gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

terça-feira, 20 de maio de 2014

Competições Europeias 2013 / 2014 – LXV – EHF CUP

PICK SZEGED VENCE FINAL FOUR
DA
EHF CUP MASCULINA 2013 / 2014
Terminou a Fnal Four da EHF CUP Masculina, que se disputou em Berlim (Alemanha), nos dias 17 e 18-05-14. 
 
Resultados dos Jogos

1/2 Final
Füchse Berlin 22 – 24 Pick Szeged
Montpellier Agglomeration HB 36 – 32 HCM Constanta
3/4 Lugar
HCM Constanta 28 – 29 Füchse Berlin
Final
Montpellier Agglomeration HB 28 – 29 Pick Szeged
Com a curiosidade de o vencedor da prova ter sido precisamente a equipa que eliminou as equipas Portuguesas do Benfica e do Sporting. Jogo da final foi presenciado por cerca de 7000 espectadores, sendo a primeira equipa Húngara a vencer este trofeu, sendo a grande figura do jogo o guarda-redes da equipa húngara Roland Mikler, naquele que foi o seu último jogo pelo conjunto uma vez que na próxima época vai representar os rivais do Veszprem. 
 
O Noticias

4 comentários:

Interrogações disse...

Off Topic...

Bem isto deve de ser realmente uma tormenta fazer as nomeações... Saem tarde e más horas... Depois basta olhar e atentar... que parece que nem sequer controlam o que os próprios fazem...

Andebol 1 Fase Final... Grupo B... 1ª volta (5ª J)... NAALxISMAI, Árbitros: Sá/Sá; 2ª volta (10ª J)... ISMAIxNAAL, Árbitros: Sá/Sá...
1ª volta (5ª J)... AAAxACF, Árbitros: Francisco/Rodrigues; 2ª volta (10ª J)... ACFxAAA, Árbitros: Francisco/Rodrigues...

Será que ninguém acha nada de estranho?! Ou será que se enganaram e copiaram as nomeações da 1ª volta?! Realmente isto assusta... Estranho ainda mais é o seguinte... A dupla Francisco/Rodrigues só fez 2 jogos... curiosamente estes 2... Ainda mais interessante que a 19ª Jornada da Fase Regular... ACFxAAA foi arbitrado por esta dupla...

A dupla Sá/Sá... Nunca arbitrou em Fafe esta época da Andebol 1... Nunca arbitrou, nesta fase, o AAA Fora... Não é compreensível o critério utilizado... Ou será que realmente alguém se equivocou?! Outra vez o Funcionário Administrativo... Alguém tem de servir para ser culpado...

Cada vez mais incompreensíveis as decisões... Sem querer beliscar a qualidade das duplas escolhidas (fracas... mas pelos vistos não há melhor... ou andam a ser poupadas para outros jogos... as que supostamente seriam melhores...) existem coisas que lesam a olho nu olhar para as nomeações (passe a redundância)... Mas será que quem manda e comanda não analisa este tipo de situações? Não atenta a este tipo de atropelos?! Ou será continuariam à espera que alguém fizesse o trabalho de casa?

Se não existe disponibilidade pessoal, intelectual e mental... sejam honestos e admitam que não querem continuar mas ao menos não continuem a lesar abusivamente a Arbitragem e a cobrar enormidades aos Clubes para depois serem gastas em excursões organizadas camufladas por reuniões regionais do CA.

O Andebol precisa de evoluir e crescer mas o CA tem de saber se quer continuar a evoluir, mas para conseguir isso tem de mudar de atitude... Permitir que outros tomem o rumo da Arbitragem...

Este CA apenas está a olhar para dentro... Cada membro para a sua pessoa... Cada elemento mais parece um...

Nada mais podemos esperar deste CA... Mas certamente seria tempo das alternativas credíveis darem o passo em frente... Mas não esperar por apoios da Associação de Classe... Dado que essa já está à muito vendida (às Arábias).

Aguardemos por desenvolvimentos? Opções credíveis são precisas. Elementos Capazes e Competentes? Existem. Fora e Próximo deste CA. Basta que essas pessoas o queiram... Esperemos por novos convites...

Anónimo disse...

Não se esqueçam! O ALCATIFAS deu um passo em frente.
Só quer de lá para fora o QUIM QUIM e que as sua notas de despesa sejam assinadas pelo HS para que mais tarde ninguém lhe chame MAMÃO ou PAPA KM outro apelido qualquer.
Saudações

Interrogações disse...

Agora o que será que se passou pelas Nomeações da FAP... Desapareceram as Nomeações da Andebol 11? Será que alguém com dois dedos de testa da direcção olhou e fez vincar a sua posição? Parece que as nomeações oscilam entre a AA Porto e AA Aveiro? O Eixo de Braga foi esquecido desta vez?! Será que repararam que as equipas pertencem à AA Porto, AA Aveiro e AA Madeira... Já agora poderiam ter mandado um dupla da Madeira fazer esta fase de apuramento...

Vergonhoso igualmente porque é que algumas provas tipo Andebol 12 tem direito a Responsável Arbitragem / Delegado / Observador? É por ser no Colégio?! Será para branquear alguma coisa?! É triste como este CA (des)categoriza as provas a seu belo prazer?!

Apuramento Andebol 6 Responsável Arbitragem camuflado... em Braga...

Apuramento da Andebol 13 sem responsável Arbitragem na Marinha...

Apuramento da Andebol 12 Responsável Arbitragem no Colégio (este assumidamente nomeado)

Apuramento da Andebol 11 sem responsável Arbitragem em Leça...

Qual o critério deste CA?! Será que existirá algum?! Ou só alguns para algumas coisas terão direito a tal?!

Total e completamente incompreensível o que este CA decide/nomeia/circula... Quando se aguarda pela paz e silêncio intelectual nada melhor que algum descontrolo intelectual de parca qualidade para "animar as hostes" mas sinceramente para deixar cada vez mais tristes e desolados a todos...

Por favor a seta que indica a porta da Saída cada vez mais tem um Néon mais intenso... Cumpram o desejo de todos na modalidade... Parem de olhar para o umbigo individual e pensem no Andebol e na Arbitragem... Com um pouco (pouquinho) mesmo de bom senso sabem qual será a decisão mais correta a tomar...

Podemos depois aguardar que as alternativas se apresentem e apresentem ideias duradoiras e que contribuem para a melhoria da qualidade do Andebol e Arbitragem... Deixem-se de procurar reconhecimento pessoal a nível político e trabalhem. Isto sim é difícil.

Sem ovos (dinheiro) não há omeletes (árbitros e boas arbitragens).

Mas tratar dos clubes e dos árbitros e zelar pelos valores exorbitantes pagos pelas arbitragens são um mínimo de exigência de qualidade e não de aguardar por nomeações locais/regionais com árbitros da própria Associação de qual já todos estamos saturados.

Anónimo disse...

Este CA bem cedo mostrou ao que vinha. Limpar a casa e arrumá-la.
Uma das atitudes tomadas, levou a que Macau pedisse para sair de lá (CA). Transferiu-se para o Departamento Desportivo da FAP.
Para o substituir, recorreram ao Centro de Emprego, de onde veio um senhor que nunca terá ouvido falar de andebol. Note-se que a culpa não é deste senhor - ele apenas queria emprego - mas sim do CA. Nomeadamente de A. Marreiros.
Fizeram o dois em um. Livraram-se de quem sabia mais a dormir que eles acordados, logo pessoa incómoda ao sistema, e ficaram com um funcionário que além de não lhes fazer frente, o que se compreende, uma vez que de andebol em geral e de arbitragem em particular, valia zero.
Com estas duas situações, o CA perdeu credibilidade. A entrada deste elenco foi, a todos os níveis, perniciosa. Mas, se lá estão é porque votaram neles. Depois disso, há que fazer fretas ao Trinca & Ca. Olhar para o lado e fazer de conta que a APAOMA existia. Ora a APAOMA sempre foi e continua a ser um órgão fantasma.
Não fazem nada, nunca lá estão, e a classe que tanto precisa de apoio, fica só e abandonada.
Nada que gente como, por exemplo, o 'brasuca' não aceite. Até dá jeito.
Por que se espera para atirar ao tapete este CA? Que a arbitragem entre em ruptura? Que os oficiais de mesa continuem a olhar para coisa nenhuma? Que os observadores não saibam se vão observar porque sim ou porque o nomeador lhe deu para aí. Que os delegados, classe enfraquecida pelos empurrões que o CA deu a alguns dos melhores, seja uma espécie de manta de retalhos, com os apadrinhados a ter papel de destaque sem terem classe para tal.
Não há dinheiro. Dizem. Ao que parece, não há para a maioria dos árbitros, sim eu disse maioria, para os oficiais de mesa, observadores e delegados.
Quer dizer, a Norte a coisa não será bem assim. Diferentes entre iguais.
Quem estaria num super almoço, pago pelo CA (afinal há dinheiro mas não querem que se saiba) nos arredores de Lisboa?