gal vence

Fim de Semana com as Super Taças - Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

domingo, 19 de fevereiro de 2017

Competições Europeias 2016 / 2017 – LVIII – Challenge CUP Masculina – Actualizada

O Sporting iniciou a sua participação nesta eliminatória, com o jogo da 1.ª Mão da 4.ª Eliminatória disputado hoje (18-02-17) em Pavilhão do Ginásio Sul.

CHALLENGE CUP MASCULINA 
Atualização

SPORTING VENCE HC PELISTER BITOLA (MACEDÓNIA)
(2.ª MÃO)
E
VENCE A ELIMINATÓRIA 


Com a eliminatória praticamente decidida, o Sporting, entrou nesta 2.ª Mão com excesso de confiança, ao mesmo tempo a postura do HC Pelister Bitola (Macedónia), foi muito mais assertiva, de tal forma que o resultado ao intervalo se situava apenas na diferença mínima (15-14) a favor da equipa portuguesa, Cabe aqui dizer que não existiu transmissão nenhuma e foi um “engano” puro, para quem estava á espera de ver o jogo ou via Andebol TV ou através do Canal Sporting, parece-nos que estamos a presenciar um autêntico amadorismos, e sobre este tema nada mais dizemos, pois os comentários devem dirigir-se unicamente para o andebol e é isso que faremos. E embora a eliminatória nunca estivesse em causa, a dignidade de uma equipa nunca deve ser posta em causa seja qual for o adversário, e neste aspeto temos de dar o devido mérito aos homens da macedónia. Com o intervalo a fazer bem à equipa portuguesa, que voltou a evidenciar sinais de concentração, e um regresso em pleno a todas as sua faculdades, que coincidiram com nítido abaixamento de ritmo da equipa da macedónia, e construiu um resultado final que reflete claramente a diferença existente entre as duas equipas. Janko Bozovic com 7 golos, e Pedro Portela com 6 golos foram os principais marcadores dos 11 atletas do Sporting que concretizaram golos. Por sua vez os melhores marcadores do HC Pelister Bitola, foram Bojan Madzovski e Pavle Pavlovic, ambos com 4 golos.

SPORTING VENCE HC PELISTER BITOLA (MACEDÓNIA)
(1.ª MÃO)

O Sporting que mais uma vez disputa os jogos das duas mãos em Portugal, desta vez no Pavilhão do Ginásio Sul, onde tem como adversário nesta eliminatória o HC Pelister Bitola (Macedónia), equipa que aparentemente seria bem mais difícil que na eliminatória anterior (mas corremos o risco de nos enganar), e oriunda de um País onde comanda a sua principal prova do Calendário. Disputou hoje o encontro relativo á 1.ª Mão, com um pavilhão que se encontrava relativamente bem composto, apesar de se esperar mais publico. O Sporting, que se apresentou a defender bem, e a contra atacar a preceito, perante uma equipa onde apenas o seu guarda-redes Kire Litrevski, demonstrava alguma qualidade assim como, o seu jogador montenegrino Risto Jujacic (4 golos, e melhor marcador da equipa), no Sporting, que rapidamente chega aos 7-1, Frankis Carol (6 golos), continua a ser um dos seus principais elementos, e verifica-se uma enorme rotação dos jogadores (12 jogadores a concretizarem golos), apresentou desta vez na baliza Asanin, que esteve muito acima da média. O jogo acabou por se tornar um “passeio”, e intervalo chegou com a equipa portuguesa a vencer por 16-7. No segundo tempo, existiu, uma maior falta de concentração da equipa do Sporting, quer a defender quer no contra ataque onde falhou demasiadas vezes em situações de 1X1, após um Time-OUT solicitado pelo técnico do Sporting cerca dos 14 minutos de jogo verificou-se uma melhoria na defensiva, e um maior acerto no contra-ataque, apesar de na nossa opinião Carlos Carneiro (1 golo) por vezes complicou a quilo que parecia fácil, uma palavra para o jogo exterior de Bozovic (4 golos), e para o trabalho nos 6 metros de Zabic (2 golos). Nunca esquecendo os jovens Edmilson Araújo (2 golos) e Francisco Tavares (3 golos), com os homens do costume Pedro Portela e Pedro solha a serem uns dos melhores marcadores da equipa com 4 golos cada. No entanto o jogo da 2.ª Mão não será certamente igual ao primeiro e as facilidades concedidas não certamente tantas. Jogo dirigido pela dupla da Estónia constituída por Martin Lllepea e Marion Kull, que demonstrou uma boa coordenação e um critério uniforma na sua forma de atuar, sendo na maioria dos casos sempre equilibrada nas suas decisões fossem elas boas ou más.

Resultados
1.ª Mão
Dia 18-02-17
HC Pelister Bitola (Macedónia) 18 – 32 Sporting

Calendário
2.ª Mão
Dia 19-02-17
Sporting 34 - 26 HC Pelister Bitola (Macedónia)


O Sorteio dos 1/4 Final realiza-se no próximo dia 28-02-17

O Noticias

7 comentários:

Anónimo disse...

È de lamentar mais uma vez um imbróglio com transmissões de andebol, neste caso outro jogo internacional de clube.
Àquela hora a Sporting Tv deu foi Futsal femenino. E na Andebol Tv havia uma imagem parada e nada mais. Segundo apurei estes rapazes não competiam, desde Dezembro. Férias de Natal e mundial? O Inglês dum deles não era famoso... Julgo que o campeonato começará no primeiro fim de semana de Março. Nos dois jogos a diferença diz tudo. O Benfica ao que se sabe teve sorte e correu bem. Vi a ponta final do Porto e a equipa Alemã,notou-se ser experiente e com elementos bons. Que guarda-redes e ponta esquerda. E que conjunto. È um andebol muito diferente do nosso mas o Porto adaptou-se bem, só que não chega. Foi pena o ABC já ter saído mas a equipa para uma Champions é muito curta. A rever.

Anónimo disse...

O que é de lamentar é o Banhadas dar tanto destaque a uma equipa que, eliminou uns Italianos que vieram conhecer Lisboa. igualmente estes Macedónios fugiram da neve e chegaram cá para fazer logo os dois jogos, porque a bola para eles parecia de neve. Algumas veses no primeiro jogo deixavam-na caír. Tem sido só facilidades na prova mais pobre do andebol a nível Europeu. Quero ver quando viajarem horas e apanharem uma equipa de andebol. Vai acontecer como agora no ciclismo onde o vosso presidente foi ver o Porto vencer no Algarve. È um totó. E dizem eles que este ano jogavam para campeonato, taça de Portugal e Chalengue Cup. Algo me diz que no campeonato só um milagre. Aproveitem quando cá vier o Pápa, o do vaticano.

Anónimo disse...

Gostava que alguém ligado ao Sporting me informe se ainda sonham com o campeonato. È que eu não acredito em fabricar emoções. Essa de andarem a dizes que ainda podem ser campeões... é de sonhadores! O Zupo com o vinho branco alterou a forma de pensar. Para ele éramos uns atrasados. O nosso treinador foi jogador dele. Este pensava que eram tudo favas contadas. No jogo trágico do pavilhão Municipal de Lisboa, julgavam que, após se apanharem a ganhar por sete, humilhavam-nos. O Ruesga parecia estar num salão de baile e outros queriam divertir-se. Não contavam que, apesar dum começo de 2ª. parte dos piores, reagimos porque, temos mentalidade. a sorte do Sporting é o benfica e o ABC estarem mais fracos este ano porque, se calhar ainda desciam mais. Depois enquanto todos apanharam equipas médias\médias-altas eles , andam na Challenge a treinar e fazendo jogos de convívio. estes excursionistas com que jogaram, diz um jornal desportivo que, não jogam desde meio de Dezembro. Depois os rapazes vinham de vinte negativos e passaram a vinte positivos! sabe-se agora que o pavilhão onde treinam está em Obras. Havemos de nos encontrar! E cremos que estarão melhor mas escusam de tentar dar espetáculo. Nos circos é que há Leões mansos!

Anónimo disse...

Que veio esta equipa fazer? Quando se está parado á tanto tempo e se tem lesionados é melhor nem vir. No campeonato da Macedónia vão aparecer mais tarde Metalurg e Vardar. O habitual. Quem no conjunto perde por 66-44 dando tempo do adversário rodar jovens, enfim! Foi bom para o Sporting cicatrizar feridas e quem sabe, nesta competição ir longe. Tanta facilidade nestas duas eliminatórias pode enganar. Certamente vão aparecer equipas mais fortes. Não gostei de Cudic, Pedroso e Carneiro. Gostei do jovem Edmilson que não jogar muito tempo trava a evolução. Que se passou com João P. Pinto? Solha a voltar? As melhoras de Canelas pois Cruz ainda não tem experiência de equipas séniores. Asanin e Bojovic estão acima da média!

Anónimo disse...

A verdade é que se ganha em grupo e com mais experiência não se cái em esparrelas. Um dos grandes males do Sporting é a irresponsabilidade e desordem e não haver critério na comunicação. Fizeram um erro enorme ao criem espectativas quase impossíveis. Compraram á maluca e não apertaram o treinador. Ele vivia á parte do grupo todo inchado e armado em ser doutro mundo. Não se pode nem deve gastar acima da média e de que maneira. Ainda vamos ouvir falar disso! È um livro de casos e despesas sem lógica. Uma equipa não funciona ao fim de dias. Nos momentos capitais veio ao de cima um trabalho mal feito, ligação má na equipa. Falta de coordenação e desabituação ou muito mau treino, para várias situações. Só com muita sorte se salva esta época e no Porto jogando lá mais vezes, já se sabe como é. Isto é tal e qual o futebol. Andamos á dois anos a jogar só o campeonato. Falamos e protestamos mas nada. Creio sermos dos três o mais prejudicado. No final o Porto bastou usar certos esquemas e logo se encostou ao Benfica. Nós Sporting é que ficamos mais atrás e em terceiros.

Anónimo disse...

Então o Zupo era um super-treinador e tinha ganho tudo no planeta e a decidir perdeu tudo? Fez uma equipa á sua medida mudou tudo o que quis e ainda se queixava. Se tem tanto nome como é que em Espanha só arranjou lugar a treinar o último classificado da Asobal? Haverá algum clube em Portugal que o queira de borla? E toca a pagar-lhe assim como ao Frederico. Este ano não contem comigo para festejar porque ganham por muitos ao Belenenses, ou a estes alpinistas da Macedónia. Escolham outro!

Anónimo disse...

O que tem piada no Sporting é que, treinadores e jogadores falam como os dirigentes, prometendo tudo. Após as falhas finge-se mudanças e aí os dirigentes cobram. Pobre clube outrora rei nas modalidades e dando luta no futebol. Agora é humilhado em quase todas menos na que, não existia nessa altura (Futsal). No futebol viveu e vive na mentira e á dois anos lutou só por campeonato nacional. Este ano luta só pelo mesmo e quando muito pelo terceiro lugar. O tal pavilhão com mais de dez anos de atraso, só podia ter o nome do último e, único presidente do clube depois do 25 Abril! E os outros dois grandes a crescer e o Sporting cada vez mais terceiro e vendo as modalidades a estagnar. No andebol andou-se para trás depois duma paragem no tempo. Quanto vamos esperar para ver o andebol florir e triunfar? Pessoas a ver andebol nos últimos cinco anos, não dão nem para pagar água e luz! Quem são os culpados? Nos últimos jogos com os Macedónios, nem um pavilhão por menos de metade. Quem diria quando á dois anos se encheu um em Mafra, com uma equipa que custava muito, muito menos que um quinto?