gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

segunda-feira, 6 de março de 2017

Crónica de Fim-de-semana No Feminino – 19 – 2016 / 2017

Mais uma normal crónica de fim-de-semana desta prova do calendário nacional.

Renovamos o nosso o texto sobre as estatísticas, pode ser que alguém de bom senso nos leia e pense, “Continuamos a aguardar pela existência das tão preciosas estatísticas, pois enquanto na FAP, se desviarem os gastos para outros fins, provavelmente com visões diferentes da nossa e da maioria dos adeptos da modalidade, o feminino bem pode continuar à espera de que elas existam.”

PO09 – Campeonato Nacional da 1.ª Divisão Seniores Femininos.

1.ª Fase – Resultados
12.ª Jornada
Dia 19-03-17
Juventude Mar - CA Leça (17H00)
17.º Jornada
Dia 01-04-17
Académico FC - Passos Manuel (12H00)
18.ª Jornada
Dia 02-04-17
Colégio Gaia - Passos Manuel (19H00)
19.ª Jornada
Dia 05-03-17
Madeira SAD 39 – 18 CA Leça
CS Madeira 31 – 14 Juventude Mar
Dia 12-03-17
Juventude Lis - Passos Manuel (15H00)
20.ª Jornada
Dia 04-03-17
Sir 1.º Maio/CJB 22 - 19 Juventude Lis
Santa Joana 26 - 45 Colégio Gaia
Madeira SAD 29 - 16 Juventude Mar 
Passos Manuel 19 - 37 Alavarium 
Maiastars 30 - 23 Académico FC
CS Madeira 33 - 27 CA Leça

Nesta Jornada e no fim-de-semana, disputou-se a 20-ª Jornada com alguma polémica em termos desportivos face ao acidente de viação e à recuperação das suas atletas, e que mesmo assim compareceu a disputar o seu encontro, e ainda tivemos as equipas com as suas normais jornadas duplas em que intervieram as equipas madeirenses e as suas adversárias, num total de 8 jogos disputados. Saúde-se o facto de não existirem ocorrências disciplinares registadas. Nos jogos disputados, registaram-se apenas dois resultados que foram rectificados em relação ao ocorrido nas jornadas homólogas da 1.ª volta.

Começamos pelo jogo Passos Manuel / Alavarium, pelo seu simbolismo, onde uma equipa agradeceu, a solidariedade de todos, e através de um pequeno documento, agradeceu “simbolicamente, com a entrega de uma flor a cada membro da equipa do Alavarium, expressamos a afirmação dos Valores Maiores do Desporto, da Ética e do Fair-Play, com que que nos identificamos e pelos quási lutamos, com dignos e leais adversários”. Este foi um encontro em que a equipa do Passos Manuel que apresentou um misto de seniores, juniores e juvenis, mas compareceu em jogo, e até o seu técnico com o pouco tempo que teve para treinar esta equipa esteve presente, logicamente que foi “ cilindrado” pela forte equipa do Alavarium, que ao intervalo já vencia confortavelmente por 18-5, num jogo que teve apenas um sentido, continuando a manifestar a sua superioridade, terminou sem qualquer duvida pra quem esteve presente com a vitória da lógica. O sensacional, na nossa opinião foram os 14 golos marcados pela equipa do Passos Manuel nos segundos 30 minutos. Joana Reis do Passos Manuel com 8 golos foi a sua melhor marcadora, enquanto o Alavarium que teve oportunidade de gerir todo o seu plantel, com 12 jogadoras a marcarem golos, teve em Mónica Soares com 6 golos, e em Ana Carolina Silva com 5 golos as suas principais marcadoras. Num jogo em que foi confirmado o resultado verificado na 1.ª volta.

No Municipal de São Pedro Fins tivemos o Santa Joana / Colégio Gaia, que foi mais um encontro onde foi confirmado o resultado da 1.ª volta, e que terminou com a folgada vitória do Colégio Gaia, que construiu o resultado nos primeiros 30 minutos, quando chegou ao intervalo na frente do marcador já por 27-9, que lhe permitiu gerir plantel e resultado no segundo tempo, sem nunca largar o comando do jogo, e com este resultado manter-se nos lugares cimeiros da classificação. Ana Sampaio com 7 golos, e Renata pereira com 6 golos, foram as melhores marcadoras do Santa Joana, enquanto no Colégio Gaia com 12 atletas a concretizarem golos, Sandra Santiago com 10 golos, e Catarina Ruela com 6 golos, foram as suas principais marcadoras.

Um dos jogos mais equilibrados da jornada disputou-se na Marinha Grande onde se realizou o um autêntico Dérbi Regional com o SIR 1.º Maio/CJB / Juventude Lis, onde o favoritismo da equipa visitada foi colocada em causa pela forte oposição da equipa da Juventude Lis, equilibrando o encontro contra muitas expectativas, e chegando ao intervalo a perder somente por um golo (10-9), diga-se desde já que este encontro foi um dos raros onde foi rectificado o resultado ocorrido na 1.ª volta. Apenas no segundo tempo a “novel” equipa da PO09, conseguiu dilatar a diferença e terminar como vencedora, apesar do grande equilíbrio e emoção com que o jogo foi disputado. Neuza Valente com 7 golos e Naddezza Abreu com 5 golos, foram as melhores marcadoras do SIR 1.º Maio/CJB, com Francisca Marques e os seus 6 golos a ser a melhor marcadora da Juventude Lis.

No Municipal da Maia, a equipa do Maiastars defrontou o Académico FC, num encontro onde confirmou o resultado da 1.ª volta, ao vencer sem grandes problemas a equipa do Lima, com o resultado a ser praticamente construído nos primeiros 30 minutos ao chegar ao intervalo já na frente do marcador por 18-12, para termos um segundo tempo mais equilibrado, onde se refletiu o abrandamento da equipa maiata, e a reacção positiva do Académico FC, apesar do Maiastars comandar com uma diferença de 9 golos (31-22). Debora Moreno com 9 golos, e Diana Oliveira com 7 golos, foram as melhores marcadoras do Maiastars, Cristiana Alves com 6 golos e Ana Abreu com 5 golos, foram as melhores marcadoras do Académico FC, que continua nos últimos lugares da tabela classificativa.

O Madeira SAD, defrontou no seu primeiro jogo, da jornada dupla que realizou a equipa de Esposende da Juventude Mar, no Funchal, e confirmou o resultado obtido na 1.ª volta, mas encontrou uma oposição maior do que esperava, e por sua vez encarou o jogo, com alguma displicência, de tal forma que ao intervalo vencia pela diferença mínima (11-10), e teve de “acordar” para o jogo nos segundos 30 minutos, e então sim confirmar a sua vitória, com um resultado mais de acordo com o seu potencial valor. Com este resultado a equipa continental continua em último lugar da tabela classificativa. Renata Tavares com 7 golos, Esma Muratovic e Soraia Lopes ambas com 5 golos cada, foram as melhores marcadoras do Madeira SAD, Andreia Escrivães com 5 golos foi a melhor marcadora do Académico FC. No segundo jogo da jornada dupla o Madeira SAD, defrontou a equipa do CA Leça, que também realizava o seu segundo encontro, e as madeirenses não sentiram qualquer dificuldade, pois comandaram o jogo durante os 60 minutos, onde a equipa continental ressentiu-se claramente do jogo disputada na véspera. O Madeira SAD no primeiro tempo chegou aos 12-4, aos 22-6, para chegar ao intervalo com a confortável vantagem de 23-7, terminando “cilindrando” a equipa do CA Leça, no resultado final. E continuando desta forma a comandar a prova nesta fase, sem qualquer derrota. Neste encontro as madeirenses com 11 atletas a marcarem golos, tiveram em Renata Tavares e Soraia Lopes, com 9 golos cada, e em Erica Tavares com 8 golos as suas principais marcadoras. Mariana Almeida com 6 golos, foi a melhor marcadora do CA Leça.

O CS Madeira, foi outra das equipas que realizou jornada dupla, e defrontou o CA Leça, e foi uma das equipas que retificou o resultado ocorrido na 1.ª volta, ao terminar como vencedora, num encontro em dominou praticamente durante os 60 minutos, chegando ao intervalo já na frente do marcador por 15-11, para consolidar o resultado no segundo tempo, onde chegou a estar na frente do marcador com um diferencial de 8 golos (23-15) apesar da excelente, replica da equipa de Leça de Palmeira. No entanto (na nossa opinião), pensamos que o CA Leça, tem lugar garantido nos 8 primeiros. Sara Gonçalves com 9 golos, Ana Castro e Ana Andrade, ambas com 6 golos cada, foram as melhores marcadoras do CS Madeira. Cristiana Morgado com 7 golos e Mariana Almeida com 5 golos, foram as melhores marcadoras do CA Leça. O CS Madeira realizou o seu segundo jogo neste fim-de-semana, com a equipa da Juventude Mar, que também foi o segundo jogo, e tal como esperado venceu com grande facilidade a equipa do continente confirmando a vitória obtida na 1.ª volta, embora tivesse comandado a maior parte do tempo o jogo e o marcador ainda permitiu nos 30 minutos iniciais uma igualdade a 6 golos, mas parece que a equipa da Juventude Mar parou no “tempo”, pois não concretizou mais nenhum golos neste período chegando ao intervalo já a perder por 16-6, resultado que reflete a superioridade da equipa madeirense, que teve a sua continuidade no segundo tempo. Ana Castro com 7 golos e Sara Gonçalves com 6 golos, foram as melhores marcadoras da equipa do CS Madeira, com Andreia Escrivães e os seus 6 golos a ser a melhor marcadora da Juventude Mar.

Classificação após estes jogos: - 1.º Madeira SAD (58 pontos), 2.º Alavarium (49 pontos), 3.º Colégio Gaia (48 pontos, -1 jogo), 4.º SIR 1.º Maio/CJB, e Maiastars (44 pontos), 6.º CS Madeira (43 pontos), 7.º Juventude Lis (-1 jogo), e CA Leça (-1 jogo) (34 pontos), 9.º Santa Joana (29 pontos), 10.º Passos Manuel (27 pontos, -3 jogos), 11.º Académico FC (26 pontos, -1 jogo), 12.º Juventude Mar (24 pontos, -1 jogos).

O Noticias

2 comentários:

Anónimo disse...

Só para que conste os árbitros de Andebol da Federação estão com 1 ano 2 meses de atraso.
Vergonha é o mínimo deste CA e desta Direção.

Anónimo disse...

Caro anónimo de 6 de março de 2017 às 20:55
Nem todos os árbitros estão com atraso, há excepções, poucas mas há. O que torna a situação ainda mais caricata.
Entretanto o que faz a associação da classe? Refiro-me à APAOMA, bem entendido.
O CA continua a fazer o que quer e a FAP assobia para o lado.