gal vence

Euro Sub-17 Femininos (Lituânia), Portugal vence a Geórgia por 48-11 - Mundial Sub-19 Masculino Portugal vence Turquia 34-25, e está nos 1/4 Final - Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

quinta-feira, 19 de março de 2015

Crónica de Fim-de-semana – 27 – 2014 / 2015 – I

Crónica de fim-de-semana relativa à PO01 e dedicada desta vez apenas aos jogos do Play OFF (Grupo “A”), e do Grupo “B” que disputou a 1.ª jornada. 
 
PO01 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Masculinos.
 
Grupo “A” - Play OFF – 1/4 Final
2ª Jogo
Dia 11-03-15
Benfica 29 – 28 Águas Santas (C/Prolongamento)
Dia 14-03-15
Sporting 39 - 35 SC Horta (C/Prolongamento)
Dia 18-03-15
ABC 29 - 26 Madeira SAD
FC Porto 33 – 26 Passos Manuel
 
Grupo “B”
Dia 14-03-15
Belenenses 28 – 27 GC Santo Tirso
Dia 28-03-15
Ismai – Xico Andebol (15H00) 
 
Apurados para as 1/2 Final (5 jogos) - Benfica, Sporting, FC Porto e ABC
Enquadramento para os 1/2 Final
Dia 04-04-15
FC Porto – Benfica
Sporting – ABC
Dia 05-04-15
FC Porto – Benfica
Sporting – ABC
Dia 11-04-15
Benfica – FC Porto
ABC – Sporting
Dia 12-04-15
Benfica – FC Porto
ABC – Sporting
Dia 18-04-15
FC Porto – Benfica
Sporting - ABC

Atualização 18-03-15 

FC Porto 33 – 26 Passos Manuel

Jogo disputado no Dragão Caixa, com pouco público, e com o FC Porto, a fazer uma autêntica gestão do plantel com constantes trocas de atletas, venceu um jogo com aparente facilidade, pois até ao intervalo o Passos Manuel, apenas perdia pela diferença mínima (16-15). Mas um segundo tempo de jogo totalmente diferente com o FC Porto a cometer menos erros atacantes, e com um plantel de superioridade qualidade, apesar da boa réplica dos liceais, foi construindo uma vantagem clara que chegou aos nove golos aos 55 minutos. Para o encontro terminar com uma vantagem de 7 golos. De referir a ausência de Belone Moreira no Passos Manuel, e a entrada no segundo tempo de jogo para cumprir 30 minutos na baliza do FC Porto do consagrado Hugo Laurentino (45% de eficácia), depois de uma brilhante primeira parte de Alfredo Quintana (32% de eficácia). O FC Porto a criara muitos espaços na zona central da sua defesa, que foram bem aproveitados pelo Passos Manuel e pelo pivot João Gomes com 8 golos (80% de eficácia), e mais uma vez Pedro Sequeira (8 golos e 53% de eficácia) foi outro dos marcadores de serviço no Passos Manuel, e não só a marcar como a assistir onde este bastante eficaz, que não teve ritmo para acompanhar o FC Poto no segundo período. O FC Porto, que aproveitou e bem este encontro para rodar todos os seus atletas, e tal como se previa, apenas necessitou de dois jogos para resolver o problema destes 1/4 Final do Play OFF. Importa referir que na equipa portista concretizaram ocasiões de golos 11 atletas, o que só por si demonstra a gestão bem feita de todo o seu vasto plantel e da qualidade do mesmo, com o cubano Salina (6 golos e 60%), a ser o melhor marcador da quipá, com quase todos os golos a derivarem do contra ataques diretos muito bem executados. Terminamos esta ligeira crónica com uma referência a Ângelo Monteiro na baliza do Passos Manuel onde esteve muito bem com 37% de eficácia. Jogo dirigido pela jovem dupla aveirense constituída por Nuno Francisco e Fernando Rodrigues, que revelou um grande inconsistência na aplicação da Sanção Progressiva, poi iniciou o encontro a sancionar tudo e mais alguma coisa para de pois “adormecer” é este nitidamente o termo. E apresentou bastantes deficiências em especial na Leida Vantagem e na Falta do Atacante.

ABC 29 – 26 Madeira SAD

Mais um encontro que confirmou as nossas previsões iniciais, que estes 1/4 Final, na forma como as equipas se enquadraram, seria provavelmente resolvido em apenas dois jogos. O ABC apresentou-se na nossa opinião, para este jogo com excesso de confiança, permitindo que o adversário que estava desinibido, pois no Play OFF o que contam são as vitórias e não golos sofridos ou marcador, foi criando problemas ao ABC, criando um jogo de grande equilíbrio e emoção fazendo vibrar os espectadores e os verdadeiros amantes do andebol. O Madeira SAD com uma defesa bastante agressiva praticamente em todo jogo, que provocou um grande desgaste físico na equipa, mas que demonstra a garra com que se apresentou neste jogo, disposto a discutir o resultado “ palmo a palmo”, como se costuma dizer provocou um equilíbrio no jogo e no marcador, inesperado para muita gente, de tal forma que foram várias as situações de igualdade no marcador ao longo da partida, e conseguiram terminar os primeiros trinta minutos na frente do marcador por 16-15. Uma referência para o facto que cada vez que a equipa madeirense se encontrava em superioridade numérica, ser o ABC que tirava vantagem, e foram várias as ocasiões. No segundo período o equilíbrio manteve-se até cerca dos 40 minutos, quando se registou a última igualdade no marcador (a 20 golos), a partir deste momento a equipa minhota passou para o comando do marcador, adquirindo vantagens que chegaram a ser de 4 golos (28-24 aos 55 minutos), com os madeirenses sempre puderam a reagir e bem diminuído a diferença mas nunca mais igualaram ou passaram para a frente do marcador, muito por culpa da prestação de um homem que estava na balizado ABC de seu nome Humberto Gomes (40% de eficácia) que na nossa opinião esteve fantástico, e da melhoria atacante de Nuno Grilo (6 golos 75% de eficácia) neste período de jogo. No Madeira SAD de destacar a prestação de Nuno Silva (10 golos 63% de eficácia) a jogar e afazer jogar, do jovem Hugo Lima (6 golos, 60% de eficácia), e ainda do experiente pivot João Mendes (4 golos, 100% de eficácia), assinale-se o regresso á competição do experiente Gonçalo Vieira, e a excelente prestação de Luís Carvalho (34% de eficácia) na baliza da equipa insular. Na nossa opinião um dos momentos decisivos do jogo aconteceu cerca dos 48 minutos quando Daniel Santos comete a infantilidade de uma falta atacante, em situação de superioridade numérica (ABC só 4 jogadores de campo). Jogo dirigido pela experiente dupla aveirense constituída por Ramiro Silva e Mário Coutinho, que pecaram na aplicação da lei da vantagem, por vezes no critério disciplinar, onde estiveram displicentes.

Atualizaçã0 14-03-15 – Grupo “A”

Na continuação dos jogos do Play OFF, hoje disputou o Sporting / SC Horta, que terminou com a difícil vitória do Sporting, que contrariando o que se tinha previsto, não teve as facilidades esperadas, e que não estão traduzidas no resultado Final. É Certo que com esta vitória evitam um 3.º jogo, que na nossa opinião a equipa insular era totalmente merecedora. O Sporting, deve lembrar-se de que por vezes não basta “mandar jogar as camisolas”, é preciso garra determinação, equipa e por muita concentração durante 60 minutos e não só em determinados períodos de jogo. A equipa continental que comandou praticamente o marcador durante 52 minutos, com diversas igualdades pelo meio, e nunca obteve diferenciais que lhe dessem segurança. As falhas no ataque eram em demasia desde os maus passes, aos remates precipitados de tudo acontecia, e era sempre bem aproveitado pelo SC Horta, que realizou um excelente jogo, arriscando quando tinha de arriscar e sendo acima de tudo inteligente na forma como geria o tempo de jogo e as ocasiões. No final do primeiro tempo a equipa lisboeta vencia por 15-12, uma das maiores vantagens conseguidas durante os 60 minutos, normais de jogo, conseguindo a maior vantagem 4 golos aos 35 minutos quando vencia por 19-15. De forma segura o SC Horta foi recuperando para igualar a 25 golos aos 52 minutos, através de um livre de 7 metros, e conseguir de seguida estar pela primeira vez na frente do marcador 26-25 aos 54 minutos, com o Sporting a obter a igualdade aos 58 minutos a 28 golos. Nos prolongamentos manteve-se a toada, com Ricardo Candeias a melhorar substancialmente mas mesmo assim não impedindo alguns erros “infantis do seu ataque pelo que o primeiro prolongamento terminou com nova igualdade a 4 golos, No segundo prolongamento o Sporting faz um parcial de 7-2, de que resultou o resultado final. Incompreensível a atitude de Bruno Moreira a cerca de meia dúzia de segundos do fim, que leva a que a sua equipa que já estava com menos 1, a que os árbitros e bem lhe mostrassem cartão vermelho. N equipa do Sporting Pedro Portela (80% de eficácia) e Sérgio Barros (73% de eficácia) com 8 golos foram os seus melhores marcadores seguidos por Pedro Spínola com 6 golos (60% de eficácia) mas muita precipitação no momento da decisão. No SC Horta Nelson Pina com 11 golos (79% de eficácia) e 7 em 9 de livres de 7 metros, foi o melhor marcador da equipa e do jogo, Yosdany Ballard com 7 golos (70% de eficácia) foi o marcador que se lhe seguiu, mas deve destacar a atuação de Inácio do Carmo em especial nos processos defensivos e nas assistências.

Começaram a disputar-se os segundos jogos do Play OFF da Fase Final Grupo “A” (discussão para o titulo e definição de participações nas diversas provas da EHF). Os jogos do Grupo “B” também se iniciam este fim-de-semana, embora já com um jogo adiado, presumivelmente devido ao treinador do Ismai, estar a disputar dom a Seleção de Cabo Verde jogos no Continente Africano. As diferentes datas existentes no Grupo “A”, são completamente compreensíveis, face á participação dos nossos clubes nas provas Europeias onde ainda se encontram. E conforme se tinha previsto e mantendo a mesma previsão, nesta eliminatória do Play OFF, naturalmente não disputarão terceiros encontros sendo a eliminatória resolvida em apenas dois encontros, o que é puramente demonstrativo da diferença de qualidade existente entre as equipas. Com a disputa do Benfica / Águas Santas, iniciou-se a disputa dos segundos jogos, e as nossas previsões estiveram perto de serem completamente erradas. 
 
Benfica 29 – 28 Águas Santas
 
No pavilhão do da Luz, com uma fraca presença de publico, assistiu-se a um Benfica / Águas Santas, completamente diferente do 1.º jogo, com a equipa maiata, completamente desinibida, a jogar “olhos nos olhos” com o Benfica, e com bastante tranquilidade, criou grandes dificuldades a uma equipa encarnada, que teve sempre grandes problemas defensivos, sem qualquer agressividade, e no ataque apresentava uma falta de concentração confrangedora, e perdulário, permitiu que a equipa maiata comandasse o encontro e o marcador até cerca dos 29 minutos, apenas consentido a igualdade com que se atingiu o intervalo através de um livre de 7 metros convertido aos 30 minutos de jogo. A ausência de alguns jogadores encarnados como Vicente Alamo ou Cláudio Pedroso, não serve de desculpa para a exibição produzida, pois os mesmos já não tinham estado presentes no 1.º jogo desta eliminatória. A equipa do Águas Santas é que realizou um jogo completamente diferente e plenamente concentrada, tentando de todas as formas levar a eliminatória a terceiro jogo. Dizer que Hugo Figueira foi uma grandes figuras do jogo, é normal, mas o contra ataque raramente surgiu e a eficácia nos livres de 7 metros tanto para uma como para outra equipa esteve abaixo do exigido, muito por culta dos seus guarda-redes, no caso do Águas santas o jovem João Moniz que esteve muito bem e do Telmo Ferreira que foi decisivo, sempre que participou no jogo, inclusive aos a 45 segundos do fim da segunda parte do prolongamento quando defendeu um livre de 7 metros. Ao fim do tempo regulamentar (60 minutos), registava-se uma igualdade a 27 golos, obtida através de um golo de Pedro Peneda a cerca de 30 segundo fim do mesmo, o que levou o encontro para um prolongamento onde o Benfica fez um parcial de 2-0 na primeira parte do mesmo (29-27), para sofre 1-0 na segunda parte e assim resolver a eliminatória com apenas dois jogos. Face ao que produziu neste jogo os maiatos eram certamente merecedores da disputa do 3.º jogo. Esperamos que este esforço suplementar a que a equipa do Benfica foi sujeita neste encontro não se reflita nos jogos internacionais que se aproximam, este são os nossos desejos. No Águas Santas, Pedro Cruz com 9 golos e uma serie de assistências foi um dos jogadores evidência, sendo muito bem acompanhado por Pedro Peneda com 8 golos, e pelo jovem João Ferreira com 4 golos. NO Benfica suade-se o ressurgimento de Carlos Carneiro a jogar para a equipa com 8 golos foi o melhor marcador da sua equipa, e para a garra e determinação de José Costa (3 golos), mas quase todos obtidos em momentos decisivos, e para Javier Borragan com 7 golos, e na verdade o único 1.ª linha que o Benfica apresentou, em condições neste encontro. Dirigiu o encontro a dupla de Lisboa, constituída por Tiago Monteiro e António Trina, que apesar dos atletas terem tido um comportamento que proporcionava uma arbitragem de excelência, tiveram um (não) critério nos 7 metros que não lembra ao “diabo” (foram assinalados 22 livres de 7 metros), na sanção progressiva estiveram incompreensíveis, e as discordâncias entre si em alguns momentos do encontro foram por demais evidentes (estamos a ver uma 28 minutos que não pode acontecer), e as violações da área dos 6 metros são para ser assinaladas e e marcadas em qualquer momento do encontro, pois é impossível não se ver uma violação a cinco segundos do fim do encontro. 

Atualização 14-03-15 – Grupo B

No único jogo disputado neste grupo o Belenenses / GC Santo Tirso, terminou com a vitória da equipa do Restelo pela diferença mínima. O Jogo, apesar de a equipa do Belenenses, ter comandado o marcador durante os 60 minutos, face a um mau começo da equipa tirsense, que obrigou o seu técnico a solicitar um time-OUT logo aos 4 minutos de jogo, nunca conseguiu segurar as diferenças que chegou a ter, permitindo sempre a recuperação da equipa de Santo Tirso, que a bem da verdade apenas conseguiu chegar á diferença mínima no último minutos de jogo. A equipa de Belém nunca teve “arte ou engenho”, para segurar vantagens que chegaram a ser de 5 golos, ainda no 1.º Tempo aos 28 minutos quando vencia por 16-11, chegando ao intervalo a vencer por 16-13. No segundo tempo o equilíbrio entre as equipas foi evidente, com a equipa do Belenenses a não concretizar nenhuma ocasião de golo nos últimos 7 minutos em que sofreu um parcial de 4-0. No entanto com esta vitória cimentou o seu natural favoritismo neste grupo, na “fuga” á despromoção. As principais figuras do Belenenses foram Vasco Pinto com 8 golos 67% de eficácia), sendo bem acompanhado pelos “veteranos” Luís Nunes com 6 golos e João Pinto com 5, nunca esquecendo Vasco Ribeiro na baliza com 38% de eficácia. No GC Santo Tirso, Mário Lourenço foi como se costuma dizer “pau para toda a obra” e com os seus 10 golos e 63% de eficácia foi o melhor marcador da equipa e do jogo, sendo muito bem acompanhado por Pedro Machado com 7 golos, mas apenas 47% de eficácia, uma referência especial para Ricardo Castro na baliza dos tirsenses com 36% de eficácia.

Classificação do Grupo “B”, após este jogo: 1.º Belenenses (23 pontos), 2.º Ismai (19 pontos, -1 jogo), 3.º GC Santo Tirso (14 pontos), 4.º Xico Andebol (13 pontos, - 1 jogo).

O Banhadas Andebol

66 comentários:

Anónimo disse...

E de acordo com os iluminados defensores deste sistema do play-off, a equipa profissional do Águas Santas entra de férias a 11 de Março. Isto é ótimo para a evolução da modalidade.

Anónimo disse...

Fase Final
PLAY-OFF
Que competição é esta uns jogos outros adiam e não jogam e depois querem credibilidade da modalidade!
Tudo isto se resolve num planeamento devidamente estruturado e bem, muito bem pensado e acertado.
Vamos andar ás pingunhas a jogar o play-off!
ACD

Anónimo disse...

O Águas não entra de férias. Vai jogar para definir o seu lugar entre o 5º e o 8º. Aliás, foi o que andou a fazer nas outras épocas a partir desta altura: Jogar para definir em que lugar a meio da tabela ficava...

Mas quando se quer dizer mal, vale tudo.

Já agora, nos playoffs vamos ter as maiores enchentes dos últimos anos do andebol português.

Anónimo disse...

Será que algumas pessoas, que são sumidaddes em planeamento, por vezes não se enchergam no que dizem, ou quer inventer um novo calendário gergoriano, com mais de 52 semanas, ou prefiriam que as suas equipas que diz do seu coração não disputassem provas europeias, pelo que diz e por vezes parece esquecido, será que nos outros países, não se passa o mesmo, ou será que no brasil é diferente. Lá também se atiram bolas para dentro de caampo quando o adversário vai em contra ataque, e o jogo está a acabar. responda ser ADC, que é um especialista em planeamento e em invenções, e já agora em dizer mal de tudo e todos.

Anónimo disse...

Afinal uma equipa que seja afastada desportivamente do Play-off e para completar o calendario desportivo faz mais 2 jogos até setembro! ou seja março, abril, maio, junho, julho,agosto ...
Esta informação esta nas palavras de alto dirigente do AAAS.
quanto as palavras do anónimo como convem:
12 de março de 2015 às 13:34
poderia-se complm,entar o planeamento com Taça da LIGA,Taça da AAP de todos so filiados sem actividade oficial da P01, P02, Torneio do EIXO Atlantico.
nota: para recordar se a 2 fase fosse disputado por 8 clubes TXT realizavam-se mais 14 jogos o que daria competição de mais 3 meses ou seja terminaria em Junho!
Pena é que quem não sabe manda e tem o direito de fazer asneiras grosseiras...
-PERGUNTO AO RESPONSAVEL PELA PLANEAMENTO E VEM PARA AQUI INSULTAR AS BOAS IDEIAS, COMO SE PAGA AOS ATLETAS SEM COMPETIÇÃO OS SEUS SALÁRIOS!
ADC

Anónimo disse...

Pagam da mesma maneira que pagam quando estão na Pré Época e no Período Competitivo. O Período Transitório e tudo o que daí advém também entre no planeamento dos clubes.


Quanto ao que disse o Presidente, ele refere-se aos 2 jogos em casa que faltam fazer ao Águas Santas, sendo que terão mais 2 jogos fora.

Parecia no entanto mais justo, que as atribuições de lugares se jogassem em sistema de Playoff normal, com 3 jogos, em vez deste sistema casa fora, com modelo de competições Europeias, para possibilitar que as equipas tivessem mais 1 ou 2 jogos, neste período. Por outro lado, ganha a Federação, na poupança que irá fazer nas viagens às ilhas e em ter as atenções todas viradas para os jogos do título, jogados em 3, 4 ou 5 partidas.

Anónimo disse...

ADC, vá ver bem o calendário em vez de se fiar nas palavras de 3ºs...

Já agora, sugiro que o Cunha vá para a NBA explicar o erro de se fazerem playoffs!

RJSousa disse...

O melhor e fazer o playoff com jogos de 15 em 15 dias. Assim tb durava ate junho. E se fosse mês a mês esta época acabava no proximo ano.

Para os clubes não há problema ... não pagam, e não. E assim sempre podem ter uma justificação.

RJSousa

Anónimo disse...

Ó Cunha não ligues ao que diz o Presidente do A. Santas, porque ele não sabe o que diz!
Ele este ano vai jogar pelos lugares a que tem direito, como tem acontecido em anos anteriores!
Quanto ao play-off eu estou de acordo que na fap são burros como o caraças: lembraram-se de copiar os Americanos, mas toda a gente sabe que os Americanos são burros! Por acaso o Basket Americano tem algum reconhecimento mundial? Nenhum! Porquê? Porque disputam em sistema de play-off!
Já agora Cunha: estive a ler uns escritos antigos, com a tua assinatura, do tempo em que o teu irmão era presidente da Liga de Andebol Profissional e tu gostavas e apoiavas (se tiveres duvidas eu transcrevo-os) o play-off. O que mudou? Não me venhas com a máxima que só os burros é que não mudam, porque essa não se cola muito bem a ti!

Anónimo disse...

12 de março de 2015 às 17:43
anonimo* e ignorante! não tanto quanto ele pensa, mas é!

Caro curioso do andebol português pergunta ao Prof.Barroca(agora direcotrea fda NBA na India) quem é o colega que mais conversa tem com ele sobre o modelo de competição e porquê dos PLAY-OFF no Desporto, que tem a ver com a geografia e dimensão do Pais.. não sei se sabias? e na Russia que tambem e enorme não fazem play-off e sim fases finais concentradas e apura-se o campeão!
Mas está bem joga-se o Play-off em Portugal e daí tudo bem, mas analisa os resultados e vê a regularidade da competição, uma equipa(Benfica) ja está apurada para as 1/2 finais e a outras vamos esperar mas afinal o campeonato nao é o mesmo?, Porto, Sporting e ABC fizeram um jogo e para semana faz o 2º jogo e o Benfica fica á espera!
ADC

* não tem nada de anónimo só nao tem caracter para subscrever o seu escrito de trapalhadas! isto ás vezes parece a feira da Santanas em que se vende peugas aos molhos, peixe fresco vindo de Moçambique e raspadinhas de Espanha

Anónimo disse...

13 de março de 2015 às 00:20
anonimo
tudo certo mas quanto aos modelos da LIGA DE ANDEBOL, quem lá estava falava com OS Clubes e comigo o dito presidente JMDC não me perguntou nada durante o seu mandato!! estranho não é a vida, mas fui o responsavel por indica-lo pela sua experiencia(no Andebol e no Basquetebol com Presidente da LIGA de BASQUETBOL MAS TEVE MUITOS ANOS E POSITIVOS NO ANDEBOL PORTISTA) ao Director do Porto NA!
É A VIDA MAS A fpa QUE CONSULTA ADVOGADOS E EMPRESAS DE TODO O TEOR QUANDO TÊM DUVIDAS! PORQUE NÃO NOMEIA UMA COMISSÃO DE 2 A 3 PESSOAS PARA APRESENTAR UM PLANO DE ACTIVIDADES E MODELOS DE COMPETIÇÃO!
ADC

Anónimo disse...

Estou de acordo com a proposta do ADC para que a FAP crie uma comissão para discutir o planeamento, mas deixo um alerta: não convidem o ADC, porque à segunda defende uma coisa à terça defende outra. à segunda bate nas costas as pessoas e apelida-as de "maiores, à terça vem para o blogue dizer mal delas e à quarta telefona-lhes a dizer que não foi ele que escreveu. Não convidem o ADC

Anónimo disse...

14 de março de 2015 às 10:20
anonimo(sei quem és e lambes as botas ao ADC!
Estas a ver-te ao espelho e sem uma boa harmonia entre o que pensas, fazes e gostas!
Tem vergonha e vai tu falar com ele quando entras nos pavilhões e fazes a hipocrisia do costume .. e vi isso no bar no Flavio Sá Leite BAC-Asantas e lá andavas pelos cantos com os amigos do costume.
Tenho que concluir que o ACD fala, diz e não manda dizer e fica tranquilo porque escreve na sua pagina as suas ideias.. mas quem vendeu o PLAY-Off que se explique e faça para o ano mais uma malabarices..Ele não aprece como os politicos que dizme uam coisa de manha outra á tarde e a noite sonha que andam a enganar tudo e todos..
quanto á comissão que apoiso IGNORANTE ! não precisas de fazer, falas com o trio de guimaraes e esta tudo feito..
Gilberto

Anónimo disse...

14 de março de 2015 às 10:20
anónimo

Quem é o barcarense que anda a mendigar o seu dinheiro no Andebol e tem piscina em casa para se armar ao riquismo saloio!
Parabens Mestre na modalidade

Anónimo disse...

Challenge Cup: ABC/UMinho vence na Finlândia e dá passo importante rumo às meias-finais
Logo EHF
Este domingo, é a vez do FC Porto, na EHF Cup, e S.L. Benfica, na Challenge Cup, cumprirem os seus desafios europeus.

O Liberty Seguros/ABCUMinho venceu esta tarde o Riihimaki Cocks por 22-27, no jogo da primeira mão dos quartos-de-final da Challenge Cup, dando assim um passo importante rumo às meias finais da competição.

A partida nem começou muito bem para os portugueses que viram o adversário adiantar-se no marcador e chegar a 5-2 (8 m.) , com a equipa portuguesa a falhar vários remates. Melhorando o desempenho da defesa, o ABC/UMinho pode fazer valer uma arma de que tanto gosta, o contra-ataque, empatando a oito golos, aos 19 m. A partir dos 20 minutos a formação finlandesa começou a quebrar fisicamente e o ABC/UMinho chegou ao intervalo a vencer por 10-14.

A segunda parte foi totalmente da equipa lusa que chegou a ter vantagens muito confortáveis que atingiram mesmo aos nove golos. Nos 10 minutos finais voltaram a acontecer algumas falhas do ataque que permitiram ao Coc ks reduzir a desvantagemfinal de cinco golos (22-27).

Com este triunfo os bracarenses ficam com as portas das meias-finais entreabertas, restando-lhes agora repetir o desempenho daqui a oito dias, em Braga, aquando do jogo da segunda mão.

João Pinto, com cinco golos, e Hugo Rocha, com quatro, foram os melhores marcadores da equipa que desperdiçou três livres de sete metros.

Anónimo disse...

COMENTÁRIO TÉCNICO: PLAY-OFF é uma prova curta intensa em nº de jogos com grande movimentação de publico e comunicação social e campeão encontrado? mas o nosso play-off é muito original! misturado com as competições europeias de Clubes(ainda bem que estamos lá), desaparece do mapa ja passaram 15 dias e só 2 equipas apuradas Benfica e Sporting... as outras para semana!
Preciso saber planear e evitar estas confusões de planeamento mas vem mais confusão com os trabalhos das Selecções Nacionais(ainda bem), como podem os treinadores das principais equipas prepararem os seus atletas simultaneamente nas Selecções e nos Clubes!
Boa sorte e que estas situações sejam reparadas por quem a obrigação de fazer melhor porque a modalidade merece...

Anónimo disse...

Em Guimarães o Xico não jogou mas no jogo de juvenis com os Carvalhos,não faltou emoção com direito a batalha campal entre atletas e treinadores já perto do final do jogo, valeu a rápida intervenção da mesa e do director de campo para serenar os ânimos, no final vermelhos não faltaram ás duas equipas e assim vai o nosso Andebol.

Anónimo disse...

A Associação de Braga vai resolver o problema não foi invasão os pais dos jogadores é que lançaram rebuçados para o recinto do jogo e toda a gente tentou apanhar.

Anónimo disse...

Os Lobies no nosso andebol estão muito nervosos e proactivos nos blogs, sempre que alguem manifesta de forma convincente o que pensa sobre este e aquele assunto, caiem em cima e logo se vê de quem são e seus objectivos, fazer calar a voz do saber fazer de quem sabe e não depende dos dinheiros ganhos atraves do andebol e que vem dos impostos do estado cobra a todos nós!
Algumas dessas figuras ridiculas que são abonados e bem são conhecidos e quando lhes toca no bolso toca a escrever e inventar situações...
São o sindicalista do MG, é o vendedor e organizador de inventos, o advogado que sabotava os treinadores quando era jogador ou mais sofisticado que tem interesses em Cabo Verde ou bolsistas especuladores do BESA!

Dou um conselho tenham juizo governem-se mas o vosso ocntributo á modalidade é nula e o trabalho principal é feito nos clubes e pelos Clubes.

Anónimo disse...

Andebol:
FC Porto cai na EHF, Benfica mais perto das meias da Challenge
ABC também venceu, no sábado, para a Taça Challenge
Por Redação ontem às 19:53
Facebook0 Twitter0 Google+
Andebol: FC Porto cai na EHF, Benfica mais perto das meias da Challenge
O FC Porto ficou afastado dos quartos de final da Taça EHF, depois de perder na Alemanha frente ao Füchse Berlim, por 25-20, em jogo da quinta jornada do Grupo C.

Os azuis e brancos foram para o intervalo a vencer, por 8-7, mas nos restantes 30 minutos os alemães foram demolidores. João Ferraz, com cinco golos, foi o melhor marcador do FC Porto.

Já o Benfica venceu na Polónia, o KS Azoty-Pulawy, por 29-37, na segunda mão dos quartos de final da Taça Challenge.

Ao intervalo a equipa encarnada já vencia por 15-18 e na segunda metade aumentou a vantagem, que lhe dá mais segurança para a segunda mão que se disputa na Luz no próximo sábado.

O ABC também já tinha vencido, no sábado, o Käsipalloseura Riihimäen Cocks, por 27-22, na primeira mão dos quartos de final da Challenge.

Anónimo disse...

Andebol: FC Porto cai na EHF, Benfica mais perto das meias da Challenge
ABC também venceu, no sábado, para a Taça Challenge
Por Redação ontem às 19:53
Facebook0 Twitter0 Google+
Andebol: FC Porto cai na EHF, Benfica mais perto das meias da Challenge
O FC Porto ficou afastado dos quartos de final da Taça EHF, depois de perder na Alemanha frente ao Füchse Berlim, por 25-20, em jogo da quinta jornada do Grupo C.

Os azuis e brancos foram para o intervalo a vencer, por 8-7, mas nos restantes 30 minutos os alemães foram demolidores. João Ferraz, com cinco golos, foi o melhor marcador do FC Porto.

Já o Benfica venceu na Polónia, o KS Azoty-Pulawy, por 29-37, na segunda mão dos quartos de final da Taça Challenge.

Ao intervalo a equipa encarnada já vencia por 15-18 e na segunda metade aumentou a vantagem, que lhe dá mais segurança para a segunda mão que se disputa na Luz no próximo sábado.

O ABC também já tinha vencido, no sábado, o Käsipalloseura Riihimäen Cocks, por 27-22, na primeira mão dos quartos de final da Challenge.

Anónimo disse...

Excelente resultados das equipas portuguesas face á realidade do andebol europeu!

Anónimo disse...



Andebol

15-03-2015 14:45
Seleção feminina já regressou a Angola
As jogadoras angolanas realizaram três jogos no estágio na Europa.
selecao andebol feminino de angola

As angolanas somaram duas derrotas e uma vitória no périplo europeu
Artigos Relacionados

Angola bate seleção de esperanças da Holanda
Angola perde primeiro jogo amigável na Holanda
Angola apurada para Jogos Africanos por via administrativa
Atletas da seleção angolana ambicionam título no pré-olímpico
Angola bate Portugal, título mais perto

Por SAPO Desporto c/ Angop sapodesporto@sapo.pt

A seleção angolana sénior feminina de andebol regressou na manhã de hoje, domingo, ao país, depois de cumprir um estágio de dez dias na Europa, onde realizou três jogos de preparação, com vista a preparação para o torneio pré-olímpico que Luanda acolhe de 19 a 21 deste mês.

O combinado nacional iniciou o estágio em Lisboa, Portugal, realizou treinos de preparação predominantemente físicos e a componente tática, durante três dias, de seguida rumou para Holanda onde realizou três jogos de preparação.

No primeiro particular, Angola perdeu com a formação holandesa do Dalfesen por 36-26, posteriomente venceu a seleção de esperanças daquele país por 32-23, no terceiro jogo que aconteceu na Alemanha ganhou a equipa do Olderbur por 37-35.


A estreia das angolanas, no torneio pré-olímpico, acontece dia 19, diante do Senegal, seguindo-se com a RDC e encerra com a Tunísia.

Trabalham para a competição as seguintes jogadoras: Maria Pedro, Teresa Almeida, Ivete Simão (guarda-redes), Elizabeth Cailo (ponta esquerda), Wuta Dombaxi (Universal), Lourdes Monteiro (Universal), Lizandra Salvador (Lateral), Delfina Mungongo (Central), Ríssia Oliveira (Pivot), Luísa Kiala (Universal), Azenaide Carlos (Lateral), Marta dos Santos (Ponta esquerda), Natália Bernardo (Central), Matilde André (Ponta direita) e Rossana Quitongo (Central).

Anónimo disse...

O Sporting continua a ser gozado!
No Sábado em Odivelas, até eu não me espantei com a dúzia de livres de sete metros! Confesso que não!
Ridículo como há jogadores que encostam ou roçam e zás! Toca a gritar que "eles" marcam! E são estes dois falsários internacionais...

De bom gostei de três jogadores, o Frankis Marzo, O Pedro Portela e o novato Sérgio Barros. Como Frankis há poucos. Luta em prol da equipa e não jogando no sitío natural é útil ao máximo dando equilíbrios á equipa! Não sendo acompanhante da formação e nem sempre dos mais consagrados, ouço muitas histórias acerca do Sérgio e no ano passado julgo que, jogou muito pouco. Fiquei espantado ao vê-lo ganhar bolas divididas no segundo prolongamento! Depois a rapidez com que, entrega a bola ao mais bem colocado, é impressionante. È duma precisão incrível. No jogo com o ABC já tinha notado no invulgar poder de explosão e parecendo parar no ar. Quanto ao Portela é um simbolo deste clube e não vejo mão canhota igual cá no burgo! E é o melhor marcador da quipá.

Anónimo disse...

Cabo Verde
falhou Jogos Africanos mas ganhou sua seleção
José Eduardo dos Santos manifestou “alguma esperança” da seleção masculina qualificar-se para o Congo Brazzaville de Setembro próximo.
Treinador da seleção de andebol Cabo Verde Foto: Inforpress

Treinador da seleção de andebol Cabo Verde

Por SAPO Desporto c/Inforpress sapodesporto@sapo.pt

O presidente da Federação Cabo-verdiana de Andebol (FCA) acredita que o país “ganhou" a sua seleção, apesar das equipas seniores masculinas e femininas terem falhado a qualificação, no Senegal, para os Jogos Africanos de 2015, em Brazzaville, Congo.

José Eduardo dos Santos disse que as equipas deixaram boa imagem no torneio, por entender que as concorrentes apostaram forte na competição, lamentando, entretanto, que a seleção masculina “não se tivesse qualificado pelo factor casa”, ante o Senegal, numa partida “disputadíssima”, que terminou com a derrota de dois golos.

“Nunca o Senegal foi afrontado dentro da sua própria casa”, desabafou o líder federativo, anotando que, pela primeira vez, a seleção masculina de andebol do Senegal, considerada a mais forte da Zona II, correu sérios riscos de falhar a qualificação no seu próprio reduto.

José Eduardo dos Santos manifestou “alguma esperança” da seleção masculina qualificar-se para o Congo Brazzaville de Setembro próximo, pois espera que uma segunda equipa da Zona II venha a ser repescada para esta montra do futebol africano.

Afirma mesmo que Cabo Verde vai continuar a trabalhar para poder dominar a Zona II a partir de 2020 e, ao mesmo tempo, tornar-se numa das melhores de África.

A seleção masculina encerrou, sábado, a sua participação no Torneio da Zona II do Senegal, com duas vitórias e uma derrota pelo que ficou às portas da qualificação, sendo ultrapassada na corrida pelo combinado do Senegal, no seu terceiro e último jogo da prova.

Cabo Verde venceu a Guiné Conacri por 31-23, bateu a Guiné-Bissau por 42-22, sendo que no jogo decisivo foi derrotado por 29-27.

A nível feminino, Cabo Verde estreou-se com uma derrota (16-36) ante as anfitriães do Senegal, venceu a Guiné Conacri por 24-23, para no sábado terminar a sua prestação com uma derrota de 20-25 com o Mali.

De acordo com o regulamento da prova, a seleção do Senegal foi a única equipa masculina apurada para os Jogos Africanos a serem disputados Setembro próximo em Congo Brazzaville, enquanto em feminino, Senegal e Mali ocuparam as duas vagas que estavam em jogo.

Anónimo disse...

Desde o ano passado que, o Sporting era apontado como a equipa que melhor defendia e contra-atacava!
Como pode ter sido enganado com 12 Liv. 7 Metros?
Como chegaram a internacionais este duo de feiticeiros?
Lá rir eles riam-se muito!
O que fazem os dirigentes do Sporting?
Já agora porquê que, anda meio mundo a comentar o jovem Sérgio Barros?
Há três ou quatro jogos notaram nele?
Que saibamos ele está no clube á uns anitos.
Outros o quiseram e ele lá sabe porque está no Sporting e julgo estar feliz!
Quando um jogador joga desta forma apaixonada já se disse tudo.

Anónimo disse...

O Porto nas altas competições da europa falha muito. Porque será?
O despenteado do treinador não vocifera tanto para a mesa. Porque será?
Será que para além do Gilberto há algum jogador que interesse?
Ferraz tem habilidades mas tem de ser muito mais regular!
Quintana poderá subir mais a escadaria rumo ao sucesso.

Anónimo disse...

È hora de reflectir e tentar uma forma de campeonato mais verdadeira e igualmente atrativa e financeiramente melhor. Que tal menos amadorismo com menos clubes e campeonato a quatro voltas?
Ex: 8 equipas e quatro Voltas todos contra todos.

Anónimo disse...

Será que carneiro vai voltar aos tempos de ouro? O Benfica bem precisa com tanto jogador a ser irregular. Borragan é reforço!

Anónimo disse...

Depois da «abertura total» para a saída de Rui Silva, não sei se por diferendo grave com o treinador, se por vingança do clube dominador, mostrando que o pode levar, é triste ver um grupo que trabalha acima do normal, ser vilipendiado por pretensos árbitros internacionais. Vejam o filme do jogo e verifiquem que, para além do baixo valor técnico destes dois curiosos do apito há situações claras de, baixo valor moral! Não gostei de ver o jogador Sérgio B. aparecer em destaque no jornal O Jogo. È que antes apareceu Rui numa entrevista e, todos sabemos quem comanda esse jornal.

Anónimo disse...

Sendo adepto do Àguas Santas não gosto deste sistema de play-off. Acho que não traz nada de vantagem financeira no já pobre e amador andebol da nação. Praticamente só haverá, se houver, claro! Para os quatro grandes. Depois que verdade tem um campeonato assim? O campeonato se assim se pode chamar, devia ter menos equipas. Estamos fartos de saber quem ganhará, salvo qualquer azar doutro mundo. No entanto apesar do investimento louco e doutro mundo feito pelos que venceram nos últimos anos, note-se que na europa de nada valeu. Pensem.

Anónimo disse...

Enquanto houver quem chegue a árbito internacional como estes dois que apitaram o sporting-sp. horta o andebol vai continuar o charco de água podre que é. Os trincas sempre estiveram mal e ás vez péssimamente mas nomeiam-nos.

Anónimo disse...

Tem piada o que um sportinguista diz no Blog quanto a elogios ao prometedor Sérgio Barros. Então o rapaz está á anos nos leões de lisboa e não o conheciam? Agora andam zangadinhos e nervosos porque ele passou um fim de semana na cidade onde tem família se calhar como noutras. Claro que a nós interessam todas as promessas com bases sólidas. Se ele é bom e tem um espírito como referem algumas histórias não admira que nos interesse. Lembro-me dele num torneio das 4 nações por acaso aqui no Dragão. Este pavilhão fascina qualquer jogador. Lembro-me de ser muito aplaudido por público feminino e do selecionador Rolando falar imenso com ele. Vejam como o Nuno Roque era Benfiquista e nós operamos nele uma transformação. Nós por vencermos não adormecemos. Passe bem. Se ainda não digeriram o Nuno Gonçalves tomem água das pedras.

Anónimo disse...

Dê pra onde der o FCP vai limpar o campeonato secundadopelo Sporting\sem abrigo. A grande duvida estará em saber se o 3º posto é dos benfica\2 pavilhões e 0 público ou Abc\ ovos estrelados que não dão omeletes.
E qual o pavilhão mais cheio?

Anónimo disse...

Nem tudo anda mal no Sporting. Por exemplo o guarda-redes titular aquando da passagem pelos rivais Porto e Benfica era suplente. Aqui é titular e na seleção também.
È oficial que Rui sai?

Anónimo disse...

Sai o rui o candeias o correia o domingos o godinho o barros e o n.pinto ...ah e o portela a ver vamos.

Anónimo disse...

Após a 1/4 final do Play off jogado aos soluços, mais 4 equipas a partir de 18 de Março de férias até setembro!
Mas o interessante é que agora a competição vai parar ate Abril para se jogar a FINAL FOUR da Taça de Portugal já no proximodia 28/29 de Março, coisa pouco séria e quem fez este planeamento mais valia estar queto e sair de cena!
Assim vai o nosso andebol bem dentro do campo(Clubes) e muito mal na sua organização desportiva...
HAJA PACIÊNCIA...

Anónimo disse...

Mas afinal quem é que arbitrou o Sporting x Horta? Não foi a melhor dupla nacional? Estiveram assim tão mal???

Anónimo disse...

"O campeonato se assim se pode chamar, devia ter menos equipas. Estamos fartos de saber quem ganhará, salvo qualquer azar doutro mundo."

LOL Portanto, menos equipas faria um campeão diferente!

O campeonato precisa é de mais equipas!

Ou então por si bastava o Porto, já que é sempre campeão e não de mais equipas e mais jogadores a atingirem níveis maiores de rotatividade entre clubes de forma a aparecerem novos e melhores projectos ... TÁ CERTOOOO lolol

Essa foi completamente DE RIR!

Anónimo disse...

Mais 3 jogadores do Sporting a caminho da cidade do Porto ,sim 3 e nao e so o Rui ,um vem experimentar os ares do Norte os outros 2 nao esquecem o clube de coraçao,grande Porto que nao anda a dormir

Anónimo disse...

PLAY OFF
Já vamos nas 1/2 finais e os pavilhões vazios e o publico afecto ao andebol está ausente, porque será?
Mas agora vai parar para se disputar a FINAL FOUR da Taça no Algarve(Loulé) tambem sem PUBLICO é melhor dizer aos cameramens para só focarem o campo de jogo e colocar som de jogos internacionais!
Depois voltamos ao PLAY OFF2015 e jogamos as 1/2 finais e volta a parar para se jogar jogos da Selecção Nacional apuramento!

RIDICULO CAROS SENHORES DO DEPARTAMENTO TECNICO DA FPA.

Anónimo disse...

Falam tanto dos jogadores do clube a para o clube b, mas por acaso já se certificaram da veracidade das vossas afirmações ou são dsejos escondidos. digam lá, quem vos manda escrever assim.

Anónimo disse...

Vem para aqui paizinhos promover os filhinhos e depois da nisto , moderação meus caros.

Anónimo disse...

Uma questão regulamentar:
Será verdade que o F.C. do PORTO joga com 4 cubanos, 2 brasileiros, 1 dinamarques e 1 checo! e completa o plantel com portugeses, não acham que é estrangeiro a mais numa liga sem grande interesse internacional.... Quem fura ou autoriza a furar os regulamentos!
Se existisse a Liga de Andebol isto nunca podia acontecer, não era Sr. Luis Santos...

Anónimo disse...

Mas quem é que está a tentar passar a ideia que agora o campeonato acabou para algumas equipas? Não acabou. Continuam a jogar para definirem o seu lugar.

Nos anos anteriores essas equipas também já estavam a jogar a feijões porque já não tinham hipóteses de ser campeões e andavam apenas a jogar para definir lugares.

Mas a campanha que por aqui se anda a fazer, inventando factos, contra os playoffs é ridícula. Mas há pessoas que estão chéché...

Anónimo disse...

Isto que vou escrever é para memoria futura

Vao sair do Sporting, Correia (vai abandonar a modalidade)Rui Silva vai para o Porto junto com mais 3 (2 putos e um veterano )sai Candeias ? sai Domingos para o Belenenses e Godinho retorna a Setubal.
Entram Shubert do Porto e os ex juniores Rafael Mira e Rui Farinha .

Anónimo disse...

A debandada de jogadores no Sporting vai ser brutal já nao chegava a guerrinha comprada com o Porto agora é o Benfica a aliciar jogadores.

Anónimo disse...

Onde nao ha dinheiro nao á vicios ou seja grandes jogadores e a verdade é que o Sporting é um clube que o dinheiro no andebol nao abunda ao contrário do Porto que com o dinheiro que entra na Liga dos Campeoes de futebol faz e desfaz a seu belo prazer e avizinho que nos anos mais proximos vai ser sempre Campeao Nacional,nao sei se vao sair muitos jogadores ou nao do Sporting mas uma coisa e certa basta o Porto querer contratar aliciar ou seja o que for o Porto faz actua, tem Plafond para isso ,admiro me e os dirigentes do Sporting ainda nao terem visto que nao tem a minima hipotese numa guerrinha contra o Porto pois as notas de euros sao completamente diferentes

Anónimo disse...

19 de março de 2015 às 13:05
anónimo(conhecido)

Claro que és cego! não queres ver a realidade do modelo de competição defendida pela tua direcção e daí!
Não reconhecer que cada modelo tem vantagens e desvantagens é burrice e neste caso do meu caro anónimo conhecido...
Só para saberes sabes quantos dias têm as equipas finalistas(2) do Play-Off para se prepararem para a finalissima?
4 dias porque as selecções jogam e os rapazes regressam aos clubes e senão vierem lesionados têm 4 dias para recuperar e preparar os jogos!
Achas que isto é sério?
consulta o planeamento e as datas ignorante!
Atento

Anónimo disse...

Há aqui um anónimo que não vive a realidade se calhar porque bebeu o tal vinho do porto que, dessa cidade só lá é engarrafado!...
As uvas e a terra onde é criado começam centenas de quilómetros acima com maior impacto nas quintas ao pé do Pinhão e, sobretudo daí pra baixo! Enganos...
O vinho do porto será de fraca qualidade tal e qual a equipa de andebol da área que, só tem cubanos\Portugueses, Brasileiros e agora um checo! E este tem de jogar... devido a quem o pôs lá!
Pobre do Nuno que no Sporting nunca fez nada de especial e embora parecesse ir ser grande jogador. afinal anda perdido e a acusar falta de lucidez e cabecinha. Quanto ao Nuno Roque continua o mesmo... nuca se notou melhorias, e conscientemente também nada de pioras. Portanto...
Se o Rui vai prá Porto é natural porque, já antes era pra ir. Cada um gasta o que pode e aposta até onde pode!

Anónimo disse...

Há aqui um anónimo que não vive a realidade se calhar porque bebeu o tal vinho do porto que, dessa cidade só lá é engarrafado!...
As uvas e a terra onde é criado começam centenas de quilómetros acima com maior impacto nas quintas ao pé do Pinhão e, sobretudo daí pra baixo! Enganos...
O vinho do porto será de fraca qualidade tal e qual a equipa de andebol da área que, só tem cubanos\Portugueses, Brasileiros e agora um checo! E este tem de jogar... devido a quem o pôs lá!
Pobre do Nuno que no Sporting nunca fez nada de especial e embora parecesse ir ser grande jogador. afinal anda perdido e a acusar falta de lucidez e cabecinha. Quanto ao Nuno Roque continua o mesmo... nuca se notou melhorias, e conscientemente também nada de pioras. Portanto...
Se o Rui vai prá Porto é natural porque, já antes era pra ir. Cada um gasta o que pode e aposta até onde pode!

Anónimo disse...

Com este clima criado em torno de futuras ou pretensas transferências aprende-se muito!
Os clubes só devem contratar para onde precisam ou mais precisam!
Os jogadores devem estar onde são desejados ou onde mais evoluem ou são mais bem pagos! Oficialmente nada foi assumido e pense-se bem como jogará Rui diante do Porto, por exemplo numa final de taça que vem aí! È chato e se ele assumir será um homem com H para uns e um traidor e que, falou fora de tempo para outros! Tudo é um jogo! Pior é nos jogadores que não se fala, ou não são desejados! Igualmente nos treinadores e é um facto que, o do Sporting só é desejado pelo clube! Pobre, muito pobre! Rui estava a estagnar e outros, muitos, nada evoluíram!

Anónimo disse...

O Mira e o Farinha nos Seniores AH AH AH AH anteciparam o dia 1 de Abril,nos juniores jogam por favor um porque éo capitao o outro porque é o fetiche do treinador ,o Farinha vai para o Benavente o outro vai tentar o wrestling para os States

Anónimo disse...

Rui Silva no Porto? Significa encostar Roque? Prescindir de Miguel Martins?
FCP continua a reinar matando tudo o que mexe À sua volta... Alguém que +ponha regras nisto e que se comece a pagar a formação e quem a faz...
A questão é essa mesma: direitos de formação.
O Sr. Prof. Magalhães sabe-a toda...

Anónimo disse...

O Rafael Mira!!!!!! O do Sporting,o dos pasteis de Belém,tá tudo maluco

Anónimo disse...

Já eras Roque...

Anónimo disse...

Os cubanos e brasileiros estao de saida do Futebol Clube do Porto anda tudo a dormir ,esperto e o Jose Magalhaes que anda a contratar jovens (promessas e certezas) do andebol portugues veja se o caso do Rui e á mais só que nao se pode falar porque o segredo é a alma do negocio ,cuidado Benfica cuidado Sporting.

Anónimo disse...

O Miguel vai ser emprestado

Anónimo disse...

Ironia das fortes é que o próximo campeão nacional até é contra os play-off! Isto caminha para uns dez anos a vencerem. Quando não possuem muitos jogadores dão luta e fazem pressão. Agora investiram desalmadamente, portanto não acredito que não ganhem! Só se fossem parvos! Ainda por cima há mais de dez jogadores emprestados. Fartura!

Anónimo disse...

O Porto vai ter à hegemonia nos próximos 10 anos porque tem a melhor estrutura tem os melhores jogadores têm os melhores adeptos enfim tem tudo

Anónimo disse...

Parabéns anônimo das 21.52
O meu amigo sintetizou duma forma simples e brilhante o estado do andebol português
O Porto e a melhor equipa

Anónimo disse...

19 de março de 2015 às 12:53
ANÓNIMO
SOBRE O NUMERO DE ESTRANGEIROS NA MESMA EQUIPA!
estás-te a esquecer que nos anos 90 e no tempo do Sr. Luis Santos DONO DO ANDEBOL PORTUGUÊS! o ABC jogava com 3 e 4 sovieticos e ganhou váriOS titulos NACIONAIS E TAÇAS e os regulamentos só permitiam 2!
contador de histórias...

Anónimo disse...

Um dia destes abro o livro...

Anónimo disse...

Seria interessante

Anónimo disse...

Rui vai sair já não se pode esconder e todos sabem que é devido ao treinador! Se no caso Nuno Gonçalves o Porto ás tantas ficou a perder, aqui vai ganhar á grande! Sérgio Barros é mistério porque se dizia que ia ser operado a um joelho. Não há sinais de cirurgia nenhuma. Não jogava porquê? Há uma certeza é que não parece feliz e alegre agora que joga um pouquito. Estará a fazer tempo por causa dos negócios em publicidade e outros? Sabe-se que tem família no Porto e em Braga! Será que houve interferência de alguém a estragar o entendimento? Correia é natural que termine carreira devido á idade. Qual o Angolano que virá? O que estava no Belenenses? Diz-se que o clube esqueceu-se de lhe pagar ordenado e casa. Bela imagem do andebol Luso! E do Benfica será que a revolução em curso leva embora Pedroso e Carneiro? Com tanta irregularidade e ordenados assustadores num dos casos, não me espantava! Tem lógica!

Anónimo disse...

Vai ser um fartote de jogos entre Benfica e Porto!
Já a seguir um virá eliminar o outro prá taça de Portugal. Depois medirão forças e só um passa pró campeonato!
Oxalá não haja ambientes de futebol.