gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Super Globe – 2016- V

SUPER GLOBE – 2016

Terminou a disputa hoje (08-09-16) a 10.ª edição da Super Globe, que como de costume nos últimos anos se disputou em Doha no Qatar. Nota interessante pois em paralelo com esta organização disputou-se um torneio, chamado de MINI SUPER GLOBE, para jovens nascidos em 200 e 2001, com equipas de três continentes (Ásia, África e Europa)

FUCHESE BERLIN VENCE
SUPER GLOBE – 2016
(Renova titulo de 2015)

Disputada que foi a final da “Super Globe”, que como de costume se disputou em Doha no Qatar, entre o PSG (França) – (Wild Card e 3.º Classificado na Liga dos Campeões Europeus), e o Fuchese Berlin (Alemanha) – (Vencedor da Última edicção da Super Globe). Tivemos um excelente jogo de andebol, disputado em alguns momentos com grande equilíbrio, e por praticantes de excepção nas duas equipas, num recinto com uma boa moldura humana e que acompanhou o jogo com extraordinário comportamento. O Jogo em si teve nuances excelentes, com o equilíbrio no marcador e no jogo a registar-se até cerca dos 8 minutos (igualdade a 3 golos), para o PSG assumir o comando do mesmo e ainda no primeiro tempo chegar aos 5 golos de vantagem (10-5 aos 16 minutos e 11-6 aos 19 minutos), para chegar ao intervalo a vencer por 15-12. No segundo tempo o PSG comandou o jogo e o marcador até aos 39 minutos, momento em que dispunha de uma vantagem de 7 golos (22-15) e muitos davam o jogo por decidido, mas os alemães com um guarda-redes de seu nome Silvio Heinevetter (30 % de eficácia) a começar a ser a figura do jogo, realiza um parcial de 7-1, passando o marcador pra 23-22 aos 47 minutos, com os PD Mattias Zachrisson (4 golos, 100% de eficácia) e o PE Mar Elisson (5 golos, e 71,4% de eficácia), a levaram mais uma vez a sua equipa até a diferença mínima aos 52 minutos quando perdiam somente por 26-25, diga-se que tanto Mikkel Hanssen (7 golos, 63, 6% de eficácia) como Nikola Karanatic (5 golos e 83,3% de eficácia), tudo fizeram para levar a sua equipa á vitória, mas uma grande melhoria no sistema defensivo dos alemães, colocou o resultado numa igualdade a 27 golos aos 56 minutos de jogo, para finalmente o Fuchese Berlin assumir o comando do marcador aos 58 minutos (28.27), para desespero dos francesas, que nos pareceram terem demasiado confiantes. Registe-se ainda como curiosidade que 3 dos últimos 4 golos da equipa alemã foram marcados por Peter Nenadic (5 golos, 55,6 % de eficácia). Encontro dirigido pela dupla IHF dinamarquesa constituída por Martin Gjeding e Mads Hansen, que realizaram uma excelente exibição

Deve.se realçar a extraordinária qualidade das transmissões a que temos assistido.

Resultados Finais
Dia 08-09-16
7/8 Lugar
Taubaté handball 35 – 23 Sydney Uni Handball
5/6 Lugar
Esperance Sportive de Tunisie 28 – 27 Lakhwiya
3/4 Lugar
KS Vive Tauron Kielce 36 – 25 AL-SADD
Final
Paris Saint-Germain Handball 28 – 29 Fuchese Berlin

Classificação Final – 1.º Fuchese Berlin, 2.º Paris Saint-Germain Handball, 3.º KS Vive Tauron Kielce, 4.º AL-SADD, 5.º Esperance Sportive de Tunisie, 6.º Lakhwiya, 7.º Taubaté handball e 8.º Sydney Uni Handball.

Não esquecer que os 3 primeiros Classificados receberam os seguintes prémios monetários:

1.º Lugar - 400.000 Dollars
2.º Lugar - 200.000 Dollars
3.º Lugar - 150.000 Dollars

Destaque na classificação final, que os 3 primeiros lugares foram ocupados pelas equipas Europeias.

Arbitragem – Estão a dirigir estes encontros, as seguintes duplas:

Martin Gjeding / Mads Hansen (Dinamarca) (*)
MIndaugas Gatelis / Vaidas Mazeika (Lituânia)
Oscar Lopez / Angel Sabroso (Espanha) (*)
Bojan Lah / David / Sok (Eslovénia) (*)
Julian Grillo / Sebastian Lenci (Argentina)

(*) – Duplas Presentes nos Jogos Olímpicos Rio 2016, com a dupla da Dinamarca a dirigir a Final

Todos os jogos foram transmitidos em direto através de:
http://shoof.alkass.net/shoof/play.php?id=QVpxMTR0MmZ0L0NYMD0q

Os últimos vencedores do Torneio até ao momento são:

2010 – Atlético Madrid (Espanha)
2011 - THW Kiel (Alemanha)
2012 – Atlético Madrid (Espanha)
2013 – FC Barcelona (Espanha)
2014 – FC Barcelona (Espanha)
2015 - Fuchese Berlin (Alemanha)
2016 - Fuchese Berlin (Alemanha)

Nota – Nas últimas 6 edições da prova, 4 vitórias de equipas de Espanha e 3 vitórias de equipas Alemãs.

O Analista

Sem comentários: