gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Planeamento e Orçamento 2018 – III

PLANEAMENTO E ORÇAMENTO 2018 – III

Na sequência do que anteriormente dissemos hoje iremos abordar mais algumas das questões relativas á modalidade e que consideramos prementes.

Fala-se em desenvolvimento da modalidade, mas vendo com atenção o referido documento, não se pode compreender, como vão as Associações contribuir para o mesmo, pois do montante global previsto em termos orçamentais (4.160,000 €) ver imagem:
É atribuído às mesmas em critérios fixos, projectos de desenvolvimento e outros, um total de 7,38%, na nossa opinião um verdadeiro “escândalo”, ver imagem, mas aprova-se tudo por unanimidade., a propósito quando será publicada a acta da AG, até hoje “zero”.
Fala-se no Andebol Masters (Página 12, do documento, e bem, com enfase à organização do Europeu de 2017 em Portugal), mas não existe nenhuma prova no calendário Nacional, o que existe sim é a chamada PO40, que se refere a veteranos, palavra nunca referida no texto. No entanto em termos orçamentais é precisamente o contrário, nada existe acerca de Masters, e apenas é referido em Desenvolvimento da Atividade Desportiva a palavras veteranos através da PO40 com 2,500 € adjudicados (menos 50% do previsto na época anterior). No mínimo Estranho!

Em 2016, num texto sobre documento similar, referimos o seguinte:
Fez a Federação através do seu Portal uma notícia acerca das possíveis novas instalações, que finalmente já tinham sido aprovadas pela CML, e que estavam relacionadas, com os terrenos que tinha sido cedido em tempos à FAP em direito de superfície. Pois em termos de atividade planeada nada existe, ou por outra existe a omissão. Por outro lado em termos orçamentais nada se encontra previsto, o que se estranha! Pois, ou no ano de 2017, não existe nenhuma assinatura nem nenhum início de transição, ou terá de se verificar um Orçamento rectificativo certamente.”

No Relatório e Contas relativo a 2016, pois o de 2017, ainda não existe (nem tinha de existir nesta data), é referido o seguinte, a pág. 7 do referido documento:
Para depois a pág. 30 do mesmo documento se realizar uma operação contabilística sobre a referida troca de terrenos, ver imagens:
No entanto no orçamento para 2018, é completamente omisso sobre a matéria, e voltamos a referir, já está concretizada a operação de troca de terrenos, e se estiverem onde estão previstas as verbas para adaptação, conforme já anteriormente por nós referido.

Por hoje terminamos, outros se lhe seguirão. 

O Banhadas Andebol

Sem comentários: