gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

A Noticia – Cláudia Correia Na Grécia

CLÁUDIA CORREIA ABANDONA ALAVARIUM
Cláudia Correia, atleta do Alavarium deixou este domingo o clube para ingressar num novo projeto na Grécia.
 
Cláudia vai representar o PAOK de Salonica com um contrato de 3 meses com mais um ano de opção. 
 
A atleta partiu hoje de madrugada e deve chegar a Salónica ao final do dia onde será apresentada no seu novo clube.
 
Informação fornecida, por leitor devidamente identificado, pela nossa parte agradecemos.
 
O Andebol Nacional, fica mais rico na nossa opinião com mais uma atleta a competir no estrangeiro, no entanto, pensamos que a vida do selecionador nacional ficará cada vez mais difícil.
 
O Noticias

6 comentários:

Anónimo disse...

Emocionante despedida na Madeira!

Fica aqui o link para a foto do abraço ao seu treinador e de um texto emocionado do Ulisses Pereira:

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=641921129178532&set=a.116684585035525.9409.100000819512078&type=1&theater&notif_t=like

Cláudia, acho que nunca chorei assim num pavilhão. Mas foram quase 5 anos de momentos inesquecíveis que, nesta altura de partida para a Grécia, parece que passam na minha cabeça como imagens de um filme.

Já vi saírem muitas jogadoras, mas nunca me custou assim. Porque foste especial em tanta coisa.

A tua vinda para o Ala, fez-nos dar o verdadeiro salto. Recordo tantos momentos de glória contigo. Recordo aquela lesão gravíssima que superaste com uma garra e coragem tão tua. Recordo esse teu espírito que faz com que todos gostemos tanto de ti. Recordo tantos Ramonas. Recordo o teu apoio aos jogos das mais pequeninas, sempre Ala no coração. Sempre sentiste o Ala como a tua casa, a tua família e isso sentia-se em tudo.

Recordo quando, há quase 5 anos atrás, foste pela primeira vez ao pavilhão para assinares pelo Ala, vinda de Lisboa. Disseste-me, nessa noite naquele pavilhão deserto: “Sinto que vou ser muito feliz aqui”. Hoje, na hora do adeus, sei que foste feliz. Muito feliz. E esse aperto que levas no coração, essas lágrimas que não têm parado de cair, são a prova disso mesmo.

Obrigado. Obrigado por tudo o que nos deste. Obrigado por nos teres marcado tanto.
Obrigado por me teres feito mais feliz nos últimos 5 anos.

Fica com esse abraço de despedida da foto que nunca esquecerei e que mostra tão bem como sempre foi a nossa relação.

P.S. Sei que vais espalhar felicidade na Grécia como o fizeste aqui. E que estás lá a torcer muito por nós. Como sempre.

Anónimo disse...

A vida do seleccionador nacional? Ele nunca a convocava... pode ser que abra os olhos!

Anónimo disse...

O nosso andebol feminino não tem valor? Quantas estão actualmente a jogar no estrangeiro? Pense-se nisto! Todos sabemos que vai haver saídas no masculino. Gilberto? Carlos Carneiro?

Anónimo disse...

mais uma para não ser convocada pois sai muito caro. vai ser engraçado, das que estão fora quem irá aparecer

Anónimo disse...

Como na vida é sempre bom fazer novas experiências , mudar de ares e abrir portas.

O andebol grego, embora de valor relativo, dificilmente terá nível competitivo mais baixo que o nosso.

Força e sucesso

Anónimo disse...

O nível do andebol grego é mais baixo do que o nosso, sem dúvida.