gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Crónica de Fim-de-semana – 05 – 2016 / 2017 – II

Continuamos com as nossas habituais crónicas, dedicadas á PO02.

Apuram-se para a Fase Final do Grupo A, o que dá acesso á 1.ª Divisão os 2 primeiros classificados de cada Zona.

PO02 – Campeonato Nacional da 2.ª Divisão Seniores Masculinos.

Resultados
Zona 1
2.ª Jornada
Dia 06-11-16
GC Santo Tirso 30 - 26 Marítimo
3.ª Jornada
Dia 27-01-17
FC Porto B - CCR Fermentões (21H30)
4.ª Jornada
Dia 05-11-16
Boavista FC 22 - 25 FC Gaia
Gondomar Cultural 28 - 43 FC Porto B
CCR Fermentões 32 - 31 Marítimo
Xico Andebol 28 - 29 SP. Oleiros
GC Santo Tirso 33 - 20 Modicus

O Marítimo começou com as jornadas duplas cada vez que se desloca ao continente, começando por disputar o seu primeiro encontro em Guimarães diante o CCR Fermentões para a 4.º Jornada, num jogo de grande equilíbrio conforme o resultado o demonstra, embora ao intervalo o mesmo fosse favorável à equipa visitada por 15-12. No segundo tempo excelente reacção da equipa insular que chega a comandar o marcador (20-18 e 21-20, como exemplos), para depois se registar uma igualdade a 23 golos, e a equipa local voltar ao comando do marcador, com o Marítimo a marcar o seu último golo nos momentos finais do encontro, continuando a equipa do CCR Fermentões a contabilizar apenas vitórias. No dia seguinte os madeirenses deslocaram-se a Santo Tirso, para realizar o encontro GC Santo Tirso / Marítimo, relativo à 2.ª Jornada da prova e que se encontrava em atraso. Sentido o esforço feito no dia anterior a equipa insular voltou a perder com o resultado ao intervalo a situar-se num 14-12 a favor da equipa visitada, que embora estivesse sempre no comando do marcador nunca conseguiu afastar-se para uma margem de forte segurança embora terminasse como vencedora. Curiosamente no encontro com o resultado mais dilatado o Gondomar Cultural / FC Porto B, foi o único encontro com ocorrências disciplinares registadas. Foi um encontro de sentido único e sem grande história, com a equipa do FC Porto a comandar o jogo e o marcador chegando ao intervalo a vencer por 23-17, para no segundo período do jogo acentuar a sua superioridade, chegando a ter diferenciais de 15 golos a seu favor (42-27, por exemplo), e assim obter a sua primeira vitória na prova até ao momento. Um encontro cujo resultado poderá levar-nos a dizer que se registou um equilíbrio na sua disputa, é o resultado final do Boavista / FC Gaia (Jogo com relatório), que foi um encontro totalmente dominado e controlado pelos homens da equipa do FC Gaia, que no final dos primeiros 30 minutos já venciam por uns esclarecedores 16-9, para nos segundos 30 minutos permitir uma boa reacção dos homens do Bessa, que apenas conseguiram atenuar a diferença final, com esta vitória a equipa de Gaia, mantêm-se no comando da zona, contabilizando apenas vitórias até ao momento. O GC Santo Tirso que acaba também por realizar jornada dupla, defrontou o Modicus, em encontro relativo à 4.ª Jornada, e a diferença entre as equipas foi de tal forma que não deveremos tecer muitos comentários ao encontro, pois o mesmo foi totalmente comandado pelo GC Santo Tirso durante os 60 minutos, após ter facilmente chegado aos 5-1, para atingir o intervalo com o resultado a seu favor por 21-9.Com esta derrota o Modicus, é a única equipa nesta zona que apenas contabiliza derrotas na prova até ao momento. Em Guimarães disputou-se um dos encontros de maior equilíbrio da jornada, e que terminou com vitória surpresa (na nossa opinião) do SP. Oleiros sobre o Xico Andebol, obtida nos momentos finais do encontro. Nos primeiros 30 minutos os vimaranenses, estiveram quase sempre no comando do marcador embora se tenham registado diversas igualdades (a 8 golos e 11 golos como exemplo), para atingirem o intervalo a vencer por 14-12. O SP. Oleiros foi uma equipa que nunca se deu por vencida, a pós voltar a igualar o marcador a 21 golos chegou a estar no comando por diversas ocasiões e a ter 3 golos de vantagem (24-21, por exemplo), sendo agora a vez de o Xico Andebol reagir, e passar para a frente do marcador por 28-27, com o SP: Oleiros a concretizar a sua vitória nos momentos finais do encontro.

Classificação até ao momento – 1.º FC Gaia (12 pontos), 2.º SP. Oleiros e GC Santo Tirso (10 pontos), 4.º CCR Fermentões A (9 pontos, -1 jogo), 5.º Xico Andebol (8 pontos), 6.º Gondomar Cultural, Boavista FC, e Marítimo (6 pontos), 9.º FC Porto B (5 pontos, - 1 Jogo), 10.º Modicus (4 pontos).

Zona 2
3.ª Jornada
Dia 07-01-17
CD Marienses - Estarreja AC (20H00)
4.ª Jornada
Dia 05-11-16
Beira Mar 28 - 26 Juventude Lis
AC Sismaria 25 - 36 AD Sanjoanense
ADC Benavente 26 - 32 CD Marienses
Dia 07-01-17
ACD Monte - AD Albicastrense (19H00)
Dia 16-11-16
São Bernardo - Estarreja AC (21H30)

Tal como dissemos na anterior crónica, e como se previa continuaram os adiamentos de jogos nesta jornada, onde se disputaram apenas 3 jogos, e por mais esforços que façamos, alguns dos adiamentos (na nossa opinião), não se entendem muito bem. Felizmente foram disputados sem ocorrências disciplinares. Um dos jogos que despertava maior atenção dos adeptos da modalidade realizou-se em Gândara, onde já tivemos a confirmação de que João Florêncio deixou de ser o treinador, mas parece-nos que se foi em termos de “chicotada psicológica” a mesma não resultou, pois uma das equipas que no inicio da prova era considerada uma das principais candidatas a disputar os lugares cimeiros o AC Sismaria, voltou a perder e por um resultado final que não deixa margem para duvidas da superioridade do seu adversário a AD Sanjoanense, que ao intervalo vencia por uns surpreendentes 23-8, para no segundo tempo fazer total gestão do resultado e do plantel, e com este resultado manter a invencibilidade na zona. Em Benavente disputou-se o ADC Benavente / CD Marienses, com a equipa insular a comandar o jogo e o marcador praticamente durante os 60 minutos, embora a equipa local nunca tenha deixado os insulares distanciarem-se em demasia, de tal forma que ao intervalo o CD Marienses vencia pela diferença mínima (15-14), no segundo tempo acentuou-se o domínio dos insulares que chegaram a ter vantagens de 8 golos (25-17, por exemplo), para assim obterem a sua primeira vitória na prova, enquanto o ADC Benavente vai em sentido contrário, pois é uma das equipas que apenas regista derrotas até ao momento. Em Aveiro, realizou-se o Beira Mar / Juventude Lis, com os aveirenses a comandarem praticamente sempre o marcador, embora se registassem momentos de grande equilíbrio (igualdade a 10 golos ainda no primeiro tempo, como exemplo), para o intervalo chegar em 15-11 a favor do Beira Mar, no segundo tempo apesar da excelente réplica dos leirienses, estes acabaram derrotados por uma escassa diferença.

Classificação até ao momento – 1.º AD Sanjoanense (12 pontos), 2.º São Bernardo (-1 jogo), Beira Mar, AD Albicastrense (-1 jogo) (9 pontos), 5.º ACD Monte /-1 jogo), AC Sismaria, Juventude Lis (6 pontos), 8.º CD Marienses (5 pontos -1 jogo), 9.º ADC Benavente (4 pontos), 10.º Estarreja AC (2 pontos, -2 jogos).    

Zona 3
4.ª Jornada
Dia 01-11-16
Almada AC 24 - 23 1.º Dezembro
Dia 05-11-16
CCP Serpa 25 - 23 Vitória FC
Benfica B 37 - 27 Vela Tavira sd
IFC Torrense 26 - 28 Zona Azul
Alto Moinho 20 - 25 CDE Camões

Nesta zona tivemos mais uma jornada sem adiamentos de jogos, o que é de registar. E no encontro antecipado da jornada, o Almada AC / 1.º Dezembro, terminou com a primeira vitória do Almada AC, embora pela diferença mínima, apesar de ao intervalo estar na frente do marcador por 15-8, para de pois ter de “aguentar” com a excelente réplica dada pela equipa do 1.º Dezembro no segundo período do jogo. Tivemos mais surpresas nesta jornada, verificando-se em Serpa onde a equipa local venceu o até agora invencível Vitória FC, num jogo de grande equilíbrio e com alternâncias no marcador, com a equipa do Vitória FC a chegar ao intervalo a vencer por 14-13, seguindo-se depois diversas igualdades como por exemplo a 21 golos, para a equipa do CCP Serpa se colocar na frente do marcador aos 23-22, e não mais largar o comando até ao fim do encontro. No Alto Moinho reside uma das únicas equipas que ainda não registaram qualquer vitória, e assim continuou pois desta vez foi derrotado pelo CDE Camões, em mais jogo de grande equilíbrio, apesar do bom início do CDE Camões, rapidamente os locais responderam, e conseguiram chegar ao intervalo na frente do marcador por 10-9, o equilíbrio continuou a manter-se até à igualdade a 15 golos, momento em que o CDE Camões passou para a frente do marcador, e foi progressivamente aumentando a diferença no marcador, para terminar como vencedor por uma margem que reflete acima de tudo os últimos 20 minutos do encontro. Na Torre da Marinha, realizou-se o IFC Torrense / Zona Azul (jogo com ocorrências disciplinares), que terminou com a difícil vitória da equipa de Beja, depois de um encontro o equilíbrio foi grande apesar de ao intervalo o resultado ser de 15-13 a favorável aos homens de Beja, para no segundo tempo o IFC Torrense estabelecerem um maior equilíbrio através de uma excelente reacção que os levou a igualar o resultado por diversas ocasiões como por exemplo a 15 golos, e 19 golos, chegando a estar na frente do marcador (por exemplo a 23-22), para após nova igualdade a 25 golos, o Zona Azul, passar para o comando jogo e terminar como vencedor. Com este resultado o IFC Torrense junta-se ao Alto Moinho nas equipas que ainda não registam qualquer vitória na prova, enquanto o Zona Azul se junta ao Vitória FC no 2.º lugar da zona. Tivemos ainda o Benfica B / Vela Tavira, que registou o resultado mais desequilibrado da jornada, com o Benfica B a vencer ao intervalo por 19-14, e no segundo tempo, dilatar a vantagem de que dispunha até ao resultado final. Com esta vitória a equipa do Benfica B, apenas regista vitórias até ao momento.

Classificação até ao momento – 1.º Benfica B (12 pontos), 2.º Vitória FC e Zona Azul (10 pontos), 4.º CDE Camões, CCP Serpa, Vela Tavira, e 1.º Dezembro (8 pontos), 8.º Almada AC (6 pontos), 9.º Alto Moinho e IFC Torrense (5 pontos).

O Banhadas Andebol

11 comentários:

Anónimo disse...

A supresa da 2 divisão são paio de oleiros.
Parabéns ao arranque de época, vamos ver se continuam assim.

Anónimo disse...

E queria o sismarias subir de divisão. Anda tudo doido. Leiria com duas equipas da treta, por isso fugiu o Florêncio e o outro não foge porque a família domina o clube.

Anónimo disse...

para o Banhadas Andebol:

Só quem não assistiu ao jogo Boavista - FC Gaia pode dizer "que se registou um equilíbrio na sua disputa"!!!
A equipa da Rotunda esteve sempre a perder desde o início do jogo, como se pode perceber pela diferença ao intervalo (9-16).
Na segunda parte, a diferença manteve-se e chegou mesmo aos 8 golos de diferença (15-23) a cerca de 10 minutos do final.
Depois o Gaia desligou claramente os motores e rodou todos os atletas, permitindo uma ligeira recuperação do Boavista já nos últimos minutos do jogo... senão teria sido outro resultado, tal como em Fermentões!

Anónimo disse...

não houve desacatos no Beira Mar??
já sei ganharam..
é uma vergonha o que andam a fazer

Anónimo disse...

Anónimo de 9 de novembro de 2016 às 23:03

Você não sabe nada de nada...... eheheh

Anónimo disse...

Está mais que visto GAIA E ST TIRSO

Anónimo disse...

Anónimo de 9 de novembro de 2016 às 23:03
Claro que o Sr não sabe de nada.....
Então acha que a Sismaria contratou o Florencio e mais 10 jogadores porque queria subir de divisão? Que infâmia...
Então acha que se paga uma casa a dois atletas, entre outros custos, para se subir de divisão?
Claro que não!!!!
Nós só queremos a manutenção...
Ah e que a malta beba umas minis e as melhores bifanas da zona centro...

Anónimo disse...

Boavista de mal a pior equipa fraca treinador perdido no jogo. Mercenários tomaram conta do andebol. Turismo Sénior preste a jogar outra vez.

Anónimo disse...

anónimo de 10 novembro, 7:29.

Não houve. Aliás nunca houve até hoje e olhe que vi os jogos todos... O que houve foi uma influência clara da dupla no jogo com o Monte (27-24 transformados em 26-26) e uma atitude reprovável de um jogador do beira mar no jogo com o são bernardo, que espero seja exemplarmente punida pois, estou certo, não representa aquele grupo!
Neste jogo que refere, houve uma excelente equipa de arbitragem, que soube ocupar o seu lugar, que respeitou e foi respeitada! E duas equipas excelentes na sua postura e comportamento, sendo que qualquer uma poderia ter ganho porque sérias, leais, a jogar andebol...

Como deve ser aliás....



Anónimo disse...

Treinador??? Quem??? Existe alguém que seja treinador no Boavista?
Julgo que anda lá alguém a dar uns bitaites e uns berros, mas há muitos anos que se sabe que, de treinador pouco tem, pois os treinadores têm de trabalhar, planear treinos, aparecer aos treinos, etc...

Anónimo disse...

Segundo parece o Florêncio já "fugiu"... no último jogo a Sismaria já tinha outro treinador no banco.
O Florêncio agora reina as seniores do Assomada.