gal vence

Euro Sub-20 Masculino Nova e Excelente vitória de Portugal agora com Dinamarca 31-29 - Vamos encher os Pavilhões - mas com dignidade a Modalidade merece
Calendário e Resultados na Barra Direita

sexta-feira, 6 de julho de 2018

Mundial Sub-20 Feminino – 2018 – XIX


MUNDIAL SUB-20 FEMININO – 2018
(HUNGRIA)
PORTUGAL NO GRUPO A

Portugal encontra-se a disputar O Mundial Sub-20 Feminino, que está a decorrer até dia 14 de Julho de 2018 na Hungria, com 24 equipas, na cidade de Debrecen. Onde Portugal marca presença. Na Fase Preliminar Portugal está enquadrado no Grupo A:
Portugal iniciou a competição defrontado a equipa de Montenegro, realizando um jogo de algum equilíbrio até cerca dos 7 minutos, quando se registava uma igualdade a 2 golos, pois a partir desse momento a equipa de Montenegro assumiu o comando do jogo e do marcador até final do encontro, chegando ao intervalo já na frente do marcador por 14-11, depois de estar a vencer por um diferencial de 5 golos (12-7, e 14-9, como exemplo), com a equipa portuguesa a nunca se encontrar, diante uma equipa cujo índice físico é bastante superior ao português. No Segundo Tempo, depois de aos 43 minutos nos mantermos no jogo, com o resultado em 22-18, começamos como de costume a perder a cabeça e a aumentar o número de falhas técnicas, de tal forma, qua aos 52 minutos de jogo a equipa montenegrina vencia por um diferencial de 8 golos (28-20), com Portugal a demonstrar enormes deficiências, especialmente termos atacantes, onde a guarda-redes de Montenegro, Tea Marinovic com 36% de eficácia foi um grandes obstáculos da equipa portuguesa tendo ainda em Enisa Dokovic com 7 golos (70% de eficácia) a sua melhor marcadora, por seu lado Portugal teve em Isabel Cardoso na baliza a sua melhor guarda-redes com 25% de eficácia, e em Mihaela Minciuma (6 golos, 86% de eficácia), e na jovem Beatriz Sousa (5 golos, mas apenas 33% de eficácia), as suas melhores marcadoras. No Segundo encontro defrontamos a equipa da “casa”, que têm um índice físico incomparavelmente superior ao português, mas Portugal ao cometer um inusitado número de falhas técnicas (incluindo maus passes, deficientes recepções, e até faltas do atacante), permitiu que a Hungria comandasse o jogo e o marcador praticamente durante os 60 minutos, embora depois de a equipa húngara chegar ao 4-1, Portugal imediatamente solicitou o seu time OUT, que não foi impeditivo de o adversário chegar aos 7-2 quando estavam decorridos cerca de 9 minutos de jogo, deve destacar-se a guarda-redes Luísa Cortes (26% de eficácia), não se entendendo a sua substituição, e a guarda-redes húngara Petra Hlogyik com 41% de eficácia, e um dos grandes obstáculos que nunca soubemos ultrapassar. E foi um encontro onde Minciuma, esteve “ausente” do mesmo”, e procurou-se demasiadas vezes resolver individualmente o que é resolvido pelo colectivo. No entanto ainda durante o 1.º tempo tivemos uma boa reacção, e igualamos o marcador por duas ocasiões ( a 8 e a 9 golos – 21 minutos), mas foi o canto do cisne, chegando ao intervalo a perder somente por 13-11, , mas o 2.º tempo foi desastroso, para a equipa Nacional, quer em termos defensivos, quer em termos atacantes, e aos 45 minutos de jogo já perdíamos por 9 golos de diferença (25-16), diferença que foi progressivamente aumentando até ao final do encontro. Devemos fazer um reparo (na nossa opinião), um técnico nunca deve deixar transparecer para dentro de campo o seu desalento pelo que está a acontecer, e a técnica portuguesa, foi um mau exemplo, chegando até a sentar-se e a ”deixar correr o marfim”. O jogo decorreu de tal forma, que as nossas melhores marcadoras não passaram dos 4 golos, enquanto na equipa húngara com 10 atletas a marcarem golos teve em Noémi Háfra com 7 golos (70% de eficácia), a sua principal marcadora. Finalmente no terceiro encontro, Portugal obteve uma vitória, que foi dramática, pois foi conseguida nos últimos segundos do encontro, onde jogou com 7 jogadoras de campo, os últimos 15 segundos. Portugal apesar do excesso o número da faltas técnicas, (contamos 14 no total), e na precipitação no ataque onde na nossa opinião “agredimos” a excelente guarda-redes brasileira, Renata Arruda (53% de eficácia), conseguimos nos primeiros 30 minutos, uma boa prestação defensiva, comandar a maior parte do tempo, o marcador e o jogo, chegando ao intervalo a vencer por 12-11. No segundo tempo tivemos um encontro de péssima qualidade, pois a agressividade defensiva da equipa brasileira, e a ineficácia do ataque português, dizem tudo, e tivemos um resultado parcial, que se traduziu numa igualdade a 4 golos, o que na nossa opinião é um índice paupérrimo, e demonstra que apenas as defesas foram eficazes, com a guarda-redes portuguesa Isabel Cardoso (44% de eficácia), a situar-se em excelente plano, de referir que Portugal este período em deficit pois sofreu um parcial de 3-0, o que permitiu que a equipa do Brasil, passasse pela primeira vez para o comando do marcador por 14-12, estavam decorridos 36 minutos de jogo, aos 42 minutos o marcador assinalava, 15-13 a favor do Brasil, resultado que se manteve durante cerca de 12 minutos, pois Portugal faz o 15.14 aos 54 minutos de jogo, para igualar aos 59 minutos a 15 golos, e concretizar a sua vitória da forma já enunciada. Destaca-se na nossa opinião o bom trabalho defensivo de Miriam Almeida e de Patrícia Morais, de referir que apenas concretizamos um golo das pontas, e apenas realizamos um contra-ataque, durante os 60 minutos. Terminamos esta ligeira crónica com uma menção para Joana Resende que com 7 golos (54% de eficácia), foi a nossa melhor marcadora, mas nunca realizamos uma ligação 1.º linha com a 2.ª linha. Com esta vitória aumentam as possibilidades de apuramento para os 1/8 final.

Resultados e Calendário da Fase Preliminar (Grupo A)

Dia 02-07-18
Montenegro 30 – 23 Portugal
Dia 04-07-18
Portugal 20 – 33 Hungria
Dia 05-07-18
Brasil 15 – 16 Portugal
Dia 07-07-18
Noruega – Portugal (15H30)
Dia 08-07-18
Portugal – Costa do Marfim (16H00)

Horas Locais

Uma nota – A Costa do Marfim não compareceu a disputar a prova.

1/ 8 Final – (4 primeiros de cada Grupo) – Dia 10-07-18
1/4 Final – Dia 11-07-18
1/2 Final, 5/8 Lugar – Dia 13-07-18
Final, 7/8 Lugar e 5/6 Lugar – Dia 14-07-18
President’s CUP – Dia 10/11-07-18

Os jogos poderão ser vistos em Live Stream, através do site da IHF.

Portugal está igualmente representado neste Mundial pelo Delegado António Goulão, que até ao momento, esteve em funções, nos seguintes encontros.

Dia 02-07-18
Roménia – Japão (Grupo C)
Alemanha – Suécia (Grupo D)
Espanha – Egipto (Grupo D)
Dia 03-07-18
Islândia – Eslovénia (Grupo B)
Dia 04-07-18
Japão Dinamarca (Grupo C)
Dia 05-07-18
Rússia – Islândia (Grupo B)
Coreia Sul – Eslovénia (Grupo B)
Holanda – Roménia (Grupo C)
Dia 06-07-18
Alemanha – Egipto (Grupo D)

O Noticias

Sem comentários: