gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

PO20 - Taça de Portugal Seniores Masculinos 2010 / 2011 – 1/8 Final

Disputaram-se hoje os jogos referentes aos 1/8 Final da Taça de Portugal Seniores Masculinos.

Aguas Santas 21 – 22 Madeira SAD
ABC 25 – 22 Marítimo
Benfica 35 – 27 Xico Andebol
FC Porto 41 – 23 São Bernardo
Belenenses 39 – 33 AC Fafe
SC Horta 36 – 18 AC Sismaria
São Mamede 16 – 25 Sporting
Ismai 26 – 20 Maria Balaio

No lançamento destes 1/8 final , tinha-se previsto que o jogo com mais possibilidades de criar um “tomba gigantes” seria o Ismai / Maria Balaio, confirmaram-se as previsões , o Ismai venceu com toda a justiça ( ao intervalo já vencia 11-8 ), tornando-se assim na sensação da prova até ao momento. Como era previsível um dos jogos mais equilibrados foi jogado entre as duas equipas que no nosso entender tem sido as revelações pela positiva na PO01, o Aguas Santas e o Madeira SAD, que foi vencer pela margem mínima a equipa Nortenha . Num reencontro entre duas equipas que, tradicionalmente disputavam jogos cheios de garra ( em anteriores épocas ), o Belenenses venceu sem grande dificuldade o AC Fafe. Um jogo onde esteve prestes a termos uma grande surpresa foi o ABC / Marítimo, com a equipa Insular a vencer ao intervalo 14-13, sendo a grande figura do encontro o jovem do ABC, Fábio Antunes com 13 golos . Nos restantes jogos vitórias absolutamente normais e previsíveis.

Nota – Como é possível, que numa fase destas da prova, uma equipa se apresente apenas com 7 jogadores ( Sismaria )  , para disputar a eliminatória , haverá explicação para o facto !!!

Apurados para os 1/ 4 Final

2.ª Divisão ( 1 ) – Ismai.
1.ª Divisão ( 7 ) - ABC, FC Porto, Benfica, Belenenses, Madeira SAD, Sporting e SC Horta.

Jogos dos 1/4 Final disputam-se em 05-02-2011 ( Conforme CO n.º 16 - 2010 / 2011 )

O Noticias

43 comentários:

Antunes disse...

Mário Coutinho e Ramiro Silva? Quem são estes dois senhores? Só podem ser a vergonha da arbitragem.

Arbitragem tendenciosa, e repleta de decisões em nada isentas, e em tudo parciais. Ajudaram a equipa do Madeira e tiraram ao Aguas Santas a vitoria.

Uma vergonha estas especies de arbitros que após muitas peripécias continuam por aqui...

Anónimo disse...

Tomba gigante? o maria balaio é gigante desde quando?
Gigantes sao : porto,sporting,benfica, abc, madeira sad... isso sim!

Anónimo disse...

Assisti hoje a uma das mais vergonhosas arbitragens que possa ter visto no Andebol. Os senhores Ramiro Silva e Mário Coutinho não tiveram problemas nenhuns em demonstrar claramente e desde o início do jogo que o Águas Santas não podia ganhar. Até os miúdos que estavam a assistir ao jogo tinham comentários deveras engraçados para aquela palhaçada a que estavam a assistir. Não tenho dúvidas que um dia vai haver uma desgraça num pavilhão e depois , ai nosso senhor nos acuda. Como diz no site do Águas Santas, tenham vergonha.

Anónimo disse...

mt facil a vitoria do ismai... a margem é enganadora, teve mt mais proximo de ficar por 10 do k por menx de 6.. a ekipa do 7 fontes mostrou mt pouco para kem ta na 1ª divisao..

Anónimo disse...

Para quem nao sabe, o Ramiro e o Coutinho são o trabalho deixado pelo o nosso grande ex-Arbitro Internacional de todos os tempos Antonio Goulão! Força Rapazes e Continuem com a vossa postura e atitude!!!

Anónimo disse...

Penso que nestes Srs já nada admira na arbitragem. E foram considerados das melhores duplas o ano passado! Andebol em Portugal como tu estás!!! Enquanto que os gajos do apito não perceberem que não são as figuras do jogo, enquanto não perceberem que não é por eles as pessoas se deslocam aos pavilhões não vai haver bom andebol. Querem ser protagonistas, e de facto são pela negativa

Anónimo disse...

"Nota – Como é possível, que numa fase destas da prova, uma equipa se apresente apenas com 7 jogadores ( Sismaria ) , para disputar a eliminatória , haverá explicação para o facto !!!"

Ambos os clubes chegaram a acordo alterar a data do jogo de modo ao Sismaria ter a sua equipa toda. Penso que a proposta era para o final de Janeiro. Para chegaram aos Açores durante a semana teriam de perder alguns atletas dias de trabalho e por essa razão não conseguiram ter a sua equipa toda. Assim foram sete bravos que se bateram contra o Horta. Agora perguntem a FPA o porque de não ter aceite esta alteração!?

Anónimo disse...

"Como é possível, que numa fase destas da prova, uma equipa se apresente apenas com 7 jogadores ( Sismaria ) , para disputar a eliminatória , haverá explicação para o facto !!!"

Pelo que corre, o Sismarias chegou a acordo com o Horta para jogar em Janeiro num fim de semana, uma vez que ir à ilha num feriado á quarta feira significaria faltar dois dias ao trabalho por falta de voos directos. A Fap numa atitude de prepotência, como é habitual, não aceitou a alteração do jogo... Uma vez que os atletas do Sismarias não são profissionais decidiu o clube levar os Juniores, e não todos, pois alguns também tinham frequências e testes.
Enquanto familiar de um atleta do clube em causa cheguei a perguntar se não seria melhor sermos eliminados mais cedo desta prova...
Ao que me responderam que esta seria um boa oportunidade de estarmos com os melhores e que já havia acordo com o adversário.
A FAP é autista!
Os clubes servem para pagar arbitragens, inscrições e multas. No resto são tratados abaixo de cão...

Um Sismarense...

Anónimo disse...

Que mal fizeram as gentes e o clube de Àguas Santas a estes dois atrasados mentais . Já no ultimo jogo entre o àguas Santas e o Benfica tinha sido o mesmo .
Arbitragem tendenciosa,sem criterio e com protecção ao visitante .
Duas figurinhas sem nível , sem principios a quem dão um assobio ao fim de semana .
àguas Santas aguarda nova visita destes amigos do alheio.

Anónimo disse...

porquê? talvez pelo dinheiro que é preciso gastar para ir fazer um jogo à Horta, não? ou acham que foi por acaso que o vitória perdeu em leiria por 3?

Anónimo disse...

há uma razao para o facto da Sismaria se apresentar só com 7jogadores e todos eles juniores e a resposta esta com o Sr. Hitler da Ajuda!! Por outras palavras o Torrinha!

Anónimo disse...

Por isso é que essa dupla andava ainda a bem pouco tempo pela 4º divisão (acesso a 3º).

Uma arbitragem vergonhosa, o andebol é tão bonito quando não fazem questão de o estragar.

Por ultimo, e para a gente do Águas Santas, já não é a primeira vez que nos fazem disto, somos temidos por muita gente, quando começamos a crescer a muita gentinha que não gosta de ver.

Parabéns Águas Santas!

Adepto Atento disse...

Há uma exlicação muito lógica para que o Sismaria se tenha apresentado somente com 7 jogadores...

Basta ver a ficha de jogo:

http://portal.fpa.pt/fap_portal/do?COM=DS;7867411833;111;+PAGE%282000091%29+COD_COR_CAIXA%282%29+K-CATEGORIA%28298%29+K-ID%2850101%29+RCNT%281%29

Reparem na hora do jogo!!!!

21h00 nos Açores? A um feriado em que no dia a seguir é dia de trabalho e aulas para os atletas do Sismaria...

A marcação do jogo foi uma vergonha e com isso teve o resultado que teve. Os Sr da Horta tenham vergonha e dignifiquem a modalidade porque nem todos têm a capacidade financeira como existe na Horta.

Não sendo do Sismaria penso que terá sido essa razão para terem só 7 atletas.


Um adepto atento...

Anónimo disse...

Estive ontem na Maia e por aquilo que vi, o Madeira foi um justíssimo vencedor. Foi uma diferença de golos injusta para aquilo que se passou. Vi inclusivé o Sr Campos e o Sr Joel a agredirem os seus oponentes e somente viram 2min.
Somando estas duas situções e a outros pequenos erros que me parecem ter acontecido, podemos então concluir que não foi uma arbitragem ao nível daquilo que já vimos a dupla fazer esta época.
Parabéns à Sad por mais um jogo bem conseguido.
Lamenta-se ainda o comportamento selvagem dos Vip's do Águas, o qual deveria ser objecto de observação por parte da FAP.

Anónimo disse...

Ao Adepto Atento, não meta o Horta nesta questão, pois o Horta colaborou de todas as maneiras possiveis para a alteração do jogo.

Um Sismarense...

Anónimo disse...

Ó senhor das 11:16, é pessoas como você que andam a estragar o andebol!

Porque que veio a Maia? não tinha que fazer num dia de feriado?

Anónimo disse...

Ao Sr Anónimo das 11:16

A Situação do Joel não comento porque não estava em posição para observar, o caso do campos, é o jogador d madeira que passa a frente dele quando este vai para fazer a reposição da bola em jogo, se falhou o passe a a bola saiu mais baixa, eu não sou bruxo e o senhor também não deve ser.
O Madeira ganhou, porque o Águas Santas teve momentos em que podia matar o jogo e não conseguiu, mas os apitadores de tudo fizeram para desiquilibrar o jogo, cometendo erros para os dois lados, mas mais contra o Águas Santas.
Tem razão que o comportamento da bancada do Águas Santas não se conteve em protestos, mas tudo tem um limite.
Limite esse também ultrapassado pelos árbitros quando no balneário foram apupados por espectadores e atiraram água por um respiro do balneário.
Quero ver se vão escrever tanto como escreveram com o Benfica, onde o jogo foi televisionado e onde arremessaram objectos para dentro do campo, jogadores aos pontapés a tudo que estava perto.
Para terminar os parabéns à equipa do Madeira SAD que está a fazer um bom campeonato.

Anónimo disse...

Ao 9 de Dezembro de 2010 09:14, a dupla nem sequer foi amesma. E, alías, os atletas do AAAS são conhecido por "agressores".

Anónimo disse...

Ainda o AS -MSAD.
Vi o jogo e a arbitragem foi fraca,mas foi fraca globalmente e para os dois lados.
Condenável,mas tipico, foi o comportamento de responsáveis do A.Santas.
Julgo que nesta agremiação aplica-se bem o príncipio de Peter !
Ainda me vou rir com o relatório do jogo.

Saudações

Anónimo disse...

Este senhor Atento já anda a perseguir os senhores do Horta há muito tempo...e esta perseguição exacerbada fecha-lhe completamente os olhos para ver as coisas como elas realmente são...
Agora pergunto,não tem mais nada que fazer do que só dizer disparates?anda tão atento que só fala do que não sabe e acaba sempre por dizer asneiras.
Das duas uma,ou se cala ou muda de nome...

Anónimo disse...

Vitória tranquila e justissima do Ismai.
Começa a cheirar a 1ª.

Cpts,
E.Soares

Anónimo disse...

Mais uma grande vitoria do Sp Horta contra um grande clube europeu.:) Depois vamos ter o Duque a gabar-se em como chegou à Final Four da taça depois de eliminar um colosso com 7 jogadores inscritos...:)

Caetano Martins disse...

Os meus PARABÉNS e um abraço aos atletas, treinadores e dirigentes do ISMAI pela passagem aos 1/4 de final da Taça de Portugal, pesem embora algumas opiniões que aqui foram expressadas, procurando colocar demérito numa categórica vitória sobre uma equipa da 1ª Divisão ... custe o que custar ... esta é a realidade

Anónimo disse...

AAAS já parece o SLB.

Anónimo disse...

Aguas Santas-Madeira-Sad
árbitros:
Mário Coutinho e Ramiro Silva

Estive presente e assisti a um jogo que não furou as expectativas antecipadas , bem disputada até ao ultimo segundo e a possibilidade de prolongamento esteve em cima da mesa.
venceu a Madeira Sad com mérito face a alguns infortúnios de lesões normais em desporto mas que não vieram nada a calhar para a equipa de Aguas santas, Carvalho que não se equipou e Pedro que se lesionou.
Mas a vitória esta justa pela forma com o Treinador Paulo Fidalgo levou a equipa á vitória.
Sobre a arbitragem esta dupla tem características para a Arbitragem a nível da Tomada de Decisão, liderança e coragem em decidir no momento certo, tem como aspectos negativos da sua actuação alguma confusão no contacto físico ou seja Lei da Vantagem e Falta atacante? ai estiveram mal com 9 faltas no bloqueio do pivot e como perito da arbitragem nenhuma justificava tal procedimento, como se resolve este assunto, acompanhar esta dupla com um arbitro Sénior e dos bons e temos a médio prazo uma boa dupla.
Surpresa, pouco publico num jogo a eliminar e que falta fez ao conjunto da casa.
ADC

Adepto Atento disse...

Então mais escandaloso é a situação...

Agora a federação é que manda nos clubes?

Está bonito está, vivemos numa ditadura andebolistica?

Em relação ao jogo Oleiros x Callidas pude visualizar o jogo e a arbitragem não teve influência no jogo. Não foi uma boa arbitragem mas felizmente errou para ambas as equipas revelando somente alguma inexperiência da dupla mas com muito para evoluirem. Em relação ao jogo gostei do ponta direita e do guarda redes do oleiros. O callidas sem o Lateral Esquerdo fica muito debilitado.

Um adepto Atento

Anónimo disse...

anónimo de 09 de Dezembro de 2010 das 11.16. Aconselho-o a ver o video e diga-me se o Ponta Direita do Madeira Sad não deveria ter vindo de vermelho numa entrada brutalesca que efectuou no decorrer do jogo...

Espero que consiga ver porque senão está a falsear com a sua opinião grutesca e sem nenhum sentido.

Bem haja

Anónimo disse...

Estive no Aguas Madeira e também concordo que não foi pela dupla de arbitragem que o Aguas perdeu.
Efectivamante o Aguas teve um inicio de segunda parte desastroso e só por "burrice" de alguns atletas nos ùltimos dois minutos não ganharam o jogo. Claro que é muito mais fácil culpar os arbitos, atè porque esta dupla tem contas antigas por saldar com o Aguas.
A equipa de arbitragem esteve efectivamente mal mas é despropositado culpa-la da derota até porque foi apenas por um golo de diferença.
Muito criticável a atitude do presidente do Aguas com ataques de fúria e insultos alto e bom som à mesa e á equipa de arbitragem. A sua posição devia faz-lo pensar que não pode, independentemente da razão que ache que lhe assiste, tomar as atitudes que tomou.
Deixo a seguinte reflexão, quando jogadores falham contra ataques sem oposição com remates por cima da baliza ou contra o guarda de redes a culpa é de quem?.
Se este falham porque razão os arbitos não podem errar.
Aos primeiros descupal-se aos segundos atribui-se premeditação.
Tenham bom senso o Aguas só pode queixar-se de si mesmo, arregaçar as mangas e continuar a trabalhar, e bem, como até agora.

Anónimo disse...

Anónimo das 11h16: Eu tambem estive na Maia e o que vi enquanto tive paciência, foi um Puxão por trás no braço do Joel quando este estava em suspensão para rematar.
Agressão do Joel só aos tacos do pavilhão quando este caíu desamparado. Os árbitros não viram mas o treinador do Madeira SAD viu que retirou o infractor do campo e muito bem para acalmar os ânimos.
Sobre a agressão do Campos o que vi foi o Coelho atravessar ostensivamente pela frente do Campos para não permitir a reposição rápida. Ainda na semana passada vi situação semelhante noutro jogo em que o axcluido não foi o GR mas sim o que se atravessou na trajectoris da bola.
Sobre os árbitros digo que tiveram uma tarde infeliz, mas continuo a pensar que são dois bons árbitros.
O Distraído.

Anónimo disse...

A Sismarias não levou os atletas porque está muito concentrada no próximo jogo do Campeonato. Esta é que é a verdade escondida por cobardes que atacam agora a FAP e não contam os verdadeiros motivos de andarem com a corda no pescoço quando já deveriam estar apurados face ao investimentoe e às apostas efectuadas nos últimos anos.Não mandem areia para os olhos dos outros.

Anónimo disse...

È curiosa a desculpa da Sismaria. Não olharam para o Planeamento??? Como contar com alterações que não sabiam ser possível?? Isto não aconteceu já a muitos outros Clubes que se dignificaram ??? É este o tal projecto prometido?? É esta a imagem que querem para o V/Clube''. Não metam o Sp.Horta ao barulho que somos os últimos responsáveis,como disse alguém atrás.

Anónimo disse...

ISTO DEVERIA DE SER BANIDO DO NOSSO ANDEBOL, E O AGUAS SANTAS DEVERIA DE SER CASTIGADO POR ESTE LAMENTÁVEL DISCURSO:


"SÓ NOS OCORRE UMA PALAVRA: VERGONHA
Quarta, 08 Dezembro 2010 21:46
É muito difícil descrever o que se passou no dia hoje, no nosso Pavilhão, no Jogo para os 1/8 finais da Taça de Portugal onde defrontamos o MADEIRA SAD e que acabamos por perder por uma bola de diferença, 21-22.

A equipa sabia e tinha consciência da difícil missão que o sorteio ditou para esta eliminatória. Já há 3 semanas atrás e quando nos deslocamos para o Campeonato à Ilha da Madeira para defrontar esta equipa, verificamos o enorme valor que o Madeira Sad tem no seu plantel, correspondendo ao investimento realizado.

O que a equipa não sabia era que teria que jogar todo o encontro sempre em inferioridade numérica pois iniciou o jogo com menos 2 “atletas” e muitas vezes esteve com menos 3 e 4 jogadores em campo.

O jogo iniciou num bom ritmo mas com algumas falhas técnicas de ambos os lados. Isso levou a que o marcador registasse poucos golos e o grande exemplo disto é que nos últimos 5 minutos da 1ª parte não se marcou nenhum golo. Mesmo assim, o resultado registado ao intervalo de 11-09 a favor da nossa equipa sabia a pouco já que em momentos cruciais, falhamos dois contra-ataques de um contra zero e um livre de 7 metros, o que nos dava uma vantagem mais alargada e a tranquilidade para iniciar o segundo tempo por cima do adversário.

Para o 2º tempo, a equipa entrou com vontade de alargar a diferença mas fomos nitidamente impossibilitados de o fazer. E aos 38 minutos, o Madeira Sad empata o encontro (12-12) e se até o momento a equipa tinha conseguido lutar bravamente contra as adversidades externas, de facto, algumas contrariedades começaram a fazer mossa na equipa.

O Madeira Sad aproveitou as ajudas e o grande jogo que dois dos seus “atletas” estavam a fazer. Aos 50 minutos, o resultado chega aos 16-20 a favor dos Madeirenses pois pelo meio e de uma forma inacreditável, a nossa equipa começa a jogar com menos 3 e 4 jogadores com as exclusões ridículas aos 40’25; 42’53 e por último aos 43’37. Após este cenário muito negro ( neste caso era muito azul bebé ), pensava-se que estava tudo perdido. Puro engano.

Lutando contra tudo e contra todos, fazendo uma demonstração de grande carácter e personalidade, a equipa lentamente inicia uma recuperação notável e quando faltavam 2 minutos para terminar o encontro, empata o desafio com um golo de Jorge Sousa (21-21), deixando tudo em aberto.

Mas de facto, por muito que os jogadores lutassem, por muito quisessem dar a volta ao marcador, os dois melhores “atletas” do Madeira Sad, continuavam a não deixar e a impedir a nossa vitória.

O resultado final de 21-22 a favor do Madeira ditou a eliminação da nossa equipa da Taça de Portugal e deu também um ensinamento para o nosso Clube: não basta ser um clube correcto, honrado e que saiba receber bem. É um aspecto a rever.

Queríamos destacar a grande coragem e o espírito lutador da nossa equipa mesmo contra factores estranhos ao jogo, sendo sempre uns grandes guerreiros e lembrar que se o objectivo da Taça de Portugal não pode ser cumprido, ainda temos muito campeonato e a Supertaça pelo que em condições normais, ainda temos uma palavra a dizer.

Com uma arbitragem excelente, notável, espectacular do Sr. Ramiro Silva, Jogaram e marcaram:

António Campos; André Monteiro; Jorge Sousa (5); Joel Rodrigues (2); Edmilson Matos; Pedro Cruz (6); Nuno Pimenta (1); Bruno Moreira; Eduardo Salgado (4); Alexandre Teixeira; Vasco Nogueira (1); Juan Couto (1); Eduardo Ferreira e Marco Sousa (1)."

MUITO MAU ESTE TIPO DE PROPAGANDA

Anónimo disse...

ESTE TIPO DE DISCURSO DEVERIA DE SER BANIDO DO ANDEBOL PORTUGUÊS, ALGUÉM COM RESPONSABILIDADES DEVERIA POR FIM A ESTE TIPO DE COMPORTAMENTOS.


"SÓ NOS OCORRE UMA PALAVRA: VERGONHA

É muito difícil descrever o que se passou no dia hoje, no nosso Pavilhão, no Jogo para os 1/8 finais da Taça de Portugal onde defrontamos o MADEIRA SAD e que acabamos por perder por uma bola de diferença, 21-22.

A equipa sabia e tinha consciência da difícil missão que o sorteio ditou para esta eliminatória. Já há 3 semanas atrás e quando nos deslocamos para o Campeonato à Ilha da Madeira para defrontar esta equipa, verificamos o enorme valor que o Madeira Sad tem no seu plantel, correspondendo ao investimento realizado.

O que a equipa não sabia era que teria que jogar todo o encontro sempre em inferioridade numérica pois iniciou o jogo com menos 2 “atletas” e muitas vezes esteve com menos 3 e 4 jogadores em campo.

O jogo iniciou num bom ritmo mas com algumas falhas técnicas de ambos os lados. Isso levou a que o marcador registasse poucos golos e o grande exemplo disto é que nos últimos 5 minutos da 1ª parte não se marcou nenhum golo. Mesmo assim, o resultado registado ao intervalo de 11-09 a favor da nossa equipa sabia a pouco já que em momentos cruciais, falhamos dois contra-ataques de um contra zero e um livre de 7 metros, o que nos dava uma vantagem mais alargada e a tranquilidade para iniciar o segundo tempo por cima do adversário.

Para o 2º tempo, a equipa entrou com vontade de alargar a diferença mas fomos nitidamente impossibilitados de o fazer. E aos 38 minutos, o Madeira Sad empata o encontro (12-12) e se até o momento a equipa tinha conseguido lutar bravamente contra as adversidades externas, de facto, algumas contrariedades começaram a fazer mossa na equipa.

O Madeira Sad aproveitou as ajudas e o grande jogo que dois dos seus “atletas” estavam a fazer. Aos 50 minutos, o resultado chega aos 16-20 a favor dos Madeirenses pois pelo meio e de uma forma inacreditável, a nossa equipa começa a jogar com menos 3 e 4 jogadores com as exclusões ridículas aos 40’25; 42’53 e por último aos 43’37. Após este cenário muito negro ( neste caso era muito azul bebé ), pensava-se que estava tudo perdido. Puro engano.

Lutando contra tudo e contra todos, fazendo uma demonstração de grande carácter e personalidade, a equipa lentamente inicia uma recuperação notável e quando faltavam 2 minutos para terminar o encontro, empata o desafio com um golo de Jorge Sousa (21-21), deixando tudo em aberto.

Mas de facto, por muito que os jogadores lutassem, por muito quisessem dar a volta ao marcador, os dois melhores “atletas” do Madeira Sad, continuavam a não deixar e a impedir a nossa vitória.

O resultado final de 21-22 a favor do Madeira ditou a eliminação da nossa equipa da Taça de Portugal e deu também um ensinamento para o nosso Clube: não basta ser um clube correcto, honrado e que saiba receber bem. É um aspecto a rever.

Queríamos destacar a grande coragem e o espírito lutador da nossa equipa mesmo contra factores estranhos ao jogo, sendo sempre uns grandes guerreiros e lembrar que se o objectivo da Taça de Portugal não pode ser cumprido, ainda temos muito campeonato e a Supertaça pelo que em condições normais, ainda temos uma palavra a dizer.

Com uma arbitragem excelente, notável, espectacular do Sr. Ramiro Silva, Jogaram e marcaram:

António Campos; André Monteiro; Jorge Sousa (5); Joel Rodrigues (2); Edmilson Matos; Pedro Cruz (6); Nuno Pimenta (1); Bruno Moreira; Eduardo Salgado (4); Alexandre Teixeira; Vasco Nogueira (1); Juan Couto (1); Eduardo Ferreira e Marco Sousa (1)."

MUITO MAU AGUAS SANTAS

CASTIGAR URGENTEMENTE ESTE TIPO DE POSTURA

Anónimo disse...

É pa; para este anónimo de 09.12 as 16:50, obrigadinho. Lê o site do nosso clube, parabéns, excelente escolha. Mas já agora me diga, o que foi que encontrou escrito nesta crónica que seja mau? Diga. Eu só vejo que o Madeira Sad teve dois excelentes atletas que jogaram muito bem, que a equipa por culpa propria podia ir para o intervalo a vencer por uma diferença maior e por último, que um dos árbitros teve uma excelente arbitragem. Há aqui alguma coisa que o incomode? ou será o Sr. é mais um daqueles que quando apita a Atlética, já sabemos qual vai seu o resultado?
Olhe amigo, eu sou um daqueles que vou lá ao fim de semana ver um jogo e pouco mais pois tenho lá um filho a jogar. Há coisas que ainda não domino mas olhe que fiquei muito incomodado com o que vi durante o jogo naquele pavilhão e de facto ou alguém arrepia caminho ou um deste dias, infelizmente alguém perde a cabeça e tem uma atitude irreflectida e poderá haver uma desgraça. Sejá em que pavilhão for. De facto, no final a reacção dos responsáveis do clube pode ter sido algo criticável mas sei que são pessoas que trabalham todos os dias para o clube. Que sentem aquela camisola como ninguém e doi ver como são tratados por uma classe que se estão a borrifar se estão a destruir ou não um projecto que me parece interessante. Os clubes ditos pequenos tem direito a sonhar e a pensar que podem chegar lá. Que podem ombrear com os melhores. O que a Atlética pede é ser tratado de igual para igual em todos os jogos e não ser constantemente perseguido por pessoas que sabe-se lá porque, embirraram com o nosso emblema.

Anónimo disse...

Em aveiro não falaram da arbitragem...Curioso!

Anónimo disse...

o ismai acabou por ganhar bem ,a equipa do balaio esteve muito abaixo do que eu ja vi fazer esta epoca, mas a dupla de arbitragem esteve muito mal quaze sempre em prejuizo do balaio.Entao a situaçao do 7metros a favor do balaio por toque no braço ao bastinhos e nao agir disciplinarmente sobre o atleta do ismai!!!! por fim veio a arrogancia do costume do pangaio!!! nao ha quem lhe chame a atençao este oficial é mau de mais , entao jogos em espinho é de bradar au ceu. Muito arrogante

Anónimo disse...

O mundo do Andebol anda meio marado, então agora o a Equipa do Balaio Sete Fontes é um gigante?????
Que exagero, não tem equipa para jogar na 2ª divisão, ninguem ou pouca gente sabe como está na 1ª Divisão sem Curriculum Desportivo anterior, são as manobras do Augusto das Belas Artes de Braga, mereçe uma estátua no sector dos golpes e fugas ao fisco.

Anónimo disse...

Sem ter visto o jogo do Aguas vs Madeira, nao me admira as criticas a essas figuras do andebol, mas de duas coisas tenho a certeza, nenhum jogador sera castigado num jogo apitado por essas figuras porque se o Carneiro nao foi no jogo com o Sporting nao tem moral nenhuma para fazer a qualquer outro jogador, por isso essas agressoes de que tanto falam, acontecendo ou nao nunca serao sancionados. A outra questao e que graças a Deus que nao houve prolongamento nesse jogo, porque senao eles nao saberiam o que fazer como aconteceu no Ismai sporting de a uns anos e na volta ainda teria de voltar o Madeira ao pavilhao do Aguas Santas para jogar 10 minutos loool

Anónimo disse...

http://ww1.rtp.pt/acores/?article=18694&visual=3&layout=10&tm=9

só para verem a noticia que deu na rtp dos açores com declarações dos técnicos.

alguém de sismaria

Anónimo disse...

Acabei de ver o video, que vergonha...o Duque parece um soneca (não é novidade,toda a gente sabe quem é o treinador da equipa), o resumo parece um jogo para os apanhados. Os 7 atletas a entrar em campo do sismarias é hilariante.:):)...andava lá o yuriy a fazer o quê? esse tem é que jogar com o sporting (se aguentar das pernas)!
Quem era aquela gordo que entrou no sporting da horta?:)...o Bagageiro..:):)

Anónimo disse...

Então a equipa sem o treinador de Campo ganhou?deve ter sido sorte!
Sapeta

Anónimo disse...

Mas afinal quem é que tocou no braço do Bastos? Ele é que foi lá engatar o braço para ver se sacava a exclusão! Falar por falar, isso não. Mas afinal a equipa do Balaio queixa-se de quê? Perdeu porque nunca conseguiu impor o seu jogo e o ISMAI apenas não ganhou por mais porque de facto nao está habituado a ter bons guarda redes pela frente. Vitória justa, claro que não é um gigante, apenas uma equipa de uma divisão superior.
Os parabens à equipa do ISMAI, mas seria apenas um feito se repetissem a vitória de à 3 anos atras frente ao Sporting. Assim seria de facto tomba gigantes e um feito digno desse nome, até porque as equipas que neste momento estão na taça são muito superiores em tudo a esta equipa do 2º escalão.

Anónimo disse...

ridiculo este ultimo !