gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

domingo, 10 de janeiro de 2016

Crónica de Fim-de-semana – 13 – 2015 / 2016 - II

 
Ligeira crónica da PO02, que regressa após uma paragem que sofreu no perdido natalício e de ano novo, e com a disputa dos jogos que deveriam ser os últimos da 1.ª volta.

Nota - Esta época as equipa “B”, não são apuradas para a Fase Final.

PO02 – Campeonato Nacional da 2.ª Divisão Seniores Masculinos.

Como sempre, e face ao que se verifica na regularização dos jogos em atraso, começamos mais uma vez esta ligeira crónica, por lamentar a irregularidade competitiva da mesma, com jogos adiados (sem se saber bem porquê, com antecipações, completamente injustificadas, tudo, provoca (no nosso entender, uma verdadeira alteração do espírito desportivo da prova)

Resultados

Zona Norte

7.ª Jornada
Dia 10-01-16
Estarreja AC 26 – 18 Modicus
13.ª Jornada
Dia 08-01-16

Estarreja AC 2434 FC Porto B
Dia 09-01-16
Xico Andebol 31 – 24 AD Sanjoanense
Modicus 24 – 27 Arsenal
FC Gaia 32 – 25 GC Santo Tirso
Dia 17-01-15
Boavista FC - Marítimo (18H00)
Dia 20-01-16
São Bernardo - São Mamede (18H00)
Dia 30-01-16
CCR Fermentões - SP. Oleiros (17H30)

Nova jornada que se realizou, com alguns adiamentos que não se entendem, pois esta jornada deveria estar completa antes de se iniciar a 2.ª volta, cuja jornada está marcada para 16-01-16, e teremos jogos a realizarem-se depois desta data, e mais um jogo antecipado, do FC Porto B, o que confirma a realidade desta prova. Assim esta zona, apesar dos acertos que se vão realizando jornada a jornada, continua a ser disputada com uma enorme irregularidade, por vezes sem motivos aparentes. Felizmente desta vez sem a nova moda na modalidade (inversão dos pavilhões). Destacando-se que foi uma jornada (nos jogos que se realizaram) disputada sem ocorrências disciplinares.

No jogo jogado por antecipação, o FC Porto B, na sua deslocação ao Municipal de Estarreja, venceu a equipa local, por números convincentes, apesar do equilíbrio verificado nos primeiros 30 minutos do encontro, que terminou já com o FC Porto B na frente do marcador por 14-12.No segundo tempo a equipa visitante consolidou a sua superioridade e terminou vencendo de forma clara, uma equipa, que cada vez, fica mais próxima dos lugares de descida de divisão, enquanto o FC Porto B, tal como na última jornada que se disputou, procura fugir e consolidar um lugar que lhe permita estar mais descansado. João Vilar e Vitos Valente no Estarreja AC com 7 golos cada, foram os seus melhores marcadores, enquanto no FC Porto B, Michael Kasal e Leonel Fernandes, igualmente com 7 golos, foram os seus melhores marcadores, O FC Porto B, apresentou uma equipa reforçada com elementos determinantes na sua principal equipa.

A grande surpresa, da jornada, teve na excelente vitória do FC Gaia, sobre o comandante da zona até ao momento sem derrotas averbadas, sofrendo assim a primeira, e por números, que não deixam dúvidas acerca da justiça da mesma, e que traduzem um dia menos bom da equipa de Santo Tirso, que mesmo assim manteve o comando isolado da Zona. O FC Gaia, que já vencia no final dos primeiros 30 minutos por 15-11, consolidou a sua vitória no segundo tempo, num jogo onde teve Luis Carvalho ao seu melhor nível ao concretizar 8 golos e a ser o melhor marcador da equipa e do jogo, com um perfeito acompanhamento de Pedro Garcia com 7 golos e de Luis Galvão com 6 golos. Na equipa do GC Santo Tirso os seus melhores marcadores não passaram dos 4 golos (Jorge Martins, Pedro Avidos e Miguel Vieira). Com esta vitória o FC Gaia, passou a ser uma das equipas que vai certamente discutir os lugares acesso á Fase Final da Prova.

Em Guimarães, o Xico Andebol, obteve a sua quarta vitória na prova, e começa a afastar-se dos lugares de perigo, ao vencer de forma clara a AD Sanjoanense, que assim foi alcançada pelo seu adversário em termos classificativos. E trabalho que começou nos vimaranenses começa a dar os seus resultados. O Xico Andebol, que ao intervalo já vencia por 15-13, resultado que mostra, algum equilíbrio durante este primeiro tempo, mas não reflete a superioridade dos vimaranenses, no segundo tempo a mesma foi confirmada, e o resultado final, diz tudo. Luís Sarmento com os seus 11 golos foi o homem do jogo e acima de tudo melhor marcador do Xico Andebol, sendo acompanhado por Rui Oliveira com 5 golos. Por sua vez na AD Sanjoanense, tivemos mais uma vez Bruno Pinho nos seus melhores marcadores com 6 golos e Eduardo Pereira com 5 golos. Com estes resultados esta zona começa a ter forte discussão desportiva em termos dos lugares de descida como de acesso á Fase Final.

Em Sandim, a equipa local do Modicus, recebeu uma das favoritas da Zona, no acesso á Fase Final, e realizou um jogo, que dificultou ao máximo o favoritismo dos bracarenses, que se encontra traduzido no resultado final, resultado esse que reflete ainda as preocupações defensivas que ambos os conjuntos tiveram. A equipa bracarense construiu a sua vitória durante o primeiro tempo, quando chegou ao intervalo já na frente do marcador por 16-11, tendo posteriormente de suportar a excelente e positiva reação do seu adversário, de assinalar que a equipa do Arsenal, não concretizou nenhuma das ocasiões que teve, na marcação de livres de 7 metros. No Modicus, mais uma vez Paulo Barbosa foi um dos seus melhor marcadores com 8 golos, acompanhado por José Ribeiro com 5 golos, por sua vez, o Arsenal voltou a ter tanto em André Azevedo com 9 golos, como em André Caldas com 5 golos, os seus melhores marcadores, e com esta vitória aproxima-se do lugar cimeiro da tabela classificativa, e confirma-se como um dos favoritos ao apuramento para a Fase Final.

No Municipal de Estarreja, disputou-se ainda o jogo em atraso da 7.ª Jornada Estarreja AC / Modicus, que terminou com a vitória do Estarreja AC, por um diferencial, que ninguém esperaria, em especial, após a igualdade a 10 golos que se verificava ao fim dos primeiros 30 minutos. No segundo período de jogo o Estarreja AC que entrou muito bem rapidamente adquiriu uma confortável vantagem, que foi variando, consoante a reação da equipa do Modicus, que chegou a reduzir para um diferencial de apenas 6 golos (21-15), para posteriormente voltar a permitir que os locais aumentassem o diferencial. Mais uma vez joão Vilar com 9 golos foi o principal marcador da equipa local, bem acompanhado por André Rego com o mesmo número de golos. Na equipa do Modicus voltamos a ter Paulo Barbosa como o seu melhor marcador com 6 golos.

Classificação após os jogos disputados até ao momento: - 1.º GC Santo Tirso (37 pontos), 2.º Arsenal (35 pontos), 3.º FC Gaia e São Mamede (-1 jogo) (32 pontos), 5.º São Bernardo (-1 jogo) (28 pontos), 6.º CCR Fermentões (-1 jogo) (24 pontos), 7.º Marítimo (-1 jogo), FC Porto B, Estarreja AC e Modicus (22 pontos), 11.º Xico Andebol e AD Sanjoanense (21 pontos), 13.º SP. Oleiros (-1 jogo) (20 pontos), 14.º Boavista FC (-1 jogo) (14 pontos).

Zona Sul

13.ª Jornada
Dia 09-01-16
Juventude Lis 25 – 19 Vitória FC
Almada AC 24 – 23 GS Loures
Boa Hora 29 – 22 ADC Benavente
Benfica B 40 - 24 Ílhavo AC
CDE Camões 24 – 25 CD Marienses
AC Sismaria 21 –
23 Alto Moinho
Dia 30-01-16
IFC Torrense - 1.º Dezembro (19H00)

Zona, onde a jornada decorreu, desta vez sem antecipações mas com adiamentos infelizmente. E tal como na Zona Norte, termina-se a 1.ª volta, com jogos em atraso. E felizmente, tal como na Zona Norte, sem a nova moda na modalidade (inversão dos pavilhões). No entanto ainda se verificou um encontro, com ocorrências disciplinares. E onde se verificou igualmente algumas surpresas, pelo menos na nossa opinião.

Na Quinta de Marrocos, disputou-se o Benfica B / Ílhavo, que foi um jogo sem história, tal a diferença entre as duas equipas, de referir por exemplo que o resultado ao intervalo já era favorável ao Benfica B por 22-11, e com Augusto Aranda já com 7 golos marcados. A equipa do Ílhavo, que se apresentou com apenas 10 jogadores inscritos e onde 3 eram guarda-redes, diz tudo o possamos comentar acerca deste jogo. A diferença final diz tudo, mas a maior registou-se aos 38-21 (17 golos). Augusto Aranda com 13 golos, foi o melhor marcador do Benfica B e do jogo, com 11 atletas a concretizarem golos, enquanto António Ferreira e João Ribeiro ambos com 8 golos cada, foram os melhores marcadores do Ílhavo. Com esta derrota, a equipa da Região de Aveiro, é cada vez mias uma das fortes candidatas aos lugares de descida de divisão (na nossa opinião).

No pavilhão Fernando Tavares realizou-se o Boa Hora / ADC Benavente, cujo resultado final, não reflete as dificuldades que a equipa visitada, sentiu, pois chegou nos primeiros 30 minutos a estar por diversas vezes em desvantagem por diferenciais de quatro (4) golos, com por exemplo 6-2, 9-5, 10-6, e apenas nos últimos minutos da primeira parte, ao realizar um parcial de 4-0, lhe permitiu passar de uns desfavoráveis 12-9, para terminar o primeiro tempo na frente do marcador por 13-12. No segundo tempo uma boa entrada da equipa visitada com um novo parcial de 3-0, permitiu-lhe consolidar a sua vantagem em 4 quatro (4) golos, pela primeira vez (16-12), para depois ir progressivamente consolidando a sua vantagem, até ao resultado final. Alexandre Pereira e mais uma vez Luís Nunes ambos com 6 golos, foram os melhores marcadores do Boa Hora, enquanto no ADC Benavente o seu melhor marcador foi o inevitável João Raquel com 9 golos. Embora derrotado, e face aos resultados quer do Vitória FC, quer do Sismaria a equipa do ADC Benavente continua na discussão por um lugar na Fase Final, enquanto a equipa do Boa Hora, consolidou o seu 1.º lugar na Zona.

Uma das surpresas desta jornada, esteve em Leiria onde a Juventude Lis derrotou o Vitória FC, por um diferencial não esperado, construindo o resultado nos primeiros 30 minutos, quando chegou ao intervalo a vencer por confortável, 15-6. No segundo tempo apesar da reação da equipa do Vitoria FC, mas revelou-se completamente insuficiente, para que o resultado final fosse outro. Com esta vitória a equipa leiriense, começa a consolidar um lugar que lhe permite, a manutenção na divisão enquanto a equipa de Setúbal, apesar da derrota se mantem na discussão pelo apuramento para a Fase Final. Na Juventude Lis tivemos como melhores marcadores, Francisco Santos e André Amado, ambos com 7 golos, no Vitória FC, mais uma vez João Machuqueiro com 6 golos foi o melhor marcador da equipa.

Em Gândara, tivemos outra das grandes surpresa da jornada (jogo com ocorrências disciplinares), com a equipa, que na nossa opinião têm sido uma das agradáveis surpresas desta zona o Alto Moinho a vencer. J ogo disputadíssimo, com a equipa do Sismaria a chegar ao intervalo a vencer por 12-10, para depois permitir uma excelente reação da equipa visitante, que deu a volta ao marcador e acabou, vencendo o jogo, por dois (2) golos de diferença, sendo ainda de assinalar que a equipa da casa, não concretizou três (3) livres de 7 metros, o que lhe foi fatal, em termos de resultado final. Apesar da derrota sofrida a equipa do Sismaria AC, continua na discussão dos lugares de apuramento para a Fase Final, a que na nossa opinião se poderá juntar o Alto Moinho, tornando, no mínimo bastante discutíveis, dois dos lugares apuramento nesta zona. Na equipa do Sismaria Ruben Serrano e João Neves, ambos com 5 golos cada os seus melhores marcadores, por sua vez e confirmando os jogos anteriores Alexandre Pereira com 7 golos e Tiago Gil com 5, foram os melhores marcadores do Alto Moinho.

Em mais um jogo disputado com grande equilíbrio, os insulares do CD Marienses, venceram em Lisboa o CDE Camões pela diferença mínima, e com esta vitória reforçou a sua candidatura, á discussão pelos lugares de apuramento para a Fase Final. Neste encontro apesar de ter chegado ao intervalo a perder por 16-12, sobre reagir e bem ao resultado que se verificava, e efetuou um segundo período de jogo, que o levou á vitoria, e aos 3 pontos que podem significar muito em termos de contas finais. Tiago Silva com 7 golos, foi mais uma vez o melhor marcador da equipa, Tiago Filipe igualmente com 7 golos e António Cortez, foram por sua vez os marcadores de serviço da equipa insular.

Terminamos esta ligeira crónica, com mais um jogo equilibrado, e que teve a particularidade, se assinalar a primeira vitória do Almada AC, diante o GS Loures, foi pela diferença mínima, mas valeu os três (3) pontos, que era o importante, e que assinalamos como o facto da jornada. A equipa do Almada AC, construiu o resultado durante os primeiros 30 minutos, quando chegou ao intervalo a vencer por 12-7, num jogo em que apresentou apenas nove (9) jogadores inscritos no Boletim de jogo o que se estranha. O GS Loures teve uma forte reação no segundo tempo mas foi insuficiente para dar a volta ao resultado. Foi um jogo onde apesar de não se registarem ocorrências disciplinares, teve no entanto um total de 15 exclusões. No Almada AC, mais uma vez Tiago Pereira com 8 golos, foi o seu melhor marcador seguido por usual Pedro Coelho com 5 golos, No GS Loures, foi mais um dos usuais, Alexandre Rua com 7 golos o seu melhor marcador, seguido por Henrique Martins com 5 golos.

Classificação após os jogos disputados até ao momento:- 1.º Boa Hora (38 pontos), 2.º Vitória FC (33 pontos), 3.º CD Marienses (32 pontos), 4.º AC Sismaria (31 pontos), 5.º ADC Benavente, Benfica B, e Alto Moinho (29 pontos), 9.º Juventude Lis (28 pontos), 9.º CDE Camões (27 pontos), 10.º 1.º Dezembro (-1 jogo), e IFC Torrense (~1 jogo) (19 pontos), 12.º GS Loures (16 pontos), 13.º Ílhavo e Almada AC (15 pontos).

O Banhadas Andebol

8 comentários:

Anónimo disse...

atenção ao Alto do Moinho, desde que não haja juniores, é perigoso, é uma pena o Vitória, e o Sismaria, começou a sua curva descendente é assim todas as épocas, e só falo da zona sul que é a que conheço melhor.

Anónimo disse...

Aposto que este fim de semana os jesuitas não falam que o Gaia só é bom para comer bifanas

Anónimo disse...

Que pena tenho de ver o andebol do Loures a caminhar para a 3ª....Como foi possível não aproveitarem o trabalho desenvolvido pelo Prof.tomás

Anónimo disse...

Sismarias candidata a subir de divisão? Terá de acelarar e muito.

Anónimo disse...

Equipa B do Porto.
Mais um excelente Guarda Redes Cubano, esperem para ver!
Cuba é um mina de bons jogadores e as jogadoras de lá estão á espera de convites para jogarem em Portugal!

Anónimo disse...

Arsenal a caminho da fase final.
Braga com duas equipas da PO1 na próxima época? Oxalá, a Cidade merece por tudo o que tem dado ao Andebol!
O Distrito de Braga com ABC, Fafe, Arsenal e Xico na divisão máxima seria espectacular! E merecido!!!!!!!!!!!!

Anónimo disse...

Agradado que o atleta Hugo Costa voltou ao Camões. Sempre com a possibilidade de amadurecer como andebolista e pessoa. Cais mais seguro que Benfica e Belém. Aproveite para reflectir como treinador e formador, e crescer.

Anónimo disse...

É uma prova para encher chouriço! E encher os bolsos da FPA! Agora o Porto anda a levar os craques da A, só para motivar os jogadores e equipas da II Divisão que ao menos podem dizer que jogaram com atletas de champions!