gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Crónica de Fim-de-semana – 09 – 2016 / 2017 - IV

Crónica de fim-de-semana dedicada à PO04,

São directamente aprovados para a Fase Final as 3 primeiras classificadas em cada zona da 1.ª Fase

PO04 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Juniores Masculinos.

Zona Norte
7.ª Jornada
Dia 13-12-16
FC Porto - ABC (20H30)
10.ª Jornada
11-12-16
CD Feirense 34 - 32 Ismai
Académico FC 26 - 42 FC Porto
Boavista FC 34 – 40 AA Avanca
Xico Andebol 18 - 46 ABC
Águas Santas 37 - 20 GC Santo Tirso

Nova Jornada que se disputou completa, e onde não tivemos qualquer encontro com ocorrências disciplinares registadas o que é sempre de salientar, pela positiva, esta jornada correspondeu á 1.ª jornada da 2.ª volta desta Fase, e tivemos jogos onde se confirmaram os resultados verificados na 1.ª volta e também rectificações dos mesmos, diga-se que alguns esperados. O desequilíbrio entre algumas equipas é por demais evidente (na nossa opinião), e apenas um encontro teve resultado equilibrado, referimo-nos ao CD Feirense / Ismai, que foi um dos resultados rectificado em relação á 1.ª volta e que desta vez conferiu a vitória ao CD Feirense, depois de ao intervalo estar a perder por 16-14, e acabou por ser o encontro mais equilibrado da jornada. João Cardoso e Nuno Reis ambos com 9 golos cada, foram os melhores marcadores do CD Feirense, enquanto Diogo Coelho com 10 golos, e António Almeida com 9 foram os melhores marcadores do Ismai, equipa que com este resultado sofre a sua segunda derrota na prova, e perde a sua condicção de liderança da classificação. O FC Porto na sua deslocação Lima confirmou o resultado da 1.ª volta voltando a vencer por um assinalável diferencial, e que ao intervalo já era perfeitamente indicador de quem seria provavelmente o vencedor do encontro (22-9 a favor do FC Porto). No entanto o Académico FC teve 10 jogadores a marcarem golos, com Tomas Lopes com 6 golos a ser o seu melhor marcador, por sua vez no FC Porto, com 12 jogadores a marcarem o que diz bem da gestão que foi feita do plantel, Miguel Pinto e Gonçalo Ferreira com 6 golos cada foram os seus principais marcadores. Em mais um jogo onde o resultado foi confirmado o Boavista FC recebeu a AA Avanca, voltando a perder, e estranhamente apresentando-se com apenas 10 jogadores inscritos, o diferencial agora registado foi igual ao verificado anteriormente, e ao intervalo perdia por 20-17, Francisco Lopes com 12 golos e David Pereira com 8 foram os seus melhores marcadores, enquanto pela AA Avanca, Paulo Moreira com 14 golos e Ruben Ribeiro com 9, foram os seus melhores marcadores. Com este resultado a equipa da AA Avanca isola-se no 5.º lugar da classificação zonal. Em Guimarães, tivemos o Xico Andebol / ABC, que foi um dos resultados onde se esperava a rectificação do que se tinha passado na 1.ª volta, e tal veio a confirmar-se com a clara vitória do ABC, que continua a realizar uma excelente recuperação e na nossa opinião é um dos sérios candidatos ao apuramento da zona para a Fase Final. Neste encontro o resultado que se verificava ao intervalo era um perfeito indicador de quem seria o vencedor (23-9, a favor do ABC), permitindo aos bracarenses uma autêntica gestão do plantel onde 13 jogadores marcaram golos, Gonçalo Areias com 8 golos, Rui Ferreira e Francisco Peixoto com 5 golos cada, foram os principais marcadores do ABC, pelo Xico Andebol José Silva com 5 golos, foi o seu melhor marcador. Terminamos com o Águas Santas / GC Santo Tirso, duas equipas que ocupam os polos opostos da classificação da zona, e que confirmou o resultado ocorrido na 1.ª volta com a folgada vitória da equipa maiata, que ao intervalo já vencia por 19-11, e teve 11 dos seus atletas a marcarem golos, Jorge Mente com 7 golos e 3 com golos cada (João Freitas, Diogo Florido, e José Barbosa), como principais marcadores, enquanto os melhores marcadores do GC Santo Tirso não passaram dos 4 golos e foram Bruno Andrade e João Almeida. Com esta vitória a equipa maiata isola-se no comando da zona, enquanto o GC Santo Tirso continua em último lugar da zona, sem qualquer vitória registada até ao momento.

Classificação até ao momento: - 1.º Águas Santas (28 pontos), 2.º Ismai (26 pontos), 3.º FC Porto (25 pontos, -1 jogo), 4.º ABC (21 pontos, -1 jogo), 5.º AA Avanca (20 pontos), 6.º Académico FC, e CD Feirense (18 pontos), 8.º Xico Andebol (16 pontos), 9.º Boavista FC (14 pontos), 10.º GC Santo Tirso (10 pontos).

Zona Sul
10.ª Jornada
Dia 11-12-16
Juventude Lis 27 - 36 Belenenses
Alto Moinho 30 - 24 ADC Benavente
Sporting 40 - 20 Ginásio Sul
Estarreja AC 23 - 43 Benfica
São Bernardo 29 - 22 AC Sismaria

Zona onde a jornada também foi completa, e onde mais uma vez todos os encontros se disputaram sem ocorrências disciplinares registadas, o que se saúda. Verificaram-se algumas poucas retificações nos resultados em relação ao verificado na jornada homóloga da 1.ª volta. E com a classificação a ficar ligeiramente mais equilibrado nalguns lugares de apuramento. Um dos resultados que foi rectificado ocorreu no Alto Moinho / ADC Benavente, que após a igualdade a 21 golos verificada na 1.ª volta, o Alto Moinho, venceu agora de forma clara, com o resulta do final a refletir precisamente o diferencial já existente ao intervalo, e com um segundo tempo bem mais equilibrado que os primeiros 30 minutos. Na equipa do Alto Moinho com 10 jogadores a marcarem golos, Nuno Nunes e Alexandre Cruz, ambos com 5 golos cada foram os melhores marcadores da equipa, enquanto pelo ADC Benavente foi André Rodrigues com 8 golos o seu melhor marcador. Em Leiria disputou-se o Juventude Lis / Belenenses, que foi um jogo onde foi confirmado o resultado da 1.ª volta com a vitória do Belenenses, que ao intervalo já vencia de uma forma clara por 17-12, e com está vitória isola-se no 4.º lugar da classificação. Ficando deste modo o apuramento das equipas mais equilibrado na zona. Pedro Santos com 6 golos, e João Cardoso com 5 golos, foram os melhores marcadores da Juventude Lis, no Belenenses com 13 jogadores a marcarem golos, Nelson Galhofo com 7 golos e Francisco Sousa com 5 foram os principais marcadores do Belenenses. No outro encontro com o resultado final diferente do ocorrido na 1.ª volta, e que foi o São Bernardo / AC Sismaria, que desta vez terminou com a vitória do São Bernardo, que construiu o resultado praticamente durante os 30 minutos iniciais, pois chegou ao intervalo a vencer por 15-8. Com esta derrota o AC Sismaria deixou de estar em parceria no 3.º lugar da classificação. Rafael Oliveira com 8 golos e João Almeida com 6, foram os melhores marcadores do São Bernardo, enquanto com 6 golos Iuri Anastácio foi o melhor marcador do AC Sismaria. Tivemos de pois dois resultados, que terminaram pelo mesmo diferencial e que nos dá a ideia das diferenças existentes entre algumas equipas, No Estarreja AC / Benfica, jogo onde foi confirmado o resultado da 1.ª volta, o Benfica venceu com grande facilidade, com o resultado ao intervalo a ser-lhe já favorável por 17-11. Com esta vitória o Benfica continua ser a única equipa da zona que apenas contabiliza vitórias, neste encontro onde 13 dos seus jogadores marcaram golos, Válter Soares com 7 golos, João Machado e André Alves com 5 golos cada foram os seus principais marcadores, tendo Diogo Vais com 8 golos sido o melhor marcador do Estarreja AC. No outro encontro desnivelado o Sporting venceu o Ginásio do Sul, pelo mesmo diferencial verificado na 1.ª volta, atingindo o intervalo já na frente do marcador por 22-10, gerindo o jogo e o plantel no segundo tempo. A equipa do Ginásio Sul, com mais esta derrota continua em último lugar na classificação da zona só contabilizando derrotas, até ao momento. No Sporting, com 10 jogadores a marcarem golos, Nuno Reis e Afonso Pereira com 8 golos cada foram os seus principais marcadores, por sua vez Miguel Paiva com 9 golos foi o melhor marcador do Ginásio Sul.

Classificação até ao momento: - 1.º Benfica (30 pontos), 2.º Sporting (27 pontos), 3.º Estarreja AC (23 pontos, 4.º AC Sismaria e Belenenses (22 pontos), 6.º Alto Moinho (21 pontos), 7.º São Bernardo (16 pontos), 8.º ADC Benavente (15 pontos), 9.º Juventude Lis (14 pontos), 10.º Ginásio Sul (10 pontos).

O Noticias

6 comentários:

Anónimo disse...

Como é que as equipas que jogam contra o Belenenses nao fazem uma reclamacao , pois esta equipa ja vai em nao sei quantos jogos sem treinador pois Florencio filho nao tem cartao de treinador , será que as regras é só para alguns , fica o alerta.

Anónimo disse...

Nuno Gafanhoto? Esse jogador não existe no andebol. Mas sim Nelson Galhofo de 1999 ou seja 2 ano de juvenil

Anónimo disse...

PARA QUÊ EMPENHO E DEDICAÇÃO DE JOVENS QUE PRETENDEM SEGUIR A MODALIDADE, SE MAIS TARDE NÃO VÃO JOGAR? OLHEM BEM PARA O NÚMERO DE ESTRANGEIROS NOS MAIORES CLUBES. ACHAM QUE OS ATLETAS QUE PARA CÁ VÊM, ACOMPANHADOS DE ESPOSAS QUE POR SINAL VESTEM MUITO BEM, DÃO HIPÓTESES DE JOGAREM? PENSEM...

Anónimo disse...

Está inscrito como Técnico

Anónimo disse...

João Florêncio Jr. é treinador inscrito com o Grau 3. O mesmo grau que tem o treinador de juniores do Benfica, Sporting, Alto do Moinho, Ginásio do Sul, Estarreja e Sismaria, falando apenas das equipas que disputam esta fase com o Belenenses.
Está inscrito como técnico com o Grau 3 desde a época 2001/2002 no Passos Manuel, assim como esteve inscrito 5 anos ao serviço do Benfica como técnico Grau 3 e posteriormente 4 anos ao serviço do Belenenses.
Estará irregular há quinze anos?

Anónimo disse...

Ao anonimo das 22:55 o treinador pode ter o grau 3 mas para estar credenciado tem que ir a reciclagens que ha muito que esse senhor nao faz por isso nao esta apto como treinador ou julgam que as pessoas sao parvas e nao percebem porque o srº Carlos Jorge esta no Belenenses , sim este senhor foi para Belenenses para dar o cartao para o clube nao levar multas, por isso nao venham mandar areia para olhos das pessoas