gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

domingo, 22 de fevereiro de 2015

Crónica de Fim-de-semana – 20 – 2014 / 2015 – II

Breve Crónica, dedicada á PO02. 
 
Continuamos a alertar que esta época face a uma alteração no regulamento da prova, as descidas de divisão serão consumadas no final da 1.ª fase da prova, ou seja a fase que se disputa atualmente, assumindo assim uma maior importância todos os jogos disputados. 
 
PO02 – Campeonato Nacional da 2.ª Divisão Seniores Masculinos.
 
Resultados
 
Zona Norte

19.ª Jornada
FC Porto "B" 25 - 24 Boavista FC
CCR Fermentões 24 – 33 Arsenal Devesa
Académico FC 27 – 35 São Mamede
FC Gaia 24 – 26 AC Fafe
AD Sanjoanense 34 – 24 Santana
SP Oleiros 16 - 33 AA Avanca
Marítimo 27 – 27 São Bernardo
 
Atualização 1 – 22-02-15
 
Finalmente foi conhecido o resultado do SP Oleiros / Avanca, que era o único resultado em falta, foi um jogo sem disciplina o que é sempre agradável de registar, e confirmou-se a vitória regista na 1.ª volta, com a enorme curiosidade de ser exatamente pelos mesmos números. Com eta vitória a equipa da AA Avanca, volta a ocupar o 1.º lugar da classificação da zona, sendo igualmente atualizada a mesma.
 
Jornada da 2.ª volta que corresponde á 6.ª da 1.ª volta desta Fase da Prova, a jornada que começou com o jogo antecipado onde o FC Porto, venceu o Boavista FC pela diferença mínima, retificando deste modo o resultado verificado na 1.ª volta, num jogo disputado palmo a palmo, e com a equipa do Bessa, a terminar na posição de vencedor no final do primeiro tempo por 14-11. No segundo período o FC Porto que se apresentou (na nossa opinião), com a maioria dos seus principais atletas, teve uma reação que o levou á vitória. Neste encontro, verificaram-se ocorrências disciplinares. Miguel Alves com 6 golos foi mais uma vez o melhor marcador do FC Porto, pela equipa do Bessa e mais uma vez João Domingues com 8 golos foi o melhor marcador da equipa do jogo, seguido mais uma vez pelo seu colega Ricardo Soares com 6 golos. Em mais um jogo onde o resultado foi retificado em relação verificado na 1.ª volta, o Marítimo recebeu o São Bernardo e continuou com a série de resultados menos positivos, ao empatar, com a equipa do São Bernardo. Foi jogo disputadíssimo, sempre com grande equilíbrio, terminando com os homens da região de Aveiro na frente do marcador pela diferença mínima ao intervalo (13-12). O segundo tempo não deferiu muito do primeiro, e assim o encontrou terminou com uma igualdade, a segunda seguida registada pelo São Bernardo. Enquanto na equipa Marítimo, os “suspeitos” do costume foram os seus melhores marcadores, com Marco Gil e os seus 9 golos a ser o melhor marcador da equipa e do jogo, logo seguido dos seus colegas, Márcio Abreu e José Santos ambos com 7 golos cada. Ulisses Ribeiro com 6 golos marcados foi o melhor marcador da equipa do São Bernardo, de onde se destaca na nossa opinião o seu coletivismo com 9 jogadores a marcarem golos. Em Fermentões, tivemos um dérbi minhoto, com a equipa local a defrontar os neo divisionários e favoritos, os bracarenses do Arsenal Devesa, que não só confirmaram o resultado verificado na 1.ª volta, como não sentiram grandes dificuldades em levar de vencida o seu adversário, comandando o marcador a maior parte do tempo de jogo, e atingindo o intervalo já na frente do marcador por um confortável 19-14. Com um excelente início do segundo tempo onde fizeram um parcial de 5-0, e colocaram o resultado em 24-14, poderemos dizer que aqui terminou o praticamente o encontro, mas os arsenalistas, que são uma das equipas mais favoritas a garantir o apuramento para a Fase Final, chegaram a atingir os 12 golos de diferença quando venciam por 29-17, com um parcial de 10-3 no 2.º tempo diz tudo. António Salgado com 8 golos foi o melhor marcador do CCR Fermentões, no Arsenal Devesa Eduardo salgado com 9 golos foi mais uma vez o melhor marcador da equipa e do jogo, sendo bem acompanhado por Diogo Gomes com 7 golos. Um dos jogos mais importantes da jornada e na Zona (na nossa opinião) disputou-se em Gaia, onde o FC Gaia, que está efetuar ma época acima das expectativas iniciais (no nossa opinião), defrontou os minhotos e favoritos do AC Fafe, que ao vencerem este encontro, não só confirmaram o resultado ocorrido na 1.ª volta, como ainda confirmaram o seu estatuto de grandes favoritos ao apuramento para a Fase Final da Prova, e que na nossa opinião esta zona têm os seus três apurados praticamente definidos (AA Avanca, AC Fafe e Arsenal Devesa), embora em termos pontuais tal ainda não se possa confirmar, como uma absoluta certeza. O Encontro de Gaia foi disputado com praticamente o AC Fafe a comandar o marcador, mas com a equipa do FC Gaia a reagir sempre ás desvantagens que se iam verificando, tal forma que conseguiram equilibrar o jogo, e atingir os primeiros 30 minutos a perder apenas pela diferença mínima (13-12). Nos segundos 30 minutos, os minhotos chegaram por exemplo a ter cinco golos de vantagem quando o marcador registava 21-16 a seu favor, mas mais uma vez uma excelente reação do FC Gaia, permitiu nos minutos finais do encontro uma aproximação no marcador colocando o resultado final em apenas um diferencial de dois golos. Luís Carvalho com 11 golos foi mais uma vez o melhor marcador da equipa e do jogo, por seu lado o reforço de inverno do AC Fafe Tiago Silva com 6 golos foi o seu melhor marcador numa equipa, que funcionou como tal, mas obrigando o seu técnico a dois time-OUT nos últimos 10 minutos que foram cruciais para a vitória minhota. Disputaram-se depois jogos onde os favoritos, não sentiram qualquer dificuldade em vencer, e confirmaram os resultados verificados na 1.ª volta. A AD Sanjoanense venceu com facilidade o Santana, continua a ser a única das duas zonas, qua apenas contabiliza derrotas. Os homens da Sanjoanense, que chegaram ao intervalo já na frente do marcador por 16-3, fizeram nos inicio do segundo tempo um parcial de 12-3, colocando o resultado em 28-16 (12 golos de diferença), maior diferença registada durante o encontro, o que lhes permitiu durante os 10 minutos finais uma ténue reação do adversário que chegou a diminuir a diferença para apenas 7 golos (31-24), para a equipa da AD Sanjoanense reagir nos últimos minutos e voltar tudo ao normal. Ricardo Pinho e Bruno Pinho com 9 golos foram mais uma vez os principais marcadores da equipa da AD Sanjoanense, no Santana, não existem referências. No Lima a equipa do Académico FC defrontou a equipa do São Mamede e como se esperava esta não sentiu qualquer dificuldade em levar de vencida a equipa do Lima, com o marcador ao intervalo a ser-lhe já favorável por 19-13, e com este resultado a confirmar a superioridade esperada, no entanto os últimos 15 minutos de ogo foram disputados com algum equilíbrio, no marcador com a diferença a oscilar entre 9 e os 8 golos, sempre a favor da São Mamede, que se limitou a fazer uma completa gestão do jogo, com este resultado o Académico FC têm dificuldades acrescidas para fugir aos dois últimos lugares da classificação. Alexandre Monteiro, José Silva e Bruno Maia todos com 6 golos foram os principais marcadores da equipa do Lima. Mais uma vez o novel reforço do São Mamede, João Baltazar com 9 golos foi o melhor marcador da equipa e do jogo, sendo bem acompanhado por Gustavo Almeida e Vasco Nogueira com 6 golos cada. Terminamos aqui esta crónica pois até este momento é desconhecido o resultado do SP Oleiros / AA Avanca
 
Após os jogos disputados a classificação é a seguinte – 1.º AA Avanca (54 pontos), 2.º AC Fafe (52 pontos, + 1 jogo), 3.º Arsenal Devesa (50 pontos), 4.º São Mamede (44 pontos), 5.º AD Sanjoanense (43 pontos, +1 jogo), 6.º Marítimo (+1 jogo) e São Bernardo (42 pontos), 8.º FC Gaia (36 pontos), 9.º FC Porto “B” (35 pontos), 10.º CCR Fermentões (33 pontos), 11.º Boavista FC (32 pontos), 12.º SP. Oleiros (31 pontos, + 1 jogo), 13.º Académico FC (27 pontos), 14.º Santana (19 Pontos).  
 
Zona Sul
15.ª Jornada
CD Marienses 22 - 22 Vitória FC
19.ª Jornada
Vitória FC 24 - 20 Benfica "B"
CD Marienses 30 - 18 GS Loures
ADC Benavente 22 – 26 CDE Camões
Samora Correia 27 – 27 Ílhavo
IFC Torrense 24- 22 Vela Tavira
Alto Moinho 26 – 23 AC Sismaria
Almada AC 18 – 27 Boa Hora

Atualização 2 – 22-02-15

Disputou-se hoje nos Açores o jogo que se encontrava em atraso da 15.ª Jornada, CD Marienses / Vitória FC, que desta forma realizaram, na prática jornada dupla. O encontro terminou com uma surpreendente igualdade, com a equipa setubalense a retificar assim a derrota sofrida na 1.ª volta. Foi um jogo que começou com superioridade da equipa insular que chegou a estar a vencer por 10-6, mas com a equipa continental, sempre a reagis, chegando intervalo a perder pela diferença mínima (13-12). No segundo período de jogo o mesmo não sofreu grandes alterações com a excelente réplica do Vitória FC, equilibrado o jogo e registando-se sucessivas igualdades, como por exemplo a 19 golos, já perto do final do encontro. Foi um jogo sem disciplina averbada o que permitiu que os jogos de fim-de-semana nesta zona terminassem assim sem quaisquer ocorrências disciplinares registadas. De realçar os 9 golos de Francisco Fuzeta do Vitória FC, sendo desta forma não só o melhor marcador do jogo como da sua equipa. A classificação da zona foi atualizada.

Tal como na Zona Norte, a jornada nesta zona, também se iniciou com jogos antecipados, e num deles, verificou-se um resultado inesperado (na nossa opinião), com o Vitória FC a vencer o Benfica “B”, retificando o resultado obtido na 1.ª volta. A equipa setubalense já vencia ao intervalo por 13-12, o que atesta do equilíbrio que se verificou no primeiro tempo, para no segundo tempo apesar do equilíbrio o Vitória FC, consegui aumentar o diferencial, conseguindo uma excelente vitória a equipa setubalense, está seguramente livre da zona de descida, embora em termos matemáticos tudo possa ser possível. Francisco Fuzeta pelo Vitória FC e Augusto Aranda pelo Benfica “B”, ambos com 7 golos, foram os melhores marcadores das respectivas equipas. Os açorianos do CD Marienses, venceram com relativa facilidade a equipa do GS Loures, que se surpreendentemente, se apresentou apenas com 8 jogadores, o que voltamos a dizer é lamentável, que numa prova de acesso ao escalão maior do Andebol Nacional, isto possa acontecer. Num fim-de-semana onde os insulares cumprirão na prática jornada dupla. Apesar da fragilidade apresentada pela equipa do GS Loures, o resultado ao intervalo era apenas de 13-10 a favor dos insulares. De destacar no CD Marienses o facto de 10 jogadores terem marcados golos, enquanto Diogo Almeida com 6 golos, foi o melhor marcador do GS Loures. Em mais um jogo, onde o resultado foi retificado, o Alto Moinho venceu o AC Sismaria, num encontro disputado com aparente equilíbrio, mas com a equipa da margem sul do tejo a comanda o marcador na maior do tempo de jogo, chegando ao intervalo já na frente do marcador por 15-13. No segundo período de jogo o equilíbrio manteve-se, e foi uma das grandes tónicas deste encontro, onde Miguel Queluz foi mais uma vez a grande figura do Alto Moinho com os seus 9 golos, sendo não só melhor marcador da equipa como do jogo. Na equipa de Gândara Ruben Serrano e Duarte Carregueiro ambos com 7 golos foram os melhores marcadores da equipa. Com este resultado a equipa do AC Sismaria, embora mantendo-se na “corrida” para o apuramento para a Fase Final, tornou este objetivo mais difícil de atingir. Em Benavente, onde a equipa local defrontou o CDE Camões, foi mais um encontro onde foi retificado o resultado verificado na 1.ª volta, verificando-se desta vez a vitória da equipa do CDE Camões , que já vencia ao intervalo por 13-10. A equipa do ADC de Benavente foi uma equipa que sentiu em demasia a ausência do seu principal marcador António Cabaço, Cuma confirmação do dizemos foi por exemplo que o seu melhor marcador neste encontro, foi outro dos que normalmente também sobressi, mas apenas concretizou 5 golos e foi o melhor marcador da sua equipa. Nos lisboetas do CDE Camões a grande figura do encontro foi o “veterano” João Oliveira com 9 golos marcados foi não só o melhor marcador da sua equipa como de todo o jogo. Com este resultado a equipa do CDE, conforme afirmamos na nossa crónica da semana passada, e com grande surpresa da nossa parte, está assumir-se claramente como um dos candidatos ao apuramento para a fase Final da prova, com o terceiro lugar a ser disputadíssimo em especial por 3 equipas (CDE Camões, CD Marienses e AC Sismaria), veremos o que mais nos reserva esta zona. Em Almada a equipa neo divisionária do Almada AC, recebeu o Boa Hora que se assume como um dos principais favoritos a vencer a Zona Sul e consequentemente a estar na Fase Final desta prova. Venceu como se esperava a equipa visitante que apresentou já o seu reforço de “inverno”, precisamente o António Cabaço que veio da ADC Benavente, e que começou bem, pois ao marcar 6 golos, foi o melhor marcador da sua equipa, que não sentiu qualquer dificuldade em levar de vencida a equipa do Almada AC, num jogo completamente dominado pela equipa do Boa Hora que ao intervalo já vencia por 11-7, e terminou com uma enorme vantagem, confirmando o resultado da 1.ª volta. Francisco Santos e João Mimoso com 6 golos, foram os melhores marcadores do Almada AC, registe-se ainda o facto de no Boa Hora 12 atletas terem marcado golos. Na Torre da Marinha, tal como na 1.ª volta o IFC Torrense “viu-se e desejou-se”, para levar de vencida uma das equipas que nos parecem já condenadas á descida de divisão o Vela Tavira, que repetindo que o já dissemos anteriormente, surpreendentemente, se apresentou apenas com 8 jogadores, o que voltamos a dizer é lamentável, que numa prova de acesso ao escalão maior do Andebol Nacional, isto possa acontecer. E mesmo assim consegue chegar ao intervalo com o marcador a registar uma igualdade a 14 golos. Neste encontro mais uma vez o “abono de família” dos algarvios, chama-se Carlos Abraul que com os seus 7 golos foi o melhor marcador do jogo e da sua equipa. Em Samora Correia, disputou-se um encontro de total equilíbrio, com a equipa local a obter um dos seus raros resultados positivos, ao terminar o encontro com o Ílhavo numa igualdade, que também era o resultado que se registava ao intervalo mas a 13 golos. Embora a equipa ribatejana comandasse por diversas vezes o marcador, permitiu sempre a recuperação dos homens da Região de Aveiro, e uma equipa eu não concretiza 4 em 6 livres de 7 metros dificilmente chega á vitória. Renato Correia do Samora correia com 8 golos, foi o melhor marcador da equipa e do jogo, com mais uma vez Ricardo Senos com 6 golos a ser um dos melhores marcadores do Ílhavo com 6 golos, tantos quantos o seu colega de equipa Daniel Gomes. Não podemos terminar esta breve análise, sem informar que não se registaram quaisquer ocorrências disciplinares nos jogos até agora disputados. Ainda falta disputar o jogo e atraso da 15.ª Jornada, CD Marienses / Vitória FC. 
 


Após esta jornada a classificação é a seguinte – 1.º Boa Hora (53 pontos), 2.º Benfica (50 pontos), 3.º CD Marienses (48 pontos), 4.º CDE Camões (46 Pontos), 5.º AC Sismaria (44 pontos), 6.º ADC Benavente (41 pontos), 7.º Vitória FC (36 pontos), 8.º IFC Torrense e Ílhavo (35 pontos), 10.º Alto Moinho e GS Loures (33 pontos), 12.º Almada AC (31 pontos), 13.º Samora Correia (24 pontos), 14.º Vela Tavira (23 pontos).


Banhadas Andebol

17 comentários:

Jorge Almeida disse...

Só para informar que o jogo do ABC em Praga prevê-se passar em direto no link http://hazena.tvcom.cz/Zapas/41743-HC-Dukla-Praha-ABC-de-Braga-%28muzi-osmifinale-Challenga-Cup%29.htm

Jorge Almeida disse...

Jogos dos adversários europeus do FC Porto na próxima semana:

1º) Na próxima 4ª feira 25-2-2015, pelas 18:30 de Portugal Continental e Madeira, os sérvios do RK Vojvodina Novi SAD vão receber os bósnios do RK Borac m:tel Banja Luka para a SEHA GSS League. O jogo está previsto passar em direto no canal de TV sérvio RTV (PTB em caracteres cirílicos).

2º) No mesmo dia, há mesma hora, os dinamarqueses do Skjern Håndbold recebem o HC Midtjylland a contar para a Liga Dinamarquesa. O jogo está previsto passar em direto no canal de TV dinamarquês TV2 Sport, conhecido dos sítios na net onde algumas alminhas caridosas se lembram dos pobre coitados que não podem ver o jogo, e colocam lá uns links.

3º) No dia seguinte, pelas 18:00, os alemães do Füchse Berlin recebem o TBV Lemgo a contar para a Bundesliga Alemã. Não há previsão de transmissão do jogo pelos media.

Anónimo disse...

Qual é o projeto do Loures, um grupo de ......gerido pelo Quim Jesus..uma lástima

Anónimo disse...

Sem ferrinho não há projecto. Quanto ao Quimcapacidade de fazer o que quer que seja.

Anónimo disse...

Com a derrota do Benfica, empate do Marienses e derrota do Sismaria, fica tudo baralhado nas contas da zona sul.
Quase que se pode dizer que só o Boa Hora tem a presença na fase final garantida.

Na zona norte dificilmente haverá surpresas e os atuais 3 primeiros, quase de certeza que lá estarão.

Anónimo disse...

Vi um bom jogo Gaia-Fafe e um vencedor acertivo e controlando o resultado , mas a luta foi constante.. Fafe deve organizar-se de vez e agora tem melhores condições para o fazer, ter um equipa na P01 e no meio da tabela TOP5 e pena é que o Francisco de holanda continue na sua queda do panorama do andebol nacional, embora anda gente de Guimaráes a ganhar bom dinheiro a conta do Andebol!
Arbitragem acertiva mas com pensamentos e logicas sobre arbitragem completamente diferente!.
O que se passa com o S. Bernardo que prometia muito no inicio da época e anda abaixo de todas as expectativas!
Tem um dos melhores Masters Coach da actualidade!

Anónimo disse...

"Surpreendentemente" há pessoas que trabalham e não têm hipoteses de faltar ao trabalho para ir jogar a Sta Maria...
"Surpreendentemente" o Loures entrou no jogo a ganhar e "surpreendentemente" esteve à frente do marcador por duas ou três vezes... "Surpreendentemente" o jogo esteve equilibrado até meio da segunda parte... "Surpreendentemente" o jogo não foi assim tão fácil para o Marienses ganhar ao Loures, apesar do mérito da sua vitória...

Sem surpresa nenhuma, as análises dos jogos do Banhadas continuam a ser ridiculas :)

Anónimo disse...

surpreendente como o comentador das 12:05, não diz nada, nem o banhadas refere o que é pena, de o boletim de jogo, não apresentar treinado no vitória será que existiu ou temos mais uma bicada nos regulamentos. também não era surpreendente

Anónimo disse...

Surpreendente é não terem ideias,como alguém dizia.O Loures continua é a desperdiçar recursos....o Quim é que sabe..

Anónimo disse...

reafirmo o que dizia há uns meses, equipas da zona sul com acesso garantido á fase final:

BOA HORA
BENFICA
CAMÕES

valoriza a segunda divisão e o andebol nacional, e claro a FAP, vai fazer por isto!
os outros clubes, não tem nem pedalada, nem investimento para uma fase com equipes da zona Norte.


Anónimo disse...

Benfica B desvirtua completamente o campeonato a Sul. Contra uns leva os melhores, contra outros leva ex-juvenis, lixam as contas de quem joga para o apuramento e depois vão à Fase Final fazer frete... Já se acabava com esta brincadeira. Se
e Equipa B pode muito bem disputar o campeonato mas o acesso à Fase Final devia ser barrado.

Anónimo disse...

No Vela Tavira, um dos grandes representantes do Andebol e do desporto mais a Sul, os resultados não aparecem.

Embora com recursos limitados, o clube é maior que os protagonistas.

Anónimo disse...

Bem continuando e só para concluir o meu comentário das 12:05...

Também sem qualquer surpresa é ler alguns comentários de pessoas que devido a algum tipo de frustração, vá-se lá saber, vêm falar de outras, escondendo-se atrás do anonimato de um computador...

Se calhar da maneira que o, ou os, "caro colega comentador" fala do Loures, quando olha para ele, tem de olhar para cima, pois bem parece que ainda tem muito que subir... Piadas a esta hora...

Passe-se bem :)

O Polvo

M.C disse...

Não que eu necessitasse de ler comentários como o que transcrevo para ter a certeza que as segundas voltas quer da sul quer da norte vão ser férteis em resultados "surpresa".
A varinha de condão irá trabalhar em força para que as equipas das regiões autónomas não voltem a ter que receber equipas continentais.

eafirmo o que dizia há uns meses, equipas da zona sul com acesso garantido á fase final:

BOA HORA
BENFICA
CAMÕES

valoriza a segunda divisão e o andebol nacional, e claro a FAP, vai fazer por isto!

Anónimo disse...

as conclusões que as equipes B, só vêm "estragar" os modestos campeonatos (em tempo de crise) está mais que constatada, ou seja são equipes com outros recursos, . Pois a FAP, ao ter este lobie dum clube grande a fazer parte duma competição de segunda, deve pensar engrandece esta competição, ERRADO!! pois este clube, que usa e abusa dos regulamentos e na pratica não traz nada de novo á competição, trás só mesmo para eles! Veja-se uma equipe que vencia tudo e todos, agora que a competição está paticamente definida, anda a fazer aquilo que dá mais jeito ao adversário A ou B! e claro que ter
numa fase final o Camões e Boa Hora...é um jeitão financeiro...a FAP e os dirigentes associativos do nosso andebol promovam limitações á participação destas equipes que tanto mal andam a fazer ás competições da segunda...

Anónimo disse...

E o Gaia continua a fomentar os seus atletas e a lançar os seus jovens jogadores. Pena o clube não ter os devidos apoios para poder proporcionar-lhes outras condições de forma a ser-lhes possível montar uma equipa com outras ambições.

Anónimo disse...

quando o blogger escreve a vermelho que no FCP-BFC "houve ocorrências disciplinares" esqueceu de referir a paupérrima arbitragem que na segunda parte prejudicou o BFC anulando inclusive um golo limpinho para empate...

mas tem sido assim em boa parte dos jogos que tenho visto... os árbitros equilibram e depois decidem.