gal vence

- Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

quinta-feira, 12 de julho de 2018

Movimentações de Atletas – 2018 – I – No Feminino


Neste texto sobre os movimentos de atletas, agora no Feminino, continua-se com o mesmo critério, ou seja só se dará informação dos movimentos de atletas que são praticamente certos, e daqueles em que a possibilidade de se concretizarem é quase garantida. Informa-se ainda de que apenas falaremos naqueles em que a garantia das fontes nos dê alguma credibilidade, embora por vezes falhe.

No Feminino o mercado de transferências, é difícil de descrever porque os clubes continuam muito fechados, sem grandes novidades e não tem sido possível apurar muita informação. Assim tudo o que aqui divulgaremos, teremos algumas certezas, e outras serão os rumores credíveis que conseguimos recolher.

Não temos qualquer problema em afirmar que usamos por vezes informação que foi publicada noutros locais, a quem desejamos longa vida, e que contribuam para o conhecimento e divulgação da nossa modalidade, em especial na vertente Feminina, não faremos cópia de artigos, mas recolha de informação, que por vezes até foi publicada em Jornais Regionais, ou em páginas de Facebook. Apenas desejamos longa vida a todos. E o nosso profundo agradecimento pela coragem no aparecimento.

Acreditamos que ainda muitas movimentações estejam para acontecer, ou até já aconteceram, mas é pena que os clubes continuem a comunicar tão mal para o exterior, e bem precisavam de melhorar a sua forma de comunicação. E depois queixam-se que se dá pouco destaque ao feminino…

Técnicos

Nuno Batista – NA Santa Joana (Renovação)
Ana Sobral – Benfica (Nova)
Miguel Durães – ARC Alpendorada (Renovação)
André Marques – ABC (Novo)

Renovações

Patrícia Rodrigues – HSG Blomberg-Lippe (Alemanha) (Renovação)
Maria Pereira – Haukar (Islândia) (Renovação)
Cristiana Alves – Académico FC (Renovação)

Movimentos Conhecidos

Mariana Lopes – Boden (Suécia) / SV Union Halle (Alemanha)
Filipa Parada – Porto Salvo / Benfica
Beatriz Barradas – Vela Tavira / Ílhavo AC
Isabel Góis – Madeira SAD / SV Union Halle (Alemanha)
Jéssica Ferreira – Colégio Gaia / Handball Clermont Auvergne Métrople (França)
Bárbara Moreira – Juventude Mar / ABC
Helena Pereira – Juventude Mar / ABC
Sara Faria – Juventude Mar / ABC
Sandra Peixoto – Juventude Mar / ABC
Teresa Santos – Juventude Mar / ABC
Beatriz Sousa – Madeira SAD / HC Auverghe Métropole (França)
Cristiana Morgado – Madeira SAD / HC Auverghe Métropole (França)
Diana Oliveira – Maiastars / Madeira SAD
Mihaela Minciuma – Maiastars / Madeira SAD
Adriana Corrêa – JAC-Alcanena / Benfica
Vera Costa – JAC-Alcanena / Benfica
Beatriz Constantino – JAC-Alcanena / Benfica
Madalena Pereira – JAC-Alcanena / Benfica
Liya MIngaleeva – Maiastars / Madeira SAD
Filipa Correia – Madeira SAD / Benfica

Saídas Confirmadas com Destino Desconhecido

Mariana Azevedo – Maiastars
Ana Ursu – Maiastars
Maria Duarte – Maiastars
Neide Duarte – Maiastars
Francisca Araújo – Maiastars

Indefinido

Sara Sousa – Maiastars
Débora Moreno - Maiastars

Abandonos

Filipa Fontes – Termina Carreira

O Administrador

10 comentários:

Anónimo disse...

"Movimentos A Confirmar

Telma Amado – IBV (Islândia) / SIR 1.º Maio/CJB
Diana Roque – SIR 1.º Maio/CJB / Alavarium
Carolina Monteiro – Colégio Gaia / Maiastars
Ana Ursu – Alavarium / Maiastars"


Telma Amado já jogou esta época na SIR.

Diana Roque é possível, Alavarium já contactou 15 Grs, alguma vai aceitar.

Carolina Monteiro no Alavarium.

Ana Ursu, rescindiu com o Maiastars a meio da época.

Anónimo disse...

Alguém pode indicar qual é o percurso, enquanto treinadora, da Ana Sobral?

O Benfica tem pelo menos 16 reforços garantidos, a mais nova com 14 anos e a mais experiente com 41 (GR Joana Encarnação).

De facto a comunicação em Portugal é muito má: o Benfica criou equipas femininas de futebol, andebol e voleibol. No futebol apresentou 20 jogadoras, uma por dia, com direito a entrevista. No andebol e voleibol não apresentaram, nem sequer deram o nome de uma única jogadora, quando cerca de 30 já assinaram contrato. E claro, nos últimos dias andam a apresentar com pompa e circunstância os jogadores do andebol masculino. O pior é que isto é uma "estratégia" intencional e deliberada.

Anónimo disse...

Com fontes seguras e contratações já quase completas,

Jogadoras:
Joana Resende - HC Auverghe Métropole
Carolina Monteiro - Alavarium
Patrícia Resende - SL Benfica
Beatriz Figueiredo - ARCA
Melissa Costa - Modicus

Técnicos:
Paulo Martins - Juniores ABC

Boa época para todos...

Anónimo disse...

Raquel Sarmento e Neuza Valente abandonam SIR e regressam ao JAC, que tanto fala da formação mas vais pagar ordenado a uma das atletas anteriores.

Anónimo disse...

A Joana Resende não sai do Colégio de Gaia.
A Patricia também fica no Colégio.
0 SLBenfica tem uma pagina no face onde apresenta 1 jogadora por dia.
A Neuza Valente vai ter salário e a Luísa Cortes para continuar também não fica a custo ZERO.

Anónimo disse...

A entrada do SL Benfica é muito boa para o desenvolvimento da modalidade no feminino, principalmente no sul. Mas por favor não queimem os clubes que formam atletas ao irem buscar tudo o que mexe. Algo que ja está a acontecer no Porto Salvo, onde deverá chegar à dezena de altetas sondadas para ingressar no SL Benfica. Se acontecerem essas "transferências", que os clubes formadores sejam recompensados.

PS: Bem sabemos que ninguem paga transferências de atletas a ninguem...

Anónimo disse...

Os clubes de formação não ganham nada com o negócio. Só "gastam" com as atletas.
Quando o JAC começar a pagar ordenados, o clube acaba.

Anónimo disse...

O ABC já está a queimar certos clubes.... Por exemplo Juve-mar....

Anónimo disse...

A julgar pelo face do SL Benfica tem 1 atleta do Porto Salvo da formação, 1 ex atleta do Alavaruim e duas atletas "veteranas". As duas mais novas residem em Lisboa, logo faz sentido que mudem de clube. O Porto Alto tem 3, e o JAC tem 4. A razão de serem de tão longe prende-se com o facto de os clubes de origem não irem fazer Juniores. O JAC não vai defender o titulo e o Porto Alto com a saída destas atletas não vai fazer Juvenis e sim Juniores (agora é tarde depois dos pais se comprometerem). O que mais sofre será o Sir 1º Maio. A questão é que o Benfica está a aproveitar a mudança das atletas para Lisboa com a entrada na Universidade. Quantas atletas foram para a FMH e desistiram de jogar andebol? Agora o cenário mudou porque tem alternativa.
Parece que o Porto Salvo irá fazer Juniores e Seniores e assim conseguir que as atletas tenham competição e não saiam.

Anónimo disse...

Luciano Santos, Pedras Rubras, renovação, Ana Dias ex Santa Joana, pedras rubras.