gal vence

Fim de Semana com as Super Taças - Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Crónica de Fim-de-semana No Feminino – 11 – 2015 / 2016

Crónica exclusivamente dedicada ao Feminino, e desta vez, apenas a um jogo, pois todos os outros foram adiados devido a trabalhos de selecções.

Mantemos este texto, pois pode ser que alguém um dia o leia, “Continuamos com a esperança de que, algum dia, as estatísticas directas aos jogos se estendam aos jogos a esta prova nacional, contribuindo para o seu desenvolvimento e implementação, e valorização”

Num dos campeonatos mais irregulares (apesar de ser uma prova cem que se está a disputar uma Fase Regular). Apenas poderemos confirmar o que já tínhamos dito e que nunca se tinha verificado, disputarem-se jogos da 1.ª volta. Sobre isto poderemos acrescentar, que se irão disputar jogos da 1.ª volta, já muito depois se iniciar a 2.ª volta da prova, e com a 7.ª jornada da 2.ª volta a disputar-se.

PO09 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Femininos.

1.ª Fase – Resultados
8.ª Jornada
Dia 31-01-16
Maiastars - João Barros (15H00)
9.ª Jornada
Dia 28-11-15
Passos Manuel 28 – 27 Santa Joana
Dia 20-12-15
João Barros - ARC Alpendorada        
10.ª Jornada
Dia 24-01-16
João Barros - Alavarium (18H30)
11.º Jornada (Última da 1.ª Volta)
Dia 13-12-15
Colégio Gaia - João Barros (18H00)

Semana onde apenas foi disputado um jogo, que se encontrava em atraso (motivo de adiamento desconhecido) relativo a 9.ª jornada. Continuamos com a novidade, não se verificarem transmissões da Andebol TV, é pena. E logo no único jogo disputado verificaram-se ocorrências disciplinares (relativas a um oficial de equipa).

No jogo disputado este fim-de-semana, o que se verificou foi:

No Pavilhão Escola Quinta Marrocos, o Passos Manuel, recebeu em jogo em atraso da 8.ª Jornada a equipa de São Pedro Fins o Santa Joana, e registou a sua segunda vitória na prova, derrotando as maiatas pela diferença mínima, num jogo que ao intervalo estavam a perder por 14-11, e embora tenham tido uma boa reacção no segundo tempo, a equipa maiata, comandou quase sempre o marcador, com a equipa liceal, a apenas conseguir equilibrar o marcador nos minutos finais do encontro, altura em que conseguiu a vantagem mínima que lhe deu a vitória. No Passos Manuel, mais uma vez Mariana Faleiro com 11 golos foi a sua melhor marcadora, e novamente acompanhada por Joana Reis com 7 golos, na equipa do Santa Joana. Ana Sampaio com 9 golos e Ana Capela com 7 golos foram as suas melhores marcadoras.

Após, a disputa destes jogos, a classificação ficou assim ordenada: - 1.º Colégio Gaia (-1 jogo) e Madeira SAD (30 pontos), 3.º Alavarium (- 1 jogo) (27 pontos), 4.º Maiastars (-1 jogo) (24 pontos), 5.º CS Madeira (21 pontos), 6.º CA Leça (20 pontos), 7.º João Barros (-4 jogo) (19 pontos), 8.º Assomada (18 pontos), 9.º Santa Joana (16 pontos, 10.º Juventude Lis e Passos Manuel (15 pontos), 12.º ARC Alpendorada (-1 jogo) (13 pontos)..

O Noticias

5 comentários:

Anónimo disse...

parece que este resultado foi construido por terceirps, na parte final do jogo, é verdade

Anónimo disse...

Parece que esses terceiros que o anónimo das 21:03 diz não fizeram o trabalho do costume que é beneficiar as equipas do norte e pronto é logo isto: "ah e tal faço uma viagem tão longa para isto", bem vindo ao clube caro amigo/a, sempre que uma equipa do sul ou de Lisboa vai ao norte o "fomos roubados" é o pão nosso de cada dia.
Um jogo tem duas partes de 30 minutos cada e só acaba aos 60, se o Santa Joana pensou que ao intervalo já estava ganho e baixou a guarda enganou-se e pagou a factura.

Anónimo disse...

eu sou o anónimo das 21:03, fiquei esclarecido, agradeço a informação, pois também entendo que os jogos só estão ganhos quando acabam, até lá tudo pode acontecer.

Anónimo disse...

Alguém consegue explicar porque razão é permitido ao Sta Joana e ao Alpendurada não apresentar técnico habilitado para a prova e não há sequer multas para estes clubes?

Anónimo disse...

Para a FAP somos todos iguais, so que alguns são mais iguais que os outros...