gal vence

Liga dos Campeões Europeus Sporting Perde por 33-29 - EHF CUP FC Porto Vence vence Eliminatória, Benfica perde por 26-21, e é eliminado - Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Crónica Intermédia de Fim-de-semana – 23 – 2014 / 2015 – I

Crónica sobre a jornada que corresponde a 9.ª jornada da 2.ª volta da 1.ª Fase da Prova (20.ª Jornada). 
 
PO01 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Masculinos. 
 
Resultados
20.ª Jornada
Xico Andebol 23 – 39 FC Porto
Sporting 26 – 22 Madeira SAD
Passos Manuel 28 – 26 ABC
Belenenses 25 – 42 Águas Santas
Benfica 23 – 26 Ismai
Dia 11-02-15
GC Santo Tirso - SC Horta (21H00)
 
Mais uma Jornada parcialmente disputada, com um o adiamento do jogo GC Santo Tirso / SC Horta, adiamento que não nos custa a identificar causas, pois no dia 14, o SC Horta joga a 21.ª jornada na Maia com o Águas Santas, e desta forma poupa uma viagem, mas continuamos a dizer que não é “saudável” em termos desportivos, pois poderá existir influências em terceiros, relacionados com o Play OFF, pois não nos podemos esquecer que ficam a faltar apenas três jornadas para terminar esta Fase da Prova, que determina, quem vai ficar nos 8.º’s Lugares e estará a discutir o Play OFF, e as restantes 4 equipas a disputar o Grupo “B”, para se saber quem descerá de Divisão. Foi jornada que decorreu cheia de surpresas na nossa opinião, começando, pelos dois jogos onde os resultados foram retificados, foi aí precisamente que as mesmas se deram. Na luz disputou o Benfica / Ismai, com a equipa maiata a causar uma das grandes surpresas da jornada, conforme quando fez o meso ao vir a Lisboa vencer o Sporting. O jogo foi de grande equilíbrio, embora aos 5 minutos de jogo o Benfica vencesse por 4-1, nunca durante os primeiros 30 minutos teve uma vantagem superior a três (3) golos, no entanto chegou ao intervalo a vencer por 14-12, o que já era uma demonstração da forma como a equipa maiata vinha disposta a jogar o jogo pelo jogo. No segundo período de jogo bom reinicio do Benfica que chega aos quatro (4) golos de vantagem, aos 38 minutos, mas uma excelente reação do Ismai, bem comandados por Sérgio Caniço, leva a que aos 45 minutos de jogo, se estabeleça uma igualdade a 19 golos, com a equipa do Ismai a passar para a frente do marcador aos 48 minutos, situação que não mais perdeu, chegando a ter quatro (4) golos de vantagem á passagem do minuto 56 quando vencia por 25-21. No Benfica apesar de Hugo Figueira ter 30% de eficácia e um golo marcado, foi uma das principais figuras do jogo, sendo bem acompanhado por Tiago Pereira com 6 golos (86% de eficácia), mas a última contratação do Benfica na nossa opinião, não têm a qualidade de que a equipa necessitava. No Ismai alem do já referido Sérgio Caniço (6 golos e 60% de eficácia), teve ainda em Sérgio Martins um dos atletas mais produtivos, igualmente com 6 golos e 67% de eficácia. Mais uma vez o seu guarda-redes de origem cubana o Yusnier Giron com também 30 % de eficácia, foi dos elementos que mais contribuiu para a vitória da sua equipa. Com esta vitória, as duas últimas jornadas desta fase prova, irão ser decisivas para a definição em especial do último lugar (8.º) que dá acesso ao Play OFF, onde em nossa opinião irão estar envolvidas as equipas do Belenenses, Passos Manuel, e Ismai, sem falarmos na forte possibilidade de o 7.º lugar, que se encontra ocupado pelo SC Horta, também entrar nesta discussão, que é possível em termos matemáticos. Outra das grandes surpresas da jornada deu-se no Passos Manuel / ABC que terminou com a vitória do Passos Manuel. No pavilhão do Ginásio do Sul disputou o Sporting / Madeira SAD, com a equipa continental a confirma o resultado ocorrido na 1.ª volta, e a vencer os insulares num jogo bastante equilibrado, e onde foi notória a ausência de Bruno Moreira e de Pedro Solha no Sporting, e que teve uma extraordinária curiosidade na nossa opinião, e que foi o facto do guarda-redes do Sporting Ricardo Candeias, ter marcado três (3) golos, pensamos que é um facto inédito, pelo menos que nos recordemos. O encontro foi de total equilíbrio até cerca dos 25 minutos, quando a equipa do Sporting vencia por 9-8, para após uma retificação de processos em especial na defesa, chegando ao fim do primeiro tempo a vencer por 12-8. Uma boa entrada no segundo tempo levou a que a equipa lisboeta chegasse aos 6 golos de diferença aos 32 minutos quando vencia por 14-8, e aos 38 quando o marcador assinalava 17-11, mas neste momento a equipa do Sporting, teve uma “branca”, e esteve cerca de 7 minutos sem marcar, e sofreu um parcial de 4-0, fruto da garra e do querer e porque não do bom andebol praticado pela equipa madeirense, realizou uns segundos 30 minutos plenos de equilíbrio, terminando por sair derrotada pela mesma diferença de golos que tinha ao intervalo. No Sporting de referir a excelente prestação de Ricardo Candeias, (38% de eficácia e 3 golos), foi o homem do jogo na nossa opinião, com Pedro Portela (56% de eficácia) e Fábio Magalhães (63% de eficácia), a marcarem ambos 5 golos, mas com baixas eficácias. O agradável foi ver a maior utilização dos jovens da equipa do continente. No Madeira SAD, total destaque para o jovem central Hugo Lima com os seus 7 golos (melhor marcador da equipa e do jogo, apesar da sua eficácia também não ser relevante, 64%9, mas pelo jogo e fez jogar e ainda assistiu colegas para golo, continua a notar-se a ausência do experiente Gonçalo Vieira. No pavilhão Acácio Rosa, realizou-se o encontro Belenenses / Águas Santas, onde se esperava que a equipa lisboeta apesar de todos os problemas que a têm afetado, proporcionasse um jogo mais equilibrado, pois uma vitória para as suas cores seria “ouro sobre azul”, para manter as aspirações ao Play OFF. O Jogo terminou com a expressiva vitória do Águas Santas, que atingiu números inimagináveis, pelo menos para nós, mas a descrença que “grassa” na equipa do Restelo, com a boa exibição atacante dos maiatos resultaram, no resultado que se veio a verificar no final dos 60 minutos. O jogo apenas se manteve equilibrado até cerca dos 12 minutos, quando se verificava uma igualdade a 9 golos, a partir deste momento o Águas Santas passou em definitivo para o comando do marcador e do jogo, chegando ao intervalo a vencer por 19-15, que não era indicativo do que se passou nos segundos 30 minutos. Um excelente reinicio dos maiatos que fizeram um parcial de 5-0, definiu em definitivo o que seria o sentido do jogo, estabelecendo-se enormes diferenças no marcador que aos 55 minutos assinalava uma diferença de 17 golos (37-20 a favor do Águas Santas, precisamente a mesma que se verificou no final do encontro. Vasco Pinto com 9 golos (69% de eficácia) foi o melhor marcador do Belenenses e do jogo, onde o reforço de última hora Ivo Santos, marcou 5 golos mas com uma eficácia que já não se usa (33%), na baliza da equipa azul de Lisboa, o mis eficaz foi o “veterano” Vasco Ribeiro com27% de eficácia. O Águas Santas, com o regresso ao seu normal Telo Ferreira na baliza onde teve uma eficácia de 42%, e com Pedro Cruz 8 golos (73% de eficácia) a ser mais uma vez o melhor marcador da equipa, foi acompanhado de perto por Belmiro Alves com 7 golos (78% de eficácia), foi uma equipa onde 11 dos seus jogadores marcaram. Com este resultado a equipa maiata, igualou o Madeira SAD no 5.º lugar, assegurando imediatamente o seu lugar no Play OFF. Em Guimarães realizou-se o Xico Andebol / FC Porto, que terminou com a vitória esperada do FC Porto, continuando a equipa vimaranense sem obter uma vitória na prova. Um jogo sem grande comentários pois tanto o resultado ao intervalo 22-12 a favor da equipa do FC Porto, como o resultado final falam-se por si. Foi um jogo onde a superioridade portista nunca esteve em discussão e comandou o jogo e o marcador durante os 60 minutos, e que permitiu ao seu técnico uma completa gestão do plantel, com 14 jogadores a marcarem golos, e a dar-se ao ”luxo” de inscrever apenas um guarda-redes o que é inédito, Alfredo Quintana com uma eficácia de 58%, sendo desta vez o cubano Daymaro Salina o melhor marcador da equipa com 8 golos (80% de eficácia). No Xico Andebol O reforço Pavic apesar dos seus 5 golos, ser o melhor marcador da equipa mas com uma eficácia de penas 50%. De assinalar, com verdadeiro agrado o facto de até ao momento, nesta jornada não se terem verificado ocorrências disciplinares em nenhum dos jogos
 
Passos Manuel 28 – 26 ABC
 
Uma das maiores surpresas da jornada, estava reservada para quem assistiu a este encontro e esperava um domínio absoluto da equipa minhota, sobre o Passos Manuel. Foi um encontro disputado com muita emoção, mas algumas vezes toldou a técnica, pois não foi um primor de andebol, tantas foram as falhas técnicas verificadas ao vivo, em especial os maus passes e as decisões muitas vezes desajustadas a situação de jogo. Tanto o ABC como o Passos Manuel, se apresentaram “macios” em termos defensivos permitindo muito espaço aos atacantes, e só passados cerca de 12 minutos e jogo o ABC imprimiu uma saudável agressividade em termos defensivos e uma maior rapidez na execução dos seus ataques. O Passos Manuel, que nos fez recordar o Passos de alguns anos atrás, jogou sempre no limite do jogo passivo, sabendo dosear as suas ações e impondo o ritmo que mais convinha á sua equipa e que o ABC, na maior parte das vezes não soube contrariar, mas cometendo muitas falhas em termos de passe, em especial nas tentativas de meter a bola no pivot nos 6 metros, refira-se desde já a boa prestação de David Pinto nesta função, com 5 golos e 71% de eficácia. O Passos Manuel surgiu nos segundos 30 minutos mais agressivo no ataque o que lhe rendeu, pois rapidamente passou de estar a perder ao intervalo, embora pela diferença mínima 15-14, para a situação de vencedor por 16-14 cerca dos 34 minutos, com o ABC a entrar muito mal no início do segundo período de jogo. A maior diferença de golos do ABC foi de três (3) golos aos 28 minutos (14-11), enquanto o Passos Manuel, chegou a ter uma diferença de quatro (4) golos aos 38 minutos (20-16). O ABC sempre que esteve em inferirodade numérica utilizou o falso guarda-redes (Pedro Seabra Marques), mas sem qualquer resultado prático (na nossa opinião). O grande “herói” do jogo acaba por ser o guarda-redes Miguel Espinha (48% de eficácia) do Passos Manuel, que fez defesas impossíveis e em momentos decisivos, com foi aquela que se verificou aos 59 minutos quando o marcador se encontrava em 28-26 a favor do Passos Manuel. Com este resultado o Passos Manuel, é uma das equipas ainda mantêm esperança em atingir os Play OFF. Pedro Sequeira com 8 golos (57% de eficácia), juntamente com Belone Moreira que apenas marcou 4 golos, mas fez inúmeras assistências foram na nossa opinião os elementos mais preponderantes da equipa lisboeta. Na equipa do ABC onde o seu guarda-redes Humberto Gomes (25% de eficácia), têm muitas razões de queixa da forma como a sua equipa defendia, Destacaram-se Nuno Grilo com 8 golos e melhor marcador da equipa (53% de eficácia), pela forma e pela rapidez que tentou imprimir ao jogo da sua equipa, sempre bem acompanhado por Pedro Seabra Marques que apenas marcou 2 golos mas que tudo tentou em termos atacantes para levar a sua equipa para a frente. Dirigiu o encontro a dupla IHF de Leiria Ivan Caçador / Eurico Nicolau, que estiveram coerentes durante os 60 minutos, tanto na aplicação da lei da vantagem como na sanção progressiva, como nos 7 metros, na nossa opinião apenas uns passos, e uma faltado atacante aos 48 minutos passaram claro. Uma atuação ao seu nível, na nossa opinião. 
 
A classificação, ficou assim Ordenada: 1.º FC Porto (58 Pontos), 2.º Sporting (54 pontos), 3.º ABC (51 pontos), 4.º Benfica (49 pontos), 5.º Águas Santas e Madeira SAD (40 pontos), 7.º SC Horta (36 pontos, - 1 jogo), 8.º Belenenses e 9.º Passos Manuel (35 pontos), 10.º Ismai (34 pontos), 11.º Santo Tirso (23 pontos, - 1 jogo), 12.º Xico Andebol (21 pontos). 
 
O Banhadas Andebol

14 comentários:

Anónimo disse...

O estado da equipa do Belenenses é mediocre. Parabéns à nova direção, destruiu tudo o que foi feito de bem. Esperemos que ainda assim consigam chegar ao oitavo lugar.

O Benfica continua muito mal. Perder com o ISMAI em casa? Onde já se viu! Precisa de mudar tudo, apesar do treinador não fazer omoletes sem ovos... equipa fraca

Anónimo disse...

No grande Benfica a mudança deve ser profunda. Há condições de trabalho, gente competente e dimensão para ser ganhador e europeu.

A mudar: o perfil do coordenador técnico, alguns jogadores, de escolha duvidosa, a estratégia da formação e a mentalidade.

Profissionalismo máximo e responsabilizar quem lidera.

Anónimo disse...

Resultados muito extranhos !!!!!!
Cheira-me a arranjinhos não só para os lugares de cima como para as descidas de divisão...
Primeira conclusão: Tiraram o "tapete" ao Santo Tirso está definitivamente na 2ªdivisão.
O futuro a curto prazo nos vai mostrar isso mesmo.

Anónimo disse...

Cit "Mais uma Jornada parcialmente disputada, com um o adiamento do jogo GC Santo Tirso / SC Horta, adiamento que não nos custa a identificar causas, pois no dia 14, o SC Horta joga a 21.ª jornada na Maia com o Águas Santas, e desta forma poupa uma viagem, mas continuamos a dizer que não é “saudável” em termos desportivos, pois poderá existir influências em terceiros, relacionados com o Play OFF, pois não nos podemos esquecer que ficam a faltar apenas três jornadas para terminar esta Fase da Prova, que determina, quem vai ficar nos 8.º’s Lugares e estará a discutir o Play OFF, e as restantes 4 equipas a disputar o Grupo “B”, para se saber quem descerá de Divisão."

Sem qualquer irregularidade. Saúde financeira sem influenciar verdade desportiva!!!

Anónimo disse...

Qual é o clube qual é que já não paga há vários meses, apregoa ao exemplo diretivo que exerce, apregoa ao brio dos atletas,que já obrigou atletas a desistir ppor falta de pagamento....qual é qual é? E que agora não quer deixar atletas sairem para outros clubes com ameaças!! Adivinham onde se passa esta pouca pouca vergonha? AsS: Pastel de belém!

Anónimo disse...

Resultados anromais mas desportivamente de saudar e prnicpalmente ás equipas com menos valias orçamentais e se batem por resultados positivos contra os tradições vencedores, recordo os Clubes e seus treinadores, Passos Manuel(João Comédias, Ismai(Ricardo Costa).
Como ABC fiquei mesmo triste e aborrecido com o resultado do ABC depois da vitória categórica sobre o Benfica.
Benfica que continua a apresentar sintomas de "gripe colectiva" quer a nivel de dirigentes, treinadores e jogadores...
Boas arbitragens que se sauda!

Anónimo disse...

há que dar os parabéns aos novos orgãos sociais do belenenses pelo o mágnifico trabalho que tem levado a cabo desde a sua tomada de posse... conseguiram destruir a "miserável" organização do andebol, dois atletas importantes da equipa sénior e três treinadores da formação por incumprimentos salariais, cerca de 7 atletas da formação também sairam para clubes rivais - muito provalvemente os melhores da formação... estou curioso para ver até quando é que o plantel senior irá sacrificar-se em prol de uma direcção que promete muito e nada faz...

Anónimo disse...

O belém passou a ser um clube familiar, o lirico, o pai do lirico, o irmão do lirico, tinhamos corrido com eles há uns anos agora voltaram com a vontade de destruir,porque não sabem fazer mais nada, vamos ver onde isto vai chegar. Paguem aos jogadores e a toda a estrutura porque quem lá estava, apesar de não os querer lá, tinham tudo em dia. Com pessoas capazes no meu Belém escolheram estes mentirosos e arruaceiros

Anónimo disse...

Anónimo 5 Fevereiro com todo o respeito quis o Sr dizer boas nomeações e excelente visão daquilo que se passa na Modalidade .....

Anónimo disse...

A crónica do banhadas está incorreta no que diz respeito ao jogo do FCPORTO.Na realidade o clube jogou com dois guarda-redes.QUINTANA e ANDRÈ MAGALHAES,que inclusivamente teve tempo de jogo.

Anónimo disse...

Saude-se alguma perda de peso do apitador Nuno e seu soldado ajudante. Ao ver o jogo Sporting-madeira sad mais uma vez se sentiram os critérios diferenciados. Todos sabem que há um clube que nunca prejudica. Todos menos o CA da FAP! Num campeonato que todos sabem que quem vai ganhar é o F. C. Porto e que quem vai descer é o Gin. Sto Tirso e Xico valha-nos a competitividade para alguns lugares. Para os que fizeram o funeral ao Sporting notem que ontem mais uma vez subiram ao palco juniores e ex-juniores e mostraram qualidades. Haja tempo e eles lá vão aparecer.

Anónimo disse...

Continua a debandada nos pasteis de Belem.

Correram com mais de uma equipa de jogadores, incluindo os 2 angolanos. Isto para não falar da formação. Ou do técnico de equipamentos. Que miséria.

Quem ainda fica ou é masoquista, ou do clube, ou familiar dos directores.

Já o Sporting pode continuar a sonhar com o título a jogar assim. Deve ser discutido entre Porto, ABC e Sporting.

Luta excelente pelo oitavo lugar, vai ser até à última.

E já agora, que haja umas surpresas na taça para alegrar a nossa modalidade

Anónimo disse...

O novo director do Belém diz que foi internacional..........hahahhahha coitadinho é mesmo mentiroso, já ninguém acredita nele no plantel.
O pai é diretor de recursos humanos, ou seja deve ser ele que anda a correr com os jogadores para não pagar.cambada de tristes que não apareciam no pavilhão há 10 anos.
Lirio volta para o inatel, ups é verdade foste corrido da equipa, porque terá sido???

Anónimo disse...

Muito contente pelo meu Sporting principalmente pelo ótimo trabalho coordenado pelo Frederico Santos gosto muito de o ver apostar nos nossos jogadores juniores penso até que a lá mais 2 prontos para darem o salto como e o caso do pivot e do lateral direito .Da maneira como isto está o caminho e sem dúvida a formação