gal vence

Euro Sub-17 Femininos (Lituânia), Portugal Campeão Europeu após vencer a Lituânia 25-24 - Mundial Sub-19 Masculino Portugal vence Japão por 34-26 e fica em 7.º Lugar - Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

domingo, 13 de abril de 2014

PO23 - Taça de Portugal Seniores Femininos – 2013 / 2014 – XII

MADEIRA SAD VENCE TAÇA DE PORTUGAL FEMININA
16.ª CONSECUTIVA 
Realizou-se hoje (13-04-14), o jogo da Final da Taça de Portugal Seniores Femininos. Dando desta forma cumprimento a uma decisão da FAP, que se iniciou na época passada, de realizar em simultâneo e no mesmo local da Masculina a final desta prova o que se saúda.
 
Uma nota especial (que se saúda) para a transmissão dos jogos pela Andebol TV (parece-nos finalmente que o projeto começa a dar os desejados frutos) e Bola TV. Apenas gostaríamos de chamar a atenção do locutor de que no Andebol, não existem cantos, mas sim reposições de bola.
 
Resultado - Final
 
Madeira SAD 29 – 26 Alavarium  
 
Foi uma final disputada no Pavilhão do Águas Santas, que se encontrava com uma excelente moldura humana para o feminino. As duas equipas que apresentam processos de jogo algo dissemelhantes, pois enquanto a equipa do Madeira SAD, é mais madura e utiliza bastas vezes as suas pontas e em especial os 6 metros, no processo atacante, o Alavarium, aproveita a sua juventude, coordenada pela experiente Ana Seabra, e utiliza preferencialmente a força da sua meia distância, não tendo qualquer rentabilidade nas suas pontas, e isso foi um dos factos relevantes no jogo de hoje, onde para culminar esteve na baliza do Madeira SAD, uma jovem de nome Isabel Góis que realizou uma sensacional exibição sendo na nossa opinião e não só a grande responsável pela vitória da sua equipa. O jogo que começou com uma clara superioridade da equipa insular que apenas durou 6 minutos, para depois ser de equilíbrio constante até cerca dos 23 minutos (10-9 a favor do Madeira SAD), para depois a equipa Insular se colocar na frente do marcador em definitivo e chegar ao intervalo a vencer por um diferencial de 3 golos (14-11). Os segundos 30 minutos foram uma confirmação dos processos já descritos, com a equipa madeirense sempre no comando (chegou a 5 golos de diferença, que foram o máximo aos 40 minutos 19-14), com a jovem equipa do Alavarium a “correr” sempre atrás do prejuízo. Obrigando o seu técnico a fazer a troca de guarda-redes, entrando Andreia Madail, que também realizou um bom trabalho, permitindo por diversas vezes que a sua equipa se aproximasse no marcador e aos 51 minutos quando o marcador registava 21-10 a favor das madeirenses “pairou” no pavilhão a esperança numa reviravolta, que nunca se chegou a concretizar, porque na baliza contrária estava uma jovem de nome Isabel Góis, que retirou todas as esperanças ao Alavarium apesar da tenacidade posta em campo. O Jogo terminou com um justo vencedor num encontro sem casos. No Madeira SAD além de Isabel Góis, destaca-se a excelente exibição de Ana Andrade (7 golos) e de Claudia Aguiar (5 golos), que diferença de um jogo para o outro, mas não nos podemos esquecer da Renata Tavares (5 golos), tanto a defender como no seu posto especifico de pivot. No Alavarium que teve na baliza uma Diana Roque, que na nossa opinião falhou alguns lançamentos para o contra ataque, mas que não tinha estado mal, mas que foi substituída com vantagem por uma Andreia Madail, cheia de garra e de vontade que esteve também bem, Teve na veterana Ana Seabra uma das suas melhores jogadoras, apesar de apenas marcar 2 golos, e contou com as suas jovens rematadoras Mónica Soares (7 golos) e melhor marcadora da equipa mais uma vez e Mariana Lopes (5 golos), nunca nos podendo esquecer do trabalho da jovem Ana Neves (4 golos). Dirigiu a final a novel dupla EHF, constituída por Vânia Sá e Marta Sá, que na nossa opinião produziram um trabalho bastante positivo, em especial nos livres de 7 metros onde estiveram especialmente coerentes.
 
O Noticias

18 comentários:

Anónimo disse...

não entendo como não existem ainda comentários a este jogo, no final parece o madeirense não é tão parvo como o pintam, ou então engana muito bem

Anónimo disse...

Efetivamente o Madeira SAD ganhou a taça e por isso parabéns. A questão é: como podia não ganhar? Pelo que vi na TV jogou (joga sempre) de forma sofrível, mal, mesmo muito mal, mas na terra de cegos, quem tem um olho é rei!
São os únicos que têm uns euritos para pagar a atletas e por isso são campeãs e vencem as taças todas. Onde está a admiração? Somos todos campeões não é? Somos nós que pagamos para a ilha não ir ao fundo, portanto quando a ilha ganha qualquer coisa, ganhamos todos não é? Ou só somos lembrados quando mandamos o dinheiro para esse poço em fundo?

Anónimo disse...

Excelente jogo, boas intérpretes, presença de público como há muito não se via numa final da Taça feminina.

E Isabel Góis... ainda diziam que o Banhadas não tinha razão quando a destacavam como a estrela da equipa...

Anónimo disse...

Acho que a Isabel Gois esteve bem em alguns momentos do jogo, mas pintam sempre um cenário demasiado exagerado em torno da jovem... Ana Andrade e Renata Tavares foram dois pilares defensivos, a também jovem Frederica não tremeu, Sara e Claudia muito eficazes. Foi uma vitória coletiva! Bem merecem, com tanto sacrificio que têm feito!
Não sejam tão tendenciosos....é fetiche com esta guarda redes??

Anónimo disse...

Grande Jogo de Andebol entre duas excelentes equipas.
As Insulares mostram-se mais aguerridas e com mais vontade de vencer do que nunca.
Aliando a isso tudo a sua experiencia.
Quanto ao Alavarium, não percebi o porque de a Neves ter saído de central na segunda parte e ter passado para a ponta, quando era a mesma que estava a fazer com que os ataques destas chegassem com bastante perigo, a baliza do Madeira SAD.
Isabel Góis e Ana Andrade as Melhores do Madeira SAD do Alavarium Neves e Mónica.

Parabéns as duas equipas pelo espectáculo proporcionado
Viva O Andebol Feminino.

Anónimo disse...

O anónimo das 22h29 parece que não está habituado a ler a maior parte dos comentários que, a maior parte das vezes, por aqui aparecem.
Os “habitués” não vêm para aqui falar de andebol, antes lavar roupa suja ou insultarem-se mutuamente…
Como desta vez parece que até foi um bom espetáculo de andebol feminino, com um justo vencedor, ainda estão a pensar no que hão de escrever…
Relativamente ao que foi escrito na crónica, e que já vi repetido noutros locais, fico com uma dúvida: afinal a equipa do Madeira Sad ganhou o jogo pela sua experiência ou foi pela grande exibição da sua jovem guarda-redes…
Parabéns à equipa do Madeira Sad por mais esta vitória, que, sendo a 16ª consecutiva, certamente há lá jogadoras que devem ter ganho quando eram mais jovens…
Parabéns também à FAP, pela excelente ideia de juntar as fases finais dos femininos com os masculinos, permitindo sem dúvida uma maior visibilidade e, não tenhamos receio de o dizer, maior respeito pelos femininos! Oxalá tenham passado à história as fases finais que mais pareciam “encontros nacionais de seniores femininos”, tais eram as condições em que se disputavam…
BOAS PÁSCOAS!
PS: Para os azedos do costume, sugiro que aproveitem a quadra e moderem a vossa acidez comendo umas boas amêndoas.

Anónimo disse...

Acho que pelo bom jogo de Isabel conseguiu calar as "más bocas" que gostam de comentar por aqui.
Parabéns Madeira Sad!!!!!

Anónimo disse...

mais uma pro Duarte.. apontem no vosso caderninho invejosos....

Anónimo disse...

não vai ser só mais uma vai ser tambem o campeonato para a sad só quem não conhece um pouco de andebol. O alavarium jogou contra duas equipas profissionais .....

Anónimo disse...

Eu estive lá e acho muito mau que as atletas possam falar com pessoas da bancada!! A antiga guarda redes das meninas ricas da madeira esteve sempre a dar dicas às atuais!! Não há nada que proiba isto??? Ridiculo!!! Custa-me ver a minha equipa desperdiçar tanto talento!! Ulisses, vai para casa!!

Anónimo disse...

E lá vêm os aziados do costume falar do dinheiro ( que não existe na ilha desde 2012)para justificar derrotas!! Realmente, eu vi notas com pernas e braços a jogarem andebol!!!

Anónimo disse...

Até que enfim que vêm alguem da madeira dizer a verdade que ganharam o que ganharam até 2012 foi há custa do dinheiro.....
PARABÉNS

Anónimo disse...

http://www.publico.pt/desporto/noticia/jardim-distribui-125-milhoes-em-subsidios-aos-clubes-da-madeira-1631672

Estão aqui os números: 228 mil euros.

Independentemente disso, foi justo. Parabéns ao Madeira Sad que tem sido a melhor equipa este ano, parabéns ao Alavarium pela sua ascenção meteórica no andebol português nos últimos anos. Mas ainda falta um degrau para chegar ao nível da Sad.

Anónimo disse...

Nem quando o duarte ganha, dão mérito ao homem? O que me chateia é que muitos comentários são madeirenses. Duarte, Ulisses, Paulo Félix, excelentes treinadores, o andebol feminino felizmente está bem servido.

Desta vez o Duarte levou a melhor, há que dar os parabéns. Mas bem sei que há muitos madeirenses desejosos de ocupar o lugar dele...

Anónimo disse...

Deixem-se disso.

Jogo correctíssimo entre as duas melhores equipas portuguesas. No final, fair play das vencedoras e das vencidas como deve ser.

Assim dá gosto o andebol feminino!

Paulo disse...

Permitam uma palavra de desagrado para a RTP.
Ontem, 2ª feira, nas notícias da RTP passou um breve resumo da final masculina.
Nem imagens e nem uma palavra sobre a final feminina. Foi como se não tivesse existido!
Tenho vergonha do nosso serviço público de televisão.

Anónimo disse...

o que mais me "choca" é virar para a Sportv e estar a dar final feminina de voleibol que não interessa nem ao menino Jesus e não dar a final nem masculina nem feminina de andebol, é vergonhoso...

Anónimo disse...

anda o outro freitas a tentar fazer a folha e a fernandes que está a prazo no masculino a minar o duarte. cuidado com a vibora duarte