gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

quinta-feira, 31 de outubro de 2019

Jogos Olímpicos – 2020 – III


JOGOS OLÍMPICOS 2020
TÓQUIO
O Japão como País organizador se encontra apurado tanto em Masculinos, como em Femininos.

MASCULINOS

Assim em Masculinos, tanto o Campeão Mundial, a Dinamarca, bem como os Campeões continentais, num total de seis (6) equipas, sendo que os restantes seis (6) lugares, serão discutidos em três (3) torneios Pré-olímpicos, a serem realizados de 17 a 19 de Abril de 2020

As equipas Classificadas no do 2.º ao 7.º lugar no Mundial da Alemanha / Dinamarca, (Noruega, França, Alemanha, Suécia, Croácia, e Espanha) estão automaticamente apuradas para os torneios referidos anteriormente, da seguinte forma:
2.º e 7.º Classificados – Torneio 1
3.º e 6.º Classificados – Torneio 2
4.º e 5.º Classificados – Torneio 3

Coreia do Sul – Apurada para os torneios de qualificação, (finalista da Qualificação Asiática)

Os torneios de qualificação serão disputados segundo informa a IHF em :
França
Alemanha
Noruega

Foi ainda designada a Croácia, como nação suplente, no caso de algum dos anfitriões nomeadas se qualificar directamente para os jogos Olímpicos no Europeu de 2020, que se irá disputar.

Cada Torneio, será completado, por duas equipas do Continente melhor Classificado no Mundial da Alemanha / Dinamarca, duas do segundo melhor Continente e uma do terceiro, e outra do 4.º melhor Continente.

Nota – Uma das equipas já apuradas para os Torneios de qualificação é o Chile

Qualificados para os Jogos Olímpicos 2020 - Masculinos

Japão – Organizador
Dinamarca - Campeão Mundial em 2019
Argentina - Vencedor dos Jogos Pan-Americanos 2019 (de 31-07-19 a 05-08-19)
Bahrain - Vencedor da Qualificação Asiática em 2019 (de 17 a 27 de Outubro de 2019)
- Vencedor do Campeonato Africano em 2019 (de 15 a 25 de Janeiro de 2020)
- Vencedor do Campeonato da Europa Masculino em 2020 (9 a 26 de Janeiro de 2020)
Dois (2) primeiros do Torneio 1
Dois (2) primeiros do Torneio 2
Dois (2) primeiros do Torneio 3

Notas – Se uma (1) ou mais equipas classificadas entre o 2.º e o 7.º lugar no Mundial de 2019 na Alemanha / Dinamarca, já estiverem classificados, pelo seu Continente será substituído pela equipa classificada em 8.º lugar (ou subsequente).

FEMININOS

Qualificados para os Jogos Olímpicos 2020 - Masculinos

Japão – Organizador
França - Campeão Europeu em 2018
Brasil - Vencedor dos Jogos Pan-Americanos 2019 (de 24 a 30-07-19)
Coreia do Sul - Vencedor da Qualificação Asiática em 2019 (de 23 a 29-09-19)
Angola - Vencedor do Campeonato Africano em 2019 (de 26 a 29-09-19)
- Vencedor do Campeonato Mundial em 2019 (29-11-19 a 15-12-19)
Dois (2) primeiros do Torneio 1
Dois (2) primeiros do Torneio 2
Dois (2) primeiros do Torneio 3

Sendo que os restantes seis (6) lugares, serão discutidos em três (3) torneios Pré-olímpicos, a serem realizados de 19 a 22 de Março de 2020

Já se encontram qualificados para os Torneios Olímpicos Femininos, os seguintes Países:

Argentina - Jogos Pan-Americanos 2019 (de 24 a 30-07-19)
China - Qualificação Asiática em 2019 (de 23 a 29-09-19)
Senegal - Campeonato Africano em 2019 (de 26 a 29-09-19)

Os restantes qualificados estão dependentes dos resultados, do Mundial de 2019, com o Continente melhor classificado a receber mais 2 lugares para os torneios de qualificação, os 2.º, 3.º, e 4.º continentes, recebem ia um lugar. Podendo o 2.º Continente, receber mais um lugar dependendo da participação ou não da Oceania.

Os torneios de qualificação Olímpicos 2020, serão conhecidos, após a realização do Campeonato Mundial de 2019.

O Banhadas Andebol

Nomeações – EHF – 2019 / 2020 – XVI


A EHF procedeu a novas nomeações para as Provas Europeias, tendo a Portugal sido atribuídas as seguintes:

Árbitros
Marta Sá / Vânia Sá – Foram nomeadas para dirigir os encontros da 1.ª Mão da 3.ª Ronda de Qualificação da EHF CUP Masculina, que se disputa entre o HBC Nantes (França) e o OIF Arendal Elites (Noruega), na França em 17-11-19.

Daniel Martins / Roberto Martins – Foram nomeados para dirigir o encontro da 1.ª Mão da 3.ª Ronda de Qualificação da EHF CUP Masculina, que se disputa entre o KPR Gwardia Opole (Polónia) e o KS Azoty-Pulawy SA (Polónia), na Polónia em 17-11-19.

Delegados
José Jorge – Foi nomeado para o encontro da 2.ª Mão da 3.ª Ronda de Qualificação da EHF CUP Masculina, que se disputa entre o ALPLA HC Hard (Áustria) e o Liberbamk Cuenca (Espanha), na Áustria no dia 23-11-2019.

Manuel da ConceiçãoFoi nomeado para o encontro da 2.ª Mão da 3.ª Ronda de Qualificação da EHF CUP Masculina, que se disputa entre o USAM Nimes Gard (França) e o Csurgói KK (Hungria), em França em 23-11-19.

Aos nomeados e nomeadas, desejamos as maiores felicidades no desempenho das suas funções.

O Regras

Crónica Intermédia de Fim-de-semana – 18 – 2019 / 2020 – I

Crónica de fim-de-semana, relativa aos jogos que se disputaram por antecipação da 10.ª Jornada do Andebol 1.

PO01 – Campeonato PLACARD Andebol 1 (1.ª Divisão Seniores Masculinos).

1.ª Fase
10.ª Jornada
Dia 30-10-19
FC Porto 41 - 29 Ismai
FC Gaia 27 – 28 Sporting
Dia 31-10-19
SC Horta - Benfica (21H00)
Dia 02-11-19
Águas santas - ABC (18H00) Andebol TV
Vitória FC - Madeira SAD (18H00)
Belenenses - AA Avanca (15H30)
Boavista FC - Boa Hora (18H00)

Crónica conforme já referimos dedicada somente estes dois encontros, onde um deles devido às condições do piso, se iniciou com mais de uma hora de atraso (FC Gaia / Sporting), o motivo da realização destes encontros prende-se com as participações na Liga dos Campeões Europeus. Todos os jogos foram disputados sem ocorrências disciplinares.

FC Porto 41 – 29 Ismai

Jogo disputado no Dragão Arena, com fraca moldura humana, e que foi o encontro onde as preocupações defensivas, não existiram para qualquer das equipas, o que permitiu, um resultado do encontro com 70 golos no total. O FC Porto, que na prática comandou o jogo e o marcador durante os 60 minutos, utilizou os seus três guarda-redes inscritos, teve em Alfredo Quintana com 42% de eficácia e no jovem Francisco Oliveira com 38% de eficácia, dois dos seus principais elementos, por sua vez no Ismai, registe-se a curiosidade de quer Ricardo Castro, quer Manuel Borges, apresentarem a mesma eficácia, o encontro fica ainda marcador pelas diversas nuances, quer defensivas, quer ofensivas, que o FC Porto, apresentou, por exemplo em termos defensivos desde o 6:, ao 5:1, ao 3:2:1, tudo experimentou, e no ataque mais uma vez utilizou a sua forma de jogar com 7 jogadores de campo, e aproveitou ao máximo quer as diversas falhas técnicas do Ismai, quer os lançamentos dos seus guarda-redes, para executar rápidas transições defesa ataque, que normalmente terminavam em golo, com Leonel Fernandes a ser o seu atleta mais produtivo (8 golos, 80% de eficácia), pois apesar da ausência de Alexis Borges, Salina (5 golos, 83% de eficácia) resolvia e bem as situações de ligação entre a 1.ª e a 2.ª linha, e depois tinha Angel Hernandez (6 golos, 75% de eficácia), em dia sim, e de poupanças, pois por exemplo Diogo Branquinho, nem participou no jogo. O domínio do FC Porto, traduz ainda no primeiro tempo, quando faz um parcial de 6-0, entre o minutos 7 e o minuto11, e coloca o resultado em 11-3, maior diferença registada neste período de jogo, para chegar ao intervalo a vencer por 19-4, após uma boa reacção do Ismai, que chegou a ter apenas 3 golos de diferença aos 21 minutos (13-10), teve em Délcio Pina (8 golos, 50% de eficácia), e no jovem Miguel Pinto (6 golos, 86% de eficácia, 3 em 3 de 7 metros. No segundo tempo o ritmo não abrandou e continuaram a não existir preocupações defensivas, e assim o FC Porto, aos 40 minutos voltou aos 8 golos de vantagem, para aos 55 minutos vencer por 13 golos, máxima vantagem em todo o encontro (39-26), para terminar um encontro de grande tranquilidade para qualquer das equipas. Com esta nova vitória o FC Porto, mantêm-se no comando desta Fase sem derrotas. Dirigiu o encontro a dupla de Braga, constituída por Francisco Costa e Diogo Teixeira, que num jogo tranquilo, poderiam ter um critério mais uniforme em especial nos livre de 7 metros.

No Pavilhão previsto do FC Gaia, num encontro que se iniciou com mais de uma hora atraso, face às difíceis condições do piso, e que obrigou à mudança de pavilhão (rectificação), realizou-se o FC Gaia / Sporting, que foi um encontro onde a equipa do Sporting, sem Edmilson Araújo, e Pedro Valdez, comandou o jogo e o marcador até cerca dos 25 minutos, quando se verificou uma igualdade a 13 golos, depois de ter por diversas vezes 5 golos de vantagem, como por exemplo (11-6), aos 15 minutos, mas permitiu que o FC Gaia, com uma boa reacção e com qualidade, chegasse à igualdade e até passasse para a frente do marcador, após um parcial de 5-0, e chegasse ao intervalo a vencer por 15-13, com o FC Gaia a aproveitar e bem as superioridades numéricas. No segundo tempo, uma entrada mais assertiva do Sporting, leva nova igualdade aos 35 minutos, agora a 15 golos, mas com resposta imediata do FC Gaia, entrando-se num período de grande equilíbrio, com diversas igualdades a verificarem-se, e aos 45 minutos de jogo o Sporting estava na frente pela diferença mínima (20-19), mas o equilíbrio continuava a ser uma constante, pois de imediato e após um livre de 7 metros não convertido por Valentin Ghionea, o FC Gaia iguala a 20 golos, para após um Time OUT, oportuno pelo Sporting, o resultado aos 52 minutos era de 26-22 a favor do Sporting, sendo agora a vez do FC Gaia colocar o seu Time OUT, e de seguida reduz para 26-24 aos 56 minutos, momento em o Sporting, volta usar o seu Time OUT (último), e foi um jogo taticamente bem disputado, terminando com a vitória do Sporting pela diferença mínima. No FC Gaia com 10 jogadores a marcarem golos, tendo em Martim Costa com 9 golos (60% de eficácia), o seu principal marcador, por sua vez Frankis Carol com 7 golos (64% de eficácia), acompanhou Valentin Ghionea (78% de eficácia, 2 em 4 de 7 metros) nos melhores marcadores da equipa onde Carlos Ruesga com 6 golos (67% de eficácia), foi outro dos elementos preponderantes da equipa. Devemos ainda destacar o guarda-redes Diogo Ribeiro do FC Gaia com 40% de eficácia, e um dos homens do jogo, enquanto na baliza do Sporting, o mais produtivo foi Cudic com apenas 21% de eficácia.

Classificação após a realização destes jogos – 1.º FC Porto, e Sporting (+1 jogo) (30 pontos), 3.º Benfica (25 pontos), 4.º Boa Hora (21 pontos), 5.º Ismai (+1 jogo) (20 pontos), 6.º FC Gaia (+1 jogo) (18 pontos), 7. Madeira SAD, Águas Santas, e ABC (17 pontos), 10.º Belenenses (16 pontos), 11.º AA Avanca (14 pontos), 12.º SC Horta (13 pontos), 13.º Vilória, e Boavista FC (11 pontos). 

O Banhadas Andebol

quarta-feira, 30 de outubro de 2019

Andebol 4ll – Supertaça – ANDDI - I


ANDEBOL ANDDI
SUPERTAÇA – ANDEBOL 7
 (SETÚBAL)

Vai disputar-se pela 1.ª vez a Supertaça ANDDI em Andebol de 7, a sua realização será no Pavilhão Municipal das Manteigadas em Setúbal, no próximo dia 02-11-19.

Calendário
Clube Gaia – União Desportiva para a Inclusão da APPACDM Setúbal (11H00)

Curiosamente o Campeão Nacional, e os dois finalistas da última Taça de Portigal.

Em simultâneo com esta realização, vai decorrer o Torneio de Abertura de Andebol 5 da Zona Sul, que conta com a participação das seguintes equipas:

UDI Setúbal B
IFC Torrense
CEERIA / Cister de Alcobaça A
CEERIA / Cister de Alcobaça B

Calendário de todos os Jogos

Andebol-5 MF1 (UDI SETÚBAL B - CEERIA/CISTER A) (10H00)
Andebol-5 MF 2 (IFC TORRENSE - CEERIA/CISTER B) (10H30)
SUPERTAÇA (CLUBE GAIA - UDI SETÚBAL) (11H00)
Andebol-5 3º/4º (DMF1 - DMF2) (12H00)
Andebol-5 Final (VMF1 - VMF2) (12H30)
CERIMÓNIA DE ENTREGA DE PRÉMIOS (13H00)

Curiosamente esta prova não consta da programação que está prevista no sistema informático da FAP.

O Noticias

Competições Europeias 2019 / 2020 – XXXVIII


LIGA DOS CAMPEÕES EUROPEUS MASCULINA

FC PORTO (GRUPOS B) E SPORTING (GRUPOS C)
As nossas equipas que se encontram a participar na Liga dos Campeões Europeus Masculina, na Fase de Grupos, regressam à competição para disputar a 6.ª Jornada desta Fase. Desejando nós a continuação das maiores felicidades na sua caminhada, nesta Fase de Grupos.

Recordamos a Constituição dos Grupos

Grupo B - MKD – HC Vardar, HUN – Telekom Veszprém HC, POL – PGE VIVE Kielce, BLR - HC Meshkov Brest, UKR – HC Motor Zaporozhye, FRA – Montpellier HB, POR – FC Porto Sofarma, GER – THW Kiel.

Calendário e Resultados
1.ª Jornada
14-09-19
FC Porto 27 – 25 HC Meshkov Brest
2.º Jornada
Dia 22-09-19
HC Vardar 32 – 27 FC Porto
3.ª Jornada
Dia 28-09-19
FC Porto 33 – 30 PGE VIVE Kielce
4.º Jornada
Dia 13-10-19
Telekom Veszprém 38 – 28 FC Porto
5.º Jornada
Dia 19-10-19
FC Porto 35 – 35 HC Motor Zaporozhye
6.º Jornada
Dia 02-11-19
FC Porto – Montpellier HB (18H30) Porto Canal


GRUPO C - SWE – IK Sävehof, SVK – Tatran Presov, FIN – Cocks, MKD – HC Eurofarm Rabotnik, ESP – Bidasoa Irun, POR – Sporting Clube Portugal.

Calendário
1.ª Jornada
14-09-19
HC Eurofarm Rabotnik 29 – 30 Sporting
2.º Jornada
Dia 21-09-19
Sporting 32 – 24 Tatran Presov
3.º Jornada
Dia 26-09-19
IK Sävehof 29 – 24 Sporting
4.ª Jornada
Dia 12-10-19
Sporting 30 – 30 Bidasoa Irun
5.ª Jornada
Dia 20-10-19
Cocks 25 – 23 Sporting
6.ª Jornada
Dia 02-11-19
Sporting - Cocks (16H30) Sporting TV

Horas No Continente

A Fase de Grupos, disputa-se de 11-09-19, e prolonga-se até 26-02/01-03-20, para o Grupo A e 30-11-19 para o Grupo C.

O Banhadas Andebol

terça-feira, 29 de outubro de 2019

Europeu 2020 Masculino – XXV – Preparação - V


14.º EUROPEU MASCULINO – 2020
(ÁUSTRIA / NORUEGA / SUÉCIA)
NOVO ESTÁGIO

Embora a FAP, nada tenha noticiado, hoje foi divulgado parte do programa final da preparação da Selecção Nacional para a Fase Final do Europeu 2020, que é disputada por 24 equipas, e se realiza entre 10 a 26 de Janeiro de 2020, e que em simultâneo, também é a primeira vez que uma prova, será coorganizada em três (3) Países (Áustria, Noruega e Suécia), com a final a ser disputada em Estocolmo, no Pavilhão Tele 2 (24.000 lugares), sendo o 14.º Europeu Masculino,  

A lista definitiva dos convocados para a prova apenas será conhecida em Dezembro, consideramos que será o momento propício e ideal.

No entanto também, foi divulgado que a equipa Nacional, entra em estágio em 26-12-19, sendo interrompido, para a passagem de ano, retomando em 02-01-20, para participar num torneio em Espanha

Torneio de Espanha (Santander)
Disputado nos dias 3 e 4, no sistema de final four
Equipas participantes – Portugal, Espanha, Rússia, e Polónia.

Tudo equipas que se encontram em preparação para a Fase Final do Europeu, será portanto um torneio de grande qualidade, e que servirá certamente para finar os últimos pormenores.

Portugal encontra-se inserido no Grupo D

Grupo D (Trodheim) – França, Noruega, Portugal, Bósnia-Herzegovina.

Calendário de Portugal na Fase Preliminar da Fase Final

1.ª Jornada
Dia 10-01-20
França – Portugal (18H15)
2.º Jornada
Dia 12-01-20
Portugal – Bósnia-Herzegovina (16H00)
3.º Jornada
Dia 14-01-20
Portugal – Noruega (20H30)

Horas Locais 

O Banhadas Andebol

Arbitragem – Formação – 2019/2020 - VIII


ACÇÕES DE FORMAÇÃO
(14-09-19, e 22-09-18)
INFORMAÇÃO 
Em 02-10-19, publicámos um texto sobre estas acções, tendo desencadeamos, uma série de reacções umas positivas outras negativas, e na altura dissemos:

“…mas alguém leu o nosso texto e apressadamente realizaram e produziram a Circular N.º 9 datando a mesma de 24 de Setembro de 2019, uma forma de enganar “parolos”, mas na realidade, apenas divulgada em 27 de Setembro de 2019, e depois das 20H00, este tipo de atitudes nada dignifica o CA da FAP, que têm de cumprir com clareza e em tempo com todas as suas obrigações, perante o está estabelecido na lei e os estatutos da FAP, (o estabelecido no Artigo 8.º do Dec. Lei 93/2014, que rectifica o Dec. Lei 248/B de 2008 (Regime Jurídico das Federações, não é cumprido)”.

Dissemos ainda:

“Diremos que lamentavelmente o CA na sua página, realizou “pomposamente” uma notícia, sobre a 1.ª acção que decorreu em Lisboa com fotos e tudo e sobre a segunda acção realizada uma semana depois em Estarreja nada disse, nem nada escreveu.”

Mas agora extraordinariamente descobrimos, que a referida noticia foi actualizada no seu texto com a mesma fotografia, e incluíram a acção do dia 22-09-19 (2.ª Acção), mas curiosamente, esqueceram de actualizar a data de publicação, ou seja a noticia foi publicada, antes da acção referida no texto se ter realizado, e assim vai a informação na arbitragem nacional.
Continua-se à espera que o CA divulgue as novas Orientações emitidas pela IHF, que estão em vigor desde 01-07-19, e até agora o silencia continua a ser total, com a gravidade de já se terem disputado provas, e nada ter foi divulgado.

Ficamos por aqui, mas voltaremos ao tema das Arbitragens sempre que consideremos que se justifiquem. 

O Regras

Nomeações – EHF – 2019 / 2020 – XV


A EHF procedeu a novas nomeações para as Provas Europeias, tendo a Portugal sido atribuídas as seguintes:

Árbitros
Daniel Freitas / Cesar Carvalho – Foram nomeados para dirigir o encontro da 1.ª Mão da 3.ª Ronda de Qualificação da EHF CUP Feminina, que se disputa entre o Nantes Atlantique Handball (França) e o Siofok KC Hungary (Hungria), na França no dia 10-11-19.

Delegados
Manuel da ConceiçãoFoi nomeado para o encontro da 1.ª Mão da 3.ª Ronda de Qualificação da EHF CUP Feminina, que se disputa entre o Rocasa Gran Canaria (Espanha) e o Magura Cisnadir (Roménia), em Espanha no dia 10-11-19.

Aos nomeados desejamos as maiores felicidades no desempenho das suas funções.

O Regras

segunda-feira, 28 de outubro de 2019

Crónica de fim-de-semana no Feminino – 05 – 2019 / 2020


Crónica dedicada ao Feminino, em especial aos encontros que se disputaram relativos à PO.09.

Esta semana voltamos a ter jogos transmitidos pela Andebol TV, mas continuamos com a esperança de ter pelo menos um jogo por jornada.

PO09 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Femininos.

1.ª Fase – Resultados
4.ª Jornada
Dia 27-10-19
CA Leça 15 – 20 Madeira SAD
Colégio Gaia 22 – 21 CS Madeira
5.º Jornada
Dia 19-10-19
Alavarium 26 - 25 Juventude Lis (J/Comentado)
Dia 26-10-19
SIR 1.º Maio/CJB 23 – 20 ARC Alpendorada
Colégio Gaia 26 – 21 Madeira SAD
Benfica 30 – 22 ABC
CA Leça 18 – 25 CS Madeira
Maiastars 35 – 21 Assomada

É uma vergonha, voltamos a referir o que tínhamos dito anteriormente, situação que será repetida até à exaustão, ou até que quem de direito cumpra aquilo que escreve, “Nos jogos que se disputaram, este fim-de-semana, e face às alterações verificadas no Portal da FAP, e já referidas tínhamos a forte esperança, de que finalmente a FAP, fizesse cumprir o estabelecido no Regulamento Desportivo da Prova, mas mais uma vez se provou a forma como o Andebol Feminino é Des/Tratado. Pois os mesmos erros continuam a registar, solicitamos mais respeito não só pelos Regulamentos que são elaborados e da competência da Direcção da FAP, sejam respeitados e cumpridos, porque então seria bem melhor, a mesma Direcção ter a coragem de emitir um Comunicado Oficial, sobre o tema, e revelar a sua incapacidade de cumprir o mesmo, e dentro das suas competências suspender o artigo do Regulamento Desportivo, sobre estatísticas, pois também não vemos o Conselho de disciplina agir sobre os incumprimentos.Esta semana alguns encontros, têm na realidade estatística, mas não se entende como existem golos, aos 78 minutos de jogo (Ver imagem) nem passado uma hora, nem nada, nem conforme prevê o regulamento outro qualquer sistema de divulgação, é tudo ZERO. Terminamos esta introdução com bastante tristeza, pela forma leviana, como se continua a tratar assuntos desta natureza.
Colégio Gaia 26 – 21 Madeira SAD

Num encontro disputado no Colégio Gaia, defrontaram-se duas das melhores equipas nacionais, o Colégio Gaia (Campeão em Titulo), e o Madeira SAD, um dos mais fortes candidatos, ao mesmo. AS duas equipas proporcionaram um jogo agradável de seguir, onde se destacam as 3 guarda-redes utilizadas, Ana Ferreira, e Isabel Cardoso, pelo Colégio Gaia, e Lavinia Puscas, pelo Madeira SAD, que estiveram simplesmente impecáveis, e a elas se deve, o baixo número de golos, no entanto as duas do Colégio Gaia, proporcionaram transições rápidas para o ataque, o que em conjunto com uma forte defesa, proporcionaram a vitória da sua equipa, que aos 10 minutos vencia por uns inesperados 6-1, para aos 18 minutos, estar na frente do marcador pela maior diferença que se registou em todo o encontro (10-4), com a equipa do Madeira SAD, a ser algo permissiva na defesa, e no ataque a Marija Gedroit (3 golos), tem de produzir muito mais, para justificar a sua contratação, pois por vezes parece um ser “amorfo” e distante do jogo, ao contrário do Colégio Gaia, que nem usou time’s OUT, onde a acompanhar a sua forte defesa conforme já referimos, tinha um ataque mais fluido, onde se destacava, a experiente Helena Soares (6 golos), bem como Neide Duarte e Maria Duarte, ambas com 4 golos, e Carolina Loureiro (1 golo), no sistema defensivo em especial. O Intervalo chega com o Colégio Gaia na frente do marcador por 15-11, O Segundo tempo, começa bem com as madeirenses a reduzir para 15-12, por das suas melhores jogadoras em campo, Mariana Azevedo (4 golos), e a contar com velocidade imposta na transição ofensiva pela experiente Sara Gonçalves (6 golos), melhor marcadora da equipa e que até as funções de central desempenhou, e chegados aos 45 minutos de jogo, voltamos a ter a diferença de 6 golos (21-15), com a gestão de recursos, e uma melhoria na forma de atacar o Madeira SAD, reduz o diferencial para 3 golos, aos 57 minutos (24-21), através de Ana Catarina Silva (2 golos) distante do que pode produzir. O último Time OUT de equipa solicitado pelo Madeira SAD, aos 58, 32 minutos, resultou que seguida a equipa comete uma falha técnica, que permite ao Colégio Gaia, marcar o seu último golo. Dirigiu este encontro a dupla de Braga, constituída por Fernando Costa, e Diogo Teixeira, que na nossa opinião foram demasiado permissivos, em termos disciplinares. A jornada dupla conclui-se para o Colégio Gaia, no dia seguinte ao defrontar o CS Madeira, em jogo referente à 4 jornada, e que foi um encontro muito mais complicado do que se esperava, face não só ao esforço do jogo anterior como à qualidade evidenciada pelo CS Madeira, que chegou ao intervalo na frente do marcador por 12-11, foi um jogo sempre bem disputado e de muito equilíbrio, de tal forma que aos 45 minutos o resultado era de 18-17, a favor da equipa visitada, que terminou a vencer, através de um livre de 7 metros, em cima do tempo regulamentar. Neide Duarte com 8 golos, foi a melhor marcadora do Colégio Gaia, com Cláudia Aguiar, e Jéssica Gouveia, ambas com 5 golos, foram as melhores marcadoras do CS Madeira. Com estas duas vitórias o Colégio Gaia, assume o comando desta Fase à condição pois tem mais um jogo disputado.

O Madeira SAD, completou a sua jornada dupla, defrontando em Leça da Palmeira o CA Leça, num jogo em que terminou como vencedora, tendo construído o resultado nos primeiros 30 minutos, ao chegar ao intervalo, a vencer por 13-6, margem que lhe deu para chegar ao final do encontro na frente do marcador, apesar da excelente réplica, que a equipa visitada, deu no segundo tempo. Maria Santos com 6 golos, foi a melhor marcadora da equipa local, com Ana Catarina Silva e os seus 9 golos, a ser a melhor marcadora da equipa insular. Que com este resultado, se coloca no 4.º lugar da tabela classificativa, com apenas uma derrota. Em jogo referente à 5.ª jornada os locais, defrontaram o CS Madeira, num jogo, teve os primeiros 30 minutos de forte equilíbrio, com a equipa local a chegar ao intervalo a vencer pela diferença mínima (11-10). No segundo tempo tivemos um novo jogo, na prática, com a equipa insular a dominar completamente o encontro, chegando aos 20-15, a seu favor, para terminar com um diferencial de 7 golos. No CA Leça, as suas melhores marcadoras, não passaram dos 4 golos (Joana Borges, e Maria Santos), por sua vez no CS Madeira, Cláudia Aguiar, e Jéssica Gouveia com 6 golos cada foram as suas melhores marcadoras.

Realizou-se no Municipal da Maia (com uma boa assistência), o Maiastars / Assomada, que foi um encontro de um só sentido, pois a equipa maiata comando o jogo e o marcador durante os 60 minutos, de tal forma, que chegou aos 11-4, para terminar os primeiros 30 minutos a vencer por 18-9, diferencial que certamente não estaria na mente de muitos dos adeptos da modalidade em especial do feminino, nos segundos 30 minutos, o Maiastars, sem abrandamento no seu ritmo de jogo, chegou aos 30-17, número bem demonstrativo da sua superioridade. Ana Silva com 13 golos, foi a melhor marcadora do Maiastars, com Nádia Fernandes a marcar 5 golos, e a ser a melhor marcadora da Assomada. Este resultado, faz-nos prever talvez prematuramente, que os lugares de acesso ao Grupo A na 2.ª Fase da Prova, irão ser bastante discutido.

Na Marinha Grande, disputou-se o SIR 1.º Maio/CJB / ARC Alpendorada, num encontro onde a equipa visitada foi completamente surpreendida nos primeiros 30 minutos, onde foi completamente dominada pela equipa visitante de tal forma, que o marcador passou de 9-4, para os 11-4 (máximo diferencial), para o intervalo chegar com a ARC Alpendorada a vencer por 11-5. NO segundo tempo tivemos uma forte reacção da equipa da casa, que iguala o marcador a 17 golos, para depois assumir o comando do marcador, mas nunca chegando a ter vantagens confortáveis. Terminando por vencer por 3 golos de diferença, eis um encontro, onde a surpresa, esteve quase a verificar-se. Patrícia Fernandes com 5 golos, foi a melhor marcador da equipa da Marinha Grande, com Viviana Rebelo e os seus 7 golos, a ser a melhor marcadora do ARC Alpendorada. Com esta derrota a equipa do ARC Alpendorada, é a única equipa que ainda só contabiliza derrotas, até ao momento.

No Pavilhão da Luz tivemos o Benfica / ABC, precisamente as duas equipas, que ascenderam esta época à 1.ª Divisão Nacional, que felizmente teve uma boa assistência para a prova, e que assistiu a um primeiro tempo de grande equilíbrio, e bem disputada, com o Benfica, a comandar o marcador mas nunca tendo superioridades alargadas, como se poderá ver 9-8, aos 19 minutos, 11-10, aos 24 minutos, apara alargar o diferencial, nos momentos finais dos primeiros 30 minutos, ao chegar ao intervalo a vencer por 15-13. No segundo tempo a equipa do Benfica, começou mais pressionante, e foi progressivamente dilatando a sua vantagem, realizando um parcial de 6-0, chegado aos 21-13 aos 38 minutos, para dilatar para 10 golos de diferença aos 46 minutos (25-15), para terminar com 8 golos de vantagem. Patrícia Rodrigues e Marta Coelho, ambas com 7 golos, foram as melhores marcadoras do Benfica, com Inês Laranjeira a marcar 5 golos, e a ser a melhor marcadora da equipa do ABC. Com esta vitória a equipa do Benfica, é a única equipa que apenas contabiliza vitórias nos jogos disputados até ao momento.

Classificação após estes encontros – 1.º Colégio Gaia (+1 jogo) (16 pontos), 2.º Benfica (15 pontos), 3.º Alavarium (13 pontos), 4.º Madeira SAD (12 pontos), 5.º CS Madeira, e SIR 1.º Maio/CJB (+1 jogo) (10 pontos), 7.º Maiastars, ABC, e Juventude Lis (9 pontos), 10.º CA Leça, e Assomada (8 pontos), 12.º ARC Alpendorada (5 pontos).

O Noticias

PO23 - Taça de Portugal Seniores Femininos – 2019 / 2020 – III


1.ª ELIMINATÓRIA DA TAÇA DE PORTUGAL FEMININA
RESULTADOS

Disputaram-se este fim-de-semana, os jogos referentes á 1.ª Eliminatória da Taça de Portugal Feminina.

Tínhamos publicado o seguinte texto

“….Agora através de uma verificação das equipas inscritas na prova, e que disputam a prova na sua 1.ª Eliminatória, constata-se que a PO10 25 equipas (número igual ao da época anterior), embora algumas Associações continuem a não ter a prova sequer criada…”

Neste momento já todas as Associações criaram a 1.ª Fase da PO10, constata-se que são 24 e não 25, sendo uma B.

PO23 – TAÇA DE PORTUGAL SENIORES FEMININOS – 1.ª ELIMINATÓRIA (RESULTADOS), E 1/16 DE FINAL

Os Resultados da 1.ª Eliminatória foram os seguintes - disputada em 27-10-19

Zona 1 – 12 Equipas

Jogo 1318 – Almeida Garrett 26 – 16 Didaxis
Jogo 1319 – São Felix da Marinha 24 – 27 Académico FC

Isentos – (8) – AC Vermoim. Juventude Mar/Manabola, CA Baltar, Modicus, Pedras Rubras, ND Santa Joana, Douro Andebol Clube, GDCP Sobreira.

Zona 2 – 8 Equipas

Jogo 1320 – Ílhavo – C. Benfica e C. Branco
Jogo 1321 – AD Academia Andebol SPS 38 – 21 AC Salreu

(*) Consultando as zonas apesar da falta de informação por parte da FAP, verifica-se o Ílhavo, não se encontra a disputar a PO10, pelo que o Castelo Branco, é imediatamente apurado, sendo este segundo a nossa interpretação o motivo de nesta zona, não se realizar o jogo 1320. Não afecta o número de participantes na Zona 2 da PO10, pois encontra-se inscrita a equipa B do SIR 1.º Maio/CJB

Isentos – (4) – AA Espinho, AD Sanjoanense, Batalha AC, Cister SA.

Zona 3 – 5 equipas

Jogo 1322 - Vela Tavira – ARE Porto Alto

(*) Consultando as zonas apesar da falta de informação por parte da FAP, verifica-se o Vela Tavira, não se encontra a disputar a PO10, pelo que o ARE Porto Alto, é imediatamente apurado, sendo este segundo a nossa interpretação o motivo de nesta zona, não se realizar o jogo 1322. E um dos motivos de se realizar um jogo de apuramento na PO10.

Isentos – (3) – Gil Eanes, Passos Manuel, Porto Salvo.
Jogos dos 1/6 Final – com a maioria a ser disputados em 16-11-19

Dia 09-11-19
C. Benfica e C. Branco – CS Madeira
Dia 16-11-19
Batalha AC – Assomada
Cister SA – Alavarium
CA Leça – SIR 1.º Maio/CJB
Almeida Garrett – Madeira SAD
Juventude Mar/Manabola – Colégio Gaia
GDCP Sobreira – Maiastars
ND Santa Joana – Benfica
Passos Manuel - ARC Alpendorada
AA Espinho – AD Academia Andebol SPS
Modicus – Gil Eanes
CA Baltar – Juventude Lis
Académico FC – ABC
AC Vermoim – ARE Porto Alto
Pedras Rubras – Douro Andebol Clube
Porto Salvo – AD Sanjoanense

Alguns jogos interessantes, como por exemplo o CA Leça / SIR 1.º Maio/CJB, num confronto entre equipas da 1.ª Divisão, englobamos ainda o Passos Manuel / ARC Alpendorada, embora a equipa do ARC Alpendorada, seja a natural favorita, mas será um encontro para reviver jogos anteriores, e talvez o Modicus / Gil Eanes, e ainda um duelo Regional como o Pedras Rubras / Douro Andebol Clube, pois estamos consciente de que dificilmente haverá alguma surpresa, que neste momento não vislumbramos que possa existir.

Equipas Apuradas

2.ª Divisão (20)Académico FC, Almeida Garrett, Pedras Rubras, Juventude Mar/Manabola, GDCP Sobreira, ND Santa Joana, AD Sanjoanense, Batalha AC, Porto Salvo, AD Academia Andebol SPS, Cister SA, AC Vermoim, C. Benfica e C. Branco, Passos Manuel, AA Espinho, Modicus, Gil Eanes, CA Baltar, ARE Porto Alto, e Douro Andebol Clube

1.ª Divisão (12) – Madeira SAD, Alavarium, Colégio Gaia, SIR 1.º Maio/CJB, CS Madeira, Maiastars, ABC, ARC Alpendorada, Juventude Lis, CA Leça, Assomada, e Benfica.

Nos termos Regulamentares as equipas da PO09, quando jogarem com equipas da PO10, nesta eliminatória, disputaram os encontros na condição de visitantes.

A estrutura da prova será, previsivelmente:

1/16 Final – Vencedores da 1ª Eliminatória e clubes da PO.09 – 16-11-19 (*)
1/8 Final – Vencedores dos 1/16 Final – 14-12-19
1/4 Final – Vencedores dos 1/8 Final – 07-03-20
1/2 Final – Vencedores dos 1/4 Final – 23-05-2020 
Final – Vencedores das 1/2 Finais – 24-05-2020

A Federação, prevê no Regulamento nesta estrutura a realização na prática, de uma Final Four, cujo local ainda é desconhecido.

O Sorteio dos 1/8 Final, realiza-se em 19-11-19 na FAP 

O Noticias

domingo, 27 de outubro de 2019

Crónica de Fim-de-semana – 06 – 2019 / 2020 – II


A habitual crónica, dedicada á PO02, constituída por 3 Zonas.

Apuram-se para a Fase Final do Grupo A, a que dá acesso á 1.ª Divisão os 3 primeiros classificados de cada Zona, que transportam os resultados e pontos nos jogos entre si na 1.ª fase, não voltando a defrontar-se na Fase Final, que será disputada no sistema de TxT a duas voltas. Os 2 primeiros classificados da Fase Final ascendem ao Andebol 1.

PO02 – Campeonato Nacional da 2.ª Divisão Seniores Masculinos.

1.ª Fase

Zona 1
6.ª Jornada
Dia 26-10-19
Arsenal 28 - 27 Xico Andebol
CD Feirense 29 - 32 AC Fafe
Modicus 35 - 26 SP. Oleiros
Póvoa AC 32 - 26 GC Santo Tirso
Dia 06-11-19
CA Penafiel - FC Porto B (21H00)

Zona onde, tivemos um encontro adiado, e se verificaram dois jogos com ocorrências disciplinares, e tivemos a vitória das principais equipas, ao apuramento, aqui incluímos o Xico Andebol, apesar de ter perdido, diante o Arsenal, num jogo (com ocorrências disciplinares), disputado sempre com grande equilíbrio, e com a vitória a ser decidida nos momentos finais do encontro, com a o resultado ao intervalo (16-15 a favor do Arsenal) já a dar uma total perspectiva do estava e do iria ser o encontro até final. Com este resultado, e face ao resultado ocorrido no CD Feirense / AC Fafe, o Xico Andebol perdeu a liderança conjunta da zona que tinha, o encontro que referimos, foi um encontro onde tivemos uma surpresa em vista, face à excelente prestação do CD Feirense, que ao intervalo se encontrava na frente do marcador por 16-14. No Modicus / SP. Oleiros (com ocorrências disciplinares), encontro disputado com total superioridade da equipa de Sandim, que já vencia confortavelmente ao intervalo por 17-10, limitando a completar os 60 minutos regulamentares, controlando o jogo e o marcador, e com esta vitória subir um lugar na tabela classificativa, disputou-se apenas mais um encontro nesta zona o Póvoa AC / GC Santo Tirso, que terminou com a esperada vitória da equipa favorita o Póvoa AC, que já vencia ao intervalo por 21-14, limitando-se no segundo tempo a gerir o jogo, pois com esta vitória manteve, a liderança da Zona, agora isolado, sendo a única equipa da Zona que ainda não sofreu qualquer derrota.

Classificação, após estes encontros – 1.º Póvoa AC (16 pontos), 2.º AC Fafe (15 pontos), 3.º Xico Andebol (14 pontos), 4.º Arsenal (13 pontos), 5.º Modicus (12 pontos), 6.º GC Santo Tirso (11 pontos), 7.º CD Feirense (10 pontos), 8.º FC Porto B (-1 jogo) (9 pontos), 9.º CA Penafiel (-1 jogo), e SP. Oleiros (8 pontos).

Zona 2
2.ª Jornada
Dia 01-11-19
AD Sanjoanense - Juventude Lis (15H00)
6.ª Jornada
Dia 26-10-19
AD Sanjoanense 33 - 28 Estarreja AC
CD Marienses 24 - 29 Alavarium
ADC Benavente 29 - 22 CD Mafra
AC Sismaria 19 - 23 Juventude Lis
São Bernardo 38 - 27 AD Albicastrense

Zona onde existe um jogo em atraso relativo à 2.ª jornada, com esta 6.ª jornada a ser disputada de forma completa, mas com um encontro a ter registo de ocorrências disciplinares, e com alguns encontros a terem razoáveis assistências, mas disputada sem surpresas. Um dos grandes favoritos ao apuramento o São Bernardo, venceu a AD Albicastrense, num encontro, onde o diferencial é estabelecido, em especial no segundo tempo, pois ao intervalo o resultado era de 18-15 a favor da equipa do São Bernardo, com esta derrota a equipa de Castelo Branco passa para o 3.º lugar da tabela classificativa com o São Bernardo a continuar no topo da classificação à condição, pois a AD Sanjoanense, tem um jogo a menos, e nesta jornada, venceu o Estarreja AC, num encontro em que o resultado ao intervalo já lhe era favorável (19-15), confirmando no segundo tempo, a vitória embora com maior dificuldade. Em Benavente tivemos o ADC Benavente / CD Mafra (com ocorrências disciplinares), num encontro que ao intervalo registava o resultado de 11-10 a favor dos locais, o que é indicativo do forte equilíbrio com que o mesmo foi disputado, e com o ADC Benavente a confirmar a vitória apenas no segundo tempo, continuando a equipa co CD Mafra, a ser a única equipa da Zona, que apenas regista derrotas, até ao momento. Em Gândara, tivemos dérbi com a realização do AC Sismaria / Juventude Lis, que depois um primeiro tempo com o resultado a ser uma igualdade a 7 golos, o que é demonstrativo, da forma defensiva, como as equipas se defrontaram, para no segundo tempo a Juventude Lis vencer e ultrapassar o seu adversário na tabela classificativa, por fim tivemos o CD Marienses / Alavarium, que apesar da hora tardia a que foi disputado, teve uma boa afluência de publico, e que começou bem para os locais, mas rapidamente os continentais, se recompuseram e chegaram ao intervalo já na frente do marcador (13-9), para no segundo tempo, gerirem e até aumentarem o diferencial.

Classificação, após estes encontros – 1.º São Bernardo (16 pontos), 2.º AD Sanjoanense (-1 jogo) (15 pontos), 3.º AD Albicastrense (14 pontos), 4.º Alavarium, Estarreja AC, e ADC Benavente (12 pontos), 7.º Juventude Lis (-1 jogo) (11 pontos), 8.º AC Sismaria (10 pontos), 9.º CD Marienses (8 pontos), 10.º CD Mafra (6 pontos).

Zona 3
4.ª Jornada
01-11-19
Lagoa AC - Marítimo (17H00)
6.ª Jornada
26-10-19
Sporting B 19 - 22 CF Sassoeiros
Marítimo 31 - 24 1.º Dezembro
Lagoa AC 19 - 19 Vela Tavira
Zona Azul 30 - 32 Alto Moinho
CDE Camões 20 - 20 Almada AC

Zona, que continua com um jogo em atraso, mas com esta jornada a ser disputada na sua totalidade, e com um jogo com registo de ocorrências disciplinares, e foi mais uma vez a zona com assistências em alguns jogos, abaixo do limite do esperado. Os principais jogos da jornada na nossa opinião, foram o CDE Camões / Almada AC, que terminou como igualdade, depois de um encontro disputado com grande equilíbrio e com alternâncias no marcador, mas que o Almada AC vencia ao intervalo por 9-8, e comandou o marcador até perto do fim, sofrendo os dois golos que permitiram a igualdade nos momentos finais do encontro, com este resultado a equipa do Almada AC, deixou o comando da Zona, que agora passa a ser do CF Sassoeiros, isolado que ao vencer o Sporting B, na condição de visitado, se afigura como um dos favoritos ao apuramento para a Fase Final, neste encontro já vencia ao intervalo por 13-12, consolidando a sua vitória na segundo tempo, após um encontro de grande equilíbrio, realizou-se um dérbi algarvio como Lagoa AC / Vela Tavira (com ocorrências disciplinares), que terminou numa igualdade, após a equipa do Lagoa AC, ter chegado ao intervalo a vencer por 12-9, com a equipa do Vela Tavira a recuperar no segundo tempo, levando-a à igualdade final. No encontro Zona Azul / Alto Moinho, íamos tendo uma surpresa pois a equipa do Zona Azul comandou o jogo e o marcador durante largos períodos do jogo, chegando ao intervalo na frente do marcador por 16-15, apenas cedendo na parte final do encontro, e desta forma a equipa do Alto Moinho, com vitória obtida continua na discussão pelos lugares de acesso à Fase Final. Terminamos com o Marítimo / 1.º Dezembro, que foi um encontro de sentido único, com a equipa insular a comandar o marcador durante os 60 minutos, tendo atingido o intervalo a vencer por 15-12, depois de ter chegado a 8-2, para no segundo tempo confirmar a sua vitória, com esta nova derrota a equipa do 1.º Dezembro, é a única equipa nesta Zona, que apenas regista derrotas, até ao momento.

Classificação, após estes encontros – 1.º CF Sassoeiros (16 pontos), 2.º CDE Camões, e Almada AC (15 pontos, 4.º Alto Moinho, e Sporting B (14 pontos), 6.º Zona Azul (10 pontos), 7.º Marítimo (-1 jogo), e Vela Tavira (9 pontos), 9.º Lagoa (-1 jogo) (8 pontos), 10.º 1.º Dezembro (6 pontos). 

O Banhadas Andebol