gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

sábado, 23 de maio de 2015

PO06 Fase Final – 2014 / 2015 - II

Cronica ligeira sobre a Fase final desta prova, que está a ser disputada no mesmo formato competitivo, da época anterior.
 
Repetimos o que afirmámos anteriormente por convicção “Desta feita com maior verdade desportiva, no nosso entender, pois a representação das Regiões Insulares, é feita através de verdadeiros clubes (Campeões Regionais) e não através de autênticas seleções regionais.” 
 
PO06 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Juvenis Masculinos

Fase Final
1.ª Jornada
Dia 23-05-15
Águas Santas 29 – 28 ABC “A”
CD D. Perestrelo 19 – 21 Benfica "A"
 
A Fase Final da prova, que começou com grande equilíbrio, hoje na 2.ª jornada para não fugir á regra começou com um encontro de total equilíbrio entre as duas equipas, estamos a referir-nos ao Águas Santas / ABC, que terminou com a vitória da quipá maiata pela diferença mínima, que reflete precisamente o equilíbrio com que decorreu o mesmo, onde as igualdades e alternância no marcador, nunca deram origem a grandes diferenciais, sendo o maior delas de três (3) golos e verificou-se já na parte final do encontro quando a equipa visitada vencia por 28-25, diga-se que até final do encontro apenas concretizou mais uma vez. Se o ABC, terminou os primeiros 30 minutos na frente do marcador por 17-16, depois de assumir o comando do marcador após uma igualdade a 13 golos, os maiatos cerca dos 46 minutos deram a volta ao marcador e passaram eles a assumir o comando do marcador até ao fim do jogo. Este encontro teve registo de ocorrências disciplinares. Gustavo Carneiro com 8 golos, foi o melhor marcador do Águas Santas, por sua vez Oleksandr Nekrushets com o mesmo número de golos foi o melhor marcador do ABC, sendo acompanhado de perto pelo seu colega de equipa André Gomes com 6 golos. O outro jogo da jornada disputou-se na Madeira onde o B. Perestrelo recebia o Benfica, e após um jogo de relativo equilíbrio, onde o resultado ao intervalo assinalava 11-8 a favor da equipa do continente, um segundo período onde a equipa madeirense continuou a oferecer forte resistência, de tal forma que lhe permitiu diminuir a diferença no resultado final. Foi um jogo excelentemente disputado, e onde mais uma vez o madeirense Diogo Alves com 9 golos se cotou como o melhor marcador. O Fator negativo a assinalar nesta jornada vai inteirinho para a falta de informação que os próprios Boletins de Jogo possuem. 
 
Continuamos a não publicar nenhuma classificação, por entendermos que face ao que se disputou até ao momento (2 jornadas) a mesma, não têm qualquer justificação
 
O Formador

Sem comentários: