gal vence

Euro Sub-17 Femininos (Lituânia), Portugal vence a Bielorrússia por 31-24, e está na final - Mundial Sub-19 Masculino Portugal derrotado pela Rússia por 33-26 - Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

domingo, 13 de abril de 2014

PO20 - Taça de Portugal Seniores Masculinos 2013 / 2014 – XIII

SPORTING VENCE TAÇA DE PORTUGAL MASCULINA
3.ª CONSECUTIVA 
Realizou-se hoje (13-04-14), o jogo da Final da Taça de Portugal Seniores Masculina. Que foi realizada em simultâneo com a Taça de Portugal Feminina dando desta forma cumprimento a uma decisão da FAP, que se iniciou na época passada, o que se saúda.
 
Uma nota especial (que se saúda) para a transmissão dos jogos pela Andebol TV (parece-nos finalmente que o projeto começa a dar os desejados frutos) e Bola TV. 
 
Resultado - Final

Sporting 34 – 29 ABC 
 
Em mais um jogo disputado o Pavilhão do Águas Santas, que diga-se desde já, se encontrava completamente esgotado, provando-se mais uma vez, que quando existe perspetivas de espetáculo e de bom andebol, existem adeptos, apenas a modalidade tem de lhe retribuir com bons jogos. No entanto um reparo se deve fazer, pois a humidade existente no pavilhão, tornou o piso demasiado escorregadio e até perigoso para a integridade física dos intervenientes, provocando sucessivas intervenções (paragens) para limpeza do piso. O jogo em si foi dominado em termos de marcador desde o minuto 1 ao 60.º pelo Sporting, permitindo no entanto algumas igualdades no marcador (poucas9 em especial durante os 30 minutos iniciais, como por exemplo aos 15 minutos (igualdade a 7 golos) e aos 28 minutos registou-se a ultima situação de igualdade (13 golos), mas ainda terminou o primeiro período de jogo na frente do marcador pela diferença mínima 14-13. De referir neste período duas figuras importantes, ambos os guarda-redes, pois tanto Humberto Gomes com em especial Ricardo Candeias, estiveram em especial e positiva evidência. Nos segundos 30 minutos, os técnicos iam fazendo os Time Out’s a preceito, e gerindo os planteis ao seu dispor, consoante as circunstâncias, ou seja em devido tempo e sem inventar, demonstrando que estávamos na presença de técnicos que sabem o que fazem, e que preparam devidamente as suas equipas, consoante os jogos que vão disputar, por isso os nossos parabéns a ambos. O Sporting continuou com Ricardo candeias em grande plano, sendo muito bem acompanhado pelo jovem Pedro Portela (com uma eficácia de 75% 12 golos em 16 tentativas) e que foi apenas e só o melhor marcador da sua equipa que aos 43 minutos vencia por diferencial de 6 golos (23-17), que viria a ser repetido aos 48 minutos (27-21), para chegar a atingir o máximo diferencial (7 golos) aos 50 e aos 53 minutos (30-23), com o ABC entretanto a substituir o seu guarda-redes fazendo entrar Bruno Dias. O ABC, entretanto tudo fazia para alterar o marcador e diminuir a diferença desde defesas 4x2 a té marcações quase HxH, tudo tentou, mas apenas atenuou. No lado do Sporting merece ainda uma referencia especial o cubano Frankis Marzo com 8 golos e uma eficácia de 67%, mas com 5 assistência, provando que nem só golos vive o andebol, embora também tenha sido o atleta da equipa com mais falhas técnicas (6), o Jovem Rui Silva (4 golos) foi de uma entrega total jogando fazendo jogar e assistindo, não esquecendo Ricardo Candeias (38% de eficácia) e que quanto a nós foi um dos grandes responsáveis da vitória da sua equipa, e o trabalho pouco visível de João Antunes em todo o processo defensivo. Na equipa do ABC, uma referência especial para “veterano” David Tavares com 8 golos e uma eficácia de 89%, e para nós uma grande chamada de atenção pelo grande jogo que Pedro Seabra Marques, tem em inteligência o que lhe falta em altura e que não só marcou 5 golos o que lhe deu uma eficácia de 715 como proporcionou mais 4 golos com assistências da sua parte, fez a equipa jogar e ainda consegue estar preparado para ser o jogador de campo que entra no lugar do guarda-redes quando a sua equipa tem uma exclusão a cumprir. Temos ainda o jogo efetuado quer por Nuno Grilo quer por João Pinto, pela negativa, não era o seu dia, certamente. Com esta vitória o Sporting além de obter a sua 3.ª vitória consecutiva na prova, passou a ter 15 vitórias na mesma. O encontro foi dirigido pela dupla de Aveiro constituída por Carlos Capela e Bruno Rodrigues, que na nossa opinião poderiam ter produzido uma atuação mais positiva, não fosse a sua indefinição na aplicação do sinal de Jogo Passivo, e por vezes a não uniformidade na aplicação da Sanção progressiva com decisões “salomónicas” que na maior parte das vezes nada resolve. Bem no critério de 7 metros e na Falta do Atacante.
 
O Sporting ao vencer a Taça de Portugal, está imediatamente apurado para a EHF CUP. Podendo a situação sofrer alteração consoante a sua classificação final no Campeonato Nacional.
 
O Noticias

25 comentários:

Anónimo disse...

O Banhadas enganou-se: escreveu Sporting - ABC, quando devia escrever A. Santas (que tem como treinador o GRANDE paulo faria) - Sporting. Não foi Este grande treinador que está a fazer um GRANDE trabalho no A. Santas, que chegou à final? Não é este Grande treinador que já conquistou um lugar nas competições europeias e está a caminho de conquistar o titulo nacional?
Como pode o Banhadas enganar-se assim?

Anónimo disse...

Uma vez mais, o Benfica eliminado de uma grande competição. Ano após anos a mesma coisa, sempre com o maior orçamento do campeonato. Podem mudar os jogadores todos mas enquanto não se deixarem de contratar treinadores antiquados, a viverem do passado, o Benfica não regressará ao sucesso. José ANtónio Silva? Jorge Rito? Estava-se mesmo a ver no que ia dar.

Só vejo 3 nomes portugueses com juventude, modernidade e sobretudo com CARISMA para fazer do Benfica o clube dominador do andebol português: Paulo Jorge Pereira, Ulisses Pereira ou Carlos Resende. Treinadores carismáticos, líderes que não se escudam nas desculpas dos outros e que jogam um andebol moderno.

Infelizmente, estou mesmo a ver as desculpas dos dirigentes do meu SLB para não os contratarem: Paulo Pereira porque está no estrangeiro com contrato, Ulisses Pereira porque é do feminino e Carlos Resende porque tem o passado conotado ao FCPorto. Infelizmente, vão riscar os únicos 3 nomes possíveis da lista.

Vão acabar por contratar um Paulo Faria ou um treinador assim de segunda fruto do que "aparenta ser".

É triste ver como os dirigentes do SLB não arriscam e acabam sempre por escolher a opção mais previsível e sempre a errada...

Coragem! Não quero mais o meu SLB a definhar...

Anónimo disse...

Felizmente para o Sporting hoje o ABC jogou desfalcado.

Anónimo disse...

O ABC teve o que merecia a derrota, quem devia ter disputado esta final era o Xico Andebol por isso ficam aqui os parabens desde Guimarães ao atleta Rui Silva de Guimarães.

Jorge Almeida disse...

1º) Parabéns ao Sporting CP e ao Madeira SAD pela vitoria nas Taças

2º) Fora de tópico:

Lista de transmissões de jogos de Andebol previstoa na TV, Internet e Rádio entre 14 e 20 de Abril de 2014:

http://andeboltv.blogspot.pt/2014/04/lista-de-transmissoes-entre-14-e-20.html

João Pereira disse...

Bom dia a todos. À alguém que me consiga explicar o historial da primeira divisão de andebol nacional? Isto é uma confusão? No site da federação diz que o Francisco da Holanda venceu em 2008-2009, noutros sites lei-o que foi o FCP, e tanto é que o FCP o ano passado festejou o penta. Mas que título é este do FCP em 2008-2009? Em 2007-08 a federação diz que foi o Maritimo e já li que foi o Benfica...Que confusão. Alguém me consegue explicar? Obrigado.

Anónimo disse...

Paulo Pereira, Ulisses ou Resende? Também me parece que eram 3 nomes com o carisma e um andebol moderno que o Benfica precisa.

Mas acho que o SLB só terá hipóteses de contratar um deles. E não pelas razões que o anónimo das 0h54 aponta. Tudo por questões económicas:

Paulo Jorge Pereira (O meu preferido pois já foi campeão em Portugal e tem um trajecto lá fora fantástico): Tem contrato de mais um ano com a selecção da Tunísia a valores impossíveis de pagar, mesmo para um clube como o Benfica.

Ulisses Pereira (a minha segunda escolha. Tem o risco de estar ligado ao feminino, mas transformou um clube minúsculo, num dos grandes do andebol feminino em Portugal). O SLB não tem dinheiro para o convencer a deixar de trabalhar na Bolsa, ele que é uma espécie de guru da Bolsa portuguesa. É esquecer.

Carlos Resende (a minha terceira escolha. Mais carismático não há, é um dos símbolos do andebol português, está a colocar o ABC de novo no topo do andebol português). Parece-me a única hipótese possível. É docente universitário no Porto mas com o nível a que o SLB costuma pagar, parece-me que isso deixa de ser problema.

Apesar de preferir os outros 2, com Carlos Resende o Benfica recuperará muito da mística perdida e sobretudo deixa o andebol do passado para trás.

Mas com o jeitinho que os dirigentes do Benfica têm para escolher treinadores, vão acabar por ir mais na linha de um Zé António Silva ou Jorge Rito :(

Anónimo disse...

Parabéns ao Sporting (masculino) e Madeira SAD (feminino) pelas vitórias obtidas.

Uma vez mais, o Benfica desilude.
Uma equipa paga a peso de ouro, nem campeonato nem taça.
Porque esperam os responsáveis benfiquistas?

Anónimo disse...

A minha questão no SLB é: Quem escolheu os jogadores? Foi o Rito ou os dirigentes? É que é verdade que o Rito é um treinador do passado e é preciso sangue novo mas mesmo assim eu duvido que ele tenha gasto aquele dinheiro todo NESTES jogadores!

Anónimo disse...

Alguém tinha pedido uma dupla "verde"? Pois ela lá esteve na final...Muito mal no jogo passivo (em claro prejuízo do ABC) e muito mal na ação disciplinar (critérios duais com claro prejuízo também para o ABC.
O SCP é justo vencedor? É. Foi melhor? Foi. Mas que teria de ter corrido muito mais com outra dupla mais séria, teria...Na falta atacante o Francis foi rei impune...
Parabéns ao andebol que viu muito bons espectáculos e uma final de luxo, com intervenientes que já levaram Portugal ao top e que agora, salvo raras excepções, são nódoas para Rolando...
Grandes exibições individuais de Candeias, Portela, Carol e Seabra. Este quase médico em breve será dois em um...Porque esperam os grandes?

Anónimo disse...

Grande final. Dois andebóis muito modernos e bonitos com excelentes interpretes e jovens de talento, exemplo e garra...

Anónimo disse...

Senhor Presidente de Secção:

Os resultados nos últimos anos e na Taça de Portugal mostram que algo vai mal. O SLB merece muito mais e tem condições para fazer muito melhor.

O clube é muito grande, com tradição na modalidade pelo que se exige acção e medidas. Comenta-se muito: são os jogadores ?, o treinador ? a organização ? competências de pessoas ? Uma certeza, se é essa a solução, mudar o treinador não é o passo da mudança profunda que se ambiciona. Algo mais.

Pouco ou muito, o salto em frente, de projecção do Clube, passa por uma estratégia com mudanças, de uma nova visão, com aqueles que representam o futuro do Andebol.

Sugere-se ainda que acompanhe com atenção a formação.

Votos de sucesso.

Jorge Almeida disse...

João Pereira, essa estória faz lembrar o período negro do Andebol em Portugal.

Bom, vamos lá ver se não me esqueço de nada. Se cometer algum erro, digam, pois a minha memória já não é o que era:

Em 2002, alguns clubes (entre os FC Porto, SL Benfica, ABC, AA Águas Santas, e, mais tarde, Sporting CP) acharam que a FAP estava a ser gulosa em termos de dinheiros, e resolveram criar uma associação para fazerem uma competição entre eles, a Liga Portuguesa de Andebol (em algumas temporadas, também conhecida por "Liga Halcon"), que se pretendia profissional (mas que nunca o foi).

A FAP, temendo ter um rombo nas receitas, sempre foi contra esta LPA. A princípio, ainda reconheceu os campeões desta Liga como campeões nacionais (mas sempre com enorme má vontade, tendo demorado imenso tempo a ceder à LPA os 25 % de votos que tinha direito na AG da FAP, por exemplo), depois quis que o campeão da LPA jogasse uma eliminatória com o Campeão da Divisão de Elite para ser considerado Campeão Nacional, mas como os clubes da LPA não quiseram, baniu-os, passou a considerar apenas os escalões jovens destes clubes, e a considerar como campeões nacionais os clubes vencedores da Divisão de Elite.

A LPA, sem as receitas que pensava vir a ter devido ao país já ter sido declarado estar "de tanga" pelo PM na altura (que desertou para Presidente da Comissão Europeia), e devido a toda esta guerra muito publica, passou a não autorizar a ida dos jogadores dos seus clubes à Selecção Nacional de Portugal depois do Europeu de 2006 na Suíça. No entanto, a LPA era o elo mais fraco, tanto que cedeu e acabou após a época 2008-2009, onde houve um reescalonamento dos quadros competitivos de seniores masculinos (durante esta guerra, tivemos 5 escalões de competições nacionais em seniores masculinos, mas que no Futebol, por exemplo - LPA, Divisão de Elite, 1ª, 2ª e 3ª).

Esta guerra foi a grande responsável pela queda abrupta do Andebol nacional durante a década passada, e que ainda hoje estamos a recuperar. Foi um período triste.

Agora considerar que os campeões nacionais de seniores masculinos foram o Marítimo em 2007-2008 ou o Xico de Holanda em 2008-2009, com todo o respeito para com esses clubes, é de quem é teimoso e não quer encarar a realidade.

Anónimo disse...

Os benfiquistas são mesmo insuportáveis!
Só eles é que podem ganhar! Quando os outros ganham nunca têm mérito. É sempre por demérito do seu clube! Ou culpa dos árbitros! Ou do sistema...
E ainda falam de ética e desportivismo...
Se não conseguem viver com a realidade, vão ao psiquiatra!
ganhem juízo e aprendam a comportar-se, de uma vez por todas...

Anónimo disse...

Ao comentário pós almoço de hoje:

Mérito e parabens para o Sporting.

Por fim, fica a sugestão da leitura do "Ensaio Sobre a Cegueira" do Saramago.

Anónimo disse...

Parabéns SPORTING! Justo vencedor da taça de Portugal e vencedor da Supertaça 2013\2014!
Pelo caminho esta equipa afastou o Porto, Benfica e A.B.C.\U.M., garantindo estar na EHF CUP.
Domingo irei ver-vos, viajando de Santarém. Pena a carrinha só levar nove. Neste momento vocês são o maior exemplo dentro do clube! Sem vida de rico e sem pavilhão acho que agora mesmo perdendo, o povo aplaude-vos!

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Em relação aos 3 nomes aqui sugeridos para treinador do Benfica, são nomes que realmente cortavam para o passado e com um carisma muito próprios. Mas conseguirá o Benfica convencer qualquer um deles a entrar num projecto com todos os condicionalismos profissionais que qualquer um dos 3 treinadores tem?

Duvido.

Anónimo disse...

O slb e o belem estão equiparados o slb aposta em nomes sonantes pagos a peso de ouro resultados zero o abc, fcp, scp, apostam na juventude resultados titulos o belem igual manda embora jovens formados no clube com a mistica e vai buscar todos aqueles reformados resultados zero

Anónimo disse...

Resende, Ulisses ou Paulo Jorge Pereira? 3 nomes que podiam mudar o andebol do Benfica. Acrescentava aí o Paulo Fidalgo que mostrou no Madeira Sad todo o seu valor.

Anónimo disse...

Resende? Um portista no SLB? Rasgava o meu cartão de sócio.

Anónimo disse...

Eu quero lá saber se o próximo treinador do benfica é portista, se é campeão nacional feminino, se treina no estrangeiro ou se é seleccionador nacional.

O que eu sei é que qualquer desses nomes é um corte com o passado que o Benfica precisa. Precisa de um treinador jovem, ambicioso e inteligente.

Mas costuma faltar coragem aos dirigentes do Benfica e alguns desses nomes obrigavam a muita coragem. E se calhar a alguma limpeza de balneário...

Anónimo disse...

A mim o que me preocupa é ver o Sporting a renovar com os melhores jogadores, com um projecto e o Benfica aparentemente à deriva, com um treinador caquético.

Mandar 3 ou 4 embora (nºao digo nomes), ir buscar o Gilberto (já erraram ao irem buscar o Wilson) e ir buscar um dos 3 treinadores aqui sugeridos.

Mas cheira-me que vão buscar o crommo do Paulo Faria.

João Pereira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
João Pereira disse...

Caro Jorge Almeida,
Antes demais, agradeço a sua ajuda.

Realmente essa história da FPA e LPA é muito confusa. No site da FPA, tem lá a tabela de campeões, mas dessa tabela o que é efectivamente verdade?

http://portal.fpa.pt/publishing/img/home_275/fotos/93588157551152490515.pdf


As primeiras 4 colunas desta tabela corresponde apenas a um escalão, certo? o da 1ª Divisão? As restantes colunas a partir da 2ª divisão, inclusive, está tudo correcto? Relativamente às primeiras 4 colunas, o que eu penso ser tudo da 1ª Divisão, ondde posso consultar a tabela real dos campeões da primeira divisão? Obrigado pela sua ajuda. Cumprimentos. João Pereira