gal vence

Fim de Semana com as Super Taças - Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

domingo, 27 de novembro de 2016

Competições Europeias 2016 / 2017 – LIX – EHF CUP Masculina – Actualizada

Este fim-de-semana as duas equipas portuguesas em prova na EHF CUP, estão a disputar a 2.ª Mão da 3.ª Eliminatória da EHF CUP, FC Porto e Benfica, começando com o FC Porto no Dragão Caixa, seguindo-se o Benfica na Luz.

EHF CUP
 FC PORTO Vence BREGENZ HANDBALL
(Jogo 2.ª Mão)
VENCE A ELIMINATÓRIA
O FC Porto, após a vitória pela diferença mínima na Áustria, voltou a defrontar o Bregenz para disputar a 2ª Mão da eliminatória, agora no Dragão Caixa que se encontrava com manis público do que normalmente era esperado. Num jogo que comando o marcador e o jogo praticamente durante os 60 minutos, realizando uma exibição bastante positiva até aos 57 minutos, chegando ainda nos primeiros 30 minutos a ter 6 golos de vantagem como por exemplo (16-10) aos 28 minutos, para chegar ao intervalo a vencer por 17-11, a mesma vantagem. No segundo tempo a equipa continuou a não conceder facilidades e aos 33 minutos de jogo vencia por 18-11 (7 golos de vantagem), máxima diferença que se registou durante todo o encontro, pois a equipa austríaca, reduz a diferença por diversas vezes até aos quatro (25-21) ou 5 golos (28.2#9 por exemplo para se chegar aos 57 minutos com o FC Porto a ter uma vantagem de cinco golos e a eliminatória resolvida, a vencer por 30-25, para permitir que o adversário nos minutos finais diminua a diferença para somente 2 golos, que na nossa opinião não traduz a superioridade demonstrada pelo FC Porto durante todo o encontro, mas que também demonstra que a concentração tem que demorar 60 minutos. António Areias com 7 golos, e Miguel Martins com 6 golos foram os melhores marcadores da equipa portuguesa, entre os 12 que marcaram golos. No Bregenz Handball com 11jogadores a marcarem golos, teve mais uma vez em Ante Esegovic co 7 golos o seu principal marcador. Com esta vitoria o FC Porto não só vence a eliminatória, como se apura para a Fase de Grupos da EHF CUP- Dirigiu o encontro a dupla a experiente dupla croata, constituída por Tomislav Cindric e Rpbert Gonzurek, que fizeram uma arbitragem positiva.

Resultados
1.ª Mão
Dia 18-11-16
Bregenz Handball (Austria) 27 – 28 FC Porto
2.ª Mão
Dia 26-11-16
FC Porto 31 - 29 Bregenz Handball 
BENFICA VENCE KS AZOTY-PULAWY
(Jogo 2.ª Mão)
VENCE A ELIMINATÓRIA

O Benfica no jogo da 2.ª Mão disputado na Luz, que desta vez se encontrava bem enquadrado de público, venceu a equipa polaca do KS Azoty-Pulawy, e por uma diferença que lhe permitiu vencer a eliminatória e estar presente na Fase de Grupos. O jogo decorreu com algum equilíbrio mas a equipa portuguesa soube controlar o jogo o tempo e o marcador, pois ao intervalo vencia por 11-8, para no final acrescentar aos três golos de vantagem de que dispunha ao intervalo, outro número igual de diferença, terminando por vencer a eliminatória por um golo de diferença, mas foi o suficiente, Elledy Semedo e Paulo Moreno, ambos com 5 golos cada foram os melhores marcadores do Benfica. Com esta vitória o Benfica apura-se para a Fase de Grupos.

1.ª Mão
Dia 19-11-16
KS Azoty-Pulawy (Polónia) 34 – 29 Benfica
2.ª Mão
Dia 27-11-16
Benfica 24 – 18 KS Azoty-Pulawy

Nota – O Sorteio dos Grupos da EHF CUP, realiza-se em 01-12-16, onde Portugal terá duas equipas.

O Noticias

12 comentários:

Anónimo disse...

os meus sinceros parabens ás duas equipas, pois parece.me que os doentes de clubite agora nem comentam

Anónimo disse...

Estou em crer que se o sorteio não for, de má sorte, os dois clubes rivais em Portugal, podem ir mais longe. Julgo ser o troféu ideal para os "grandes" de Portugal. A Challenge é fraca e é uma espécie de 3ª e 4ª divisões da Europa. A outra a Champions, é para a alta roda da Europa. Estamos no meio e não vejo chegar muito longe uma equipa de andebol, dum país onde o andebol não é nada. Já nem falando na cultura, há o problema de termos dez milhões de habitantes e, só haver andebol no centro e norte do país! Com um campeonato pobre e desinteressante, sem competição nenhuma ... não se pode pedir mais.

Anónimo disse...

O Porto é muito forte!

Vai, com toda a certeza, ganhar a EHF.

Até porque eliminou de forma categórica (mais de 10 golos de diferença) o Bregenz que tinha sido eliminado pelos toscos do ABC (por um golito na Áustria). O ABC são aqueles que só jogam a passo (outros jogam a trote) ... a atirarem-se para o chão para perderem tempo (até porque no andebol não há descontos) ... num pavilhão em que o piso é de cimento e com uma multidão que não está habituada a ver andebol (porque vão mais ver o ABC em futebol).

Tenham dó!

O irónico amarelo!!

Anónimo disse...

Ó anónimo das 18,59, só dizes asneiras!
Quando fores adepto de um clube que tenha ido à final dos campeões europeus aparece...
Até lá mete a viola ao saco!

Anónimo disse...

Esta poderá ser uma taça onde uma equipa de Portugal, poderá chegar longe e, com sorte no sorteio quem sabe chegar á final. Não é fácil mas tenta-se. Julgo que a prova mais apetecível a Champions Velux, não será para clubes dum país onde o andebol é subdesenvolvido. O ano passado houve muitos deslumbramentos, com a final ABC-Benfica no horizonte. Infelizmente o ABC passou por uma vergonha e deixou que, alguns países se riam daquilo que, é o andebol em Portugal. È uma tremenda imbecilidade termos, tanto em masculinos como femeninos, selecções onde mais de metade dos jogadores, exercem no estrangeiro! No entanto o nosso campeonato nem para fazer rir dá! Sinal que, haverá alguma qualidade! Vai até havendo treinadores a exercer no estrangeiro. Mas, em Portugal não se pensa no todo e sim nas "quintinhas" e feudos. Continuam as trapalhadas em selecções, tanto na formação como no topo. Algumas convocatórias são meros exercicios de teatro. Enquanto assim andarmos nada vai transformar-se. Cada vez mais »o futebol em ponto pequeno» o Futsal, vai roubando notoriedade ao Andebol. Que fazem os dirigentes em Portugal, a nível de clube\associação e selecções? È para continuar?

Anónimo disse...

È de lamentar que a vergonha começou de forma original. O ABC-UM foi jogar para um pavilhão que não é seu. Não tina condições para jogos Europeus, pasme-se! O ridículo é que em Portugal nada se muda quanto a filmes para crianças. Os clubes e associações sabem o que vale e o que pensam, do andebol nacional, lá fora. No entanto por aqui já não há vergonha á muito. Basta olhar para o aumento de equipas no nosso campeonato. As tais leis do desenrrascanço. Nem vou falar das vergonhas feitas em algumas fases finais. Tenho vergonha de coisas que presenciei com meninos de escalão iniciado.

Anónimo disse...

O adepto do ABC que vem aqui falar numa final de campeões europeus, não compreende que, o mundo está sempre em evolução. Quem serei eu para perdoar as suas pobres ironias? O andebol teve evolução e hoje é impossível, por muito que desejemos, uma equipa nossa andar em finais dessas. Ainda ouço na família falar em andebol de onze, o que me faz alguma confusão. Graças á minha condição económica, pude ver jogos em França, onde tenho familiares. Oxalá o ABC, conseguisse pelo menos uma final da EHF CUP. A outra está a léguas e só com um bom feiticeiro se poderia sonhar. Fiquei contente com a conquista da Challenge, por parte do Sporting e agora do ABC e, nem sou de nenhum dos clubes. Nem praticante nem ex, assim como sócio ou adepto. Sei é que nem todos pensam assim. Como sei do que são capazes alguns para vencer. Agora que é ser doido pensar que, uma equipa como o atual ABC possa chegar aos tornozelos de potencias várias do andebol, isso é evidente desde que, se tenha algum equilíbrio mental. È claro que o comum adepto festeja um título nacional mas, depois não há sustentação para mais. E que me perdoe, não sei quem vai ser o campeão este ano. Acho e com bases que, na europa só o Porto tem uma palavra a dizer. Nos tempos atuais só o Porto andou na europa, fazendo suar equipas grandes. O Sporting teve aquela vitória com o Skjern mas, nada mais. Este ano até pode ganhar a Challenge. Agora em consciencia nunca ganharão mais que isso, nem comprando 14 estrangeiros.

Anónimo disse...

Pois é caro anónimo das 15,47, a presença na dita final foi quando foi, mas os outros nem antas nem depois... o resto é conversa! E não foi no tempo da televisão a preto e branco, como os "épicos triunfos gloriosos"!
O ABC faz o que pode. Nada mais do que isso. No último campeonato nacional foi o que pode mais, ou se quiser os outros apesar de serem tão fantásticos puderam menos que o ABC... Que quer que lhe faça? Não está aí a beleza do desporto? Não será bom que os mais endinheirados seja, ainda que por vezes, ultrapassados pelos menos endinheirados? Para falar de outras realidades mais mediáticas, não foi bom ver em Espanha o campeonato de futebol entregue ao Atlético de Madrid, ao Valência, ao Atlético de Bilbau ou à Real sociedade? Ou em Inglaterra ao Leicester ou ao Leeds? E o triunfo de Portugal no último europeu? Não estará nestas "ocorrências" a beleza e força do desporto? Não aumentará o mérito de um campeão dispor de menos condições que os seus adversários?
Acho mesmo que o senhor não é nem nunca foi mesmo aquilo que refere não ser nem ter sido...
Só não percebo como não sendo nem tendo sido sabe o que diz saber! Deve ser "musica de ouvido" ou então ser um "paineleiro" em algum programa televisivo...

Anónimo disse...

Vi o jogo de cá e não penso que o Benfica vá muito longe nesta prova. Isto foi um milagre ou quase após terem perdido por cinco na Polónia. Acho que, o guarda-redes do Benfica que todos conhecemos á muito, fez uma exibição de gritos. Já passou por mais clubes e em jogos decisivos vem ao de cima. Ainda falta algo ao Benfica porque nesta Taça já aparecem equipas com cabedal. O ano passado o Benfica teve sorte na Chalengue. Esta Taça é uma espécie de restos dum jantar pobre.

Anónimo disse...

Vai ter que ser mais uma vez o Porto a dar prestigio ao andebol Português. O Benfica andou a patinar e teve um dia de sorte. O ABC já era de esperar esta palhaçada no estrangeiro. O Sporting na Taça menos importante, mandou embora uns Italianos técnicamente pobres e que, estavam mais interessados em fotos com ídolos. O mal disto é que caso o Porto venha a ter algum êxito, vai vender jogadores. Não é dificil saber quem são. Quintana e Borges á muito que estão a mais no andebol de Portugal. Vão seguir o caminho de Gilberto ou Ferraz. O segredo estará em ir buscar outros Carrilos. Já agora depois desta passeata na Europa qual foi o jogador do ABC que, estará para ser vendido? O Spínola! O Rocha? O Humberto? Ou me engano ou Branquinho e Gomes vão sair para um dos grandes mas de Portugal. Chama-se a isto cair na real.

Anónimo disse...

Da mesma maneira que não se acredita por parte de certas pessoas, no êxito de equipas Portuguesas que, não o Porto... há quem não acredite nas idades dos Cubanos!
Poderíamos igualmente duvidar da honestidade de algumas arbitragens, como a que "realizou" o hepta-campeão... nesse jogo até ouve cegos a rirem-se dos erros do prolongamento do quinto jogo! Perceberam?

Anónimo disse...

Referir o pav da Luz ou RDP ou EDP como até é mais conhecido, como estando composto? Céus! Já estão como o ABC que á custa da Câmara de Braga foi para a nave e, nem encheu! Mas o ABC só foi campeão porque aconteceu um milagre. È uma terra muito religiosa...
A verdade é só uma ! O ùnico pav. que enche para ver andebol em Portugal é o Dragão! Não inventem! No caso dos nobres de Alvalade, eles nem pav têm! Têm isso sim muita ajudinha e cambalachos, para além de dividas. Jogam onde calha, o que é uma vergonha para um clube da alta sociedade, fundado por um Conde ou Visconde que, depois dum jantar bem regado teve aquele sonho...
Acho piada a quem se quer passar por aquilo que nunca foi, nem será. Agora até dizem ter lucro, quando tanto gastaram nas modalidades. Foram comprar um jogador a Espanha e pagam mais, depois dele ter sido campeão no Porto... é de rir á gargalhada!