gal vence

Euro Sub-17 Femininos (Lituânia), Portugal vence a Turquia por 40-25 - Mundial Sub-19 Masculino Portugal derrotado pela França 1/4 Final por 34-24 - Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

sexta-feira, 4 de julho de 2014

Planeamento Desportivo – Época 2014/2015 - II

Após a divulgação do nosso anterior texto, onde se falou da publicação do Comunicado N.º 1 e seus anexos relativo à época 2015/ 2015,embora ainda não tenha sido divulgado qualquer Regulamento Especifico de qualquer prova, feita a conjugação do mesmo com o Comunicado N.º 4 (02-07-14), que divulga as equipas com direito desportivo a participar nas diversas provas Nacionais fixas, segundo o conceito estabelecido na época transata, apenas foram divulgadas as equipas relativas às chamadas provas fixas, se fizermos uma leitura atenta dos mesmos verificamos que poucas ou nenhumas alterações foram efetuadas, havendo uma espécie de estabilidade nos quadros competitivos. Mas todo o seu impacto será quase sempre financeiro e nunca desportivo. Numa conjugando dos vários documentos poder-se-á ficar com uma ideia mais abrangente do que será o futuro calendário de provas. Mas haverá sempre um mas teremos de esperar pelas datas limite das inscrições e da sua confirmação, para então termos uma verdadeira e consistente ideia de quem participa, nas chamadas Provas Fixas. 
 
A omissão clara das formas de disputa das diversas Fases Finais, não é impeditiva de confirmar que a ideia dominante de acabar com algumas das finais em concentração, por ser uma forma clara de forte contenção de custos, Associativos e Federativos. 
 
A PO01 é a prova que como já dissemos sofre uma profunda alteração na sua forma de disputa, passando a realizar-se na sua Fase Final em formato de Play Off, conforme consta no Comunicado n.º 51 da época de 2013 /2014, publicado em 02-02-14. Os participantes estão completamente definidos, e não existe qualquer novidade na matéria publicada no Comunicado N.º4. Como defensores deste formato, que na nossa opinião será bem mais emotivo e trará certamente mais gente aos pavilhões (admitimos no entanto opiniões diversas da nossa), não efetuaremos mais nenhum comentário neste texto sobre a prova
 
A PO02, foi uma prova que na última época sofreu um forte alargamento no seu número de participantes, aumento esse que no nosso entender não significou, nem mais qualidade nem mais competitividade. Aqui existiu uma tentativa de a grande maioria dos clubes da PO01, ou pelo menos uma quantidade apreciável dos mesmos, apresenta-se equipas “B”, e pensamos nós se registasse um menor abandono de atletas, com um maior aproveitamento dos seniores de 1.º ano. No entanto a adesão foi um autêntico Fracasso. Basta ver o presente CO n.º 4 para constatar tao facto, pois apenas Benfica e FC Porto, continuam. Mas se se registasse uma alteração no formato competitivo, que desconhecemos, talvez (não é uma certeza), pudessem surgir mais equipas chamadas “B”. Pelo que é transmitido neste CO, ao divulgar apenas 28 nomes de equipas, será certamente o mesmo formato. 
 
Agora outra questão se levanta (ou talvez não), que é a constituição das zonas, face às subidas que se registaram da PO03 (Almada AC, GS Loures, Arsenal Devesa e Boavista FC) e às descidas que se verificaram da PO01 (AA Avanca e AC Fafe). Segundo uma leitura atenta que fizemos das equipas, certamente que o Ílhavo AC se vai manter na zona sul
 
Uma curiosidade esta época não existem equipas de reserva, o se compreende nesta prova, este é um dado indicativo na nossa opinião de que provavelmente não haverá mais equipas “B”. 
 
Finalmente uma medida de continuidade, que na nossa opinião é de bom senso, a inclusão das equipas insulares nas duas zonas e não apenas numa
 
A PO04 a ser cumprida toda a matéria regulamentar que existia, passou a ter somente 20 equipas, pois na zona norte verificaram-se quatro (4) descidas, e na zona sul duas (2) descidas, como apenas subiram o total de (4) quatro equipas, será de supor que esta época cada zona apenas terá 10 equipas. Se se mantiverem as alterações já efetuadas em 2012 /2013 na sua fórmula de disputa, que na altura afirmáramos,” foram uma demonstração pura do retrocesso puro (no nosso entender) e uma tentativa de remedeio…”. Neste momento que a Fase Final for igual no seu formato ao da última época, Então, Agora está a falar-se do verdadeiro Campeonato Nacional
 
Com as equipas descritas no Comunicado N.º 4, e com o mesmo formato de prova, face às subidas e descidas, é muito provável que uma equipa da Região de Aveiro venha disputar a zona sul (na nossa opinião e se o critério for geográfico), a equipa deverá ser a do São Bernardo). 
 
Existem outras matérias nos Anexos ao CO N.º 1 e no COM.º 4, que serão comentados em próximos textos, pois são indicadores preciosos, do planeamento que se seguirá.
 
O Banhadas Andebol

4 comentários:

Interrogações disse...

Curiosidade do Comunicado Oficial Nº 4 é o desaparecimento da Equipa 'B' do ABC Braga / UMinho... E por consequência a não descida do CALE... Decisões... Deve de ser para finalmente se cumprirem as regras... Vêm com um ano de atraso... Mas mais vale tarde que NUNCA...

Mas já que falamos em cumprimento de regulamentos... Voltamos como sempre à Arbitragem... Os principais incumpridores de regras... Como será que o CA vai fazer a Listagem de Classificação Final dos Árbitros / Duplas de Nível 2 Gonçalves/Casimiro e Santos/Antunes... Se se cumprirem os regulamentos não fizeram as 3 observações obrigatórias... Os primeiros fizeram 19 Jogos e os Segundos 28 como dupla... mas não cumpriram os requisitos... Mais uma anormalidade? Mas o mesmo se passou com as duplas transformados no decorrer da época... De nível 2... Dias/Oliveira, Coelho/Cunha (O 2º é de Nível 1...) e Ferreira/Souchet também não cumpriram os requisitos do mínimo de 3 observações... Qual será a justificação? 9, 4 e 12 Jogos como dupla respectivamente... Não foi por falta de oportunidades... Ou será que foi?
Claro que se não forem cumpridos os requisitos teremos certamente notas finais justificadas... Com 2 observações do mesmo observador... Com observações feitas por um Observador não encartado e que não faz parte da listagem (pertence aos regimentos... Jorge)...

Bem mais um documento que necessitará de ser sufragado quando for posto a circular... ou será que teremos a CA a poupar uma circular... a dizer que temos um ano 0 do Título XV... que temos todos de nos habituar...

Como o CA comete tamanhas ilegalidades ao Longo desta época desportiva... Será determinado um regime de exceção temendo uma contestação / impugnação efetiva das notas finais? (não esperem é que seja a Associação de Classe a fazê-lo... essa já entrou de férias...)

Ao que parece para a próxima época teremos mais e melhor Andebol e Arbitragem... Como os mesmos intervenientes... Certamente, pelo menos a Arbitragem, irá é piorar... Essa SIM é NOSSA convicção.

Anónimo disse...

e no caso de existirem desistencias não havendo equipas de reserva como se vai resolver? sobe mais uma da PO3 ou desce menos uma da PO2 ?

Anónimo disse...

Luis Santos ex Avanca e Ismai vai treinar o Santo Tirso.

Anónimo disse...

A equipa B dos Juvenis do ABc estava na PO 06 por merito desportivo e mais uma vez a FAP fez um autentico atropelo a verdade desportiva, não premiando quem trabalha na formação.
O lugar do CALE é na PO 07 e o ABC (B) na PO 06. Uma vergonha.