gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

sábado, 18 de março de 2017

PO20 - Taça de Portugal Seniores Masculinos – 2016/ 2017 – XII – 1/4 Final – Actualizada

Realizaram-se hoje (18-03-17) os jogos relativos aos 1/4 Final da Taça de Portugal.

Esta eliminatória, tal como a anterior, foi disputada sem qualquer condicionante.

A Federação informa no sítio de que a Final Four se disputará em FAFE, nas datas previstas, uma informação feita de forma lacónica mas que do nosso ponto vista, esclarece muita coisa, cada um que tire as suas ilações. Não informando por exemplo se a mesma será em simultâneo com a final Four da Taça Feminina, como têm sido normal, nos últimos tempos.

Resultados  

Sporting 35 – 28 Benfica SD
AA Avanca 29 – 27 Águas Santas
SC Horta 26 – 34 ABC
FC Porto 32 – 24 Marítimo SD

Sporting 35 – 28 Benfica

Quartas-de-final, marcados pela realização de um dérbi lisboeta, e um dos clássicos do andebol nacional, que foi disputado no pavilhão do Ginásio Sul, que se apresentou com uma razoável moldura humana. O Sporting venceu com uma margem de 7 sete golos, mas que apenas foi conseguida devido à grande melhoria que colectivo mostrou no segundo período de jogo, devendo-se realçar a boa prestação desportiva de Carlos Carneiro, e acima de tudo e na nossa opinião ao homem do jogo o guarda-redes do Sporting Matej Asanin, apesar da igualmente boa exibição do colega de porto no Benfica Hugo Figueira. Nos primeiros 30 minutos, o equilíbrio do jogo e do marcador foi uma constante, com o Benfica a entrar melhor no jogo e a colocar-se na frente do marcador até cerca dos 10 minutos (5-4), para até aos 26 minutos de jogo se verificarem diversas situações de igualdade, a última das quais a 12 golos, embora neste período de jogo o Sporting, tenha comandado por diversas vezes o marcador, chegando a ter 3 golos de vantagem (11-8), quando estavam decorridos cerca de 19 minutos de jogo. Verificou-se neste período de jogo que Carlos Ruesga (1 golo) não se encontra no seu melhor momento, e o intervalo chegou com marcador já favorável ao Sporting, por 14-13. No segundo tempo, houve muito provavelmente trabalho no intervalo pois a equipa do Sporting, surgiu em campo com outra dinâmica de jogo, onde Carlos Carneiro (3 golos) e Cláudio Pedroso (5 golos) foram fundamentais assim como o jovem Edmilson Araújo (2 golos), assim como Pedro Portela (5 golos) durante todo o tempo de jogo. O resultado neste período foi-se dilatando obrigando o técnico do Benfica a oportunos Time-OUT, e com o Benfica a alterar o sistema defensivo aos 50 minutos de jogo passando a fazer duas marcações individuais (Carlos Carneiro e Cláudio Pedroso), embora nunca conseguisse diminuir a diferença substancialmente, chagando a 5 golos de diferença dos 7 que se registavam naquele momento, terminando com um sistema defensivo perto do homem a homem. Na equipa do Benfica destaque para o bom jogo de Paulo Moreno (4 golos), e Elledy Semedo (3 golos) e do jovem Alexandre Cavalcanti (5 golos), nunca nos esquecendo de Belone Moreira (4 golos) um jogador cheio de inteligência e de maturidade. Uma referência para no Sporting, com 12 atletas a marcarem golos e uma completa gestão do plantel, enquanto no Benfica, teve 10 atletas a marcarem golos. Dirigiu o encontro a dupla da IHF, Duarte Santos e Ricardo Vieira, que realizaram trabalho positivo, embora na nossa opinião por vezes a lei da vantagem não esteja a ser aplicada com grande rigor. Não se compreende que este seja o único encontro dos 1/4 Final com dois delegados, sendo que um deles faz parte do CA, que neste fim-de-semana leva a efeito uma acção de formação no Luso. Bastante interessante esta nomeação.

AA Avanca 29 – 27 Águas Santas

Disputou no pavilhão Adelino Costa, (completamente cheio), um dos encontros que se esperava mais equilibrados dos 1/4 Final, dando assim continuidade ao que se têm verificado esta época entre os dois clubes que discutiram o apuramento para o Grupo A da PO01, “quase” até à última jornada. Num jogo onde se notaram duas ausências, a de Ricardo Mourão na AA Avanca e a do guarda-redes do Águas Santas António Campos, que na nossa opinião é uma ausência, de grande influência, face ao protagonismo que o mesmo tem na equipa, e durante o jogo foi complemente verificada, pois quer Pedro Pacheco, quer Diogo Santos, apesar dos seus esforços estiveram distantes do um rendimento aceitável. Enquanto por sua vez a AA Avanca teve no posto de guarda-redes dois elementos com um bom rendimento, Alejandro Carreras,, que defendeu no 1.º tempo e Luís Silva, que defendeu no 2.ª tempo, tendo na nossa opinião, uma defesa decisiva aos 58,30 minutos, quando o resultado estava em 28-26, a favor da equipa da AA Avanca. Foi um jogo de bastante equilíbrio com a equipa do Águas Santas a fazer uma defesa subida e aberta na tentativa de impedir os remates do adversário, facto que foi conseguido em grande parte do tempo de jogo, mas que provoca um enorme desgaste físico. Com as equipas a estarem muito nervosas em termos competitivos durante grande parte do encontro, com algumas percas de bola, de parte a parte, impensáveis muitas das vezes, mesmo assim o intervalo chegou com a equipa maiata na frente do marcador por 13-12, tendo neste período sido impressionante o rendimento de Pedro Valdez (7 golos) pelo AA Avanca, enquanto por sua vez Elias António (9 golos) esteve um primeiro tempo para esquecer, melhorando substancialmente no segundo período, onde surgiu outro jogador, com uma boa prestação quer defensiva quer ofensiva, que foi Reinier Dranquet (5 golos). NO segundo tempo uma entrada em jogo completamente desastrada do Águas Santas que sofre um parcial de 5-0 em 6 minutos, e fica em desvantagem no marcador por 4 golos (17-13), momento em que Pedro Valdez é desqualificado, a partir deste momento tivemos uma superioridade da AA Avanca que chega a ter 7 golos de vantagem aos 39 minutos, quando vencia por 19-16, e nunca mais deixou o comando do jogo e do marcador apesar da ultima reacção do Águas Santas que cerca dos 55 minutos de jogo coloca o marcador em 27-25, apenas dois golos de desvantagem, que volta a ser a mesma aos 56, 30, aquando Luís Silva faz a defesa a que já nos referimos, ainda chaga a diferença mínima aos 29,30 minutos (28-27), para permitir o golo da consolidação da vitória por Miguel Batista (4 golos) nos momentos finais do encontro. De referir ainda o bom trabalho de Nuno Carvalho (5 golos) da AA Avanca nos 6 metros, assim como não podemos esquecer o trabalho de Mário Oliveira (4 golos) no Águas Santas. Dirigiu o encontro a dupla EHF de Braga, constituída por Daniel Freitas e César Carvalho, que na nossa opinião apesar do rigor que usarem nas exclusões, o mesmo de uma equidade perfeita pelo que as únicas possíveis falhas que lhes apontamos serão com as violações da área, que não mancham o positivismo global da sua actuação.

No Dragão Caixa disputou-se o FC Porto / Marítimo, naquele que por muitos era considerado o jogo, de mais fácil previsão nestes 1/4 Final, pois colocava o FC Porto invicto no Campeonato Nacional da 1.ª Divisão, frente a uma equipa da 2.ª Divisão que nem sequer estava apurada para a Fase Final. Assim O FC Porto era o natural favorito e em princípio não deveria encontrara grandes dificuldades, e parece que foi com esse espírito que a equipa encarou o encontro, no entanto as coisas não correram bem e a equipa do FC Porto, teve de colocar os seus “pesos pesados” em campo para levar de vencida uma equipa, que tudo fez para lhe dificultar a vida. Apesar do resultado ao intervalo ser favorável ao FC Porto por uma diferença de 5 golos (17-12), aos 13 minutos de jogo vencia por 6-5, e só a partir dos 19 minutos de jogo com 10-7 a seu favor criou a diferença com que se atingiu o Intervalo. No segundo tempo excelente reacção dos madeirenses que igualaram o encontro a 21 golos quando estavam decorridos 42 minutos, e aos 43 minutos chegaram mesmo a estar na frente do marcador, por 22-21, para ainda voltarem a igualar por mais duas vezes a última das quais a 23 golos aos 48 minutos de jogo, como FC Porto a passar então para a frente do marcador com um golo de Gustavo Rodrigues aos 51 minutos (24-23), e já com Alfredo Quintana na Baliza (tinha jogado todo o primeiro tempo), mas o jovem Pedro Carvalho, não estava nos seus dias, já na baliza do Marítimo Hugo Freitas esteve muito bem. A partir deste momento a equipa insular quebrou e o FC Porto foi-se distanciando no marcador acabando por vencer folgadamente um encontro, que foi bem mais difícil do que se esperava para a equipa visitada. No FC Porto com 12 jogadores a concretizarem golos, Gustavo Rodrigues com 9 golos foi o seu principal marcador, por sua vez António Barros com 8 golos foi o melhor marcador do Marítimo. A eliminatória terminou com a realização na Horta do SC Horta / ABC, onde o favoritismo do ABC foi totalmente confirmado, num encontro em que comando o jogo e o marcador praticamente durante os 60 minutos, concedendo apenas duas situações de igualdade nos momentos iniciais do encontro, a 4 e a 7 golos, para a partir daí ainda durante os primeiros 30 minutos chegar aos 6 golos de diferença, quando vencia por 14-8, para chegar ao intervalo a vencer por 16-11, ainda no primeiro período um parcial de 5-0 do ABC ao passar de uma igualdade a 7 golos para 12-7 a seu favor resolveu o encontro. No segundo tempo apesar da reacção inicial do SC Horta que chega a colocar a diferença em apenas 2 golos (17-15), o ABC nunca perdeu o controlo do jogo e do marcador e rapidamente chega a 25-20 a seu favor para atingir a diferença máxima aos 34-23 (11 golos). Terminando como vencedor e sendo um dos apurados para a final four. Noelvis revê com 9 golos, e Hugo Freitas com 5 golos, foram os melhores marcadores do SC Horta, enquanto no ABC, onde 10 jogadores marcaram golos, Pedro Spínola com 8 golos e Dario Andrade com 5 golos foram os seus principais marcadores.

Apuradas apenas equipas da 1.ª Divisão para a Final Four

1.ª Divisão (4) – FC Porto, Sporting, AA Avanca, e ABC.

Não podemos deixar aqui uma forte crítica, ao facto destes encontros, não terem estatística, que se justificava em pleno a bem do andebol e do seu desenvolvimento.

Mas esta prova só voltara a ter verdadeiro espírito de taça, quando for uma prova aberta sem limitações, e com todas as equipas a iniciarem a sua participação ao mesmo tempo.

A estrutura da prova será:

1/2 Final – Vencedores dos 1/4 Final – 03-06-2017
Final – Vencedores das 1/2 Finais – 04-06-2017

O Noticias

27 comentários:

Anónimo disse...

Sem surpresas

Anónimo disse...

Avanca-Aguas Santas
Uma novidade técnica!
TIME-OUT da Dupla de Árbitros Internacionais!
Durante o jogo a dupla paravam o jogo e conversa sobre decisões mais complicadas deduz-e que havia duvidas!!!!
NOTA:
Numa delas decidiram num lance mais duro(duelos) no andebol ainda é permitido, 2" ao jogador do Aguas Santa e vermelho ao jogador do Avanca!
Arbitragem positiva complicada mas não influenciou o resultado final,pelo jogo a decidir entre o 6º e 7º classificado da P001.

Até estou de acordo que a equipas tenham 3 time-outs cada e a Dupla deveria ter UMA no caso de necessidade Técnica.
ADC

Anónimo disse...

Depois de tanta caso de influencias negativas e corrupção no andebol, não se aceita que a final desta prova seja em Fafe! Se já não havia vergonha, enfim!

Anónimo disse...

Anónimo Anónimo disse...

Depois de tanta caso de influencias negativas e corrupção no andebol, não se aceita que a final desta prova seja em Fafe! Se já não havia vergonha, enfim!

19 de março de 2017 às 10:10

Estou de acordo com este jogo de interesses particulares mas vem visíveis!
Os interesses foram resolvido e o Fafe vai receber os pontos retirados! vão ser repostos!

Anónimo disse...

Para que mudou tanto o Sporting? Que me lembre nos últimos cinco anos venceu sempre o benfica. Os jogadores são os mesmos e vão jogando os mais jovens. Num jogo a decidir o melhor foi o guarda-redes Croata. Os jogos ganham-se começando por defender bem e ainda bem que Asanin jogou o tempo todo. Ouvia-se para aí que o benfica estava melhor mas, só deu luta na primeira parte. Houve momentos em que, nem sabiam o que fazer á bola. Alguns jogadores mostram uma irregularidade incrível. Sendo canhoto daquilo que vi, adorei o 77 Bojovic. As bolas entram a velocidades doutro mundo e a rasar os postes. Se o Porto andou a guardar jogadores é por respeito e, quem sabe se no campeonato ainda acontece algo? Quanto á Taça é pra ganhar. O melhor seria deixar Canela governar a casa até ao final. Depois que se prepare a época a seguir com cuidados redobrados. Deve-se aprender com os erros e uma limpeza não faria mal á sec. andebol.

Anónimo disse...

Qual a situação do António Campos? É que sem ele na baliza do AAAS vai ser muito difícil fazer algo positivo nesta 2ª fase...

Anónimo disse...

Semana após semana a história faz se na pequena e orgulhosa terra de Avanca! Final four, pavilhão cheio... Até onde podem chegar?

Anónimo disse...

GOSTEI MAIS DO ÚLTIMO JOGO SPORTING-BENFICA PARA O CAMPEONATO. ESTE NÃO FOI TÃO BONITO DE SE VER NEM TÃO EMOTIVO. O SPORTING COM O PASSAR DO TEMPO MELHOROU E NÃO PARECE TÃO NERVOSO E DESORIENTADO, QUANDO EM VÁRIAS SITUAÇÕES. COM OS JOGADORES QUE TEM CANELA COMEÇA A DAR OS PASSOS PRECISOS PARA "CONSTRUÍR EQUIPA". ZUPO ANDOU SEMPRE LONGE DISSO E HÁ QUE DIZER ASSIM, FOI MAU PROFISSIONAL PORQUE ESTEVE SEMPRE LONGE. JULGO QUE PODIAM-SE TER EVITADO MUITOS GASTOS E SAÍDAS COMO CANDEIAS E MAIS TARDE, SPÍNOLA ASSIM COMO FÁBIO MAGALHÃES E SÉRGIO BARROS. QUE ME LEMBRE PERDEMOS UM CAMPEONATO DE FORMA ESTÚPIDA, AO TENTAR POUPAR EM VIAGENS, DUM JOGO INTERNACIONAL E DEPOIS TERMOS APARECIDO EM MAFRA COM EQUIPA REBENTADA. FOI UMA VERGONHA! OS JOGADORES PERDEREM DUAS NOITES COM VÔOS A MEIO DA NOITE E, DEPOIS A MEIO DA SEMANA NA SEGUNDA PARTE A EQUIPA DESAPARECEU! GOSTARIA CASO ALGUÉM SOUBESSE DIZER-ME SE, ESTA EQUIPA ESTÁ TODA SEGURA PARA A PRÓXIMA TEMPORADA. NÃO CONCORDO COM TREINADOR ESTRANGEIRO MESMO SENDO OBRADOVIC. DEIXEM CONTINUAR CANELA E RETOQUEM A EQUIPA. CIDIC NÃO É GUARDA REDES PARA UM SPORTING CANDIDATO E EDMILSON ARAÚJO PODE RODAR, TORNANDO-SE CONFIANTE. CARNEIRO ACABA?

Anónimo disse...

Então parece que não há net na zona de Águas Santas desde sábado!!!!!!😂🍻💞

Anónimo disse...

Os jogos ganham-se com motivação e tendo grupo acima de individualidades. No clássico o GR Asanin foi decisivo e nos momentos em que o Benfica tentou dar a volta, ele fez a diferença desanimando-os e confesso que, me deu a sensação de desistirem. Na segunda parte as mudanças táticas foram importantes, sobretudo no saber defender. Espero que Portela não emigre. Ouvem-se muitas coisas e claro que, há jogadores a querer andebol mais sério e profissional que em Portugal. Saíu Grilo e há quem garanta que saem mais dois para França. Um já foi nosso. Lamento que haja dirigentes muito fraquinhos e os casos como agora no Fafe, são de chorar.

Anónimo disse...

No sábado fui ver o jogo da taça do meu clube com o Águas Santas e ainda hoje estou para entender como é que não conseguimos ficar nos 6 primeiros. O Águas não tem como se costuma dizer "ponta por onde se lhe pegue".Ver aquela equipa jogar é surreal,praticam um andebol que já não se usa...devagar,devagarinho,quase parado.Então o cental. .Pedro Cruz é demais,todo o jogo tem de ser decidido por ele,quero,possó e mando eu é que sei.Farta se de falhar,mas tudo bem.Como pode um jogador destes ser chamado à nossa selecção.Realmente marca muitos golos...mas também não há quem falhe tanto como ele.Realmente pelo que vi éramos nós o Avança que deveríamos estarde na fase final dos que discutem o título. Para a próxima época teremos mais e de certeza vamos estar bem lá em cima.Parabéns a toda a equipa técnica e a todos os atletas.

Anónimo disse...

Em Avanca para o Ano é que é ....
Mas isso só será possível se continuarem a baixar as calças ao F,C. Porto e ao Magalhães , se continuarem a ir treinar de manhã ao Dragão se levarem com Cubanos e sobretudo se gastarem ainda mais do que gastaram este ano .
Isto sim é que têm ponta por onde se lhe pegue ......

Anónimo disse...

Para o anónimo das 12.09:
Se não fosse na verdade o FCPORTO Onde andaria realmente A Artística tenham juízo. Com a ajuda do FC Porto muitos jovens continuam a jogar a um nível mais elevado.Vejam quem ficou em primeiro e segundo lugar no grupo B.Dois clubes com muita juventude.

Anónimo disse...

Eu não sei se o F C Porto andou a controlar o jogo. Embora não goste do canal de Tv daquele clube vi o jogo numa esplanada aqui em Aveiro. È maçador ouvir aquela gaiata em histeria constante, com necessidade de mostrar o seu clube e, o teólogo que a acompanha feito catedrático do andebol. Estamos a falar dum clube da segunda divisão e que, sofre por estar numa ilha rodeada de mar. O Porto vai na frente mas é curioso que ganhou os dois jogos com o Sporting, apenas por um golito. E assim ganhou mais alguns. È isto a tal equipa que é a melhor? Que varia muito o seu jogo e é táticamente superior? Nã! Não me enganam! Vão ganhando e criam pressão sobre os outros e mais nada. Ainda no sábado o Benfica ganhou o descanso da taça. Depois dizem que ganharam a última. Mas ganharam como? E o Porto fez as tais sete vezes seguidas de campeão como? Como ganhou o último campeonato? Todos reconhecem que tinha uma grande equipa e até fez uns bonitos na Europa. Daí a chamarem campeões a quem faz batota á grande é que, tem que se lhe diga...

Anónimo disse...

Há um imbróglio por resolver nesta taça em sistema final four. Será feito um sorteio e como habitualmente nos últimos anos, disputam a final as equipas vencedoras do ano anterior. O que pergunto é se não poderá existir algo negativo com o AVANCA. Se calhar o Sporting que é o mais sério candidato a ganhar esta taça, não poderá estar este satélite do Porto, cujo treinador tem como sonho chegar á equipa principal, estar a trabalhar para o Porto? Perguntar não ofende? Não é? Não é este clube um centro de estágio para rodar Cubanos do Porto?

Anónimo disse...

È de lamentar que a dupla maravilha da Madeira, tenha por ordem do honesto CA\FAP apitado, o jogo Sporting-Benfica referente á taça. Estes afilhados dum senhor com plenos poderes, já nos surrupiaram um campeonato. Pra mais a Ilha da Madeira é conhecida por ter muito Benfiquista. No entanto e numa prova onde o Sporting nem devia pôr os pés, devido á maneira como foi afastado na última edição, afastamos o Benfica. Quem viu o jogo ficou bem esclarecido que bons jogadores em boas mãos, funcionam sempre. Aguardemos que se tomem medidas para o andebol finalmente aparecer no Sporting. todos os fins de época são marcados por aventuras e mudanças bruscas ou revoluções. Que tal preparar tudo antes sem convulsões? Há vicíos instalados e há que os varrer. Que tal um director conhecedor dos meandros e um treinador Português sabedor das características do andebol nacional? Urge chamar o público aos pavilhões e fidelizar. O andebol não pode continuar a ser o parente pobre do clube e, estar ás moscas.

Anónimo disse...

Para os que já defendiam que o Campeão ABC estava moribundo, verifiquem como ganhamos nos Açores ao Sp. Horta. Claro que Nuno Grilo fazia falta agora na fase em que se vai entrar mas, é passado. Benfica e Porto não o quiseram e fez do melhor no ABC. Para o campeonato virá agora á catedral do andebol o Sporting. Quem sabe mostraremos que ainda estamos bem vivos. Não vamos comprar bólides mas apareceremos na corrida. Seguidamente virão os Portistas e sabemos que se não perdermos estes dois jogos, vão ter de nos aturar. Mesmo com dificuldades de finanças ficamos á frente do colosso Benfica, o tal clube que é o maior do mundo. Não em andebol que aí até nem são muito conhecidos.

Anónimo disse...

Baixar as calças ao Porto? Mas o Àguas não o faz? È de rir! contra o Porto jogam a passo e depois empertigam-se todos com o Benfica e o Sporting. Dizem que, são um clube médio como o ABC? Nossa...

Anónimo disse...

Época 2016/2017 no confrontos diretos o Avanca fui sempre superior ao Águas! O nosso plantel é bem mais barato que o vosso! Temos melhor equipa! Não ganhamos na secretaria!
Em Avanca enchemos o pavilhão, na Maia se tirarmos os seguranças tínhamos mais gente que
Que o Águas!
Resumindo vocês estão é com uma azia!!!!

Anónimo disse...

Alguns jogadores do Benfica se fizermos as contas ao ano, têm médias esquisitas. O engraçado é que um bom jogador é um jogador regular e que decide. Veja-se que até o Pedroso e o Carneiro que saíram do Benfica por fraco rendimento, contra nós jogam bem. O andebol continua um pesadelo. Gastar no certo é o que conta. Ou me engano ou vai haver grande limpeza no balneário. Tudo nos acontece. O jogador mais baixinho é até o melhor e mais inteligente.
BT

Anónimo disse...

O SLB e o SCP e o FCP ainda não perceberam que não só os grandões quem joga com qualidade e que tamanho não é critério...Os mais valiosos centímetros são os 10 cm finais da parte de cima, daí que não me espante que, por exemplo ao falarem do SLB digam: "O jogador mais baixinho é até o melhor e mais inteligente". Há grandes de muita qualidade como os há por cá de fraquissima...Há pequenos de muita qualidade como os há também de menos boa! Tamanho não é critério e até se contraria o ADN do andebol português quando por aí se vai...

Há por aí alguns pequeninos que dão cartas e pedem meças a quem quer que queira. Ainda agora o Nuno Carvalho, em jogos recentes, rebentou com uns quantos...grandalhões! Mas há mais...

Anónimo disse...

Tanta azia e dor de corno...

Anónimo disse...

Ha gente tão parvinha. Cuidado para não morder a própria língua porque veneno mata

Anónimo disse...

Por causa do amadorismo e desenrascanço é que, no final de época mais dois bons jogadores, vão sair do nosso campeonato. Um andou e anda na selecção. Quem ganha até é a mesma pois vai evoluir e andar nos limites. O outro até nem tem feito grande época e, mesmo a mudança para a capital, não pode ser comparada ao campeonato que disputará. Haverá ainda mais? Curioso que com os jogadores no estrangeiro formava-se uma boa selecção. Continuem com este campeonato de pavilhões desertos e com invenções. Continuem a favorecer e ainda alargar para mais equipas!

Anónimo disse...

O SR. CLAUDIO PEDROSO QUE SE PENSA SER BENFIQUISTA, DEVIA TER MAIS CUIDADO COM O QUE DIZ Á IMPRENSA. FOI PARA A MADEIRA PORQUE ESTAVA A SER IRREGULAR NO BENFICA. LÁ FEZ ALGUMA COISA MAS NADA DE ESPETACULAR. TEVE SORTE DE APANHAR UM PERIODO EM QUE O SPORTING PARA JUSTIFICAR, QUE ESTÁ A RENASCER HÁ UMA APOSTA LOUCA NAS MODALIDADES. DEVE GOVERNAR A VIDA E ORIENTAR-SE POIS, VIVE DO ANDEBOL E ISSO EM PORTUGAL É COMPLICADO! DEVIA PENSAR PELA SUA CABEÇA E NÃO ANDAR A AGRADAR AO PATRÃO. ESTÁ NO SPORTING PORQUE NEGOCIATAS OBSCURAS PUZERAM O SPÍNOLA A ANDAR. AO MENOS ELE FOI HONESTO E PEDIU PARA SAÍR. O PEDROSO SABE QUE O TITULAR É SIMPLESMENTE O MELHOR NAQUELA POSIÇÃO DO CAMP. PORTUGUÊS. SABE QUE ESTÁ NUM CLUBE ONDE NO ANO ANTERIOR HOUVE UM CAPITÃO QUE RECEBEU A BRAÇADEIRA, COM TODA A POMPA E DEPOIS... FOI PARAR AO CLUBE DE ONDE VEIO DA MADEIRA! DEVE TER CUIDADO POIS, TEM SIDO DUMA IRREGULARIDADE ATROZ! NADA LHE GARANTE QUE UM DIA NÃO VAI PARA O PASSOS MANUEL. O SPORTING NÃO TEM A MELHOR EQUIPA, TEM A MAIS CARA!!! É DIFERENTE...

Anónimo disse...

Muita discussão e polémica mas os pavilhões nunca enchem. È uma vergonha que, em dia de fim de semana num jogo a eliminar, porque era de Taça e com dois clássicos do desporto, o andebol seja ignorado. Estive presente na Cova da Piedade e o pavilhão nem por meio estava. Tratando-se dum pavilhão pequeno o que dizer? È uma verdade que os noticiários abrem com noticias de futebol e até há três jornais diários do mesmo. Que moral neste "campeonato" se nesta segunda fase ou fase final, como queiram, se transportam metade dos pontos? Uma equipa pode ser invencível mas se nos jogos finais perder, arrisca-se a não ganhar o dito campeonato.
Querem que aplauda?

Anónimo disse...

Taça? O que chama o público ao andebol é este campeonato a seis que vai começar agora. Acham que na maioria dos jogos se consegue pagar a luz? Com diferenças abismais mesmo entre equipas de primeira, o que esperar quando equipas puramente amadoras jogam com semi-profissionais ou quase profissionais? Analisem. Criem uma taça apelativa com os melhores e se calhar a duas voltas.