gal vence

Fim de Semana com as Super Taças - Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

sábado, 3 de junho de 2017

PO20 - Taças de Portugal Seniores Masculina - 2016 / 2017 – XIV - Final Four

Iniciou-se a disputa da Final Four da Taça de Portugal (1/2 Finais e Final), na Cidade de Fafe numa organização conjunta da Edilidade e da Federação, no pavilhão de Multiusos de Fafe. Apenas temos de lamentar os horários pois os mesmos foram praticamente coincidentes com a Final Four da Liga dos Campeões Europeus, e que foi transmitido para Portugal, as nossas datas deveriam provavelmente ter sido outras. Pela positiva de destacar que os jogos foram disputados sem qualquer ocorrência disciplinar.

Felizmente que a Federação disponibilizou as estatísticas dos jogos.

PO 20 – Taça de Portugal Seniores Masculinos

Recordamos apenas as equipas que estão presentes na Final Four: FC Porto, Sporting, ABC, e AA Avanca (uma estreia).

Resultados

1/2 Final
Dia 03-06-17
AA Avanca 21 – 24 Sporting
FC Porto 22 – 23 ABC                        
Final
Dia 03-06-17
Sporting – ABC (17H00) TVI24

A Prova iniciou-se com a disputa da primeira 1/2 Final, entre a AA Avanca e o Sporting, jogo que merecia e se esperava maior presença de publico, e que foi um jogo de grande equilíbrio, confirmando a AA Avanca o seu valor, e o porquê de estar presente nesta Final Four, de tal forma começou o encontro que fez um parcial de 3-0 a seu favor, para de seguida sofrer um parcial de 5-0, que colocou a equipa do Sporting, na frente do marcador por 5-3, quando estavam decorridos cerca de 10 minutos de jogo, diga-se desde já que a diferença de dois (2) golos, foi a partir deste momento e durante os primeiros 30 minutos a maior diferença que alguma das equipas teve, pois aos 24 minutos de jogo a AA Avanca vencia por 10-8, para o intervalo chegar com uma igualdade a 12 golos, o que é plenamente demonstrativo do equilíbrio que se verificou. Temos de destacar não só pela sua prestação desportiva no primeiro tempo mas durante os 60 minutos de jogo, os dois guarda-redes, Asanin (36% de eficácia) pelo Sporting e Luís Silva (37% de eficácia) pela AA Avanca que estiveram simplesmente fantásticos, que pena a FAP, não ter elaborado estatísticas. No segundo tempo o equilíbrio manteve-se totalmente durante a maior parte do tempo de jogo, embora as faltas técnicas tenham ao longo de todo o encontro sido “mais que muitas”, e o Sporting, começar a demonstrar algum cansaço, a AA Avanca esteve por várias vezes na frente do marcador, como por exemplo 17-15 aos 42 minutos de jogo, para aos 55 minutos de jogo, termos uma igualdade a 19 golos, e de seguida o Sporting, assumiu em definitivo comando do marcador até final do encontro, tendo a maior diferença de todo o encontro sido registada a 30 segundos do fim do encontro quando o marcador assinalava, 24-20 a favor da equipa do Sporting. De destacar neste encontro além dos nomes de que já falamos a qualidade de Carlos Ruesga (3 golos, 60% de eficácia) no Sporting, e de Igor Zabic (5 golos, todos de 7 metros, 100% de eficacia), mas em especial a entrega e a qualidade do jovem Edmilson Araújo (2 golos, 50% de eficácia)), quer a defender, quer a atacar, e ainda uma referência ao regressado Frankis Carol (3 golos, 50% de eficácia)). Na AA Avanca, destaca-se a grande qualidade e o grande jogo que realizou o jovem Miguel Batista (5 golos, 50% de eficácia), que juntamente com Pedro Valdez (5 golos, 56% de eficácia), além de tudo foram os melhores marcadores da equipa, mas nunca poderemos esquecer a abnegação e garra que coloca no jogo Nuno Carvalho (3 golos, 50% de eficácia), que foi um autêntico “moiro” de trabalho no meio das torres da defesa do Sporting. O Jogo foi dirigido pela dupla bracarense constituída por Alberto Alves e Jorge Fernandes, que realizaram uma arbitragem simplesmente desastrosa na nossa opinião, e que foram a pior equipa em campo, e foi pena.

A segunda 1/2 Final, foi um clássico do Andebol Português e colocou frente a frente o FC Porto e o ABC, com um pavilhão razoavelmente composto, e que após um jogo de grande equilíbrio terminou com a vitória do ABC, com um golo obtido nos últimos segundos do encontro por um dos melhores jogadores em Campo, Pedro Seabra Marques (7 golos, 58% de eficácia). O equilíbrio foi evidente, embora nem sempre bem jogado, mas com poucas falhas técnicas, e jogado a uma velocidade relativamente baixa, o ABC comandou durante mais vezes o marcador, chegando a três golos de vantagem aos 11 minutos de jogo, quando vencia por 6-3, depois de diversas igualdades o intervalo chega com o ABC a vencer por 12-11, o FC Porto a igualar o encontro a 15 golos aos 39 minutos por Morales (2 golos, 33% de eficácia), seguindo-se diversas situações de igualdade e alternância no marcador, chegando-se a10 segundos do fim com uma igualdade a 22 golos, e com um dos melhores jogadores do encontro, a marcar o golos da vitória, após um oportuno time-OUT solicitado pelo seu técnico. Neste encontro, dever-se salientar na equipa bracarense o seu experiente guarda-redes Humberto Gomes (29% de eficácia), e Pedro Spínola (6 golos, 60% de eficácia), que juntamente com Hugo Rocha (6 golos, 75% de eficácia – 3 de 7 metros), foram na nossa opinião preponderantes para o jogo esclarecido e pausado que a sua equipa executou. No FC Porto além de Alfredo Quintana (45% de eficácia), devemos salientar a qualidade de jogo de Rui Silva (3 golos, 60% de eficácia), e de Gustavo Rodrigues (3 golos, 75% de eficácia), em especial, numa equipa que teve 10 jogadores a marcarem golos.. Não esquecer uma palavra para André Gomes, que na nossa opinião esteve em dia não, e ao mesmo tempo dizer que o ABC apesar do seu curto plantel, esteve tecnicamente bem, enquanto o FC Porto, tudo fez para poder levar de vencida o encontro. A Arbitragem esteve a cargo da dupla aveirense constituída por Mário Coutinho e Ramiro Silva, que em nossa opinião pecaram em especial em algumas faltas do atacante na lei da vantagem, pois no resto ninguém se pode queixar do critério.

Noticias

18 comentários:

Anónimo disse...

Ricardo Costa: quem é que não te deixou ganhar esta meia final e o acesso à final?
Seria bom que o dissesses com clareza e sem equívocos ou pressões!Colocar a culpa em terceiros, sem humildade (desprezaste logo à partida o adversário com a s tuas afirmações....)é dificil! sabes quem et derrotou? Os jogadores que do outro lado foram sempre lutadores e humildes...e um treinador que mais uma vez te deu taticamente 10:0.....
Afinal não perdeste em braga por acaso...

Anónimo disse...

Mas que grande exibição do ABc...com u plantel bem mais curto e claramente desmotivado deu cartas em qualidade tecnica, abnegação, humildade...E sim, em POrtugal deve andar tudo a dormir, incluindo o ABc...SEabra. Enorme...É certo que le tem mais que fazer e não vive do andebol...

Anónimo disse...

ENORME SEABRA...Que jogo para recordar!!!!

Anónimo disse...

Ricardinho, desta vez a culpa foi de quem, não digas que foi minha, que estava na bancada, e ainda por cima sou do Porto.

Anónimo disse...

O Porto já protestou o jogo?

Anónimo disse...

Pois.... Que desculpa inventara agora o "treinador" do FCPorto que tinha achado esquisita a derrota em Braga? De quem foi a culpa, desta vez? Do DDT - Dono Disto Tudo - que já não é tão dono como dantes? É assim, senhor Jose Magalhães? Dois anos sem ganhar nada? Tem que falar com o seu amigo da federação, já lhe estão a perder o respeito.

Anónimo disse...

Última hora: o porto vai protestar o jogo com o ABC alegando que houve 10 livres de sete metros não marcados a seu favor e 10 golos irregulares do ABC. Para além disso afirmam ainda que o corte de cabelo do Carlos Resende vai contra os regulamentos da federação!

Anónimo disse...

O Ricardo Costa, "treinador" do F.C. Porto, não entende nada....
"“Não consigo perceber, quando estamos seis contra quatro, não consigo entender a falta que os árbitros assinalam quando pas- sávamos para a frente, não con- sigo entender o golo que anulam ao Alexis [Borges], não consigo entender que após o ‘time out', os árbitros levantem o braço após cinco segundos, quando o ABC esteve o jogo todo a prepa- rar os ataques por 20 ou 30 se- gundos. Voltámos a ser forte- mente penalizados na parte final”. (SIC)

Anónimo disse...

TAÇA DE PORTUGAL
NOMEAÇÕES:
AVANCA-SPORTING
"O Jogo foi dirigido pela dupla bracarense constituída por Alberto Alves e Jorge Fernandes, que realizaram uma arbitragem simplesmente desastrosa na nossa opinião, e que foram a pior equipa em campo, e foi pena."BA
ABC-PORTO
"A Arbitragem esteve a cargo da dupla aveirense constituída por Mário Coutinho e Ramiro Silva, que em nossa opinião pecaram em especial em algumas faltas do atacante na lei da vantagem, pois no resto ninguém se pode queixar do critério." BA
MEU COMENTÁRIO:
Competição forte curta intensa a eliminar!
Equipas treinadores publico presente e desportista.
Nomeações das Duplas da 3ª Divisão(havia duplas internacionais IHF, EHF a descansar! por decisão do Pres. Conselho de Arbitragem António Marreiros porque?
Brincar as nomeações e estar presente nos jogos!!!!


Anónimo disse...

Os delegados da FPA e mesa com excepção do António Goulão eram tb de nível regional!

Anónimo disse...

"Rui Silva descarregou a fúria num pontapé na bola e nas cadeiras do banco de suplentes" (In A Bola) - não ganha juízo, este menino mimado. Mais importante que saber ganhar é saber perder.

Anónimo disse...

A federação foi sempre controlada por BRAGA, só mesmo quem não é do andebol não sabe isto. Este ano o Sporting tinha de ganhar até porque havia a ameaça sportinguista de abandonar a modalidade. Para o ano é ano do Benfica. Em Portugal a equipa que ganhou mais jogos não ganha o campeonato??? Por isso somos os maiores??? Por isso estamos sempre nas fases finais de campeonatos da europa e do mundo????? Entretanto somos a modalidade coletiva mais cara para os clubes e respetivos agentes. Os árbitros financiam as provas porque não recebem! Os órgãos da FAP passeiam vaidades e tomam as decisões em função co compadrio existente ,diga-se há muito tempo instalado. Nas seleções espera-se mudança radical de atitudes, nomeadamente melhor observação sobre o real valos dos atletas e não a convocatória feita pelos amigos....Derrete-se imenso dinheiro em deslocações e estadias dos dirigentes da FAP sem objetivo visível. Enfim, continuamos cada vez mais na mesma e batemos palmas. Um dia destes seremos todos chamados a resolver o buraco financeiro da FAP.

Anónimo disse...

O Porto agora é aquele clube a que todos querem ganhar e , que algo acontece sempre contra a equipa. Desta vez foi uma falta atacante a segundos do fim. Tantos casos com tanta disparidade como foi o Benfica-Porto dão que pensar. Mas faz ainda mais pensar donde sai o financiamento da equipa do Sporting que, todos dizem ser a mais cara de sempre do andebol nacional. Mas como manter ordenados que alguns futebolistas de pr.div. não ganham, se os pavilhões onde jogam os ditos Leões estão vazios? O mesmo já tinha acontecido no Hóquei patinado. E ainda se fala em abrir ou reabrir, a sec. de Vólei? Quanto ganham Ruesga o mais bem pago e Asanin, Bojovic, Zabic, Kopco, Nicsevik e Cudic? Ainda há Oneto que nem tem jogado e C. Carneiro e Pedroso que sabendo-se estarem a acabar carreira, foram negociados acima do normal. O realizador Zupo quanto ganhava se tinha vindo do Qatar? Há aqui um grande mistério!!! O POrto está mais fraco. Joga com dois jogadores a menos H. Santos e R.Moreira mas, porque fraqueja? Costa já é detestado assumidamente por alguns jogadores! O público em surdina pede que se vá embora. O que se passa? Quando vai a Federação tomar medidas quanto ao vencedor do campeonato ou, repetição d tão suspeito Benfica-Porto, com regras diferentes no último minuto?

Anónimo disse...

PARABÉNS Á NOSSA FAP PELO CAMINHO ESCOLHIDO PARA O ANDEBOL. DÁ GOSTO SABERMOS QUE AINDA NÃO HÁ CAMPEÃO! DÁ GOSTO A ESCOLHA DE ARBITRAGENS MAIS QUE SUSPEITAS PARA JOGOS DE DECISÃO DO AND 1. E DEVIAM SER LOUVADOS PELA ESCOLHA DE HORÁRIO DA FINAL DA TAÇA, Á MESMA HORA DA FINAL CHAMPIONS LEAGUE! FAZEM TUDO PELO BEM DA MODALIDADE, SÓ FALTA SABER O QUE NÃO FAZEM. INCRÍVEL COMO DINHEIRO DOS PORTUGUESES É BEM GERIDO!

Anónimo disse...

Cada vez mais há decisões a favorecerem a tal grande equipa do Sporting que, agora já vence tudo. Será que a FAP está a apostar em quem tanto apostou no investimento estrátosferico? Convém ao andebol não é? Podiam era dar menos nas vistas...

Anónimo disse...

4 de junho de 2017 às 10:43
anónimo como convém!
Mais vale estar calado do que dizer coisa sem nexo misturar organização, jogo, treinadores, jogadores e país geográfico.
Ontem 2 excelentes jogos com péssimas arbitragens, alem de desequilibradas foram os piores em campo!
Boas finais no Feminino e Masculino mas o fim de semana foi muito mal escolhido no dia da Final Four da Taça dos Campeões em Colónia.
O Capataz do nosso andebol mais uma vez a trabalhar bem no bastidor e no dia dos jogos está na feira a vender peúgas!
Abraço
Jorge Camelo

Anónimo disse...

Quando se perdiam títulos no Dragão por "violações" de área ou quando o Salina e Amigos distribuiam fruta era tudo óptimo. Arbitragens top.
Agora tudo incomoda, os salários, o corte de cabelo do nikcevic, ou a luta que o ABC dá ao Porto.
Tá bem. O facto do FCP perder jogos em série pelo segundo ano seguido nesta fase da temporada, coincidências.
E os cubanos, mais Matic ou Carrillo? São pagos em torresmos e Compal?

Anónimo disse...

Pedro Seabra Marques grande jogador!! Escandaloso não ter sido convocado para a seleção...