gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

domingo, 4 de setembro de 2016

Competições Europeias 2016 / 2017 – XVI – Liga dos Campeões Masculinos

Liga dos Campeões 

ABC VENCE
TORNEIO DE QUALIFICAÇÃO
(PASSA PARA A FASE DE GRUPOS) 

O ABC, no jogo da final que disputou diante a equipa do Bregenz Handball, equipa que organizou o Torneio de qualificação, obteve o 1.º lugar do gripo após difícil vitória (pela diferença mínima), sobre os austríacos que jogaram em casa com um Pavilhão muito bem composto, mas onde a animada claque de apoiou bracarense nunca faltou. Jogo decidido nos pormenores e aí o ABC foi mais feliz, pois contou com um Humberto Gomes em bom nível, e com um Nuno Grilo (11 golos e 75% de eficácia) acima da média, com uma substancial melhoria no segundo período de Pedro Spínola, que cada vez que perder a bola ou se precipitou no remate deu golos ao adversário, mas no segundo tempo onde melhorou de rendimento, terminando com 8 golos e 62% de eficácia. O jogo foi de grande equilíbrio em especial no primeiro tempo, onde qualquer das equipas nunca esteve na frente do marcador por uma diferença superior a dois (2) golos, com o ABC a ter a sua primeira vantagem apenas aos 22 minutos através de um golo de Dario Andrade que deu o 12-11, a seu favor, a equipa esteve algo precipitada no ataque e sofreu por causa disso, pois a cada falha correspondia um golos do adversário e assim o intervalo chegou com uma igualdade a 16 golos. No segundo tempo apesar do equilíbrio que se verificou, e com a equipa austríaca, a usar e “abusar” da nova regra jogando por diversas vezes com 7 jogadores de campo, o ABC comandou mais vez o marcador chegando a ter 4 golos de vantagem por duas vezes aos 45 minutos quando vencia por 27-23, e aos 48 minutos quando vencia por 28-24, mas com algumas falhas no ataque permitiu que o marcador se iguala-se a 29 golos, que se verificou a seguir a um remate ao poste da equipa bracarense com os austríacos a igualarem na resposta. As igualdades sucederam-se até aos 31 golos quando estavam registadas 58 minutos de jogo, com Tomaz Albuquerque e mais uma vez Nuno Grilo a estabelecerem o 33-31 a 14 segundos do fim para a equipa do Bregenz, marcar o seu 32 golo (plenamente consentido. a 2 segundos do fim. Destaques na equipa austríaca, para Tobias Varvne com 7 golos (50% de eficácia) e para Amadeus Hedin com 6 golos (67% de eficácia).Jogo dirigido pela dupla russa composta por Evgeny Zotin e Nikolay Volodkov, que tiveram bem na sanção progressiva, mas não estiveram bem na falta do atacante.

Resultados
1/2 Final
Dia 03-09-16
ABC 34 – 27 Macabi CASTRO Tel Aviv
Bregenz Handball 29 – 31 Achilles Bocholt
Dia 04-09-16
3.º / 4.º Lugar
Macabi CASTRO Tel Aviv 33 – 30 Achilles Bocholt
Final
ABC 33 – 32 Bregenz Handball

Apenas se qualificou o vencedor deste Torneio de Quantificação, que assim se juntou ao grupo D como a 6.ª equipa, ficando o Grupo constituído por:- HBC Nantes (França), TTH Holstebro (Dinamarca), HC Motor Zaporozhye (Ucrânia), Besiktas Mogas HT (Turquia), Dinamo Bucaresti (Roménia) e ABC (Portugal)  

Este Grupo disputa-se no sistema de TxT a duas voltas no sistema casa / Fora, entre 21-09-16 e 8/12-02-17. Faremos artigo sobre o calendário do ABC

O 2.º (Bregenz Handball) e o 3.º classificado Macabi CASTRO), entrarão diretamente na 3.ª Ponda de Qualificação da EHF CUP, o 4.º classificado (Achilles Bocholt) entrará na diretamente na 2.ª Ronda de Qualificação da EHF CUP.

O Banhadas Andebol

7 comentários:

Anónimo disse...

O Tininho Tinoco anda muito ocupado nos festejos que ainda nem a noticia colocou em destaque no Web da FAP que é que este gajo vai de Vela.
E Assim fica só a trabalhar lá em Braga e não a mamar KM's.

Anónimo disse...

Grande trabalho defensivo... Coletivo acima do individual. Portugueses de raça... Politica acertada. Desporto nacional prestigiado.
Parabéns ABC: É assim que se escreve e faz história... Afinal o jogo e o estilo português, com jogadores minorcas, etc...tem sucesso!

Jorge Almeida disse...

1º) Parabéns ao ABC pela passagem à fase de grupos. Completamente merecida.

2º) Este grupo foi bem mais equilibrado que eu estava à espera.

3º) Mesmo sendo equipas que sabem jogar, comparar o historial destes 3 adversários com o do Cimos Koper que calhou na rifa ao FC Porto. enfim. Este sorteio da 2ª ronda da EHF foi muito desequilibrado. FC Porto apanhar Koper agora, é um enfrentamento lá para a fase de grupos, não para uma fase tão cedo. No entanto, e dado que, para compensar a não presença na Liga dos Campeões, os portistas só ficarão contentes com uma presença na Final 4 da Taça EHF, FC Porto tem é de se desembaraçar deste adversário sem mais.

Não venham cá dizer que estou a ser muito exigente. A quantidade de estrangeiros no plantel assim o exige, assim como a cultura da casa, a época passada na "Champions", etc ...

Jorge Almeida disse...

Daqui para a frente na fase de grupos da Liga dos Campeões, o ABC tem-na complicada para chegar ao final nos 2 primeiros deste grupo (Nantes e TTH parecem-me as equipas mais fortes), mas, ganhando os jogos em casa e pontuando nos jogos fora, quem sabe ...

A propósito, vão jogar aonde? Se não me falha a memória, uma das razões de terem posto o ABC neste torneio de qualificação foi o actual estado do Sá Leite. Universidade do Minho? Pavilhão Francisco de Holanda em Guimarães? Multiusos de Guimarães? Dragão Caixa?

Anónimo disse...

Parabéns ABC, não adepto mas simpatizante, vi o jogo e gostei embora não estivessem nos vossos dias, mas a garra estava lá, os meus sinceros agradecimentos.

Jorge Campos disse...

Vitória difícil e exibição aquém das capacidades demonstradas noutras alturas. Salientam-se pela positiva o Grilo, os pontas, os centrais e o Rocha. Pela negativa aqueles de quem, pela experiência, se esperava mais. Humberto não defendeu uma. O ABC com um guarda redes que defendesse 5 bolas ganhava à vontade. Valeu a defesa estar bem e recuperar muitas bolas. Costa igual a zero. Não defende, pelo que teria, no ataque, de fazer a diferença. Nem golos, nem livres de 7 metros ganhos, faltas por invasão da área e péssimo a receber a bola. Rocha, que não é pivot de origem, jogou bem melhor. Mal também Spínola. Se marcou muitos golos, falhou outros isolado e em alturas muito importantes do jogo. Além disso já tinha jogado nada contra o Benfica e pouco contra os israelitas.
Na fase de grupos vai ser difícil. Até porque não há plantel para gerir. Terão de escolher: ou campeonato ou Liga dos Campeões. Qualquer das apostas corre o sério risco de correr mal. Mas dizer que não tem hipóteses de se apurar na Champions é prematuro arriscar. Os nomes não jogam e o ABC, jogando ao seu melhor nível, é incómodo para qualquer equipa.
Um reparo para o que afirmou o Sr. Jorge Almeida. Quer então dizer que o Koper é muito melhor do que os adversários do ABC? Não sei em que se baseia para tal. O ABC jogou contra dois campeões nacionais. Que eu saiba, o Koper não é campeão da Eslovénia. E, se for a ver, o campeão da Eslovénia, o Velenje, até foi eliminado no outro grupo da Champions. Que mania de desvalorizar os feitos dos outros. O Porto tem muitos jogadores, grandes e estrangeiros, o que gasta numa época chega para pagar duas ou três do ABC, mas não tem assim tão boa equipa. Na EHF não fará melhor do que noutras temporadas. Mas vai passar o Koper.

Anónimo disse...

Parabéns!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!