gal vence

Fim de Semana com as Super Taças - Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

domingo, 11 de junho de 2017

PO06 Fase Final – 2016 / 2017 - VI

Última cronica ligeira sobre a Fase final desta prova, que foi disputada no mesmo formato competitivo, da época anterior. Desta feita sem representação das Regiões Insulares.

SPORTING CAMPEÃO NACIONAL
(Sucede ao Águas Santas)
PO06 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Juvenis Masculinos
Fase Final

6ª Jornada
Dia 10-06-17
Sporting 30 - 26 ABC
Alto Moinho 41 - 29 Colégio Carvalhos

Descem de Divisão - CA Penafiel, AC Lamego, IFC Torrense, e 1.º Dezembro.

A 6.ª e última jornada agora disputada, correspondente á 3.ª jornada da 1.ª volta, tal conforme tínhamos dito na crónica anterior decidiu a atribuição do Titulo Nacional, e infelizmente desta feita faltou algum bom senso por parte de quem nomeias. Esta jornada que nos deu mais um resultado que nos surpreendeu (Alto Moinho / Colégio Carvalhos), foi uma jornada onde ambos os resultados, foram alterados em relação ao verificado na jornada homóloga da 1.ª volta, sendo no entanto mais uma Jornada disputada sem ocorrências disciplinares. No entanto foi uma jornada com uma novidade, pois existiu um jogo em toda a prova com Delegado ao jogo, e curiosamente foi precisamente nesta jornada, mais uma vez critério incompreensível de quem nomeia. No jogo disputado no pavilhão Fernando Tavares, entre o Sporting e o ABC, que iria decidir o Título Nacional, perante uma excelente assistência, o sporting comandou praticamente o marcador durante os 60 minutos, embora o maior diferencial apenas se registasse nos últimos momentos do encontro, e está refletido no resultado final, pois durante o encontro nunca conseguiu ultrapassar os 3 golos de vantagem, precisamente aquela que existia ao intervalo (16-13), mas com o ABC sempre a reagir de forma positiva, chegando por diversas vezes à diferença mínima, como por exemplo 12-11, ou 22-21, e chegou á igualdade a 24 golos, para então o Sporting, colocar-se em definitivo na frente do marcador até ao final do encontro, e com esta vitória, sagrar-se Campeão Nacional da Categoria. Salvador com 7 golos, Rafael Paulo e João Guerreiro, ambos com 5 golos cada foram os melhores marcadores do Sporting. No ABC, Diogo Duarte, Tomas Teles, e Francisco Silva, todos com 5 golos cada, foram os seus melhores marcadores. No Alto Moinho, disputou-se o Alto Moinho / Colégio Carvalhos, onde se registou a primeira e única vitória dos locais e logo por números que surpreenderam toda a gente (pelo menos a nós), a equipa local, que tem vindo nas últimas jornadas a demonstrar uma nítida subida de forma, comandou o jogo e o marcador durante os 60 minutos de jogo, construindo um resultado no primeiro tempo, que definiu o que seria o resto do encontro, ao chegar ao intervalo a vencer por 23-13. O Colégio Carvalhos ainda inicia o segundo tempo com uma boa reacção diminuído a diferença para somente 6 golos (24-18, e 26-20), mas a partir daqui os locais regressaram ao seu normal ritmo de jogo e voltaram às diferenças que tinham adquirido e ainda aumentaram a mesma até ao resultado final. No Alto Moinho com 11 atletas a marcarem golos, Victor Talmazan com 11 golos, e Gonçalo Nogueira com 6 golos foram os seus principais marcadores. No Colégio Carvalhos, Pedro Barbosa e Rafael Ferreira, ambos com 9 golos cada, foram os seus melhores marcadores.

Classificação Final – 1.º Sporting (16 pontos), 2.º ABC (13 pontos), 3.º Alto Moinho (10 pontos), 4.º Colégio Carvalhos (9 pontos).

O Formador

15 comentários:

Anónimo disse...

Parabéns ao Sporting e Benfica campeões nacionais de Juniores e Juvenis caso rato nas ultimas década!
O Andebol mesmo da formação está a mudar de lugar do Norte para o Sul!
Com a revolução iniciada pelo ABC em 84/85 com continuada pelo Porto esse Ciclo terminou em 16/17.
Os responsaveis do andebol do norte devem reflectir e entender os erros cometidos que levou a perda dos títulos de Seniores, juniores e Juvenis!
José silva

Anónimo disse...

Só passei por aqui para ler os comentários a denegrir a formação do Sporting... Parece que os mal dizentes ficaram na toca...

Parabéns à equipa do Sporting.

Anónimo disse...

Parabéns ao SCP, que demonstrou durante a época ser a melhor equipa

Anónimo disse...

O Sporting deixou de apostar na formação? Talvez... mas sejamos realistas. O que dá? O Sporting foi campeão. Pode é não conseguir aguentar a pressão ou os gsatos em modalidades que não, enchem pavilhões nem por metade! O Porto nunca ligou á formação, preferindo naturalizar Cubanos e ter os assobiadores na mão! Chegaram a gozar connosco por dermos campeões nacionais de juvenis e juniores. Presos por ter Leão e não comprar Leão. O Volleibol do Benfica chegou a ter metade da equipa com estrangeiros e falhar na decisão de play-off! Não houve escandaleiras. Aconteceu.

Anónimo disse...

Há cérebros e cérebros. Ainda há homens da pedra lascada em Portugal! Conta é o meu clube ou o meu bairro. A minha associação etc... etc... mas será que ao nascerem os seres humanos já são rotulados? Se num ano alguns jogadores aparecerem num clube ou pagarem-lhes mais, é natural que esse clube tire dividendos. Mas não admira! Há um país em que um clube é o dos Católicos e outro dos Protestantes. O desporto será apenas uma guerra disfarçada?

Anónimo disse...

Equipa do Sporting ou selecção do Sporting?...Qual é o mérito de ganhar com uma equipa de jogadores seleccionados a dedo? 1 vindo do Sismaria, 3 do Alto Moinho, 2 de Samora Correia, 2 do Boa Hora, 1 do Benfica...é isto o trabalho de formação do Sporting?...a formação do Sporting são 4 ou 5 desta equipa mais todos os outros da equipa B que nem em 1º na 2ª divisão ficaram! Nestes moldes o Sporting não fez mais que a sua obrigação.

Anónimo disse...

12 de junho de 2017 às 09:18
só apareceu o caro amigo para dizer mal do que nao foi dito!

Anónimo disse...

Um rennie para o anónimo das 14:37 sff.

Anónimo disse...

O que o senhor das 14h37 disse foi alguma mentira?

Anónimo disse...

O que o senhor das 14:37 disse é um facto e não há como negá-lo.
Parabéns ao Sporting por ter seleccionado um bom grupo de jogadores.
Parabéns às outras equipas por terem produzido para o andebol esses jogadores.
E no meio disso tudo parabéns ao Alto Moinho que mesmo sem esses jogadores que sairam para o Sporting conseguiram ficar em 3º lugar, mantendo-se competitivos.

Anónimo disse...

É muito giro quando é com os outros. Porque não se fala então dos juniores do Benfica?
É mais que natural esta concentração. E ainda bem que assim é. Formar no andebol parece que é ter de encontrar um bambi a saber jogar e segurá-lo até aos seniores. Então por exemplo os atletas do Samora? O salvador joga no Sporting desde os infantis. Já não é formação do sporting?
Há muita dor de cotovelo. Acima de tudo, começa a diminuir a ideia que só no norte é que se joga. Por exemplo, na segunda divisão de juvenis pelo segundo ano consecutivo sobre a equipa mais a sul na fase de apuramento.
Parabéns, Sporting. Não só pela conquista como pela formação exemplar de jogadores.

Anonimo disse...

Interessante as opinioes dos sportinguistas. Na verdade a equipa e uma seleção regional. Assim e fácil ganhar títulos. Mesmo assim tivesse o Alto do Moinho ter disponíveis a totalidade dos jogadores na primeira volta como teve na segunda e talvez o titulo de campeão nacional rumasse a margem sul. E aqui sim. Com jogadores exclusivamente da sua formacao

Anónimo disse...

Quem lê os comentários das pessoas do Alto Moinho, parece que são arianos e fecham as portas a quem seja do Ginásio do Sul, Almada, Torrense, Quinta Nova, António Gedeão, etc.

Anónimo disse...

Sr. do comentário 13 de junho de 2017 às 22:37

Existe 2 diferenças um é o tudo o que mexe o Sporting anda atrás e alicia, a outra é um clube que não fecha as portas a ninguém e não alicia jogadores, trabalha-se com a prata da casa o que vier por complemento é bem vindo.

Anónimo disse...

A sorte do Alto Moinho é ter o treinador que tem que é capaz de ser o melhor treinador de juvenis do país