possível confirmar a presença dos elementos nomeados, ou seja quem esteve em cada jogo, pois a Federação, desta vez divulgou os mesmos no sei novo Portal, o que consideramos um factor de evolução e positivo. No Entanto continua a verificar-se que os Boletins de jogo apesar de existirem, não eram preenchidos, nem com os nomes dos árbitros, nem com os resultados, ficando bastante incompletos, o que se lamenta.

O Noticias

domingo, 28 de julho de 2019

Mundial Sub-21 Masculino – 2019 – XVI


 XXII MUNDIAL DE SUB-21
SELECÇÃO JUNIORES A
(Foto IHF) 
FRANÇA CAMPEÃ MUNDIAL
PORTUGAL 4.º CLASSIFICADO

Portugal, realizou uma prova que na generalidade superou as expectativas nesta sua participação no Mundial de Sub-21, em Pontevedra, e Vigo (Espanha), de 16 a 29 de Julho de 2019.

Portugal no seu último jogo na prova realizou talvez a sua pior exibição, talvez pela falta de força física e em especial de força anímica, neste jogo diante o Egipto que era a 4.º vez que chegava a umas 1/2 Final da Prova (2009, 2011, e 2015), por seu lado a Selecção Portuguesa tentava repetir o feito de 1995, com uma medalha de Bronze. Portugal apesar de tudo ainda conseguiu equilibrar o jogo durante os primeiros 30 minutos, chegando ao intervalo a perder por apenas 17-15, mas nos segundos 30 minutos a superioridade do Egipto nunca foi posta em causa e os erros foram-se acumulando, permitindo que a equipa adversário atinge-se um diferencial, que já não permitia qualquer recuperação, quando aos 40 minutos de jogo, o Egipto já vencia por 23-17, e nos últimos 10 minutos do encontro aumentou substancialmente a diferença, realizando um parcial de 6-0, entre os 51 e os 56 minutos colocando o resultado em 35-24, mas o maior diferencial registou-se aos 58 minutos quando Portugal perdia por 37-25 (12 golos, de diferença), para terminar com o jogo com um diferencial de 10 golos. Foi o pior resultado e a exibição mais descolorida da equipa Nacional. Gonçalo Vieira e Diogo Silva, ambos com 6 golos foram os melhores marcadores da equipa, na equipa do Egipto, Sami Dahroug com 6 golos, foi o seu melhor marcador, numa equipa onde 10 jogadores marcaram golos, e o seu guarda-redes Ali Taha com 31% de eficácia, foi um dos grandes obstáculos da equipa Nacional. Arbitragem sem problemas da dupla da Turquia constituída por Kursad Erdogan e Ibarahim Ozdeniz,

No Jogo da Final, a França, venceu a Croácia, na sua primeira derrota na prova, num jogo em que o domínio francês raramente esteve em causa, chegando ao intervalo já na frente do marcador por 15-10, embora a França, neste período tenha estado 9 minutos sem marcar qualquer golos (entre os 18 e os 27 minutos), nos minutos finais acelerou novamente e construiu o resultado que se verificava ao intervalo. No segundo tempo esteve sempre no comando do jogo, mas aos 56 minutos o diferencial era apenas de 3 golos (25-22), para construir o resultado final nos últimos minutos, onde esteve em grande evidência o seu guarda-redes, Valentin Kieffer (39% de eficácia).

Calendário Final
Dia 28-07-19
7/8 Lugar
Noruega 36 – 37 Tunísia
5/6 Lugar
Dinamarca 34 – 26 Eslovénia
3/4 Lugar
Egipto 37 – 27 Portugal
Final
França 28 – 23 Croácia

Classificação Final1.º França, 2.º Croácia, 3.º Egipto, 4.º Portugal, 5.º Dinamarca, 6.º Eslovénia, 7.º Tunísia, 8.º Noruega, 9.º Alemanha, 10.º Espanha, 11.º Suécia, 12.º Brasil, 13.º Sérvia, 14.º Islândia, 15.º Hungria, 16.º Coreia, 17.º Bahrain, 18.º Japão, 19.º Nigéria, 20.º Chile, 21.º Argentina, 22.º USA, 23.º Kosovo e 24.º Austrália.

All Star Team
(Foto IHF)
MVP – Ivan Martinovic (Croácia)

Ponta Esquerda – Dylan Nahi (França)
Lateral Esquerdo – Emil Laerke (Dinamarca)
Central – Kyllian Villeminot (França)
Lateral Direito - Diogo Silva (Portugal)
Ponta Direito – Fran Mileta (Croácia)
Pivô – Luis Frade (Portugal)
Guarda-redes – Valentin Kieffer (França)

Melhor Marcador – Diogo Silva (Portugal) 76 golos

De destacar a presença quer de Luis Frade, quer de Diogo Silva, neste excepcional lote de atletas, com Portugal bem representado.

Arbitragem

Portugal está representado neste Mundial, pelo Delegado António Goulão, que já esteve ou estará presente nos seguintes encontros.

Alemanha / Argentina (Grupo D)
Croácia – Kosovo (Grupo C)
China – Noruega (Grupo D)
Japão – Eslovénia (Grupo A)
Islândia – Noruega (Grupo D)
Argentina – Dinamarca (Grupo D)
Noruega – Alemanha (Grupo D)
Sérvia – Eslovénia (Grupo A)
Noruega – Argentina (Grupo D)
Alemanha – Islândia (Grupo D)
USA – Austrália (Ronda Final)
Japão - Nigéria (Ronda Final)
Eslovénia – Coreia (1/8 Final)
Austrália – Kosovo (Ronda Final)
Nigéria – China (Ronda Final)
Tunísia – Croácia (1/4 Final)
Noruega – Dinamarca (5/8 lugar)
Dinamarca – Eslovénia (5/6 lugar)

O Noticias

Mundial Sub-19 Masculino – 2019 – IX


(Foto FAP)
MUNDIAL DE SUB-19 MACEDÓNIA
JUNIORES B
SCANDINAVIAN OPEN CHAMPIONSHIP
PORTUGAL ÚLTIMO CLASSIFICADO

Na preparação final da equipa de Sub-19, para que tenha uma digna presença no Mundial de Sub-19, que se disputa na Macedónia de 6 a 18-08-19, com 24 equipas.

Portugal que faz parte do Grupo D – Islândia, Alemanha, Sérvia, Tunísia, Brasil, Portugal. Na chamada Fase Preliminar. Participou neste torneio, com alguns resultados menos positivos, mas sempre de esperar, com a participação neste torneio que envolve as fortes equipas da Escandinávia (Dinamarca, Noruega, e Suécia).

Torneio na Dinamarca - Scandinavian Open Championship

Na 1.ª jornada da prova, defrontamos a forte equipa da Noruega, que ao intervalo já vencia por uns claros 22-15, no segundo apesar da melhoria competitiva, verificada, a mesma não foi suficiente, para obtermos um resultado positivo, e assim o resultado final foi uma derrota por 36-32, Portugal que fez uma autêntica gestão do seu plantel, teve 13 jogadores a concretizarem golos, sem Daniel Vieira e Gonçalo Nogueira ambos com 4 golos o seus melhores marcadores. Na equipa da Noruega onde 11 jogadores marcaram golos. Victor Nordberg com 8 golos, foi o seu melhor marcador. As declarações do técnico desta selecção e publicadas no Portal da FAP, são completamente esclarecedores, e até optimistas, na nossa opinião. 2.ª Jornada, e nova derrota, agora diante os organizadores da prova, a Dinamarca, que chegou ao intervalo já na frente do marcador por 16-13, com a equipa Nacional, a nunca conseguir superiorizar-se, e equilibrar não só o jogo como o resultado. Portugal neste encontro não teve tantos jogadores como no 1.º dia a concretizar golos, tendo em Tiago Sousa e Martim Costa, com 6 golos, os seus melhores marcadores, na equipa da Dinamarca, Simon Pytlick com 9 golos, e Mads Hoxer com 8, foram os seus melhores marcadores. Na última jornada deste torneio, Portugal defrontou a Suécia, que já vencia ao intervalo por 16-11, com uma melhoria qualitativa, na prestação desportiva, Portugal conseguiu reduzir o diferencial diante a Suécia, e termina esta sua participação sem vencer um único encontro, teve neste encontro 10 atletas a marcarem golos, com André Sousa e Salvador, ambos com 5 golos a serem os melhores marcadores, por seu lado a equipa Sueca que também teve 10 jogadores a marcarem golos, com Isac Wallin e o seus 6 golos a ser o seu melhor marcador.

Evitamos alongar-nos nos nossos comentários, pois não queremos ser acusados de negativistas, nas vésperas da entrada em competição., pois desejamos para Portugal a melhor participação possível.

No entanto lamentamos que o Portal da FAP, diga uma coisa no texto e escreva outra, nos resultados, ver imagem.
Resultados 

Dia 26-07-19                                                  
1ª Jornada
Noruega 3632 Portugal
Dinamarca 25 – 25 Suécia
Dia 27-07-19
2ª Jornada
Suécia 34 – 30 Noruega
Dinamarca 33 – 28 Portugal
3ª Jornada
Dia 28-07-19
Portugal 26 30 Suécia
Dinamarca 29 – 22 Noruega

O Formador

sábado, 27 de julho de 2019

Mundial Sub-21 Masculino – 2019 – XV

XXII MUNDIAL DE SUB-21
SELECÇÃO JUNIORES A

PORTUGAL PERDE COM A CROÁCIA
NAS 1/2 FINAL
 
VAI DISPUTAR A MEDALHA DE BRONZE

Portugal, com uma brilhante carreira realizada até ao momento, disputou hoje o seu jogo nas 1/2 final da prova, nesta sua participação no Mundial de Sub-21, em Pontevedra, e Vigo (Espanha), de 16 a 29 de Julho de 2019.

Depois da sua excelente vitória sobre a Eslovénia nos 1/4 Final da prova, equipa que era somente a equipa Campeã da Europa, Portugal, nesta 1/2 Final encontra uma formação que já tinha defrontado nesta prova, na Fase preliminar e onde perdeu por 32-30, a Croácia, equipa com uma extraordinária envergadura física, e que voltou a vencer, desta vez por 31-28, uma equipa portuguesa, que teve bons momentos de jogo e outros menos bons, apresentado fortes sinais de fadiga, no sei sete principal, basta dizer que neste encontro dos 16 inscritos, 6 jogadores de campo, não participaram no mesmo, registando pouca rotatividade do plantel, que se apresentou na maior parte do tempo de jogo, a defender num sistema bastante aberto, e que provoca forte desgaste físico, realizando ainda diversas falhas técnicas, incluindo maus passes e más recepções que deram quase sempre golos da Croácia. Jogo de grande equilíbrio até cerca dos 10 minutos, quando se registava uma igualdade a 4 golos, para sofrer de seguida um parcial de 5-0, e aos 19 minutos de jogo a Croácia vencia por 9-4, Portugal tem uma forte reacção e com Diogo Silva (9 golos) em bom plano, chegamos aos 23 minutos a perder por 9-7, para chegarmos ao intervalo a perder por 12-9. No Segundo tempo, onde mais vez e tal como na primeira parte tivemos Diogo Valério (30% de eficácia) na baliza em grande plano, juntamente com Leonel Fernandes (6 golos), e Luís Frade (5 golos), aos 40 minutos igualamos o marcador a 17 golos, para de seguida, estarmos no comando do marcador por 18-17, registando-se um período de grande equilíbrio, até cerca dos 48 minutos (igualdade a 21 golos), para voltarmos a ficar em definitivo atrás no marcador, situação que já não conseguimos reverter, e aos 58 minutos perdíamos por 29-25, maior diferencial no segundo tempo, fruto em especial da acção de Martinovic (8 golos) e MVP do jogo, e do ponta Fran Mileta (7 golos), uma palavra ainda para o guarda-redes Ivan Eres (26% de eficácia), que foi decisivo nos primeiros 30 minutos. O tempo médio de ataque, evidência de forma clara a diferença de comportamento das equipas, com Portugal a ter um tempo médio de ataque de 27,1 segundos, contra os 40,1 segundos da Croácia. Assim merecidamente vamos discutir a medalha de bronze, com o Egipto, tentando repetir o feito de 1995, e estes bravos atletas merecem. Jogo dirigido pela dupla Argelina, constituída por Belkhiri Youcef, e Hamidi Sid, que tiveram um critério disciplinar apertado, com pouco equilíbrio, ao contrário do que já lhes vimos fazer, e com bastantes falhassem especial na lei da vantagem e nos passos.

Resultados dos 1/2 Final
Dia 27-07-19
Egipto 33 – 35 França
Portugal 28 – 31 Croácia

Calendário Final
Dia 28-07-19
7/8 Lugar
Noruega – Tunísia (08H00)
5/6 Lugar
Dinamarca - Eslovénia (10H30)
3/4 Lugar
Egipto – Portugal (13H00) SportTV1
Final
França – Croácia (15H30) SportTV3

Horas em Portugal Continental

BAHRAIN VENCE PRESIDENT’S CUP
(17.º AO 24.º LUGAR)
 (Foto IHF)
Resultados da Presidents CUP

23/24 – Austrália 2038 Kosovo
21/22USA 20 – 23 Argentina
19/20Nigéria 34 – 26 Chile
17/18Bahrain 23 – 22 Japão

Classificação Final1.º , 2.º , 3.º , 4.º , 5.º , 6.º , 7.º , 8.º , 9.º Alemanha, 10.º Espanha, 11.º Suécia, 12.º Brasil, 13.º Sérvia, 14.º Islândia, 15.º Hungria, 16.º Coreia, 17.º Bahrain, 18.º Japão, 19.º Nigéria, 20.º Chile, 21.º Argentina, 22.º USA, 23.º Kosovo e 24.º Austrália.

Arbitragem

Portugal está representado neste Mundial, pelo Delegado António Goulão, que já esteve ou estará presente nos seguintes encontros.

Alemanha / Argentina (Grupo D)
Croácia – Kosovo (Grupo C)
China – Noruega (Grupo D)
Japão – Eslovénia (Grupo A)
Islândia – Noruega (Grupo D)
Argentina – Dinamarca (Grupo D)
Noruega – Alemanha (Grupo D)
Sérvia – Eslovénia (Grupo A)
Noruega – Argentina (Grupo D)
Alemanha – Islândia (Grupo D)
USA – Austrália (Ronda Final)
Japão - Nigéria (Ronda Final)
Eslovénia – Coreia (1/8 Final)
Austrália – Kosovo (Ronda Final)
Nigéria – China (Ronda Final)
Tunísia – Croácia (1/4 Final)
Noruega – Dinamarca (5/8 lugar)

O Noticias