gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

terça-feira, 6 de setembro de 2016

PO02 – Campeonato Nacional da 2.ª Divisão Seniores Masculinos – Época 2016 / 2017 - V

CONSTITUIÇÃO DAS ZONAS
(PROVÁVEIS)

Tentaremos com este texto dar algum esclarecimento sobre a possível constituição das Zonas, nesta prova, tendo em atenção a matéria constante no CO N.º 2 da Época 16/17.

Época 15/16 – 2 Zonas (14 em cada Zona), total, 28 clubes – 2 (subiram de divisão) – 2 que foram disputar a subida á PO01, ficam 24 (já com os 4 clubes que subiram automaticamente da 3.ª Divisão).

Época 16/17 – 3 Zonas (10 em cada Zona), total 30 clubes – Os 24 referidos anteriormente, mais o Sismaria AC, que discutiu a subida á PO01, e não subiu, passam portanto a 25, mais o Xico Andebol, que não desceu face á desistência do Passos Manuel, ficando um total de 26 equipas.

Nota – O Almada AC substituiu o GS Loures, pelo que não se altera o número total (26 equipas)

Ficam por preencher 4 vagas, duas a serem decididas no torneio que se disputa na Zona Norte (Póvoa Lanhoso, Boavista FC e ACD Monte). E duas a serem decididas no torneio que se disputa na Zona Sul (Vela Tavira, Ílhavo AC, e CCP Serpa), só depois da disputa destes torneios e salvo melhor opinião se poderão constituir as zonas, no entanto, existem situações de difícil solução, mas não existe qualquer necessidade de aumentar o número de clubes, pois o seu número está absolutamente correto.

Com os Clubes actualmente definidos, e com os lugares que faltam preencher poderemos fazer uma previsão da constituição das zonas (note-se bem apenas uma previsão), e desde que todos as equipas preencham os requisitos obrigatórios.

Zona Norte – Gondomar Cultural, FC Porto B, GC Santo Tirso, Modicus Sandim, FC Gaia, CCR Fermentões, CS Marítimo (seguindo as últimas tendências), Xico Andebol.

Os restantes 2 lugares estão dependentes dos resultados do Torneio de apuramento, sendo que no mínimo uma das equipas será enquadrada nesta zona. O outro lugar poderá sair das equipas da AA Aveiro, provavelmente que se situar mais a norte do distrito.

Zona Centro – SC Beira Mar, São Bernardo, Estarreja AC, SP Oleiros, AD Sanjoanense, AD Albicastrense, Sismaria AC, Juventude Lis, AD Benavente.

O restante lugar, estará dependente não só do que já dissemos anteriormente, como ainda dos resultados do torneio da Zona Sul, onde um dos lugares será garantidamente colocado na Zona Sul.

Zona Sul – Benfica B, Alto Moinho, Vitória FC, Zona Azul, 1.º Dezembro, CDE Camões, Almada AC, IFC Torrense, CD Marienses (seguindo as últimas tendências)

O lugar em Falta sairá garantidamente do torneio que disputa na Zona Sul, podendo dar-se ainda o caso de uma das equipas que na nossa previsão ficaria na Zona Sul ter de ser colocada na Zona Centro. E aqui sim existe um grande “bico-de-obra”, pois só estamos a ver duas possibilidades, uma o CD Marienses, e outra o Benfica B, que é a equipa mais a Norte das que provavelmente irão constituir a Zona Sul.

Apenas resolvemos fazer este texto, que envolve um mero exercício, face á confusão que parece andar instalada nos clubes (pelo menos alguns), acerca desta matéria, esperando ter contribuído para algum esclarecimento.

O Analista

7 comentários:

Anónimo disse...

Para se ir jogar ao Marienses os voos têm que ir de Lisboa. Por isso, colocar o Marienses na Zona Centro era a decisão economicamente mais irracional que se poderia imaginar!

Anónimo disse...

Ena zona sul, os clubes não tem que se deslocar a Lisboa? e não ten que efectuar deslocações, pergunto eu, poderia não ser tão irracional como parece pois a zona sul, vai ser provavelmente a zona com maiores gastos em termos de deslocações, a ver vamos, mas gostei da forma como é apresentado o texto, pois é esclarecedor, agora podemos ou não estar de acordo, eu por exemplo tenho duvidas também na zona centro.

Anónimo disse...

Acho que faz todo colocar o CD Marienses na zona Centro se o Ilhavo AC não conseguir assegurar a permanência... Mas quem anda a prometer subsídios (já nem digo salários ou ordenados) e a gastar em estágios à grande, parece que já ficou aflito com mais um potencial candidato à fase final!

Anónimo disse...

Nenhum dos comentários anteriores foca o essencial da questão... Quem ganha com a passagem de 2 para 3 zonas? Quem perde? Quais os mentores?

Quem ganha e quem perde? Os clubes entre Porto e Braga... Jogam a zona norte em deslocações de bicicleta mais rápidas que os outros de carro. Os do Sul não choram porque a maioria é da zona metropolitana de Lisboa... Os do centro estão entalados, sobretudo os colados ao Porto que vão ate Benavente e Castelo Branco... Zona centro para quê? Ponham estes no sul e outros no norte!

A FAP limpa mais uns milhares em arbitragem, não sei com que argumento... Ninguém sabe? Serão promessas de melhor qualidade? Com o Marreiros e o Manel da Conceição como chefinhos da coisa...?

Os mentores são os mesmos que usaram o Fafe coitado para o exigir da retirada do playoff na 1 divisão, para serem 6 equipas na fase de apuramento do campeão... Não souberam arranjar patrocinadores, nem visibilidade na TV pública, nos jornais, magazine semanal... Nada! Só viram o próprio umbigo e vangloriam-se de levar a fachada de uma associação de clubes à federação com esta proposta...

Por último para a FAP, passar a vida a exigir mais e mais aos Clubes quando nem lhes sabem dizer onde jogam antes do fim de Setembro é uma completa vergonha! Matar os mais pequenos aos poucos é acabar com as verdadeiras canteras dos "grandes" (???) que tudo sugam, iludem e jogam fora a seu belo prazer no andebol nacional... Daí que o nível apresentado esteja a anos luz do que já foi... E os cromos do costume lá participam sem tusto nestes festins como se todos comessem pastéis com a testa... Haverão mais a deixar de compactuar com o pagamento de salários a quem se serve do esforço de quem realmente mantém o andebol em pé!

Nao gozem connosco!

Anónimo disse...

Geograficamente faz sentido o Benfica B porque o Marienses só tem voos para Lisboa, não devem ser ainda mais penalizados, nem os outros Clubes... Além de que seria nítido favorecimento ao Benfica... Ia dar polémica... E seria muito estúpido ter clubes a meia dúzia de km da Luz a jogar quase porta com porta e o Benfica a ir até quase ao Porto... Qualquer solução será um problema... Que génios!

Anónimo disse...

Tudo ficará resolvido com a indicação da FAP para que o Ilhavo seja um dos apurados...

Anónimo disse...


" ...Os do centro estão entalados, sobretudo os colados ao Porto que vão ate Benavente e Castelo Branco... Zona centro para quê? Ponham estes no sul e outros no norte!..."
9 de setembro de 2016 às 02:07

Não deixa de ter razão em quase tudo, mas coitado é da ADCBenavente que fará mais de 4000Km!!!! só na 1ª fase, o mais perto será Leiria a 130 Km até São Paio de Oleiros a 280Km, não esquecer que cada viagem não tem só ida, e ainda refeições para os atletas, nem imagino o custo desta Zona Centro para a ADCB, para além dos outros escalões, Juvenis 1ª Divisão Zona 2 e Juniores 1ª Divisão Zona Sul (por enquanto)!!!!!!!!!
E será que todos os Clubes detêm os requisitos exigidos, ou supostamente exigidos pela FAP em relação aos Escalões de Formação???????

Será a ADCBenavente a próxima vitima?????