gal vence

Fim de Semana com as Super Taças - Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

domingo, 29 de janeiro de 2017

Campeonato do Mundo França – 2017 – XXIX

25.º CAMPEONATO DO MUNDO SENIORES MASCULINO
FRANÇA RENOVA TÍTULO

Terminou o 25.º Mundial de Seniores Masculinos, que decorreu em França e que terminou em 29 de Janeiro de 2017, com a vitória da França, que desta forma se torna bicampeã Mundial, por duas vezes (2009 – Croácia, 2011- Suécia, e 2015-Qatar, 2017-França), sendo a sétima vez que disputou uma final vencendo 6. A Noruega, finalista vencido, e que ao vencer a Croácia num jogo épico, sendo o único jogo com prolongamento, classificou-se pela 1.ª vez para uma final de um mundial, dando continuidade á na nossa opinião de que foi a verdadeira sensação da prova, pois não nos podemos esquecer a condição em que participou na mesma. Com um novo confronto neste Mundial entre a França e a Noruega que já na 1.ª Fase da Fase Final se defrontaram na 3.ª jornada do Grupo A, com a vitória da França por 31-28, A Eslovénia equipa que se encontra no Grupo de Portugal no apuramento para o Euro 2018, conquistou a sua 1.ª Medalha em Mundiais ao bater a Croácia na disputa do 3.º e 4.º lugar, por um golo, num excelente jogo de andebol. Desta vez não poderemos falar da qualidade das transmissões, pois para Portugal não foi transmitido um único encontro, lamentavelmente.

A representação Portuguesa que se verificava através de António Goulão nas funções que a IFH designasse, delegado ou Oficial de Mesa, também foi afastado mais cedo do que o previsto e estranhamente pois pertencia a um Pais que não esta representado nos 4 finalistas. o de ser que este afastamento sirva de exemplo aos dirigentes nacionais, que gostam imenso de “bajular”, mas chegados estes momentos, como se costuma dizer “são chutados para canto2.

Resultados Finais

1/2 Final  
Dia 26-01-17
França 31 – 25 Eslovénia
Dia 27-01-17
Croácia 25 – 28 Noruega (C/Prolongamento)

3/4 Lugar
Dia 28-01-17
Eslovénia 31 – 30 Croácia
Final
Dia 29-01-17
França 33 – 26 Noruega

Os jogos das 1/2 Final, 3.º e 4.º lugar e Final, foram disputados no AccorHotels Arena em Paris, com uma lotação de cerca de 16,400 lugares

Classificação Final1.º França, 2.º Noruega, 3.º Eslovénia, 4.º Croácia, 5.º Espanha, 6.º Suécia, 7.º Hungria, 8.º Qatar, 9.º Alemanha, 10.º Dinamarca, 11.º Bielorrússia, 12.º Rússia, 13.º Egipto, 14.º Islândia, 15.º Macedónia, 16.º Brasil, 17.º Polónia, 18.º Argentina, 19.º Tunísia, 20.º Arábia Saudita, 21.º Chile, 22.º Japão, 23-º Bahrain e 24.º Angola.

Outros Prémios

MVP – Nikola Karabatic (França)
Melhor Marcador – Kiril Lazarov (Macedónia) – 50 Golos

Equipa Ideal
Guarda Redes – Vincente Gerard (França)
Ponta Esquerdo – Jerry Tollbring (Suécia)
Lateral Esquerdo – Sander Sagosen (Noruega)
Central – Domagoj Duvnjak (Croácia)
Lateral Direito – Nedim Remili (França)
Ponta Direito – Kristian Bjornsen (Noruega)
Pivô – Bjarte Myrhol (Noruega)

O Noticias

14 comentários:

Anónimo disse...

Gostei em cima do acontecimento, parabéns

O Adepto

Anónimo disse...

Selecção francesa muito forte, com jovens a aparecer fruto do trabalho da federação.Um exemplo. São mais de 20 anos a dominar o andebol mundial.
Por outro lado, é de salientar o record de assitencia para um jogo de andebol, em Lille, onde acolheram para cima de 28000 espectadores.

Anónimo disse...

Se pensarmos que em Portugal por vezes nem estão num pavilhão, oitenta a cem pessoas, qunto tempo de atraso temos? Incrível como nem sequer uma transmissão deu pois, nem na Eurosport. Enquanto vemos um outro desporto aparecer em vários canais, a federação nem se ouve. Aliás é na calada que, se fazem jogadas para aumentar campeonato pobre em público, assim como se comunica de forma estranha, a constituição de selecionadores do país! Vergonha própria de cérebros tacanhos e atrasados, mantendo o andebol num amadorismo doentio! Parabéns França! De longe a selecção com mais soluções e, onde se vai notando uma renovação feita com todo o cuidado. Trabalho em profundidade

Anónimo disse...

A França é aplaudida por todos e nem precisou de empurróezinhos dos apitos. è uma equipa adulta e que tem solução para muita situação diferente. Neste Mundial revigorou a equipa. O trabalho feito nesta fed. pode ser testemunhado caso algum Português tenha familia por lá. Em Portugal dão-se os primeiros passos mas... sempre com os habituais vicíos e interesses! Quantos casos ridiculos há e porque acontecem?

Anónimo disse...

Isto sim é andebol. No campeonato de França onde por mais duma vez fui espectador o ambiente nos pavilhões nada tem a haver com Portugal. Sei que o Nuno (Grilo) por acaso campeão de juniores pelo muito meu S. Bernardo, vem agora para o Creteil. o que se pasa em Portugal nem merece palavras, apenas o silêncio. Mas para mim a culpa é da cultura das pessoas. No fim nem se fala muito de futebol, antes assim fosse mas, é só arbitragens e negócios! Como clasisficar esta doença mental em que vários canais, dão programas de ruído e mal dizer?

Anónimo disse...

Só há uma maneira do andebol conquistar adeptos. È os miudos conhecerem-no na escola e em casa verem jogos destes na Tv. Sem isso nada feito! Quando temos uma federação que é uma anedota e á sua volta dirigentes amadores e irresponsáveis é isto o que temos! O andebol neste país é uma canceira e um desgosto. Para além de não apelativo acontecem cenas deploráveis. Parem!

Anónimo disse...

Quem disse que os dirigentes da Federação Portuguesa são amadores está muito enganado, alguns recebem e bem

Anónimo disse...

Há o andebol do norte da europa. Há o andebol do centro da europa. Houve o andebol da Alemanha. Houve o andebol da antiga Yoguslávia que se desfez (Croácia, Sérvia, Eslovénia, Montenegro, Bosnia Herzegovina e Macedónia) e da antiga URSS, do qual resta a Rússia mãe de tudo aquilo. Hoje temos um andebol estruturado e pensado ao pormenor e onde se trabalha da base até ao topo com condições únicas. Esse é o da França. Andar tantos anos no topo não é para todos. Tambem há o Qatar que tem um selecionador e sua equipa e depois aparecem lá jogadores de todo o mundo que, têm condições e luxos doutro mundo! Ah! E nunca são nada prejudicados, antes pelo contrário mas, já é complicado explicar os porquês! No meu caso sou de compreensão lenta...

Anónimo disse...

Será por acaso que vamos tendo tanto em masculinos como mesmo em femeninos, jogadores\as a jogar em campeonatos mais competitivos e se vive o andebol de forma mais séria e profissional? Wilson Davies á quantos anos vive de andebol? Mais tarde Ferraz, Gilberto e outros emigraram. O jogador Português tem qualidade apenas, precisa abrir a mente para trabalhar e competir, se o desejar, a sério e com auto-sustentação. Mas, será que quando um jogador no nosso andebol 1 entra em campo e vê num jogo entre "grandes" cerca de mil pessoas, tem desejo de jogar? Que pode esperar quando abandonar a carreira? Que retaguarda terá? È que depois do caso de João Pinto\Sporting nada ficará igual. Hão-de descobrir-se muitas coisas mais sobre contratos que nunca se cumprem. Nem falo de prémios não pagos e outras sacanagens.

Anónimo disse...

Acrescento que temos um andebol a brincar e onde a própria federação está controlada, por um só clube em Portugal. Aqui alguém vai a Cuba com carta branca e traz cubanos á carrada. Eles querem é ganhar uns euros para melhorar a vida. a estrutura de Cuba em desporto é boa e são trabalhadores e empenhados. Querem andebol profissional e até acredito que portugal é apenas uma placa giratória. quanto á arbitragem, o habitual! Quem tem meses de ordenados em atraso e, ainda tem que se deslocar em viatura própria, penso que com uma saída pelo rio Douro e uns jantares...cede!
Senão como poderá pagar a gasolina que em Portugal é tão cara?
Quanto a público é que nada se nota! pavilhões vazios á espera da fase-final do campeonato, a tal fase em play-off entre os melhores.

Anónimo disse...

CURIOSO QUE NA EQUIPA DO MUNDIAL SÓ DOIS JOGADORES SÃO DE FRANÇA! ISTO SÓ AJUDA A PENSAR QUE... ELES RESOLVEM COMO EQUIPA! FORA DE CAMPO HÁ UMA ESTRUTURA CAPAZ E PROFISSIONAL AO MÁXIMO. TUDO É FEITO COM CABECINHA. QUE MAL ME SINTO SENDO PORTUGA E VENDO COMO SE FAZEM AS COISAS NESTA ILHOTA! EU QUERO EMIGRAR PARA FRANÇA!

Anónimo disse...

Podíamos falar de qualidade de trms das tv´s em Portugal? A última foi sem dúvida original pois, ao intervalo parou sem haver sequer, uma justificação! Estava a jogar a selecção Portuguesa um particular com outro país e, eis que surge a noticia do falecimento do presidente e tesoureiro da Fundação M S! toca a dar reportagens e diretos e mais diretos, tendo a TVI mais que um canal! Outras veses em canais de clube surgem diretos depois da hora de início de jogo! E até aconteceu surgir um jogo de futsal do clube e, o andebol ficar para mais tarde. Erros de horário? Há vários! O jogo só dar no dia seguinte é normal! Isto mostra ao que chegou o andebol nacional! Isto mostra o que não faz a federação do andebol! No entanto fenomenal eficiencia a deixar entrar Cubanos até com idade de junior! Há mais mas nem me lembro.

Anónimo disse...

Não admira que haja Tugas a quererem ir para França. È outro andebol! E a lingua e costumes dão para suportar. Amanhã vai surgir mais interesse em jogadores Lusos e se os que lá estão não derem barraca, há-de haver mais a fazer as malas. Vive-se melhor na segunda divisão em França que cá. E não é só em França. Espanha teve alguns casos de crise senão haveria mais Lusos por lá. O trabalho organizado e com cabeça vale a pena.

Anónimo disse...

A França deu uma lição ao mundo, dentro e fora de campo!