gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

sexta-feira, 1 de maio de 2009

Paulo Jorge Pereira – Novo Projecto II

Paulo Jorge Pereira vai iniciar a sua nova actividade de Treinador e Seleccionador de Angola em Femininos, cuja equipa irá participar no Mundial de Seniores na China de 5 a 20 Dezembro de 2009.

Ao noticiarmos esta actividade do Professor, estamos a contribuir para a divulgação da actividade dos valores portugueses, que tiveram de procurar a continuidade da dus carreira, além fronteiras, e ao lado de quem lhes reconheceu o valor. Felicidades Paulo Jorge Pereira.

A Selecção Nacional Sénior Feminina de Andebol efectua de 18 a 26 de Maio, o primeiro estagio de preparação para o Campeonato do Mundo, com as seguintes atletas :Cristina Branco, Laurena Carlos, Nelma Pedro, Azenaide Carlos, Lourdes Monteiro, Wuta Dombaxi (1º de Agosto), Constantina Paulo, Edna Pedro, Carolina Morais, Bombo Calandula e Rosa Amaral (ASA), Maria Pedro, Neide Barbosa, Nair Almeida, Luísa Kiala, Matilde André, Ilda Bengui, Elzira Barros, Isabel Fernandes, Natália Bernardo (Petro de Luanda) e Leiden Manauta (Electro do Lobito).

Aproveitamos para divulgar o símbolo do Campeonato e a respectiva mascote.











O Banhadas Andebol

6 comentários:

Anónimo disse...

Porque será que em Portugal ninguém o quer como treinador?

Anónimo disse...

Pela mesma razão que não querem o Donner.
...Excesso de competência.

Muita sorte para o Prof. Paulo Pereira.

Anónimo disse...

Pelo menos vamos ter um português no Mundial...os outros, tipo suecos, paulas marisas, helenas secretárias,veigas, bentes e companhias, mundiais só na tv e de preferência com coments da seca do tormenta!

Anónimo disse...

pelo menos lá temos alguém a representar Portugal, já que as nossas selecções.......

Anónimo disse...

... Disse excesso de prepotencia?

Anónimo disse...

Compararem o Paulo Jorge ao Donner, é como o fazerem do sol para o dia .

O Donner tem um longo historial de êxitos e de sucessos atrás de si, enquanto o Paulo Jorge pouco ou nada possuí .

Deixem-no estar em Angola, que pode ser que se venha a safar.

O ATLETA NORTENHO