gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

sábado, 3 de dezembro de 2016

Crónica de Fim-de-semana – 27 – 2016 / 2017 – I

Regressamos às normais crónicas de fim-de-semana, desta vez para tratarmos apenas de dois dos jogos em atraso e relativos á 14.ª Jornada, que assinala a 1.ª Jornada da 2.ª volta.

PO01 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Masculinos.

9.ª Jornada
Dia 22-12-16
Belenenses - ABC (19H00)
13.ª Jornada
Dia 18-01-17
Águas Santas - ABC (21H00)
14.ª Jornada
Dia 03-12-16
Belenenses 23 – 24 FC Porto
Ismai 36 – 33 Madeira SAD
Benfica 36 – 23 Arsenal
Águas Santas 25 – 30 Sporting
Boa Hora 27 – 36 ABC
AC Fafe 27 – 21 SC Horta
AA Avanca 21 – 20 São Mamede

Disputou-se a 1.ª Jornada da 2.ª volta, com jogos da 1.ª volta por disputar, que se poderá compreender como caso de exceção não publicitado como o Regulamento Geral o obriga, porque envolve uma equipa participante em provas europeias. Felizmente e desde á muito tempo temos uma jornada completa o que se saúda. De referir ainda a alteração do local da realização do jogo Ismai / Madeira SAD, por problemas existentes no pavilhão da Maia, o encontro foi disputado em S. Pedro Fins. Felizmente a jornada decorreu com apenas 1 jogo a ter relatório disciplinar (AA Avanca / São Mamede).

Na pavilhão da Luz, disputou-se o Benfica / Arsenal, um encontro que na 1.ª Volta tinha criado algumas dificuldades ao Benfica, mas desta feita foi um encontro de sentido único, com o Benfica a comandar o jogo e o marcador praticamente durante os 60 minutos, indo aumentando a sua vantagem progressivamente, de tal forma que ainda nos primeiros 50 minutos chegou aos 19 golos de vantagem aos 26 minutos de jogo (19-9), para o intervalo chegar com o resultado em 20-11. Nos segundos 30 minutos o Benfica limitou-se a uma completa gestão do resultado e do plantel, sendo assinável a desqualificação de A. Cavalcanti por acumulações de exclusões. O Resultado deu até para ser utilizado o guarda-redes júnior Gustavo Caddeville (36% de eficácia), enquanto Hugo Figueira tornou a vida difícil ao Arsenal com 47% de eficácia, de referir que o Arsenal se apresentou com apenas 11 jogadores inscritos no Boletim de Jogo, sendo dois deles guarda-redes. De referir os 9 golos de Fábio Vidrago (100% de eficácia), e os 6 golos (75% de eficácia), de João Ferreira que juntamente com Sérgio Caniço com os seus 5 golos (56% de eficácia), foram os melhores marcadores da equipa bracarense.

No pavilhão Acácio Rosa disputou-se o Belenenses / FC Porto, que surpreendentemente oi um dos jogos mais equilibrados da jornada, com a equipa do Belenenses a criara fortes dificuldades no jogo, chegando a comandar o marcador por diversas vezes, não parecendo a mesma equipa que foi derrotada na 1.ª volta por um diferencial de 17 golos, e Alfredo Quintana na baliza do FC Porto foi uma das grandes figuras do jogo com 43%de eficácia, contra os 33% de João Moniz ou os 31% de Miguel Espinha, com a maior diferença de golos registada a favor de uma equipa a pertencer á equipa do Belenenses 4 golos aos 6 minutos quando surpreendentemente vencia por 5-1, o que diz da forma como entrou no jogo, no entanto ao intervalo o FC Porto, pela diferença mínima (16-15), no segundo tempo o FC Porto chegou a ter três golos de vantagem por exemplo aos 51 minutos (22-19), para a equipa do Restelo recuperar mais uma vez até à diferença mínima. Na equipa do Belenenses de destacar Gonçalo Ribeiro com 9 golos (50% de eficácia), e Carlos Siqueira com 5 golos (71% de eficácia), foram os seus melhores marcadores, no FC Porto com os golos mais distribuídos Yoel Morales com 6 golos (75% de eficácia) foi o seu melhor marcador. Com esta difícil vitória a equipa do FC Porto mantem a invencibilidade nesta fase da prova.

Em S. Pedro Fins, pavilhão que foi utilizado á última da hora para a realização do Ismai / Madeira SAD, que foi um jogo de sentido único, com a equipa do Ismai a comandar o marcador durante praticamente os 60 minutos, retificando o resultado da 1.ª volta. A equipa do Madeira SAD, entrou mal no jogo e aos 5 minutos de jogo já perdia por 6-1, situação de que nunca mais se refez, e apenas conseguiu atenuar, chegando ao intervalo a perder por 19-6, depois de ter estado a perder por um diferencial de 7 golos, aos 16 minutos (14-7), no segundo tempo equilibrou o jogo mas nunca conseguiu diminuir a diferença que foi sempre bem controlada pela equipa do Ismai. De destacar na equipa maiata, que teve 11 jogadores a marcarem golos, sendo Yoan Blanco com 7 golos, e Angel Zulueta com 6 golos os seus melhores marcadores, uma justa referencia ainda a Manuel Borges na baliza do Ismai, que esteve e bem acima dos seus colegas no Madeira SAD com 31% de eficácia. No Madeira SAD, Fábio Magalhães (58% de eficácia) e Bruno Moreira (70% de eficácia) ambos 7 golos foram os seus melhores marcadores.

Um dos jogos mais importantes da jornada (na nossa opinião), disputou-se em Águas Santas, e foi o Águas Santas / Sporting, que terminou com a vitória da equipa do Sporting, que assim conformou o resultado da 1.ª volta, e foi um encontro totalmente controlado quer em termos de jogo quer em termos de marcador pela equipa do Sporting, que comandou o marcador durante os 60 minutos, chegando ainda no primeiro tempo a ter uma vantagem de 7 golos (12-5), quando estavam decorridos cerca de 23 minutos de jogo, no entanto uma boa reacção dos maiatos acompanhados por um “relaxamento” da equipa do Sporting, permitiu que o intervalo apenas registasse um diferencial de 3 golos a favor do Sporting (14-11). No segundo tempo os maiatos procuram equilibrar o resultado chegando ao diferencial mínimo aos 48 minutos (22-21), para ao pressentir o perigo o Sporting voltou a acelerar e começou a aumentar novamente a diferença até os valores finais, tendo neste período Janko Bozovic (5 golos, 50% de eficácia) contribuição decisiva, juntamente com Carlos Ruesga (3 golos, 75% de eficácia), o jovem João Pinto com 8 golos (62% de eficácia) e 4 assistências foi um dos principais jogadores do Sporting, juntamente com Pedro Solha e os seus 7 golos (70% de eficácia), a que se junta Cudic (32% de eficácia). No Águas Santas, uma referência especial para o guarda-redes António Campos com 35% de eficácia, e como de costume Pedro Cruz com 9 golos (60% de eficácia), e Mário Oliveira com 6 golos (75% de eficácia), foram os seus melhores marcadores.

No Pavilhão Fernando Tavares, tivemos mais uma confirmação do resultado ocorrido na 1.ª volta, e com o resultado mais desnivelado da jornada, o Boa Hora / ABC, com o ABC a viajar directamente da Roménia para Lisboa para efectuar este encontro, e a utilizar os mesmos 13 jogadores, e a vencer claramente o neo divisionário do Boa Hora num jogo que é um espelho puro das diferenças existentes no campeonato, e que prova a ineficácia do aumento do número de clubes. O ABC chegou ao intervalo já a vencer por 18-12, continuando a acentuar-se a diferença no segundo período de jogo. Nuno Santos no Boa Hora foi o seu melhor marcador com 8 golos, enquanto no ABC, Nuno Grilo com 8 golos, e um trio (Pedro Seabra Marques, Diogo Branquinho, e André Gomes) todos com 5 golos cada foram os melhores marcadores do ABC.

No Municipal de Fafe disputou-se o AC Fafe / SC Horta, foi um mais um jogo onde o resultado foi rectificado, em relação ao verificado ma 1.ª volta desta fase da prova. Foi um encontro completamente repartido com o SC Horta a comandar o jogo e o marcador durante a maior parte dos primeiros 30 minutos, chegando a ter 4 golos de vantagem aos 24 minutos de jogo (11-7), para depois permitir uma excelente reação dos homens da equipa da casa que chegaram ao intervalo já com o marcador numa igualdade a 12 golos. Segundo tempo completamente diferente do primeiro, com a equipa do AC Fafe a dominar o jogo, chegando por diversas vezes a ter 6 golos de vantagem, dominando por completo o encontro. Miguel Marinho na baliza com 50% de eficácia, foi um dos baluartes da equipa de Fafe, onde os seus melhores marcadores foram Belmiro Alves com 9 golos (64% de eficácia), e Vasco Santos com 8 golos (100% de eficácia). No SC Horta com 7 golos (78% de eficácia), e Noelvis Reve com 5 golos (56% de eficácia), foram os seus melhores marcadores.

Em Avanca, realizou-se um dos jogos equilibrados da jornada o AA Avanca / São Mamede (jogo com ocorrências disciplinares registadas), que foi um encontro de grande equilíbrio durante os 60 minutos, com o São Mamede surpreendentemente para muita gente a comandar o jogo e o marcador praticamente durante os primeiros 30 minutos, com a equipa de São Mamede a tentar retificar o resultado da 1.ª Volta e a tentar obter a sua primeira vitória, estando na frente do marcador pela diferença mínima aos 27 minutos (11-10), para ao intervalo o resultado se situar numa igualdade a 11 golos. No segundo tempo a AA Avanca, apesar do grande equilíbrio no marcador, comandou mais vezes o marcador, mas o São Mamede nunca baixou os braços, e iguala a 20 golos nos últimos momentos do encontro, no entanto ainda se registou tempo suficiente para duas exclusões e sofrer o golo que deu a vitória a AA Avanca, Luis Silva na baliza do Avanca, com 48% de eficácia foi um dos homens do jogo, com Rui Ferreira na baliza do São Mamede a ter somente 27% de eficácia. Na AA Avanca Miguel Batista com 7 golos (64% de eficácia), e Jenilson Monteiro com 5 golos (63% de eficácia), foram os seus melhores marcadores. No São Mamede com 6 golos (60% de eficácia) Ricardo Ávila foi o seu melhor marcador acompanha pelo duo Filipe Lopes e Diogo Rodrigues com 5 golos cada foram os seus melhores marcadores, uma referência para a não presença de João Baltazar na equipa do São Mamede.

A Classificação ficou assim ordenada: - 1.º FC Porto (42 pontos), 2.º Sporting (40 Pontos), 3.º Benfica (38 pontos), 4.º ABC (-2 jogo), e Madeira SAD (30 pontos), 6.º AA Avanca (29 pontos), 7.º Boa Hora (27 pontos.+ 1 jogo), 8.º Águas Santas (25 pontos, -1 jogo), 9.º Ismai, e AC Fafe (24 pontos), 11.º Arsenal, e SC Horta (21 pontos), 13.º Belenenses (20 pontos, - 1 jogo), 14.º São Mamede (17 pontos, +1 jogo). 

O Banhadas Andebol

27 comentários:

Anónimo disse...

Mais um jogo em que o meu Sporting tremeu por todos os lados. Começo a desesperar e a pensar se a escolha deste quadrado treinador Espanhol não era dispensável. Fico parvo é com as desculpas de ontem! Então joga contra uma equipa que é a mais fraca dos últimos anos do Àguas, e desculpa-se assim? Para já está a engolir em seco com as suas escolhas porque os jogadores Portugueses é que o estão a safar! O que hei-de pensar daquele guarda-redes espantalho de pássaros? Este Cudic é vulgar demais. Tenham dó! Não compreendo o que fazem nesta equipa Carneiro e Pedroso. O andebol do Sporting é um caso sem solução no clube. São muitos anos e muitos escandalos. Limpem isto!

Anónimo disse...

Se não é indiscreto o que fazem dois treinadores no Belenenses? Num dia mau do Porto demos um ar da graça mas, depois com equipas do nosso campeonato perdemos? O Porto tudo leva a crer vai ser campeão. Tem dois jogadores por posição. Um dia resolve Morales outro, Quintana, outro Areia que foi formado aqui. Só os Cubanos ganhavam os jogos quanto mais os Portugueses escolhidos a dedo!

Anónimo disse...

EXCELENTE JOGO EM AGUAS SANTA E O MELHOR JOGO DA EQUIPA DE CASA. SPORTING GANHOU JUSTIFICADAMENTE.
BOA ARBITRAGEM.

Anónimo disse...

Sporting da Horta por este andar só pára na 2ª Divisão! Filipe Duque, já chega. A inscrição no centro de emprego é fácil e rápida.

Anónimo disse...

No Restelo, o jogo acabou em clima de festa, com a equipa da casa a ser derrotada por um golo. Parece que está tudo bem e de vento em popa, mas enganem-se está instalada uma guerra na formação com a intenção de limpar os técnicos e dirigentes!

Anónimo disse...

Se com um Florêncio é difícil, imaginem com dois!
Onde um chega fica o caos instalado, quando chega o segundo, passa de caos a tsunami. Perguntem ao Filipe Cruz como foi em Angola que ele tem coisas fantásticas para contar!

Anónimo disse...

Ao ler a ficha de jogo do Boa Hora fiquei de boca aberta o Buda na Mesa isto e mesmo uma Vergonha onde isto foi parar...
Um Presidente da Comissão de Arbitragem ma mesa agora compreendo o porque de acabar com os Cronometristas..
Vamos acabar com esta pouca vergonha e parar os Campeonatos apelo a todos árbitros não sejam cobardes dispensa a partir de Janeiro..
Onde anda a APAOMA

Anónimo disse...

Afinal excelente resultado do Belenenses com o Porto perdendo por UM! Afinal o problema do Belém era o treinador Florêncio Junior que o pai tento, tentou e vai continuar a tentar ser Treinador de Andebol, mas não vai dar!
Ninguem é obrigado a ser jogador, treinador ou dirigente!
Há tanta profissão para fazer alguma coisa e andou este jovem treinador a enganar os angolanos mas tem família e merece respeito!
Respeito pelo meu Belenenses!
Adepto

Anónimo disse...

Falam do Sporting e algumas coisas até se aceitam. O certo é que afinal o Porto não é um bicho de duas cabeças. Também tem dias negativos e se não os deixarem fazer certo padrão de jogo, são mais fracos. A arbitragem nunca lhes complica a vida, habitual! No entanto já se começam a ver jogadores a irem para o banco e rua, é de admirar...

Anónimo disse...

Por este andar o Zupo ainda vai pressionar para virem mais jogadores mercenários. Pode-se ganhar uma guerra com eles mas, não é de todo um dado adquirido. Apanha um Àguas Santas sem reforços nenhuns e só no final resolveram a questão. Há um pormenor que chama a atenção, apanham árbitros de Leiria em alguns jogos e ainda não tiveram azar com jornada dupla, ou depois de viagem pela Europa. A sorte sorri e mais uma vez vão apanhar uma equipa fracota. Sobre os Italianos não falam por vergonha? Os dois jogos em Lisboa foram treinos. Eles não vieram ver o novo pavilhão, porque isso só para o ano. Vieram conhecer a sala de troféus, porque é rápida de visitar e alguns troféus estão cheios de pó! È o caso do andebol que sinceramente nem sei quando foi o último. falam dos nossos Cubanos mas, a verdade é que dois jogam por Portugal. Não vieram só pelos prémios como os mercenários do Sporting. Andam raivosos porque já não são quem tem mais campeonatos de andebol. Tomem Aspirina. O Zupo que não as tome com alcoól.

Anónimo disse...

Belenenses -porto dois treinadores onde no belenenses nao e de certeza pois o florencio filho nao é treinador pois nao tem hablitacoes para isso , juniores do belem ja anda a duas jornadas a jogar sem treinador que a federaçao tem a dizer disto.
Quanto ao horta é uma ajuda para federaçao eles descerem de divisao pois fica mais barato a po1 na proxima epoca

Anónimo disse...

Este treinador do Sporting é um cromo! Queixinhas devido a lesões de jogadores? Acabou de mostrar que só consegue algo com gigantes, se é que consegue! È o que dá ter blocos estanques dentro duma equipa. Ele é conhecido por se aproveitar do desnorte em que anda o andebol naquele clube... Queria-o ver a comandar o Àguas Santas que, este ano até está mais fraco! Este senhor não consegue trazer uma equipa motivada e equilibrada. O João Pinto esteve em grande mas quantos jogos passa no banco? Mandou embora o Bruno Moreira e o Fábio Magalhães e teve azar porque, eles no Madeira estão bem! Frizo que o Fábio até anda nos melhores marcadores, o que prova que ele não o sabia utilizar. Tentou queimar o Solha com a vinda dum jogador Brasileiro e teve azar, porque ele não veio devido a uma lesão. Mandou vir um careca, espécie de bobo da corte que, chama atenção mas não pelo que joga! È de aproveirar pois anda lesionado á tanto tempo... Um dia vamos ainda saber porque saíu o Sérgio Barros que, chega á Macedónia e segundo redes sociais, anda com média de oito golos por jogo. Devido á sua vinda os ordenados dispararam. Já agora onde andam aquele lateral Russo que, afinal e para seu azar, ainda era pior que o "velhote" Spínola! E não é que o idoso afinal, apesar de entradote no ABC deu e ainda continua a fazer alguma coisa? È estranho, não é? Apetece-me dizer que dá AZAR ou chama-o! Mas a culpa não é dele e sim de quem coordena as modalidades do clube! Quer queira ou não Portela na sua mão decresceu quando era dos melhores em Portugal! Outra coincidência! È AZAR a mais...

Anónimo disse...

SE ANALISARMOS O ACTUAL CAMPEONATO CHEGAMOS Á CONCLUSÃO QUE, ALGO VAI ACONTECER E PELOS VISTOS A CULPA NÃO É DE NINGUÉM!!! HÁ MAIS EQUIPAS E ATÉ SE INVESTIU MAIS EM TREINADORES E JOGADORES, NO ENTANTO HÁ EQUIPAS COM ONZE JOGADORES NO BANCO E, ÁS VEZES MAIS MAS PARA VER O JOGO POIS, ESTÃO LESIONADOS. CONTINUA A HAVER ÁRBITROS SEM PAGAMENTO E UM "DIRETOR" DA ASSOCIAÇÃO (APAOMA) QUE, É PRIVELIGIADO! SÓ O PÚBLICO É AO QUE PARECE MENOS NOS PAVILHÕES. PORQUÊ? VAMOS AGORA ENTRAR EM FASE MAIS ADIANTADA DE TAÇAS EUROPEIAS, E VER O QUE DÁ. É QUE QUANTO A SELECÇÕES CONTINUAM AS BRUXAS A ANDAR DE VASSOURA, JÁ SE VIU E SENTIU. FOI-SE BUSCAR ALGUÉM QUE, É UM AUTÊNTICO FANTOCHE NAS MÃOS DE ALGUÉM. TRISTE SORTE. E ENQUANTO O ANDEBOL JÁ É DESPREZADO, VEMOS O FUTSAL, O HÓQUEI PATINADO E ATÉ O BASKET A APARECEREM NAS TV´S! COINCIDÊNCIAS...

Anónimo disse...

Parabéns ao Belenenses pelo jogo que fez, espero que continue assim,fora de campo é tempo de expulsar a familia de pasteleiros que tanto mal faz ao nosso andebol. A incompetência do filho mais velho é atroz, não passa de um garoto a querer brincar aos adultos, o mais novo não larga o bar do ginásio, parece uma vaca de gordo que está e o pai é um charlatão que vende a ideia que mete muito dinheiro no andebol, mas ambos sabemos que isso é mentira.
Façam-nos um favor fiquem na pastelaria a vender pasteis e deixem o andebol sossegado

Anónimo disse...

Ao ler o comentário do anónimo de 5 de Dezembro de 2016 às 01:43, fiquei abismado.
Para ter a certeza de que não se tratava de uma brincadeira fui ao site da FAP confirmar. E lá está António Marreiros como delegado no jogo Boa Hora x ABC.
Ao que isto chegou, ninguém tem vergonha!!!
Pergunta o já referido anónimo onde pára a APAOMA. Outra vergonha, esta associação de classe.
Ainda admiti que com as eleições recentes as coisas melhorassem mas já percebi que não. Estão piores até.
O presidente da Associação de Andebol de Leiria tal como Eurico Nicolau e Ivan Caçador querem o quê? Protagonismo.

Está mais que na hora de abanar a modalidade. Demitam-se meus senhores!
(FAP, CA, APAOMA ... e outras associações de classe) Dêem lugar a quem tem capacidade e vontade. Isto assim não pode continuar.

Anónimo disse...

O anónimo de 05Dez.-09h13 já escolheu quem vai ao play-off? È que se é bruxo era melhor adivinhar outras coisas. Que poderá ser aceito mas adivinhar, tem que se lhe diga. Então ABC e Benfica não contam? Desde que o Porto, bateu o record de 5 campeonatos seguidos e ainda, os ultrapassou tendo mais que eles, ficaram descontrolados? È que ainda temos mais a anunciar, como jogadores na selecção que passaram nas nossas equipas. Fora os que jogam no estrangeiro! O Sporting em tempos teve o Andorinho. Podia falar no record de bilheteira onde o Porto é o único a encher o pavilhão que, mais espectadores de andebol leva. Não se esqueçam que em jogos nacionais e internacionais! Não vá a Sporting-Tv, canal experimental recordista de mentira anunciar números diferentes. A vocês resta o record de gastos com treinador, gastos com jogadores e anos seguidos sem nada paparem! Protestam e resmungam e quando perdem são os árbitros. Este ano já perderam connosco e o jogo até vos correu bem. Já me esquecia que têm um record que, é o de nacionalidades na equipa. Ainda quero ver se a tal constelação de estrelas, ganha-nos um jogo. O vosso presidente o rapazola Bruno, ia adorar e até ia aparecer na quadra! Ele chegou agora ao desporto e leva-vos á certa e á cega! Também é um recordista de fantochadas e pantominas. Gostavamos de ser nós a inaugurar o novo pavilhão, quem sabe havia mais um record.

Anónimo disse...

Era tempo de todos demitirmos os que governam o andebol da nossa federação. È uma vergonha verem-se goleadas em que, as equipas grandes podem rodar os putos sem minutos de jogo. È uma vergonha que nos três grandes clubes que têm futebol, há mais estrangeiros que Portugueses. Tomem medidas e deixem as palhaçadas. Portugal não tem nem dinheiro , nem interesse, nem público para campeonato de andebol de mais que umas dez equipas! Acordemos!

Anónimo disse...

Joao Baltazar nao estava presente na Academica Sao Mamede...
Se estivessem atentos viam que esteve presente em Fafe a jogar pelo... Sporting da Horta.

Anónimo disse...

O Horta no desespero foi buscar um anão a S.Mamede. Jogou mal, perderam e advinhe-se, o S.Mamede até jogou melhor sem ele. Até quando vai continuar esta palhaçada de uma equipa profissional entre equipas amadoras a lutar para não descer e que s se safou por 1 desistência do Passos manuel? Ganhem vergonha e desistam já do campeonato. Esse sr. Luís Duque deve perceber é de circo porque é o que ele faz no banco.

Anónimo disse...

Criticaram o Frederico Carlos e deixaram-no abandonado depois de estar á beira dum título, com uma equipa de tostões. Ainda tinha mais um ano e consta-se que não ganhava nem um terço (?) do que, ganha o invencível Zupo. Se o trabalho na formação continuasse e, se desse algum dinheiro e se reforçasse a equipa, gostava de ver. Bastava o dinheiro rebentado em quem mal jogou como o guarda-redes adivinho Sueco e o lateral canhoto Russo. A juntar ao do Carneiro reformado e Cudic era obra! Destes quatro o que se tirou? Agora temos uma super-equipa (?) mas, em alguns jogos distraem-se. Até quando este jogo em que se ganhar, tudo está bem, perdendo vai haver revolução! O treinador vem da época passada em que nada ganhou e, já se viu tem uma ideia de andebol, á sua maneira. Faz muito barulho, vocifera mas, não consegue apresentar "fio de jogo" e em algumas situações, falha sempre. O Público não aparece ao lado da equipa, porquê? temos menos que o ABC. Metade do aviário e nem um décimo dos frutas.

Anónimo disse...

E vem um miúdo de 19 anos e marca 9 ao Quintana... (50%)...pois...alguém tem de rematar e tentar marcar.
E nos outros jogos?! É bom que se saiba que o Belém se pode dar ao luxo de ter um único jogador na selecção que só joga 15 minutos em muitos jogos...Mas este não tem padrinhos...

Anónimo disse...

O Andebol depois de quase morto, agora vai tendo cenas de filme de terror, o mesmo Marreiros que numa reunião internacional reconheceu meses de atraso no pagamento a árbitros... aparece agora a fazer mesa? Para quem se desloca para alguns sitios da maneira que, parece ricalhaço, nada mau! Mais uma vez as escolhas e o critério para nomeações, não estão más... estão péssimas! Desta parte estamos entendidos. Dava um livro!

Nas escolhas de quem representa o país e, particularmente o andebol, o que se passa atingiu as raias do inadmissivel, a seleccção principal do país está nas mãos de negociatas obscuras. O trio que governa é escolhido com critériuos que, até um santo masoquista vê existirem trocas de favores! Chegou-se ao ponto de esconder quem acompanha o líder e, sentir-se a impunidade ao chamar-se quem nem se saiba o nome! È triste estar num pavilhão a ouvir jovens duvidarem do valor de jogador selecionável.

Quanto á organização do principal campeonato, a medida do seu aumento, aos olhos do povo comum só tem um nome! Nem é preciso escrever, todos conhecemos! È que o charco está cada vez mais cheio de lodo e moscas!

Anónimo disse...

Que fique bem claro que acho que o Paulo Faria, foi dos maiores centrais do nosso andebol. Veja-se o Gama que soube sair com dignidade. O Paulo podia até julgo ainda fazer mais um ano a bom nível. È triste é ouvir o que diz e sentir o que pensa, a forma de estar e alguns actos. Se é tão bom porque não sai do falido Àguas Santas? Andou pelo Sporting e, desde já digo que até o acho um treinador assim-assim, mas num grande não consegue não é? È feio arranjar meios de perseguir um treinador doutro clube! Mais feio estar a dar ordens para a equipa, ao pé da mesa para influenciar decisões. Um bom adjunto para ele era o Florêncio filho!

Anónimo disse...

Perante uma equipa que joga a ritmos elevados e tem uma estrutura que, é de longe a mais bem montada para um campeonato, Taça e jogos internacionais, lá notaram no Gonçalo! Curioso percurso de quem até já andou pelos Grandes de Lisboa. Está na hora de se afirmar e nada melhor que jogar bastante, apesar das dúvidas e rasteiras de alguns. Cuidado rapaz que, uma das propostas feitas á tua pessoa é perigosa. Irás para um grande e depois não jogas ou, quando o fizeres jogarás contra o tempo! Olha para o A. Areia no outro lado que, num Grande andou para ser dispensado e, depois noutro afirmou-se. O Belenenses não é estável e olhando á tua volta, quantos jogadores passaram nessa casa e, hoje afirmaram-se. Quantos começaram em posições que hoje lhes são estranhas? Cuidado porque, o Belenenses está cada vez mais a deixar de ser um Grande do andebol. Por acaso sabes que, o andebol é a modalidade Rainha? È a que de longe mais títulos deu!

Anónimo disse...

Pois... alguém aqui postou a tal do Passos Manuel ter dado o berro! Então que organização de campeonato é esta que, não averigua se há condições financeiras? Que ainda antes dum campeonato acabar, não desmente situações menos claras que, levaram á trapalhada de se encaixarem mais equipas amadoras, a um campeonato cada vez mais amador no seu todo? E agora quantas vão descer este ano? È mesmo como está previsto? Se a Federação fizesse uma reunião e organizasse, assim como poupasse em coisas sem importãncia, era boa ideia.

Anónimo disse...

No jogo da 1ª. volta o Arsenal, dizem, causou suores frios ao Benfica. O jogo teve periodos de grande tensão e, terminou com resultado de um golo de diferença. Todos nos lembramos das particularidades dessa partida. Então porque carga de água o jogo da 2ª. volta foi tão calmo e, com uma diferença tão grande? O que se passou? Será só dos jogos serem em casas diferentes? Mais um dos muitos mistérios do andebol nacional, ou vergonhas se preferirem a verdade!

Anónimo disse...

Ainda a época vai a começar a aquecer e já se começam a notar, nos jogos de caça ao talento. Só lá pra Fevereiro começam as competições Europeias mas, já há alugueres de jogadores. Um dos casos é original. Um grande vai buscar e ganham ele e um pequenote! O grande contrata para que, Ele não vá pra outro. O pequenote ganha porque ele o jovem, vem dar poder de fogo e assim, foge-se aos outros pequenotes que, não querem andar perto da zona de descidas! Escândalo á vista com uma promessa do nosso andebol? È que alguém foi convidado para jogar numa selecção, porque nunca o convidaram, nem lhe deram esperanças. Será que depois, lá virá a Federação Portuguesa, tentar pressionar para ele não jogar lá fora? Não! Não é pra rir!