gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Crónica Intermédia de Fim-de-semana – 08 – 2016 / 2017 – I

Nesta crónica intermédia apenas nos iremos referir, ao jogo hoje (28-09-16) realizado, referente á 4.ª Jornada, que se encontrava em atraso, pelo motivo da participação de uma das equipas nas Provas Europeias.

PO01 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Masculinos.

1.º Jornada
Dia 05-11-16
SC Horta - AC Fafe (21H00)
3.ª Jornada
Dia 09-11-16
SC Horta AA Avanca (21H00)
4.ª Jornada
Dia 28-09-16
ABC 29 – 38 Sporting
Ismai – SC Horta (Adiado)

Depois da disputa deste encontro, continuam em atraso 3 jogos de diversas jornadas. Este jogo que felizmente decorreu sem qualquer problema ou ocorrência disciplinar,

ABC 29 – 38 Sporting

Tivemos a realização no Pavilhão Flavio Sá Leite de mais dos já tradicionais e clássicos do andebol português, o ABC / Sporting, com a equipa bracarense a ser o Campeão Nacional em Titulo, e a equipa do Sporting a ser a equipa que mais se reforçou no defeso desta época. Pavilhão desta vez com menos publico do que o esperado, mas como de costume entusiasta, que nunca deixa de apoiar a equipa da sua simpatia. Pena s ausências forçadas de alguns dos elementos nas duas equipas, como José Costa e Pedro Spínola no ABC, e Carlos Carneiro no Sporting. O Sporting apesar de comandar o jogo e o marcador durante os 60 minutos do jogo, permitiu que o mesmo com mérito do ABC tivesse momentos distintos, assim no primeiro tempo total supremacia do Sporting. Que começou a vencer por 3-0, e foi aumentando progressivamente a mesma passando por 7 golos aos 17 minutos (13-6), pelos 8 aos 23 minutos (16-8), para chegar ao intervalo a vencer por um diferencial completamente inesperado de 10 golos (20-10), com Carlos Ruesga a ser o grande estratega da equipa, e com Pedro Solha (6 golos, 100% de eficácia) em bom momento de forma, e com Aljosa Cudic (23% de eficácia) na baliza a estar ao nível dos restantes colegas, apresentou neste período um andebol mais colectivo, e onde os seus valores individuais se fizeram ver, por sua vez o ABC não entrou bem, foi pouco agressivo defensivamente, defendendo mal e no ataque apenas Pedro Seabra (4 golos, 57% de eficácia) tentava levar a equipa para a frente, e raramente soube aproveitar as superioridades numéricas de que dispôs. Uma curiosidade foi as duas equipas a usarem a nova regra de jogo, que permite jogar com um jogador de campo, sem camisola de guarda-redes (situação que até deu origem um livre de 7 metros e á exclusão de Carlos Ruesga (6 golos, 75% de eficácia), já no segundo tempo). Nos segundos 30 minutos, um ABC, mais afoito, com uma excelente mudança tática, fazendo duas marcações individuais, a Carlos Ruesga e a Frankis Carol (9 golos, 75% de eficácia), faz um parcial de 7-0 em 7 minutos, passando de 22-12 aos 33 minutos para 22-19 aos 40 minutos, colocando o resultado apenas numa diferença de 3 golos e relançado o jogo, sendo na baliza Emanuel Ribeiro (22% de eficácia), e no ataque Diogo Branquinho (5 golos, 83% de eficácia), juntamente com a eficácia de Miguem Sarmento (7 golos, 100% de eficácia em especial nos livres de 7 metros, 4 em 4), os grandes responsáveis desta excelente recuperação, com o sporting a cometer imensas falhas técnicas, valendo-lhe neste momento o guarda-redes que entro no segundo tempo Matej Asanin, (21% de eficácia) com algumas intervenções decisivas. Com o resultado em 23-20, o ABC, começou novamente a claudicar, enquanto no Sporting, com a rotatividade dos jogadores a fazerem a grande diferença, volta a colocar progressivamente o marcador em 7 golos de diferença aos 51 minutos (31-24), e chegar novamente aos 10 golos e diferença aos 59 minutos quando o marcador assinala 38-28, a seu favor. De destacar que no Sporting, 11 jogadores marcaram golos, com Janko Bozovic (6 golos, 86% de eficácia), a mostrar a sua importância nesta equipa. Dirigiu o encontro a dupla aveirense constituída por Ramiro Silva e Mário Coutinho, que apesar das falhas que tiveram em especial na Falta do Atacante e um critério desequilibrado na Sanção Progressiva, acabam por realizar trabalho que comparativamente com outras arbitragens se pode considerar positiva.

A Classificação ficou assim ordenada: - 1.º Sporting e FC Porto (15 pontos), 3.º Benfica (13 pontos), 4.º Madeira SAD, Águas Santas e AA Avanca (11 pontos), 7.º ABC (10 pontos, -1 jogos), 8.º AC Fafe (-1 jogo), Belenenses, e Boa Hora (8 pontos), 11.º Arsenal (6 pontos), 12.º São Mamede (5 pontos), 13.º Ismai (4 pontos, -1 jogo), 14.º SC Horta (3 pontos, -3 jogos).

O Banhadas Andebol

20 comentários:

Anónimo disse...

O Sporting apresentou-se muito forte. Tem um vasto plantel, onde abunda a qualidade. Veja-se o seu banco em qualquer altura do jogo. Um ABC que apenas no início da 2ª parte mostrou o que vale, mas não é possível aguentar aquele sistema defensivo durante muito mais tempo. O ABC está limitado, particularmente na lateral direita, onde, sem Spínola, não há outras outras soluções naturais (chegou a lá jogar o Carlos Martins, que deverá medir 1.70m...) Há também um claro problema na baliza. Viu-se na Turquia e confirmou-se ontem. Quando Humberto "não está lá" (veja-se a estatística de ontem - 0 em 17), o Emanuel só muito raramente dá conta do recado. Acho até que o 3º guarda-redes dá mais garantias. Não está fácil para o meu clube.

Anónimo disse...

Parece que se estava a ver aqueles programas do National Geographic em que o predador caça a presa, fere-a de morte, mas não a mata para poder brincar um pouco com ela. Depois, quando se farta da brincadeira, acaba o serviço com simplicidade. Ontem foi assim. O Sporting demonstrou que tem uma equipa de nível elevado e trucidou na primeira parte o ABC que, convenhamos, não tem estaleca para lutar pelos primeiros lugares. O ano passado foi uma excepção irrepetível, muito semelhante ao que o Leicester fez em Inglaterra no futebol. Na segunda parte, o Sporting resolveu brincar com a presa, que se esgotou a debater-se pela honra. Quando os de Lisboa se fartaram, voltaram a impor um ritmo forte e não deram qualquer hipótese.

Não que eu concorde com estas contratações de estrangeiros em catadupa, que vão matar o andebol português. Mas a verdade é que a qualidade apresentada não deixa margem para dúvidas e o dinheiro faz mesmo a diferença. Esta época o título vai ser disputado pelos três grandes do futebol sendo, na minha opinião, o Sporting favorito. Porém, acho que, principalmente o FC Porto pode conquistá-lo pois também tem um excelente plantel. Quanto ao Benfica, só terá hipóteses se elevar o nível de jogo que, para já não convence.
O ABC vai lutar, como é imagem de marca desse clube, mas com um plantel tão curto e com a Liga do Campeões, vai pagar cara a factura e é bem possível que no final tenha até dificuldades em segurar a 4ª posição. Mas depois de uma época como a passada, perdoa-se facilmente uma menos conseguida este ano.

Anónimo disse...

Não brincou não...apanhou foi um grande susto. Não fosse aquelas duas falhas consecutivas do abc quando ficou a 3 golos e não sei o que seria... Mas sim o ABc tem um plantel curto onde qualquer unidade faz falta...e quando essas são Zé Costa e o único LD do plantel, e um Pesqueira ainda naturalmente muito "sem mão"......fica mais difícil. GRs não têm ajudado e é um posto muito frágil na equipa...
Mas melhor tempo virá.

Anónimo disse...

O Sporting fez uma opcçao de ir contratar jogadores estrangeiros para ver se consegue ganher um titulo que lhe foge aos anos tudo bem isto chama se borrifar para formacao.
Nao entendo pq nao empresta jogadores como o edmilson (pipo) ou o francisco Tavares pois sao jogadores muito jovens um joga aos dez minutos quando o portela esta cansado e comeca a falhar e o outro nem entra e uma vergonha , mas e assim luta se pelo titulo

Vitor Dias disse...

Sim o porto vai apostar no leandro semedo e foi buscar dois laterais esquerdos....e a aposta continua na formação cubana

Anonimo sem Blog disse...

Onde estavam os defensores do jogador lusitano quando chegaram contentores de cubanos e brasileiros? Estavam a ver basquete ou hóquei, onde só actuam tugas?
Ja estou a ver para o ano uma golpada à moda do futsal... para defender o produto nacional (mas só depois dos salinas serem naturalizados ribatejanos).
O que é excessivo é mau, mas como condenar a vinda de jogadores como Ruesga? Jogar com e contra ele será certamente benéfico para jovens jogadores...

Ah, e os comentadores... menos, só um bocadinho menos.

Anónimo disse...

Não se deve é ir buscar estrangeiros sem qualidade. Com qualidade melhora o nível global e os jovens portugueses. Alemanha foi campeã da Europa com equipas com 12 estrangeiros. Espanha foi campeã do mundo com campeonato cheio de estrelas. Mas claro em Portugal queremos caminho fácil para qualquer jovem chegue a alto nível só porque é jovem e português. Nunca vamos ser nada a nossa mentalidade provinciana não deixa. Termos supermercados cheios de produto importado as lojas de roupa são multinacionais e tudo certo. No andebol o mundo não é global tem de ser a nossa rua para os meninos crescerem sem competitividade.No futebol somos campeoes da Europa exportamos para meio mundo e só no andebol é que temos de ser diferentes.

Anónimo disse...

Deixem-se de dor de corno. QUALQUER ANDEBOLISTA PORTUGUES deve ter o prazer e o gosto de jogar contra e assistir ao Carlos Ruesga. Que nível assombroso. Tem a qualidade que nenhum outro jogador teve no nosso andebol nacional.

Anónimo disse...

Um GR em andebol tem muito peso! O ABC só tem um enquanto o Sporting tem um fora do comum e outro que desenrasca. O ABC deu o estoiro logo a seguir á tentativa de chegar ao empate. Depois de jogo na Turquia viu-se que o ABC não tem banco. Aguardemos agora pelo jogo entre Sporting e Porto. O Sporting apanhou um ABC rebentado. Parece que quem aguenta ritmos vivos muito tempo ainda é o Porto. Tem mais mecanismos pois, o Sporting é uma equipa nova. Se Zupo for campeão continua e ainda vai reforçar a equipa? Se perde, o que acontecerá?
Carneiro, Edmilson e Tavares vão passar a época no banco, a não ser que alguém se lesione.

Anónimo disse...

Quantos jogadores Cubanos há em Portugal? Será que um dia destes se fará um jogo de solidariedade para com Fidel Castro, entre Portugal e Cuba? Os estrangeiros do Sporting ao menos metade é de qualidade! Se o clube vai aguentar pagar-lhes isso é outro assunto e, só diz respeito a quem paga bilhete ou quotas. È a lei da vida, ou melhor da oferta e procura. Os Portugueses bons emigram. Porque será que não voltam? Só pode ser porque ganham muito mais ou porque têm qualidade. Na nossa seleção os convocados são quase metade, já nem falando em dois Cubanos\Portugueses. Um deles não dá hipóteses ou será que temos melhor guarda-redes em Portugal?

Anónimo disse...

Sem guarda-redes capaz, sem um pivot ofensivo experiente e sem lateral direito, o ABC ainda deu luta mas não tem banco. Será honesto andar-se na Europa com equipas de baixo orçamento? Houve uma fase do jogo que as falhas e desistências mostraram uma equipa exausta. Que jeito dariam um Edmilson ou um Francisco Tavares já que o iluminado Zupo não conta muito com eles. O Sporting tem formação para quê? Para só jogarem quando saem ou irem para outros clubes? Mais uma vez Grilo pisou o risco e, é assim á tanto tempo! Lamentável o pavilhão não ter enchido.

Anonimo sem Blog disse...

O Edmilson vai jogar, nem que seja contra os Fafes e Boa-Hora.
O Tavares vai rodar com o Portela, ainda em Braga entrou, e não foi numa fase em que o jogo estava decidido.
O Carneiro passar a época no banco... espero bem que sim.

Anónimo disse...

Vi o jogo pela Andebol tv. Pena que um canal não se interesse pois a qualidade de imagem é boa mas, falta ali quem saiba comentar e uma repetições para melhor se analisar. Há situações de jogo que me levam a pensar o que os próprios Sportinguistas pensam. O treinador Espanhol tem lacunas graves pese o seu currículo. Há qualidade em algumas das bisarmas mas, formar uma equipa nunca é em dois dias. O Sporting já gastava muito, agora gastou loucamente mas, com outro guarda-redes e mais frescos, não sei! Como o Benfica não evoluiu muito, cheira-me a Porto campeão. E o Porto continua comprador. Já não se fala em Gilberto... Mais á frente haverá jogos na Europa e, ou me engano ou, vai influenciar muito.

Anónimo disse...

È feio e baixo punir o pobre e pequeno Belenenses pesadamente e, encobrir ou ignorar outras anormalidades mais graves!!! Se houve casos puna-se! Agora gravíssimo é sabermos do que se passou na taça, ou final-four do ano passado. Dado as equipas presentes presume-se que, só o Madeira-andebol não teria grande público. Ouviu-se de tudo e as imagens dos jogos dizem da extrema violência nas bancadas! Quando menores de tenra idade têm de abandonar as bancadas, algo se passou! Objetos tão grandes e algumas trocas de galhardetes, só não deram num desastre porque eram quase tantos os PSP como público pagante! Que se saiba o jogo não começou á hora! Nem vou falar nos vergonhosos casos de arbitragem que, decidiram o vencedor e nos carinhos de alguém da mesa. Agora pergunto:
- Porque não foram punidos Benfica e Porto, por arremesso de objetos?
- Porque não foi punido o Porto pela destruição em WC e arremesso de objetos?- Porque não punido o Benfica com o lançamento de fumos e arremesso de objetos?
- Porque não punido o Sporting, se não vimos os jogadores virem receber as medalhas? Não é quebra de protocolo?
Obs: Banco do Benfica foi exemplar dirigindo-se para a bancada onde, a agitação eraenorme com bandidagem fora de controle. Ajudaram a retirar os inocentes e até quem pela idade não pudesse fugir. Parabéns ao seu treinador-adjunto e fisioterapeuta, assim como dirigente. Esses engrandecem o desporto. Lamenta-se nos dois dias os moradores da zona rirem dizendo que, nunca tinham sido tão bem guardados.

Vitor Dias disse...

Acreditem que o projeto das modalidades do Sporting se ganhar ainda vai crescer mais...Em relação ao jogo com o Porto que vocês tanto anseiam já se realizou no passado mês....e o Sporting foi superior.....Em relação ao carneiro têm razão....talvez tenha poucos minutos nos jogos a valer mas a época é longa....o chico vai jogar mt pois os seus niveis de eficacia estão bem melhores que o do Portela....e em relação ao Edmilson está numa situação identica á do Leandro Semedo.....

Abraços

Anónimo disse...

para o anónimo que fala do belenenses, apenas o aconselho a ler o registo disciplinar, pois a leitura infeliz que o pseudo treinador do belenenses faz é de uma ignorância total, pois os 400 euros de multa dizem respeito á soma de suas sanções em campo, e não têm nada a ver com os incidentes, quanto a não suspense do atleta ye ele continua a dizer que respondeu a uma agressão deveria ter sido suspenso preventivamente, e aí sim tem motivos para agradecimento.

Anónimo disse...

Quanto ao Belenenses, não podemos esquecer que foi aberto um inquérito, segundo o registo disciplinar, vamos ver o que dá. E falando em investigações, ninguém diz nada sobre o caso do boa hora? onde há 7 atletas inscritos nos escalões de formação... então e os requisitos mínimos não há? Ou é só para alguns... Banhadas andas a dormir! Em principio, digo isto face ao número de atletas inscritos até ao momento, no escalão de juvenis e juniores..

Anónimo disse...

será possível investigar por exemplo na PO01, quem cumpre os requisitos mínimos?

Paulo Diva disse...

Boa noite, porque, pela segunda vez o meu comentário aqui não foi aprovado?

Paulo Diva disse...

Boa noite, porquê e pela segunda vez, o meu comentário não foi aprovado?