gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

23.º’s Campeonatos Africano de Andebol Seniores – 2018

23.º Campeonato Africano de Andebol Seniores Masculinos

Terminou no Gabão onde se disputou de 17 a 27 de Janeiro de 2018, o 23.º Campeonato Africano de Seniores Masculinos, com 10 equipas.

TUNÍSIA CAMPEÃO DE AFRICA
(SUCEDE AO EGIPTO)
(Foto IHF)
Prova que definiu os apuramentos para o Mundial de 2019 na Alemanha/Dinamarca em 2019 (os 3 primeiros Classificados ficam automaticamente apurados).

Campeão - Tunísia

Apurados para o Mundial 2019 na Alemanha/Dinamarca – Tunísia, Egipto, e Angola.

Resultados Finais

Jogos 1/4 Final – Dia 24-01-18
Tunísia 38 – 21 República Democrática do Congo
Angola 29 – 27 Argélia
Gabão 23 – 26 Marrocos
Egipto 37 – 22 Congo

1/2 Final - Dia 25-01-18
Tunísia 34 – 14 Angola
Marrocos 19 – 31 Egipto

Entre os apurados, para as 1/2 Final, estão praticamente os mesmos Países de 2016, com destaque para a lusófona Angola, que defrontou a favorita da Tunísia.

Jogos Classificativos – Dia 25-01-18

9/10 Lugar
Camarões 27 – 19 Nigéria

Jogos Classificativos – Dia 27-01-18

7/8 Lugar
República Democrática do Congo 23 – 24 Congo

5/6 Lugar
Argélia 23 – 24 Gabão

3/4 Lugar – Dia 27-01-18
Angola 29 – 26 Marrocos

Final – Dia 27-01-18
Tunísia 26 – 24 Egipto

Classificação Final1.º Tunísia, 2.º Egipto, 3.º Angola, 4.º Marrocos, 5.º Gabão, 6.º Argélia, 7.º Congo, 8.º República Democrática do Congo, 9.º Camarões, 10.º Nigéria.

A lusófona Angola, que repete o seu excelente 3.º Lugar, em 2016, vencendo desta vez Marrocos. A lusófona Angola, ao chegar ao 3.º lugar, conseguiu certamente um dos seus objectivos imediatos, que foi o apuramento para o Mundial em 2019, para Angola os nossos sinceros parabéns.

O Noticias

1 comentário:

Anónimo disse...

1/2 Final - Dia 25-01-18
Tunísia 34 – 14 Angola
Marrocos 19 – 31 Egipto
O que se passou de muito anormal no jogo Tunisia-Angola!!!! 20 golos de diferença.
abraço Filipe Cruz treinador!