gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Crónica de Fim-de-semana – 04 – 2016 / 2017 – II

Continuamos com as nossas habituais crónicas, dedicadas á PO02.

Apuram-se para a Fase Final do Grupo A, o que dá acesso á 1.ª Divisão os 2 primeiros classificados de cada Zona.

PO02 – Campeonato Nacional da 2.ª Divisão Seniores Masculinos.

Resultados
Zona 1
2.ª Jornada
Dia 06-11-16
GC Santo Tirso - Marítimo (15H00)
3.ª Jornada
Dia 28-10-16
SP. Oleiros 21 - 20 GC Santo Tirso
FC Porto B - CCR Fermentões (adiado 27-01-17)
Dia 29-10-16
Gondomar Cultural 26 - 25 Boavista FC
Modicus 20 – 26 FC Gaia
Marítimo 30 - 28 Xico Andebol

Começaram e continuaram os adiamentos nesta Zona como seria de esperar, e alguns até inesperados, pois não se vislumbram motivos desportivos para que tal aconteça, e vamos ver como irão continuar. Iniciaremos a nossa ligeira análise, pelo Gondomar Cultural / Boavista FC, que foi um jogo disputado sempre com grande equilíbrio, onde as igualdades bem as alternâncias no marcador se sucederam, sendo o resultado ao intervalo de 12-11 a favor da equipa visitada, que confirmou a sua vitória nos momentos finais do encontro, quando após uma igualdade a 24 golos faz 26-24, com a equipa do Bessa a ter ainda tempo de fazer o 26-25 final. Desta forma a equipa do Gondomar Cultural obteve a sua 1.ª Vitória na prova. Em Oleiros, voltamos a ter um jogo com grande equilíbrio (Jogo com ocorrências Disciplinares). Com a equipa de Santo Tirso considerada uma das favoritas ao apuramento, sofreu a sua 1.ª derrota na prova até ao momento, num encontro em que ao intervalo se encontrava na posição de vencedora por 10-9, para depois sofrer a excelente reação da equipa local, que a levou a uma vitória pela diferença mínima. Em Sandim, tivemos o Modicus / FC Gaia, que terminou com a vitória da equipa do FC Gaia, que assim se mantém como sendo a única equipa invicta nesta zona, embora sendo, mais um jogo com ocorrências disciplinares. Tivemos 30 minutos de grande equilíbrio, com o intervalo a chegar já com a equipa do FC Gaia na frente do marcador pela diferença mínima 13-12, e apenas nos segundos 30 minutos a equipa de Gaia se superiorizou e construi o resultado final, de referir que a informação sobre este encontro parou ao intervalo no sítio da Federação. A equipa do Modicus continua sem registar qualquer vitória na prova até ao momento. Por último um dos encontros aguardado com maior expectativa, disputava-se no Funchal e colocava frente a frente o Marítimo e o Xico Andebol, e foi um encontro que não desiludiu a quem assistiu, pois o equilíbrio foi constante com a equipa madeirense a chagar ao intervalo pela diferença mínima, no segundo tempo o Xico Andebol, ainda conseguiu equilibrar o resultado, chegando mesmo a igualar o resultado, para depois não “aguentar” o esforço final dos madeirenses, com esta derrota o Xico Andebol, regista a sua 1.ª derrota na prova, ao contrário do Marítimo, que têm um jogo em atraso e registou a sua 1.ª vitória. 

Zona 2
3ª Jornada
Dia 29-10-16
Beira Mar 21 - 33 São Bernardo
AD Albicastrense 34 - 28 ADC Benavente
AD Sanjoanense 32 - 21 ACD Monte
Juventude Lis 23 - 24 AC Sismaria
Dia 07-01-17
CD Marienses - Estarreja AC (20H00)

Tal como se previa, começaram os adiamentos nesta zona, não sendo de estranhar que mais situações destas se venham a verificar. Começaremos por um dos possíveis dérbis da Região de Aveiro, o neo divisionário Beira Mar e o São Bernardo (jogo com Relatório), que já assumiu publicamente os seus objectivos de apuramento para a Fase Final. Foi um encontro totalmente comandado pela equipa de São Bernardo que ao intervalo já vencia por 13-7, e no 2.º tempo continuou no seu total ascendente terminando com uma das vitórias mais folgadas da zona, com esta vitória continua a ser uma das equipas que ainda não regista qualquer derrota na zona. Em Castelo Branco realizou-se o AD Albicastrense / ADC Benavente (jogo com ocorrências disciplinares), e onde o resultado final não reflete o equilíbrio com que o encontro foi disputado, apesar de a equipa do AD Albicastrense ao intervalo já vencer por 16-12, no 2.º Tempo a equipa de Benavente parecia “renascida das cinzas”, e reagiu em conformidade, dificultando ao máximo que pôde a vitória dos albicastrenses, que com mais esta vitória continuam a fazer parte das equipas que apenas registam vitórias até ao momento, o AD Benavente encontra-se precisamente no lado oposto. Em mais um dérbi da Região de Aveiro, A AD Sanjoanense venceu o ACD Monte (jogo com Relatório), por um dos resultados mais dilatados da jornada e na zona, já vencendo ao intervalo por 14-10, consolidando a sua vitória no 2.º Tempo, e continuando a ser uma das equipas que apenas regista vitórias nos jogos disputados até ao momento. Terminamos esta ligeira crónica a esta Zona com o mais um dérbi, desta vez em Leiria, o Juventude Lis / AC Sismaria, (jogo com ocorrências disciplinares), devendo registar-se que neste encontro não esteve no banco do AC Sismaria João Florêncio, sendo os motivos por nós desconhecidos. Mas voltando ao jogo, temos de dizer que foi um jogo de total equilíbrio, tantas foram as igualdades verificadas no decorrer do mesmo, com o intervalo a registar uma igualdade a 12 golos, e com o 2.º tempo a registar sucessivas igualdades, chegando aos momentos finas com uma igualdade a 23 golos, com a equipa do AC Sismaria a concretizar o seu 24.º golo, e o que lhe assegurava a sua primeira vitória na zona nos momentos finais do encontro

Zona 3
3.ª Jornada
Dia 29-10-16
Benfica B 31 - 25 CCP Serpa
CDE Camões 22 - 28 Vitória FC
Zona Azul 23 - 21 Alto Moinho
1.º Dezembro 35 - 22 IFC Torrense
Vela Tavira 37 - 27 Almada AC

Finalmente tivemos uma Zona sem adiamentos de jogos, o que é de registar. O encontro mais equilibrado da zona disputou-se em Beja, onde os neo divisionário do Zona Azul, venceram o Alto Moinho (uma das equipas sensação da última época na antiga Zona Sul), num encontro em que comandaram quase sempre o marcador, embora o Alto do Moinho nunca deixasse de dar a devida réplica e ao intervalo o resultado era favorável aos locais por 11-8. No segundo Tempo, depois de terem chegado a 4 golos de diferença (14-1=9, permitiram uma excelente reacção do Alto Moinho que iguala a 17 golos, para a equipa do Zona Azul voltar ao comando do jogo e do marcador, terminar como vencedora. Assinale-se que o Alto Moinho ainda não regista qualquer vitória até ao momento. Num dos jogos aguardados com maior espectativa tivemos o CDE Camões / Vitória FC (jogo com ocorrências disciplinares), e foi um jogo onde o equilíbrio apenas se registou no primeiro tempo, com o resultado ao intervalo a ser favorável ao CD Camões por 13-11, mas a equipa do Vitória FC, fez valer a sua superioridade natural nos segundos 30 minutos, terminando como vencedora, e sendo uma das duas equipas que apenas regista vitórias nos jogos disputados. No Pavilhão da Quinta Marrocos, tivemos o Benfica / CCP Serpa (jogo com ocorrências disciplinares), onde o resultado final não reflete o equilíbrio verificado ao longo dos 60 minutos, com um primeiro tempo de total equilíbrio, chegando a registarem-se diversas igualdades como por exemplo a 11 golos, para o Benfica chegar ao intervalo a vencer pela diferença mínima 13-12. No segundo durante os primeiros minutos o equilíbrio ainda foi grande com uma nova igualdade a 15 golos, e só a partir deste momento o Benfica se superiorizou e consolidou a sua vitória, continuando a ser juntamente com o Vitória FC, as únicas equipas só com vitórias. Depois tivemos os dois jogos com os resultados mais desequilibrados da zona, o 1.º Dezembro / IFC Torrense, jogo onde a superioridade da equipa do 1.º Dezembro nunca esteve em causa, com o resultado ao intervalo já a ser-lhe favorável por 17-13. No segundo tempo o diferencial acentuou-se a vitória foi consolidada. O IFC Torrense continua sem registar qualquer vitória até ao momento. Em Tavira a equipa local, defrontou o Almada AC, num jogo que comandou praticamente durante os 60 minutos, com o resultado ao intervalo a situar-se já em 16-12 a seu favor, no segundo tempo acentuou o seu domínio e desta forma após duas igualdades na jornada anterior, o Vela Tavira obteve a sua 1.ª vitória na prova. O Almada AC pelo seu lado é a única equipa só com derrotas na zona até ao momento.

Nota Final – Na próxima crónica, já serão publicadas as classificações de cada zona.

O Banhadas Andebol

28 comentários:

Anónimo disse...

Sendo indesculpável qualquer atuação ou comportamento que prejudique e desrespeite o adversário ou a arbitragem, certo é que a ocorrência de procedimentos disciplinares (relatórios e afins) muito tem a ver com a qualidade das duplas intervenientes e a forma arrogante, prepotente e pouco pedagógica como as mesmas atuam em campo! No Beira Mar X SBernardo foi por demais evidente uma postura provocatória da dupla...para além de uns 10 m finais de autêntico gozo pera com as equipas, com decisões provocatórias, maus juízos claros...seguidos de olhares e sorrisos dirigidos aos bancos na perspetiva de sacar castigos a jogadores...
Vitória segura do SBernardo. Mau jogo do Beira Mar. Péssima atuação da dupla!

Anónimo disse...

Eh pá... parece que os árbitros dos jogos em que o Beira-Mar não ganha são todos arrogantes e prepotentes!

Anónimo disse...

De facto, seria muito interessante saber qual o motivo e a razão pra Federação permitir o adiamento do jogo FC Porto B - Fermentões referente à terceira jornada pra meio da segunda volta, passando por cima dos regulamentos da própria FAP!!!

Anónimo disse...

Esses meninos são useiros e vezeiros em atitudes dessa natureza. São prepotentes, riem, gozam, etc etc. Então nos jogos dos mais novos é uma vergonha com ameaças à mistura. Mas eles não são os culpados. Um dia que apareça um observador honesto ,sem aviso prévio, vai ser lindo. Ou então alguém perderá a cabeça e depois a FAP vai ter que investigar os porquês.

Anónimo disse...

Anónimo das 21:05...Que eu saiba, do que leio, o Beira Mar apenas perdeu um jogo! Há os arrogantes e pelos vistos os que não sabem contar...
Não tenho procuração nem sou do beira mar...mas do que ouvi, e dito por ambas as equipas, parece que a preparação do jogo foi como lidar com "estes árbitros"...
Não está em causa a vitória do Sbernardo, nem a interferência do árbitros no resultado, que não houve! É a postura global que se pretende assinalar...
No resto eles são humanos e podem errar como qualquer outro interveniente!

Anónimo disse...

Rui Almeida e António Oliveira são mesmo do pior. Em especial o António. São arrogantes, prepotentes, mal educados e, pior que tudo, pensam que sabem. Não existe jogo onde não dêem barraca e onde não sejam os protagonistas. Vão acabar mal. Tenho esperança que um dia algum responsável conclua que o que andam a fazer nos pavilhões é estragar o andebol. Gozam com os mais pequenos e reagem sempre com uma ameaçazita ou outra quando algum miudo lhes pergunta sequer o que aconteceu. Desta vez foi no Beira Mar, mas amanhã será noutro lado qualquer. Enquanto não os meterem na ordem, são um barril de polvora ambulante.

Pedro Marques disse...

O Florêncio saiu da Sismaria.

Anónimo disse...

Anónimo31 de outubro de 2016 às 23:50... Pelos vistos também há os que não sabem ler!!!
Não é quando perdem, é quando não ganham... Já no jogo com o Monte vieram com a mesma cantiga sobre outra dupla de árbitros, aquele tal jogo que teve direito a protesto e que temos de aguardar a sua confirmação!!!
Realmente já fazia trazerem de volta a ladainha dos futeboleiros pro andebol mas enfim... Deixem lá isso pra primeira divisão onde se discute as cores das camisolas em vez do desporto em si!!!

Anónimo disse...

O jogo do Camões contra o Setúbal. No meu ver quem decidiu tudo foi mesmo os árbitros. Camões a ganhar por 3, os árbitros colocam um na rua ( vermelho) e mais outro com 2 minutos de exclusão. No meu ver o vermelho estragou o jogo, o jogador não teve nenhuma intenção de tocar no jogador. Mas eles decidiram dar vermelho.. Depois no desenrolar do jogo também ouve alguns erros. No meu ver é pena porque ia ser um grande jogo. Reparou se que o jogo esteve equilibrado e devia ter sido assim até ao final. Mas quem decidiu este jogo não foi os jogadores nem os treinadores mas sim os árbitros...

Anónimo disse...

Não é Setúbal é Vitória...

Anónimo disse...

Eu acho é que vês mal...a meu ver.

Anónimo disse...

Aí, ai. Não falem das arbitragens. Falem do nível desta divisão. No Camões X Setúbal o problema é que os que realmente são bons são veteranissimos. Quanto resiste o Camões sem os quase quarentões? Para que posição joga o Setúbal com os jovens que tem?

Anónimo disse...

Média de idades do Camões - 29,5 contra 24,6 do Vitória......

Anónimo disse...

Não estive nem perto desse jogo do Beira mar VS São bernardo.
O que tenho a dizer é que essa dupla de árbitros não tem qualidade nem postura, é uma arrogância enorme, alguém que lhes meta travão!!
Basta um delegado ir a um jogo deles com olhos de ver e garanto que esses miúdos não voltam a apitar seniores!

Anónimo disse...

O Vitória tem dois veteranos de 39 e 36 anos, grandes craques do passado que dão outro nível a esta divisão. Sem eles a media do Vitória seria prai 21 ou 22

Anónimo disse...

O Almada continua a descer. O que tem andado a fazer o Carlos Garcia?

Anónimo disse...

Porque o sr.Pedro Marques parece saber tudo dos clubes de Leiria,pergunto se tem explicação para a saída de Florêncio ou se tem medo de falar sobre isso.

Pedro Marques disse...

Não sou senhor, sou Pedro, eu não sei tudo. Sei que o Florêncio se foi embora e é só isso que eu e todos temos de saber, ou querem saber também as cuecas que ele usa quando está a dormir.

Anónimo disse...

Se tirarem esses jovens de 39 e 36 anos tem 4 jovens de muito bom nível. Fazem o mesmo que no ano passado jogam a fase final para ficar na 2 Divisão. Não é crítica apenas a realidade sem paixão ou interesses. O Camões tiram os 5 com mais de 36 anos e sobra muito pouco. Lutariam para não descer de divisão. Há pessoas que escrevem aqui como se não houvesse pessoas conhecem os jogadores e está divisão muito bem.

Anónimo disse...

O Carlos Garcia já anda a começar a ganhar. Com dois jovens do Sporting e um do belenenses está fazer milagres.

Anónimo disse...

ROBERTO MOREIRA(ou o Wislander de Oleiros) o melhor pivot desta divisão..q craque!!

Anónimo disse...

O Gaia parece o Bayern da zona Norte até se dá ao luxo de ter o Pedro Cruz,inventam.se mil razões para tal a última q ouvi foi a que estava com uns quilos a mais será que anda a comer bifanas a mais?

Anónimo disse...

Aproveitem adversários do Sto Tirso para tentarem fazer resultados positivos até Janeiro porque com o regresso de Tiago Rodrigues a fazer uma média de 10 golos por jogo vai ser muito complicado.

Anónimo disse...

Parece que para os lados da Rotunda também andam alguns gordos com saudades (ou será inveja) das bifanas do Gaia... Mesmo sem pescoço, continuam acima da linha de água mas será por muito pouco tempo!

Anónimo disse...

Anónimo das 16.30 apenas disse que é um luxo para um clube da 2a divisão ter um "Pedro Cruz" n banco..de resto resto tenho que aplaudir o percurso imaculado da formação gaiense e o bom trabalho do seu treinador que é um jovem sério,humilde,trabalhador e com mta vontade de melhorar.. só falta mesmo pôr o Pedro Cruz a jogar para encher o pavilhão e cobrar 5€ pela entrada e Bifana.

Ass. Clube de fãs do Pedro Cruz

Anónimo disse...

Fica então convidado a vir o primeiro jogo no nosso Pavilhão após a conclusão das obras e pelos 5€ até autorizamos que tire uma selfie com o seu ídolo.

Anónimo disse...

Vcs estão a vender barato a imagem d um craque..vcs n têm noção do que poderiam lucrar com o merchandising do Cruz. Num ano dava para pagar sei lá..duas panelas de bifanas.. cheiinhas!!

Anónimo disse...

Anónimo das 10:28
Em vez de se importunar com os atletas que quiseram vir jogar para o Gaia, preocupe-se antes com os atletas que não quiseram ir pro clube da Rotunda... Joga mais regularmente o Pedro Cruz do que o João Carvalho e o Hugo Batista juntos!!!