gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

terça-feira, 12 de julho de 2016

Planeamento Desportivo – Época 2016/2017 – V

PASSOS MANUEL DESISTE DA PO01 

Eis uma notícia que não esperávamos ter de falar, mas que é uma realidade, “pura e dura”, em especial para a aqueles que como nós adoram a modalidade, e apreciam os clubes que não vivem de promessas, das edilidades, mas sim do seu trabalho, e possuem “escola” na modalidade. Esta desistência, altera profundamente tudo o que estava previsto no CO n.º 2 de 27-06-17, sobre o direito desportivo das equipas nas diversas provas nacionais. Este anúncio feito precisamente no dia em determinada como limite para a inscrição dos clubes nas diversas provas, prova a seriedade com que a modalidade é encarada por alguns (poucos), e transformam na nossa opinião o mesmo como um dia negro para a modalidade.

Esta é uma primeira consequência, da falta de visão ou por outro lado da “visão umbilical” de alguns, ao aumentarem o número de clubes na Divisão maior do Andebol Nacional, sem terem feito contas, e como diz o próprio Clube desistente “--- num panorama de incremento de custos em contraciclo com a situação económica nacional, situação agravada com o alargamento do modelo de disputa da Andebol 1 com as quais o clube discordou”, (E nós também)

Esta é a primeira consequência das promessas e da falta de visão de muitos, que vêm a modalidade como uma forma de vida, e não como dar vida á mesma.

O aumento do número de clubes, vai dar origem a novos empréstimos de jogadores, á criação de clubes verdadeiros satélites de outros (embora disfarçados), ao desaparecimento de muitos jogadores, porque as divisões inferiores vão ficar diminuídas, e agora pergunta-se como será disputada a prova de Apuramento para a PO01? Pois recordamos aqui o que diz o Regulamento Geral da Federação para estas situações.

Titulo 8 - Artigo 15.º (Vagas abertas nas Provas Nacionais)
1-      As vagas abertas nas provas nacionais serão preenchidas de acordo com as regras fixadas nos números seguintes.
2-      Sem prejuízo do disposto no número seguinte, se as vagas forem produzidas até 30 dias antes do início da competição, por eliminação, desistência ou não filiação, serão preenchidas pelo clube ou clubes que perderam o lugar em consequência da classificação da época anterior, pela ordem respetiva.”

Assim não existe justificação para o SC Horta disputar a chamada PO01A, e neste caso como ficará a disputa desta prova, onde só será necessário apurar um clube?

Esperemos que mais nenhuma agremiação desportiva, se veja na obrigação de ter de assumir com coragem a posição do Passos Manuel, recorda-se único Clube que disputava por mérito próprio as principais divisões Nacionais em ambos os géneros.

Só uma pergunta incomoda, e qual a divisão onde se irá enquadrar o Passos Manuel, pois a sua posição enquadra-se em pleno, na matéria constante, no artigo 24.º (Inscrição e participação obrigatória), nomeada mente no seu ponto 5, que resumimos como não sendo aplicada qualquer sanção ou inibição.

Pela nossa parte, esperamos que todos os “Passos Manuel” regressem e rapidamente ao salutar convívio nos lugares que são seus por direito adquirido.

O Banhadas Andebol

21 comentários:

Anónimo disse...

DO SUL, PARA SEGUIREM O MESMO CAMINHO EM SÉNIORES, ENTRE OUTROS, FALA-SE DO ALMADA, DO TORRENSE, DO LOURES, DO ART, DO LAGOA, DO ORIENTAL,DO SETÚBAL.

PENSO QUE QUE NÃO É SÓ O MODELO COMPETITIVO QUE ESTÁ MAL, PORQUE DEVERIA DESAPARECER DE VEZ A III DIVISÃO, FAZEREM UMA II DIVISÃO GEOGRÁFICAMENTE AGRUPANDO MAIS CLUBES EM VÁRIAS SÉRIES PERMITINDO ISSO MENOS DESLOCAÇÕES E MAIS COMPETIVIDADE ENTRE CLUBES.

EM RELAÇÃO A I DIVISÃO, PORQUE NÃO, DIVIDIREM-NA NUMA FASE INCIAL, NA SÉRIE DO NORTE E NA SÉRIE DO SUL COMO JÁ HOUVE HÁ UNS ANOS.

ACREDITO QUE AINDA NÃO ACORDARAM PARA A SITUAÇÃO DE NÃO HAVER DINHEIRO E DE ESTARMOS TODOS FALIDOS, TENDO A NOSSA MODALIDADE CUSTOS EXTREMAMENTE ELEVADOS.

Anónimo disse...

Uma notícia inesperada ou nem tanto.
As equipas com menos capacidades económicas têm que fazer contas.
E que tal facilitar a vida a quem quer dar continuidade ao que ao longo de muitos anos tem feito de bom?
Facilitar não significa abdicar das respectivas obrigações dos clubes. Significa tão somente permitir que a modalidade continue a ser praticada com pagamentos espaçados no tempo.
Gostaria de saber quantos clubes não pagam as suas obrigações e participam nas provas com toda a tranquilidade.

Anónimo disse...

Só cai quem nao tem pernas para andar, ou anda mais do que pode!. Este projeto é um projeto de 2ª/3ª divisão e por isso vai para onde deve ir.
Nao sei porque desculpam e chamam sério aos dirigentes que cometem esta atrocidade de criar falsa expetativas a terceiros.Contratam e depois deixam treinadores e atletas pendurados. Isto é seriedade? Eu chamar-lhe-ia incompetência! Nao é este clube que está rodeado de colunáveis como o Emidio, António Salvador e Rui Coelho? Mas afinal que espécie de dirigentes sao estes?
Perguntem ao Comédias o que lhe vai na alma que ele falará de seriedade!

Anónimo disse...

Concordo em absoluto com o comentário das 20.23:
então nao têm dinheiro e contratam treinador novo? Eu nao sei o que passa na cabeça desta gente! foi assim de repente que ficaram sem dinheiro? Nao sabiam que nao tinham dinheiro quando contrataram o Prof. Tomás? Como são capazes de fazer isto a um homem com a craveira do Prof. Tomás?
Isto é gente menor completamente irresponsável!

Anónimo disse...

Anónimo das 20h23...
Este é um outro grande problema do andebol nacional. Percebo perfeitamente que esteja satisfeitíssimo com esta queda, em vez de mostrar preocupaçao, estou certo que é de um clube "rival" pelas palavras, e sendo assim, é óptimo pois sobram jogadores. Será essa a atitude correcta?
"Contratam" tem uma certa piada. Segundo sei, o Passos Manuel não paga nem nunca pagou a ninguém (atletas e jogadores), se não está por dentro, não pode afirmar que deixou quem quer que seja pendurado não é?

Ao banhadas dizer que concordo totalmente com o que foi escrito, é sem dúvida um péssimo sinal para a Modalidade.

Anónimo disse...

E O CAMÕES TAMBÉM VAI PELO MESMO CAMINHO DA DESISTÊNCIA EM SÉNIORES.

SERÁ QUE A SERIEDADE E A COMPETÊNCIA SÓ EXISTE NOS ALTOS DIRIGENTES E TREINADORES DA FAP?

É QUE PARECE QUE NA FAP AS COISAS NÃO VÃO MUITO BEM. EM TERMOS DE RESULTADOS DESPORTIVOS EM TODOS OS ESCALÕES, QUER EM MASCULINOS QUER EM FEMININOS, DEIXAM MUITO A DESEJAR E SE ESTIVESSEMOS A FALAR DE UM CLUBE JÁ ESTAVAM NOS DISTRITAIS E EM RISCO DE DESISTIREM COMO OS OUTROS, APESAR DE CONTIUNUAREM A GASTAR OS EUROS DOS CLUBES A GRANDE E A FRANCESA, ENCARECENDO SUBSTANCIALMENTE OS CUSTOS QUE NOS OBRIGAM A PAGAR PARA UMA MODALIDADE SEM VISIBILIDADE E SEM INTERESSE COMPETITIVO.

ACORDEM DEPRESSA, QUE OS CAROLAS QUE TEM SUSTENTADO A MODALIDADE NOS CLUBES, ESTÃO FARTOS, CANSADOS E PERTO DO FIM DE CONTINUAREM A DAR E A PEDIREM A TERCEIROS PARA O PEDITÓRIO.

Anónimo disse...

Apesar de não concordar com o alargamento para 14 clubes , até porque não há qualidade para tal , o problema não são mais 2 ou 3 viagens ( se calhar nem isso ) O PROBLEMA É QUE ESTA NOVA DIRECÇÃO DA FAP JÁ AUMENTOU OS CUSTOS PARA A PO1 SÓ NA ARBITRAGEM EM MAIS 3.000,00 £ .
ISTO É QUE DEVEM DISCUTIR , ASSIM É FACIL ....
DIDICIL É TRABALHAR , REDIZIR CUSTOS , ARRANJAR SPONSORS PARA O CAMPEONATO , DAR OS JOGOS PELO MENOS DA SELECÇÃO NA RTP ( ONTEM VI HOQUEI ) , POR ISSO DECE-SE DISCUTIR É AS RAZÕES REAIS PARA AS DIFICULDADES DOS CLUBES NOS ULTIMOS ANOS E QUE PELOS VISTOS VÃO CONTINUAR OU AUMENTAR .

Anónimo disse...

curioso, alguns dos que falam, até focam nomes, daqueles que deram tempo e dinheiro e tempo para um clube como alfa sobreviver, mas aqueles que falam de cor, eu só pergunto e aqueles clubes que muito devem á federação e continuam a competir, perguntem ao homem que dirige a chamada associação de clubes, uns até vendem direitos desportivos, e ficam as divida nos incobraveis, para esses está tudo bem, não é, ou então tornam-se satélites dos outros e ainda ficam melhor, os meus parabéns ao alfa pela coragem, e ao banhadas por pôr tudo a nu, mas atenção que existem mais.

Anónimo disse...

Direção da FAP? Era má...passou para inexistente!!!

Um homem que nem sabe onde ficam os clubes e respetivos interesses e direitos? Veja-se o ABC na Liga dos Campeões e as contratações de SCP e afins...

O andebol a quem o sente!!!

Anónimo disse...

Não são mais 2 ou 3 viagens não. São 40 jogos em vez de 30! E em vez de 5 jogos a meio da semana, são 10 se não me engano! Absurdo para qualquer atleta não profissional, e à muitos infelizmente...

Anónimo disse...

que equipas é que desistiram da 1º e da 2º divisão? alguem sabe...

Anónimo disse...

A questão é complexa.

Uma modalidade que tem custos de arbitragem estupidamente elevados (mais do dobro do futsal ou do basquetebol), que tem um campeonato com 40 jornadas, com 12 jogos à quarta-feira, com campeonatos nacionais de juniores e juvenis com despesas absurdas em deslocações (sobretudo para os clubes que não têm apoios camarários para transportes) e cuja Federação não apoia financeiramente os Clubes em nada, apenas extorquindo dinheiro, torna-se muito complicado às equipas que não têm apoios camarários poderem competir.

Enquanto que no Futsal, por exemplo, a Federação paga prémios de presença no campeonato, paga prémios de vitória aos clubes, paga prémios de classificação final, paga quilómetros das deslocações e arranja e distribui verbas dos direitos televisivos, cobrando valores simbólicos de inscrições de equipas, de competições e de arbitragens, no Andebol vamos todos deixando andar.

O Basquetebol, infelizmente, já morreu em Portugal e por este andar, brevemente será o Andebol.

Até porque no dia em que morrerem os clubes formadores de atletas, aqueles que alimentam a dita formação dos clubes grandes, a qualidade dos atletas irá baixar drasticamente. Veja-se a qualidade média das equipas que vão às fases finais de juniores, juvenis e iniciados para perceber que já estão com uma qualidade muito inferior às equipas de há cinco/sete anos.

Anónimo disse...

Acho incrível vir para aqui referir nomes de pessoas que têm anos de entrega total ao andebol e à formação de jovens muitas vezes com prejuízo na sua vida particular. O anónimo das 20h23 deve ter algo contra o Passos Manuel e não conhece minimamente a sua história e o seu funcionamento. As pessoas que participam no funcionamento do grupo desportivo não recebem qualquer tipo de vencimento e quem para lá vai sabe isso perfeitamente. O que recebem não é quantificável em dinheiro mas sim noutros valores que o anónimo nào deve conhecer: amizade, solidariedade, amor pela modalidade. Um clube como o Passos Manuel provavelmente nào deveria estar na liga principal por não conseguir gerar receitas que lhe permita sustentar todos os custos da competição. Está lá por mérito e nào por favores. Muitas das principais figuras do andebol nacional passaram naquela casa. São pessoas sérias e reconhecidas pela sua competência. É um vclube incómodo para alguns pela sua postura e gera muitas invejas. O lugar do Passos Manuel não se resume â competiçào por isso existe há 53 anos a formar pessoas e desportistas. Não vai acabar e vai continuar tranquilamente a fazer aquilo que sabe fazer melhor, amizades.

Anónimo disse...

Era só para retificar que o oriental não está enquadrado nas equipas indicadas no comentário do dia 12/07/2016 às 18.38

Anónimo disse...

Quando se mexe ali naquele formigueiro espumam-se todos!
Então estão a dizer que esta gente deixou o Professor Tomás pendurado? Grandes mentirosos: o Professor é que nao quer treinar o Passos, não é? Nao lhe apetece pá!
Então o Prof Comédias também saiu com azia? Isso é porque ele não percebeu o contexto intelectual de quem o despachou, pá! Temos que ter visão pá, visao de futuro e o Comédias nao tinha pá!
Ponham os olhos nesta gente que dirige o Passos pá, isto sim é fina flor do dirigismo pá, mais nada!
Viva os dirigentes do Passos que deram um passo exemplar para todo o desporto nacional! Viva! Viva!
Tenho dito e apoiado!

Anónimo disse...

Mas quem disse que o problema do Passos é financeiro?
Não se fazem omeletes sem ovos.....
Perguntem na FAP se tem as contas em dia com o Passos....
Perguntem na FAP a quem serve o alargamento para 14 clubes.....
Perguntem na FAP quem vai encaixar com 40 jogos na epoca.......

Informem-se antes de andarem aqui a apontar dedos...

Anónimo disse...

O ANDEBOL E SEUS BASTIDORES:
CHEGOU A HORA DE FAZER UM RELATORIO SINTESES,
Muita confusão e quem a criou já se foi embora mas deixou rastos e informadores do sistema!
Um dia destes vou contar as historias do Campeonato Play-off quem exigiu para afastar o Campeão do Norte dos títulos e consegui!. A historia das Selecções e quem vendeu o João Florêncio a Angola para abrir a porta para outro entrar!Os títulos do Alavarium com a colaboração de uma atleta dos quadros da FPA e parecia o EDER do futebo la marcar o golo do Titulo.

Quem ganhou mesmo(grana) com o protocolo com Cuba e assim ganhar 5 títulos nacionais, quem esteve e acertou tudo e era Pres. da FPA!. Porque é que o Sporting não foi campeão no 5 jogo do Play-off no Dragão Caixa o Frederico merecia ser campeão.
As manobras do ex Pres. da FPA para reduzir de 8 clubes para 6 na 2ª fase da P001 do novo campeonato aprovado quando so clubes dirigidos pelo capataz do Porto era 2 fases e 8 clubes na 2ª Fase.
Vai ser bonito mas atenção nada de manobras ou falsidades ou é verdade e conta ou não é verdade e não invento!
ai o meu andebol anda muito mal tratado !
TORRES

Anónimo disse...

14 de julho de 2016 às 14:08
Deve ter a ver com a campanha suja feita pela lista vencedora com todo o tipo de golpes na lista contraria!
A coisa promete!

Anónimo disse...

So gostava de saber quem nao deve dinheiro a federaçao qual o clube, o belenenses por exemplo deve a fap mais 100 000 euros aos anos e anda la como se nada passa , continua a contratar jogadores e a fap vai nisto , pois o passos nao partecipa na po1 e mais clubes viram, agora o horta fica com direito pelos regulamentos a ficar na po1 vamos la fazer uma lenguilha a 3 fafe o organizador pq isto oi feito para les nao descerem ha po2, sismarias que ja anunciou que tem um projecto para po1 com mestre florencio pai a frente (muito dinheiro aparceu em leiria) e agora sera que o sao mamede vai partecipar nessa linguilha duvido estamos ca para ver.
resumindo mais um fraca so dos dirigentes do norte que vivem a conta da federaçao

Anónimo disse...

Aqui penso que não se deve lavar roupa suja, a notícia é triste, real, e infelizmente o Passos está fora da PO1, quando se fala do Passos e preciso conhecer a sua história, neste clube que me acolheu há relativamente poucos anos, sempre me tratou como família, sim é isso que somos, a família Passos, quem aqui está, está de alma e coração, com um espírito de estar no desporto que somente poucos conseguem, podemos ser pequenos mas grandes ao mesmo tempo. Somos Passos e isso é o mais importante.

Anónimo disse...

Historia do Passos Manuel.
O clube viveu a grande durante as ultimas épocas com o Patrono Carlos Cruz-Benfica e não faltava nada desde jogadores e ordenados a treinadores e aluguer de pavilhões!
A estrutura superior do SLB descobriu a marosca e fechou o APOIO porque o que ia acontecer era o João Comédias ir para o SLB e o José Tomaz fazia o lugar dele!
Resultado o PASSOS MANUEL fechou as portas, o João Comédias foi para o desemprego! e o José Tomáz faz um compasso de Espera!
Próximo capitulo saída do Prof. José Cruz do SLB. O ORÇAMENTO NÃO PERMITE TANTA LEVIANDADE! foi contactado o novo Director Desportivo!
José Luis